quinta-feira, 21 de junho de 2018

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO REÚNE GESTORES E COORDENADORES PARA DISCUTIREM BASE NACIONAL CURRICULAR DE BRASIL NOVO


O encontro aconteceu nesta quinta-feira (21-06) na sala de informática da E.M.E.F Brasil Novo com todos os gestores e coordenadores pedagógicos das escolas do município de Brasil Novo. Na pauta, o debate sobre a Base Nacional Comum Curricular (BNCC). 
O evento foi conduzido pela Secretaria Municipal de Educação Marinete Mardegan que parabenizou os diretores e coordenadores por se engajarem na discussão da Base Curricular para a rede municipal e a diretora de ensino da SEMED, Jaqueline Bulsing, destacou a necessidade de iniciar logo a discussão sobre a nova BNCC, que é uma exigência nacional. A BNCC deverá orientar os currículos dessas etapas e estabelecer as habilidades e competências que devem ser desenvolvidas pelos alunos ao longo da educação básica em cada uma das áreas. A partir dela, os estados e municípios devem elaborar seus currículos, que serão implementados nas escolas.
Por: Arildo Mardegan
Informações: Comunicação SEMED 
Fotografia: Marcelo Araújo

RADIALISTA PARAENSE É EXECUTADO COM DOIS TIROS AO CHEGAR PARA TRABALHAR

(Foto: Via WhatsApp)

Antes das 5h desta quinta-feira (21), quando chegava para trabalhar, o radialista Jairo Sousa, 43 anos, foi surpreendido em frente ao edifício Nunes Bastos, em Bragança, região nordeste do Pará, por uma pessoa que atirou duas vezes contra ele.
Jairo chegou a ser socorrido por populares e levado ao Hospital Santo Antônio Maria Zaccaria. No entanto, não resistiu aos ferimentos.
Atualmente, Jairo trabalhava na Rádio Pérola FM, apresetando de 5h às 9h o programa Pérola Show. Anos atrás, ele apresentou o programa “Patrulhão 106”, na Rádio Princesa FM, em Capanema, sempre destacando temas polêmicos com bom humor.
Seu corpo deve ser levado para o IML de Castanhal. Ainda não se tem informações sobre velório.
A reportagem do DOL entrou em contato com a Polícia Civil para mais informações sobre o caso. Até o momento, nenhum suspeito foi detido.

Fonte: DOL com informações de Danilo Augusto/ Rádio Clube Bragança

PARÁ É O MAIOR DESMATADOR DA AMAZÔNIA, DIZ PESQUISA


Estado supera Acre, Amazonas, Mato Grosso e Rondônia em destruição
FOTO: Oswaldo Forte
Um boletim divulgado nesta quarta-feira (20) pelo Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) mostra que o Pará é o estado brasileiro que mais desmata a Amazônia. Em menos de um ano, o Estado contribuiu com 852 quilômetros quadrados de desmatamento, mais da metade da área de 1.589 quilômetros quadrados desmatados em conjunto pelos estados de Mato Grosso, Amazonas, Rondônia e Acre. A área verde perdida no Estado, só em maio de 2018, é duas vezes maior que a cidade de Belo Horizonte, um dano 73% maior na comparação com o mesmo período do ano passado.
Em 2018, o aumento do desmatamento na Amazônia brasileira foi de 22%, enquanto que em 2017 a expansão devastadora foi de 21%. O crescimento ininterrupto das florestas derrubadas já vem sendo registrado há mais de cinco anos e os dois municípios caracterizados como os que mais desmatam em todo o Brasil são paraenses: em primeiro lugar está Altamira, que somou 111 quilômetros quadrados de área desmatada, em menos de um ano, e em seguida aparece Novo Progresso, cujo desmatamento total, no mesmo período, alcançou 65 quilômetros quadrados.
O mais grave é que os dados apontados pelo boletim não se referem apenas às áreas onde o desmatamento é permitido. Só no Pará, 52% do desmate de 2018 ocorreu em áreas protegidas por lei, como unidades de conservação e terras indígenas. Entre as dez unidades de conservação mais destruídas, sete estão no Pará, e duas das três terras indígenas mais afetadas são paraenses. 
Muitas das chamadas Florestas Nacionais (Flonas) também foram atingidas, apesar de ser totalmente ilegal a exploração nesse tipo de unidade, com exceção das explorações sustentáveis concretizadas por indígenas e ribeirinhos. No Pará, os danos mais severos foram nas florestas nacionais do Jamanxim, de Altamira e de Itaituba II.

CARRETA TOMBA NA TRANSAMAZÔNICA E MOTORISTA FICA FERIDO


O acidente aconteceu por volta de 00:30hrs da madrugada de quarta-feira (20), quando o motorista de uma carreta que trafegava na Rodovia Transamazônica distante de 2 Km do distrito de Maracajá no sentindo à Novo Repartimento perdeu o controle do veículo que estava carregado de bobinas de alumínio e acabou tombando na via.
Segundo informações o motorista identificado como Francisco de Paula Jacameto Neto, teve Sérios ferimentos principalmente na cabeça e foi conduzido para Hospital de Novo Repartimento para os cuidados médicos.
Essas foram as únicas informações repassadas sobre o ocorrido.

Fotos e informações: Facebook/Carlos Calaça

MARINÊS MORAIS É A NOVA DIRETORA DO HOSPITAL MUNICIPAL


Marinês Morais assume a diretoria do Hospital Municipal Maria José Biancardi no lugar de Cerly Sousa que deixou o cargo para assumir a secretaria municipal de saúde no lugar de Eliezio Buchinger que deixou a pasta após ser bombardeado de críticas da oposição. Elézio disse sair de cabeça erguida e com a certeza da missão cumprida.
A nova diretora do hospital já foi conselheira tutelar por dois mandatos e atualmente assumia a Coordenação de Atenção à Saúde da Secretaria Municipal de Saúde, cargo que assumiu muito bem. Embora esteja certa da difícil missão que assume, Marinês Morais disse está confiante que fará um bom trabalho e que sua gestão será pautada na humanização e na responsabilidade social.

Por: Valdemídio Silva
Foto: Facebook

ATINGIDOS POR BELO MONTE VOLTAM A OCUPAR SEDE DO IBAMA EM ALTAMIRA


Nesta quarta-feira (20 de junho) as famílias do bairro Independente 1 organizadas no Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) ocuparam a sede do Ibama em Altamira (PA). Eles cobraram a apresentação do cronograma de retirada das famílias da área alagadiça (“lagoa”) pela Norte Energia, concessionária de Belo Monte.
As famílias já foram reconhecidas como atingidas pela hidrelétrica pelo Ibama, no entanto, os órgãos ainda não informaram quando começaram a remoção das famílias. Os atingidos estão em situação de risco cada vez maior com essa demora. Há casas em risco de desabamento, por exemplo.
Os manifestantes só saíram à noite do Ibama, após terem conseguido conversar por telefone com a presidenta do IBAMA, Sueli Araújo,  e o assessor especial do Ministério da Casa Civil, Renato Vieira. Os dois garantiram que apresentarão o cronograma de deslocamento das famílias na próxima segunda-feira (25).

Entenda o caso

As famílias moradoras da Lagoa do bairro Independente 1, em Altamira (PA), estavam lutando há três anos para serem reconhecidas como atingidas pela hidrelétrica de Belo Monte. A maior parte vive em casas de palafita (alagamento perene) e outras no entorno, em áreas aterradas por particulares ou pela prefeitura. O inchaço populacional do local se deu com a construção da hidrelétrica, sobretudo devido ao aumento no preço do aluguel na cidade.
Por ser área de alagamento, os moradores desconfiaram desde o início que se tratava de local de interferência de Belo Monte, o que a Norte Energia sempre negou, afirmando que, segundo seus estudos, está acima da cota 100.
Com a pressão dos moradores organizados no MAB sobre a empresa e o governo federal, o Ibama passou a exigir o monitoramento do nível das águas e o estudo da interferência do reservatório no local. A Norte Energia e Agência Nacional de Águas (ANA) passaram a fazer esses estudos. Desde então, a empresa começou a afirmar que o local tratava-se de um “aquífero suspenso” sem conexão com o lençol freático, portanto, isolado do reservatório.
O escritório local do Ibama, no entanto, fez um estudo que mostra o impacto da poluição das águas da lagoa no lençol freático e, por consequência, no reservatório da hidrelétrica, pois ali se tornou um grande esgoto a céu aberto sem as famílias terem direito à água potável e saneamento. Além disso, mostrou a relação entre o aumento desordenado do preço dos aluguéis e a ocupação do local, evidenciando a relação com Belo Monte.

SUPERINTENDENTE DO BANCO DO BRASIL SE REUNI COM PREFEITO E DIZ QUE AGÊNCIA DE BRASIL NOVO VOLTARÁ A FUNCIONAR NO INÍCIO DO MÊS


Por: Valdemídio Silva
Imagens: Cleiton Macário

STF SUSPENDE DECISÃO DA JUSTIÇA DO PARÁ QUE OBRIGAVA GOVERNO A PAGAR PISO SALARIAL DOS PROFESSORES


Segundo o Governo, a ministra Carmem Lúcia considerou a soma do vencimento-base e gratificação do magistério, que seriam vantagens pagas indistintamente a todos os professores. Sindicato da categoria deve recorrer da decisão.
O Supremo Tribunal Federal (STF) concedeu liminar ao Governo do Pará suspendendo decisão da Justiça Estadual que obrigava o pagamento do piso nacional aos professores. O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará (Sintepp) disse que deve recorrer no prazo de até cinco dias.
A decisão da ministra Carmem Lúcia considerou a soma do vencimento-base e gratificação do magistério, que segundo o Governo, são vantagens pagas indistintamente a todos os professores.
A liminar foi divulgada pelo Procurador-Geral do Estado, Ophir Cavalcante, e a secretária de Administração, Alice Viana, em entrevista coletiva à imprensa.
O Governo afirmou que o Pará é um dos poucos estados que não parcelou ou atrasou nenhum pagamento dos servidores e que a remuneração do professor em início de carreira é maior que o piso nacional da categoria.
Ainda segundo o Estado, o piso hoje está fixado em R$2.455,35. No entanto no Pará, o salário inicial chega a R$3.772,69, sendo que a remuneração média de um professor com 200 horas é de R$4.834,94.
O Sintepp disse que o governador Simão Jatene insiste em não pagar o piso salarial do magistério. A assessoria jurídica do sindicato considerou que a decisão do STF não analisa o mérito do direito que os servidores possuem sobre o valor correto do piso salarial profissional, "que é inquestionável" e que a determinação analisa especialmente o impacto financeiro que o Estado diz que iria sofrer com o pagamento do piso.
No pedido de liminar, o Governo alegou que o cumprimento da determinação da Justiça do Pará seria uma "imediata despesa adicional, para o atual exercício de 2018", no valor de R$393.612.430,08, que somado ao da decisão sobre o piso resultaria em quase R$845 milhões, além de R$24 milhões por dia em caso de descumprimento.
Em nota, o Sintepp lamentou a decisão do STF e citou a atitude do governador de "massacrar os servidores e a própria educação do Pará, ao deixar de pagar o piso salarial do magistério, não efetuar revisão geral da remuneração aos demais servidores da educação, não efetuar a progressão funcional, abandonar as escolas que se mantém sucateadas e sem qualquer segurança". A nota também repudiou a "forma circense" com que a Procuradoria-Geral do Estado e a Sead convocaram uma entrevista coletiva para "comemorar a decisão".

Fonte: Blogdocarpê com informações G1 Pará

quarta-feira, 20 de junho de 2018

POLÍCIA CIVIL PRENDE ACUSADOS DE COMANDAR VENDA DE CNHS E VEÍCULOS EM SANTARÉM

A Operação deflagrada pela Polícia Civil, denominada "Bincagem Fantasma", que ajudou desbaratar um esquema criminoso instalado na 1ª Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran), com sede em Santarém, na região Oeste, prendeu 11 pessoas (9 em Santarém e 2 no município de Aveiro). Entre outros ilícitos, estima-se que aproximadamente 1.700 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH's) foram emitidas de forma fraudulenta. Detalhes da Operação foram informados à imprensa, durante entrevista coletiva realizada nesta quarta feira (20), no Centro Regional de Governo do Baixo Amazonas, em Santarém, e na Delegacia-Geral, em Belém. Em Santarém, a coletiva foi presidida pelo delegado Silvio Maués, diretor de Polícia do Interior. Na capital, o delegado-geral Claudio Galeno; a diretora-geral do Detran (Departamento Estadual de Trânsito), Andréa Hass, e o corregedor geral do Detran, Fábio Moura, concederam entrevistas.
Coletiva de imprensa em Santarém
Coletiva de imprensa em Santarém
De acordo com Walmero Costa, coordenador de operações do Detran, as apurações internas já indicavam a suspeita de irregularidades e o envolvimento de servidores. "As investigações de cunho interno, da questão administrativa, vieram de um procedimento correicional. No entanto, atentando para uma diretriz do Governo do Estado, que versa sobre a questão da moralidade administrativa, da ética e do trato com a questão pública com eficiência, houve a necessidade de fazer uma ação integrada, em conjunto com as demais autoridades do Estado, nesse caso a Polícia Civil", explica o coordenador.

INVESTIGAÇÃO Iniciada em 2015, a investigação constatou graves ilícitos, dentre os quais, a emissão de CNH's, sem que os candidatos realizassem as etapas correspondentes, e, também, um esquema envolvendo a empresa terceirizada, responsável pela retenção dos veículos apreendidos, conforme detalhou o delegado Fernando Rocha, do Núcleo de Inteligência da Polícia Civil. "Foi possível constatar outras fraudes, dentre elas, a questão do pátio de retenção. Veículos eram apreendidos de maneira irregular e, pior ainda, veículos apreendidos eram vendidos a terceiros, sem que o dono soubesse. Por vezes, eles apreendiam esses veículos aplicavam multas muito altas, para que a pessoa desistisse de retirar o veículo do pátio e aí de maneira fraudulenta eram revendidos", informou.
De acordo com a investigação havia um rito para se chegar, por exemplo, à emissão de CNH's. "Tinham pessoas responsáveis por aliciar o candidato, ofereciam essa facilidade em troca de dinheiro, tinham servidores (do Detran) que inseriam os resultados dos exames, sem que a pessoa fosse até o órgão realizar. No outro esquema você tinha despachantes e aliciadores que viam os carros apreendidos, procuravam compradores ou então era cobrado um valor ilegal da pessoa que ia retirar seu carro", completa.
Uma das consequências diretas da investigação será o cancelamento das CNH's emitidas de forma fraudulenta. "A partir do momento que a investigação policial apontar que não houve cumprimento em relação aos procedimentos que a lei determina, nós iremos fazer um processo administrativo interno para suspensão e possível cassação das CNH's, retirando esse direito que ora foi dado em um ato ilegal", confirmou o coordenador de Operações do Detran, Walmero Costa.

Coletiva na Delegacia-Geral em Belém
Coletiva de imprensa na Delegacia Geral em Belém
AVALIAÇÃO O delegado Silvio Maués, responsável pela Diretoria de Polícia do Interior (DPI), avalia que o resultado da investigação, até o presente momento, demonstra a preocupação e responsabilidade do Estado em preservar o papel das instituições em servir ao cidadão. "O Estado quando estabelece como uma de suas diretrizes o enfrentamento a qualquer ato de corrupção que lese o interesse coletivo é a prova cabal da responsabilidade que se tem. Então, o agente público, mais do que qualquer outro, tem o dever para agir com lisura e honestidade para zelar pelo erário público. Essa responsabilidade não pode ser de forma nenhuma transgredida. É uma demonstração de todo comprometimento que tem o Governo do Estado, através de suas instituições, em dar a sociedade uma resposta sobre o trato correto com a coisa pública", reitera.
No total, foram expedidos pela Justiça para cumprimento pela Polícia Civil na operação, 35 mandados judiciais, dos quais 18 mandados de busca e apreensão e 17 mandados de prisão preventiva, destes 11 já expedidos e executados.
Dentre os presos está um ex-diretor da Ciretran de Santarém, Claudiomar de Oliveira Furtado; o atual gerente do pátio da empresa de leilões de veículos apreendidos, Benedito Silva Lima, conhecido por "Bené"; o assessor direto de Claudiomar, Márcio Roberto dos Santos Pimentel; os servidores concursados Miguel Angelo Pereira Costa e Rosinaldo Ferreira dos Santos - conhecido por Naldo, responsável pela aplicação de exames de direção -; o ex-prestador de serviços para o Detran, Ivanildo Paulo Fonseca Pedroso; o despachante de veículos e também de CNH's emitidas de forma fraudulenta, José Luiz Bentes da Costa, conhecido por "Roberto" ou "Lucas"; a despachante de veículos, Rosalba Henriques Vieira; o aliciador de candidatos, Jonnatha de Sá Oliveira (conhecido por Jonas); o despachante de veículos, Waldeci Reis Lemos Mota, conhecido por "Neca" e o ex-dono de auto escolas e aliciador, Fabrício Rente dos Santos.
Todo trabalho contou com apoio do Poder Judiciário e do Ministério Público de Santarém e Itaituba. A operação foi realizada por policiais civis, sob o comando do Núcleo de Inteligência Policial (NIP), sob direção do delegado Fernando Rocha, e Núcleo de Apoio à Investigação (NAI Oeste), de Santarém, com apoio da Diretoria de Polícia do Interior (DPI), tendo à frente do delegado Sílvio Maués, da Superintendência da Polícia Civil na Região do Baixo Amazonas, da Superintendência da Polícia Civil na Região do Tapajós e das Seccionais Urbanas de Santarém e Itaituba.
Fonte: PC/PA

PROTESTOS MARCAM CHEGADA DO MADEIREIRO APONTADO COMO MANDANTE DA MORTE DO EMPRESÁRIO LUCIANO FERNANDES, EM ANAPU

Tarcísio Oliveira chegou a Altamira na tarde desta quarta-feira. Escoltado por policiais, ele seguiu direto para a delegacia, mas foi recebido por uma multidão de familiares e amigos da vítima que pediam por justiça.
Luciano foi assassinado em Anapu, há um mês, e após investigar o caso, a polícia chegou até Tarcísio Oliveira, que foi detido em João Pessoa, na Paraíba.
Nossa equipe acompanhou toda a chegada, e gravou uma entrevista com o delegado à frente das investigações, a reportagem completa você confere na próxima edição do @Xingu230

Por: Karina Pinto
Fonte:Xingu230

ESTADO DECRETA PONTO FACULTATIVO NA SEXTA-FEIRA

Lucas Figueredo/CBF

Já na partida de quarta-feira (27), expediente será de 8h às 13h
O governo do Estado decretou ponto facultativo na sexta-feira (22) na partida da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2018. As informações são da Agência Pará nesta quarta-feira (20). Já na próxima quarta-feira (27) , quando a seleção joga às 15h, o expediente será das 8h às 13h nos órgãos e entidades da Administração Direta e Indireta.
O decreto diz, ainda, que no caso de classificação da Seleção Brasileira de Futebol para a fase seguinte (oitavas de final), cujos jogos poderão ocorrer nos dias 2 ou 3 de julho de 2018, às 11h, não haverá expediente. Já se classificada para as quartas de final, cujos jogos poderão acontecer nos dias 10 ou 11 de julho, sempre às 15h, o expediente será das 8h às 13h. No caso da Seleção Brasileira de Futebol não se classificar para as fases no decreto, será mantido o horário normal de expediente nos referidos dias.
Fonte: PortalORM, com informações da Agência Pará

terça-feira, 19 de junho de 2018

DUAS PESSOAS SÃO PRESAS EM URUARÁ POR COMERCIALIZAÇÃO DE DROGAS


Quatro homens em carro branco foram presos por porte de arma de fogo e porte de droga na cidade de Uruará

A equipe de plantão da Polícia Civil (EPC Leandro, IPC Michel, IPC Eládio, IPC Tadeu e DPC Rodrigo Delamary) recebeu nesta terça-feira, 19 de junho, informação anônima de que havia um carro Fiat Palio branco com alguns indivíduos comercializando drogas no município de Uruará, sudoeste do Pará. A equipe policial empreendeu diligência e pôde localizar o veículo no centro urbano. Segundo a polícia informou, na abordagem foram encontrados com os indivíduos uma pistola .380 com 14 munições no carregador, 3g de maconha e um papelote pequeno de cocaína.
Ao verificar no banco de dados do Tribunal de Justiça (TJ) havia um mandado de prisão em desfavor do nacional, Jelvane de Sousa Lima, pelo crime de furto de veículo de acordo com o art. 155, parágrafo 4° do código penal brasileiro.
“No momento da abordagem, havia 4 indivíduos no veículo, Jelvane de Sousa Lima, Joesley Silva Oliveira, Anderson Castanha de Freitas e Jonas Afonso Cemim. Todos foram conduzidos para a Delegacia para os procedimentos”, informou o delegado Rodrigo Delamary.
Ainda segundo a autoridade policial, foram apreendidos com os indivíduos a arma, a droga, três celulares, uma quantia de 402 reais em dinheiro e uma lista com números de telefones.
Todos foram autuados e irão responder pelo crime de porte de arma de fogo e porte de droga, mas apenas o nacional Jelvane Lima não será afiançado porque já possui mandado de prisão em seu desfavor.
Os quatro indivíduos são naturais dos municípios de Chapecó (SC), Altamira (PA), Medicilândia (PA) e Jacundá (PA).
Não foi divulgada imagem dos presos.
Por: Joabe Reis
Informações: Polícia Civil

CERLY SOUSA DEIXA A DIRETORIA DO HOSPITAL PARA ASSUMIR SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE BRASIL NOVO

Nova mudança na Secretaria Municipal de Saúde de Brasil Novo aconteceu na manhã desta terça-feira (19) e a Enfermeira Cerly Sousa, que atualmente dirigia o Hospital Municipal Maria José Biancadi assume a pasta no lugar de Eliezio Buchinger.
A exoneração do ex-secretario e a nomeação da enfermeira aconteceu durante a manhã após uma reunião entre a equipe de governo que atendeu o pedido de Eliezio Buchinger para deixar a pasta. O ex-secretário foi duramente criticado pela Câmara de Vereadores durante sua gestão e uma CPI foi criada para investigar possíveis irregularidades em sua gestão, o que o Eliezio nega ter ocorrido - “saio de cabeça erguida e com a certeza de dever cumprido e de ter dado o melhor de mim para a melhoria da saúde do nosso município o que pode ser comprovado pelos prêmios que Brasil Novo recebeu durante a minha gestão” - comentou ele que disse também que a secretaria está ficando em boas mãos e que acredita que muitas coisas boas para a saúde de Brasil Novo acontecerão para a saúde de Brasil Novo durante este governo.
Entre as várias ações lembradas por Eliezio Buchinger durante sua gestão, a extinção das filas nos postos de saúde foi o maior destaque em sua opinião, o que é reflexo da qualidade do atendimento da saúde pública municipal.
O nome de quem assumirá a diretoria do Hospital Municipal ainda não foi divulgado, mas deverá ser informado ainda hoje.
Por: Valdemídio Silva

COMO BAIXAR O RELATÓRIO DE DADOS QUE O GOOGLE TEM SOBRE VOCÊ

© Reprodução

São Paulo – O Google mantém uma página com link de download para o relatório com dados que a empresa já coletou sobre você. Com tamanho de cerca de 2 gigabytes, o arquivo traz informações sobre sua navegação no Chrome, interações no Gmail, no Fotos, no Maps, no Drive e no YouTube, para citar seus principais serviços.
O Maps, por exemplo, traz dados sobre o seu deslocamento diário e locais salvos, enquanto a área referente ao YouTube contém informações sobre comentários, playlists e inscrições.
Já o campo chamado “Minha Atividade” tem os dados sobre as suas interações nos diversos serviços do Google, incluindo o serviço de publicidade da empresa e a pesquisa por voz.
Você pode fazer o download do relatório com os seus dados neste link. Ele pode ser enviado ao Gmail (como um link para download) ou salvo no Google Drive quando estiver pronto para ser acessado.
O Google não é a única empresa a oferecer isso. Desde que a lei de proteção a dados pessoais entrou em vigor na Europa, conhecida como GDPR, as companhias de tecnologia foram obrigadas, mediante pagamento de multa, a oferecer ferramentas de download para exportação e importação de dados de seus serviços. Instagram, Facebook, WhatsApp e outras grandes empresas que oferecem serviços na web agora têm relatórios pessoais que podem ser baixados pelos usuários.
Fonte: Exame.Com

BUSCA EM CELA DE DIRCEU DERRUBA CÚPULA DO SISTEMA PRISIONAL DO DF

Fabio Rodrigues-Pozzebom/ Agencia Brasil Busca
em cela de Dirceu derruba cúpula do
sistema prisional do DF

A varredura nas celas do ex-senador Luiz Estêvão (MDB-DF) e dos ex-ministros Geddel Vieira Lima (MDB-BA) e José Dirceu (PT-SP), na Penitenciária da Papuda, derrubou integrantes da cúpula do sistema prisional em Brasília.
Em nota divulgada nesta segunda (18), a Secretaria da Segurança Pública do Distrito Federal informou que, "considerando o cumprimento do mandado de busca e apreensão" no Centro de Detenção Provisória (CDP) da Papuda, durante o qual foram encontrados "diversos itens proibidos", decidiu afastar preventivamente de suas funções o diretor da unidade, José Mundim Júnior, e o subsecretário do Sistema Penitenciário, Osmar Mendonça de Souza.
Os dois vão ficar fora de seus cargos ao menos até a conclusão de investigações sobre o envolvimento de agentes públicos na concessão de privilégios aos políticos presos no CDP.
Na tarde de domingo (17), a Polícia Civil do DF apreendeu chocolates, pendrives e uma tesoura, atribuídos a Estêvão, na cela que ele divide com Dirceu.
Os policiais investigam um suposto esquema de favorecimento, envolvendo agentes públicos, aos três internos. Há informações, segundo os investigadores, de que Estêvão atua como o "dono do presídio".
No local, também foi encontrada uma anotação na qual Dirceu registraria a necessidade de autorização do ex-senador para conseguir burlar horário de visitações na Papuda.
Na cela de Geddel, ocupada por ele e mais de dez presos, foram encontradas anotações, que ainda serão analisadas.
Os advogados de Estêvão, Marcelo Bessa, e de Dirceu, Roberto Podval, informaram que não se manifestariam. O criminalista Gamil Föppel, que defende Geddel, ainda não se pronunciou.

Fonte: MSN/Notícia ao Minuto com informações da Folhapress.