sábado, 29 de abril de 2017

FALTA DE ATENÇÃO TERMINA EM ACIDENTE NO CENTRO DE ALTAMIRA.

A falta de Atenção terminou em mais um Acidente na Tarde dessa Sexta-feira(28), na Av Djalma Dutra no Centro de Altamira. 

Era Por Volta das 16:20hrs quando aconteceu o acidente envolvendo um ônibus e uma moto, segundo informações de populares, o motorista do ônibus e o motociclista estavam parados no semáforo quando o sinal verde abriu, os dois Ssíram ao mesmo tempo só que o ônibus entrou para a Travessa Lindolfo Aranha fechando o motociclista. Por sorte o homem pulou da sua moto que ficou em baixo do ônibus, felizmente foram apenas danos materiais.
Agentes do Demutran estiveram no local para os procedimentos cabíveis.

Fotos e informações: Facebook/Carlos Calaça

ACUSADO DE ASSALTOS É PRESO PELA PM EM MEDICILÂNDIA

Ele é Ediones Pereira de 24 anos, segundo apurações, ele pode ter sido o responsável por pelo menos dois assaltos em um correspondente bancário na cidade de Medicilândia, no sudoeste do Pará, a polícia militar conseguiu chegar até o acusado após denúncias de moradores, que perceberam movimentação estranha em uma residência no Cacoal, um bairro periférico da cidade, os vizinhos relataram que viam suspeitos entrando com armas na casa.
Após averiguações, a PM encontrou pelo menos duas armas, uma de grosso calibre, escopeta 12 e um revólver calibre 32 com munição. O material apreendido foi encaminhado para a delegacia de polícia civil, o Delegado Vitor vai presidir o caso e aprofundar as investigações, como ainda não registros de ocorrência contra o acusado, ele vai responder à princípio pelo porte ilegal de arma de fogo.
A polícia civil deve intimar ainda o dono da residência, já que Ediones não é o proprietário do imóvel.

Por: Edlene Gonçalves

Fonte: Xingu230

sexta-feira, 28 de abril de 2017

PROFESSORES DE BRASIL NOVO REALIZAM PROTESTO CONTRA REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Trabalhadores da educação e alunos se reuniram na frente da Escola Municipal Brasil Novo nesta manhã de sexta-feira (28), em um movimento tranquilo organizado pelo Sintepp do município, a classe luta contra a reforma da previdência, reforma trabalhista, fim do sucateamento das escolas, não aos sábados letivos e ainda esclarecimentos do governo municipal sobre alguns absurdos nos salários de servidores no portal da transparência.
O prefeito do município de Brasil Novo Alexandre Lunelli publicou um decreto onde dispõe de ponto facultativo nas repartições públicas do município nesta data, e com isso todas as Secretarias, Escolas, entre outros setores do poder público fecharam as portas. O movimento percorreu algumas ruas do centro da cidade de Brasil Novo, e finalizou em frente a câmara municipal, onde os manifestantes participaram da sessão em um ato pacato e de respeito.


Por: Junior Oliveira 
Fonte: Xingu230

BN VILLE VENCE E DISPUTARÁ A FINAL DO 23º CAMPEONATO MUNICIPAL DE FUTSAL CONTRA O PANELINHA

Depois da polêmica decisão de organização em punir e equipe do Jardim Valadares sob a acusação de ter utilizado um jogador irregular durante o jogo das quartas de final, o Borussia Dortmund foi recebido sob os aplausos da torcida, já o adversário não teve a mesma receptividade e foi recebido com “VAIAS”.

Veja a reportagem completa no vídeo abaixo: 


Por: Valdemídio Silva

MEC divulga regras do Enade 2017; veja os cursos avaliados

O Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2017 será aplicado no dia 26 de novembro. Portaria com o regulamento do exame foi publicada hoje (27) no Diário Oficial da União.
O Enade avalia o rendimento dos concluintes dos cursos de graduação em relação aos conteúdos, habilidades e competências adquiridas em sua formação. A cada ano, o exame avalia um grupo diferente de cursos superiores, ciclo que se repete a cada três anos.
O exame é o principal componente para o cálculo dos indicadores de qualidade dos cursos e das instituições de ensino superior do país. Caso tenham avaliações consideradas insuficientes, as instituições de ensino sofrem penalidades e podem ser fechadas. Os estudantes são obrigados a fazer o exame para receber o diploma, mas não há desempenho mínimo obrigatório.
Devem fazer o exame tanto os estudantes ingressantes nos cursos avaliados quanto os estudantes que estejam próximos à conclusão do curso. As inscrições ficam a cargo dos dirigentes das instituições.
Áreas avaliadas
Neste ano, serão avaliados os cursos de arquitetura e urbanismo; engenharia ambiental; engenharia civil; engenharia de alimentos; engenharia de computação; engenharia de controle e automação; engenharia de produção; engenharia elétrica; engenharia florestal; engenharia mecânica; engenharia química; engenharia; e, sistema de informação.
Serão avaliadas ainda as licenciaturas nas áreas de artes visuais; educação física; letras - português e espanhol; letras - português e inglês; letras - inglês; música; e pedagogia. As licenciaturas e bacharelados em ciência da computação; ciências biológicas; ciências sociais; filosofia; física; geografia; história; letras - português; matemática; e química.

TRÊS SÃO ENCONTRADOS MORTOS EM NOVO REPARTIMENTO

Polícia identifica dois, de três corpos encontrados
Os três corpos foram encontrados durante a manhã desta quinta-feira, nas proximidades da Vila Nova Aliança em Novo Repartimento, sudoeste do Pará. Os homens estavam com as mãos amarradas e tudo indica que seria uma triplo execução. Dois deles foram identificados como Echarles  Bezerra da Silva e Wekseley Silva Soares, o terceiro não foi identificado. 

A polícia foi chamada e esteve no local, fazendo as averiguações. A guarnição do Sgt Jair, SD Zaquiel e SD Alencar chegaram e constataram junto aos investigadores Alex e Cid que um deles estava com alvará de soltura do Estado de Goiás. 

Os corpos dos três jovens foram removidos pela funerária local e depois transferidos para o IML de Tucuruí. A polícia não tem pistas ainda de quem poderia ser o autor do triplo homicídio e o motivo. Moradores da Vila Nova Aliança ficaram chocados  assustados com o ocorrido.

Por: Hugo Tillmann (correspondente Xingu230)
Fonte: Xingu230

quinta-feira, 27 de abril de 2017

POLÍCIA INVESTIGA CASO DA BALEIA AZUL NO PARÁ

(Foto: Reprodução )
Uma jovem de 18 anos, moradora do município de Ananindeua, na Região Metropolitana de Belém, é a primeira vítima do jogo de suicídio conhecido por “Baleia Azul”, no Pará. Acompanhada da mãe, a moça registrou ocorrência policial na Delegacia de Repressão a Crimes Tecnológicos, no início da noite de ontem (26). Na primeira conversa que ela teve com a diretora da DRCT, delegada Vanessa Lee, a adolescente admitiu que tem vontade de se matar e que encontrou nas redes sociais pessoas que a incentivaram a cometer o ato, conforme o jogo estabelece. A jovem estava na fase em que teve de flagelar o próprio corpo.
Segundo a delegada Vanessa Lee, caso será
investigado. (Foto: Ricardo Amanajás/Arquivo)
A situação só foi descoberta depois que amigos da moça desconfiaram do que estava acontecendo e alertaram os responsáveis da adolescente. A reportagem não teve acesso à vítima, que passará por acompanhamento psicológico e de assistentes sociais. Vista a distância, enquanto aguardava o atendimento da DRCT, ela demonstrava um semblante de tristeza. 

SEGUNDA FASE

A história é um alerta para que os pais e responsáveis fiquem mais atentos ao que os jovens fazem nas redes sociais. Na Delegacia de Crimes Tecnológicos, a versão sobre o caso foi contada pela própria jovem à delegada Vanessa Lee. Segundo o depoimento, a moça pesquisou sobre o assunto na internet, onde chegou ao grupo do jogo. “Foi uma conversa difícil porque a gente precisa fazer a vítima confiar no nosso trabalho”, disse a delegada. 

MAIS DE 1200 CAIXAS DE PALMITOS APREENDIDAS NO PA

Um dos barracões era usado para armazenar
as caixas de palmito em conserva.
(foto: polícia civil/divulgação)
Dois barracões onde era realizada a extração, o envasamento e armazenamento de palmito foram fechados durante operação realizada pela Divisão Especializada em Meio Ambiente (Dema), da Polícia Civil, no município de Igarapé-Miri, no nordeste paraense.
Durante a vistoria foram apreendidas 1.229 caixas lacradas com palmitos em conserva, produzidos por pequenas fábricas clandestinas - que funcionavam sem autorização de órgãos ambientais do Estado - e comercializados em estabelecimentos da região.
No local haviam dois barracões, um construído de madeira e usado para armazenamento das caixas de palmito em conserva e outro, com piso e paredes de alvenaria, servia como local de preparação do produto.

(Foto: Polícia Civil/divulgação)
A equipe policial registrou em fotos a falta de higiene e ausência de cuidados sanitários necessários à fabricação do produto para consumo humano, além de um tanque que era usado para cozimento do palmito e de utensílios, encontrado em condições precárias. 


O proprietário dos barracões foi identificado como Manoel Aires Lobato. Durante depoimento, ele confirmou que não havia licença de órgãos ambientais para exercer a atividade.
Segundo a Polícia Civil, Manoel foi autuado por “receber ou adquirir, para fins comerciais e industriais, madeira, lenha, carvão e outros produtos de origem vegetal, sem exigir a exibição de licença do vendedor, outorgada pela autoridade competente, e sem munir-se da via que deverá acompanhar o produto até final beneficiamento”.
Ainda de acordo com a PC, a pena prevista é de detenção de seis meses a um ano, e mais pagamento de multa.
A PC informou que no caso de Manoel, por se tratar de crime de menor potencial inofensivo, com menos de um ano de reclusão, ele vai responder ao processo em liberdade e que as investigações continuam em relação as fábricas clandestinas na região.

Fonte: DOL

PREFEITA DE PLACAS, RAQUEL BRANDÃO PARTICIPA DO FÓRUM PARÁ SUSTENTÁVEL EM BELÉM

A Prefeita de Placas, Raquel Brandão com o governador
Simão Jatene e a secretária Izabela no momento da assinatura
do Termo de Manifestação de Interesse ao Pará Sustentável".
A solenidade reuniu representantes de municípios paraenses, durante a apresentação e instalação do Fórum Permanente de Prefeitos e Prefeitas do Pará Sustentável, no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia. No primeiro dia do evento, estiveram presentes 76 prefeitos, 10 vice-prefeitos e 5 representantes diretos, totalizando 91 municípios, entre eles os prefeitos Jailson do Mojui, de Mojui dos Campos é Raquel Brandão do Município de Placas.
O governador Simão Jatene explicou que a política prevista pelo Pará Sustentável nasceu para combater a pobreza e a desigualdade, tendo como premissa atingir os objetivos do desenvolvimento definidos pela Organização das Nações Unidas (ONU). 
(Foto ) Secretaria (Izabela Jatene ); Sec de Estado /
Prefeito Jailson do Mojui e o Governador Simao Jatene.
 // Assinatura do Pacto pela Educação. 26/04/2017.
De acordo com o governador, esse novo passo só foi possível após a garantia do equilíbrio das contas públicas do Estado, mesmo em tempos de crise econômica no País.
Jailson falou da importância do evento para os gestores municipais
O Pará Sustentável, se apresenta como instrumento fundamental para o grande salto que o Estado precisa.
É sem dúvida um excelente projeto, principalmente em reduzir a pobreza e a desigualdade no Estado, voltado para as matrizes econômicas, incentivando as cadeias produtivas para fomentar a geração de emprego e renda, explicou Jailson do Mojui.

Por: Hiromar Cardoso

TRABALHADORES DOS CORREIOS ENTRAM EM GREVE POR TEMPO INDETERMINADO

Os trabalhadores dos Correios entrarão em greve por tempo indeterminado hoje (26) a partir das 22h. As ameaças de privatização e demissões, o fechamento de agências e o “desmonte fiscal” da empresa, com diminuição do lucro devido a repasses ao governo e patrocínios, são os principais motivos para a mobilização, segundo a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect).
A estatal teve prejuízos de R$ 2,1 bilhões em 2015 e R$ 2 bilhões no ano passado. Em dezembro do ano passado, foi anunciado um plano de demissão voluntária e o fechamento de agências para reduzir os gastos.
O que tem acontecido é um plano de desmonte próprio da empresa, atacando a própria qualidade e universalização do serviço. Faz parte de um projeto privado com interesse de entrar no mercado”, disse a secretária de Imprensa da Fentect, Suzy Cristiny.
Segundo a entidade, a “privatização” coloca em risco o direito da população aos serviços dos Correios, já que a empresa tem fechado agências em cidades menos lucrativas. “Mais de 200 agências estão sendo fechadas por todo o Brasil. Com isso, muitos moradores do interior e das periferias vão ficar sem o atendimento bancário e postal dos Correios do Brasil”, informou a federação.
O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, tem dito que é contra privatizar os os Correios, mas que a empresa terá que fazer “cortes radicais” de gastos para evitar a privatização, já que o governo não socorrerá a empresa financeiramente.
Críticas dos grevistas
Além do fortalecimento de franqueados e o fechamento de agências próprias, o que, na opinião da federação, “esvazia os negócios da empresa para a iniciativa privada”, a Fentect critica os repasses da empresa ao governo federal acima do valor estabelecido. “Nos últimos anos, os Correios repassaram para o governo federal R$ 6 bilhões e, desse montante, R$ 3,9 bilhões foram acima do valor estabelecido legalmente, prejudicando as reservas financeiras e investimentos necessários para a modernização da empresa”, informou.
A entidade cita ainda o distrato de R$ 2,3 bilhões do Banco Postal com o Banco do Brasil e a destinação de R$ 300 milhões em patrocínios nas Olimpíadas e pede uma auditoria na contabilidade da empresa.
Os sindicatos de todo o país se reúnem hoje (26) para referendar a manifestação sobre a greve. As entidades e a empresa já promoveram mesas de negociação, mas, segundo a secretária, não houve avanços. Ela disse ainda que os trabalhadores dos Correios se unirão às manifestações marcadas para a próxima sexta-feira (28) contra as reformas trabalhista e da Previdência.

ANAPU: APÓS PROTESTO DE FUNCIONÁRIOS, GOVERNO CONCEDE AUMENTO SALARIAL

Terminou de forma positiva, uma negociação entre servidores da prefeitura de Anapu, o secretário de Administração Osvaldilon Luís e o prefeito Aelton Fonseca (PSDB). Uma negociação prevê um reajuste salarial de 14% para a maioria dos funcionários, outras áreas ainda serão debatidas, uma comissão organizada pelo SISMUA - Sindicato dos Servidores de Anapu, foi formada para manter o diálogo com a prefeitura de Anapu. O valor de 14% de aumento é menor do que os 22% pedido pelos funcionários, a reunião aconteceu no prédio da prefeitura.
As negociações só ocorreram após manifestações e ameaça de greve geral em Anapu, os protestos se concentraram na frente do prédio do executivo e começou por volta das 9h da manhã desta quarta-feira (26). Os funcionários pedem ainda melhores condições de trabalho, eles eram representantes de todas as áreas do serviço público municipal, como saúde, educação, transportes, serviços gerais etc, eram cerca de 60 pessoas.
O grupo já anunciou que vai continuar acompanhando as negociações, e que se caso não se cumpra o acordo firmado, os servidores não descartam uma greve geral no município.
Essa é a primeira manifestação enfrentada pelo governo de Aelton Fonseca, com 35 anos de idade, Aelton é um dos prefeitos mais jovens da região transamazônica, foi eleito em outubro de 2016, com quase 52% dos votos validos na cidade, venceu nas urnas Chiquinho do PT.


Por: Felype Adms
Fonte: Xingu230

MEDICILÂNDIA: DOIS FICAM FERIDOS EM ACIDENTE NA TRANSAMAZÔNICA

O acidente foi no km 95, da rodovia federal, BR230 em Medicilândia no sudoeste do Pará, a colisão foi entre uma caminhonete uma moto por volta das 18h40. Segundo informações do SAMU da cidade, os ocupantes da moto ficaram com escoriações e fraturas, ambos foram encaminhados para o Hospital Municipal de Medicilândia e aguardam leito no Hospital Regional em Altamira.
Uma das vítimas é o adolescente Dheykson Araújo e o maior Antoniel Pantoja de 33 anos eles estavam chegando em Medicilândia vindos do km 115 sul. Segundo a polícia militar, o condutor da caminhonete, prestou atendimento e socorro às vítimas e se colocou à disposição.


Por: Edlene Gonçalves e Felype Adms
Fonte: Xingu230

EM PROTESTO ÍNDIOS MUNDURUKUS FECHAM A BR-230 RODOVIA TRANSAMAZÔNICA

Os índios estão acompanhados de movimentos sociais, e chegaram no local por volta das 15h desta quarta (26), com faixas que pedem a não extinção da FUNAI, mais apoio para as aldeias, o grupo também é contrário à licitação da exploração de madeira na Flona Amaná e Cripori. O bloqueio é na Transamazônica, próximo ao distrito de Campo Verde em Itaituba no oeste do Pará.
Filas de carretas que havia saído ou estavam chegando ao porto de Miritituba já se formam dos dois lados do ponto onde ocorre a interdição. 
A Polícia Rodoviária Federal deve se deslocar para o local e mediar uma negociação.

Por: Felype Adms (com informações de Weslen Reis)
Fonte: Xingu230

quarta-feira, 26 de abril de 2017

CAMPEONATO DE FUTSAL: TIME BN VILLE RECORRE E QUER OS PONTOS DO TIME JARDIM VALADARES POR ESCALAR JOGADOR IRREGULAR

A partida entre as duas equipes aconteceu na noite de segunda feira
O 23º Campeonato de Futsal de Brasil Novo chega a um momento decisivo, e uma polêmica envolvendo dois times veio a tona, Jardim Valadares x Bn Ville. Segundo informações na manhã de terça feira (25), após ter pedido a partida na noite de segunda feira (24), para a equipe do Jardim Valadares, o técnico do time recorreu a comissão organizadora do campeonato, pedindo que os pontos fossem dados para a sua equipe, alegando que um jogador da equipe adversária estaria irregular na partida.
O regulamento diz que o jogador deve morar em Brasil Novo, e segundo a equipe do Bn Ville o jogador citado como irregular mora em Altamira.
A equipe do Jardim Valadares contesta e apresentou as provas mostrando que o jogador é morador de Brasil Novo e apenas trabalha em altamira.
A nossa equipe de reportagem entrou em contato com o secretário de Esportes Marquinhos Goleiro e o mesmo falou que recebeu as provas e as contra provas das equipes, e estão analisando juntamente com a comissão organizadora e até quinta feira (27) divulgará a decisão.
Por: Junior Oliveira
Foto: ASCOM PMBN

INFORMAÇÕES DO SISTEMA DE TRANSPARÊNCIA ONLINE DAS INFORMAÇÕES DO SETOR PESSOAL CAUSA POLÊMICA EM BRASIL NOVO

Nas redes sociais e em conversa de amigos, muito se viu falar hoje sobre o Sistema De Transparência Online Das Informações Do Setor Pessoal do Município de Brasil Novo. Por meio de nota o Governo deu explicações. 
Que o município fez o certo em divulgar tudo no portal de acordo o que manda a lei, isso é fato. Mas o que chamou a atenção de muita gente foi alguns valores de salário que, muitas vezes foge do certo ou do nosso conhecimento, como por exemplo uma diretora de escola que ganhar mais que a secretária de educação. A Coordenadora de Ações de Saúde ganhar mais que o Secretário de Saúde. No Portal também aparece encanador efetivo com uma carga horária de 220 horas ganhando R$ 1.405, 50 enquanto outro com o mesmo cargo e com carga horária de apenas 40 horas, também efetivo, ganhando R$ 1.888,50. Há ainda diferença nos valores dos salários de Garis entre outras informações que fogem da lógica.
Afim de entender melhor o exposto pelo portal, o Blog Brasil Novo Notícias procurou o Secretário Municipal de Fianças do Município, Sr. Giovane Lunelli que em nota deu a seguinte explicação para os casos apontados pela reportagem:
Após conversas com o Secretário de Saúde e a Secretária de Educação podemos informar que: Com relação ao caso das diretoras de escolas, que acabam ganhando mais que a Secretária, se dá pelo fato de que Diretores e Diretoras de escolas possuem direito à algumas gratificações e ganha também pela quantidade de aluno (quanto mais aluno, maior o valor da gratificação). Sobre Coordenadoria de Ações de Saúde, os valores são devido ao acúmulo de funções da funcionária que tem sob sua responsabilidade outras coordenações. (o que pode ser explicado tranquilamente a quem interessar). Já sobre a diferença nos valores dos encanadores, O secretário disse que se dá também pela função de coordenação que este possui e a remuneração leva em conta o cargo exercido e que com os garis também é a mesma coisa.
Queremos dizer à População que o Governo estará sempre à disposição para qualquer que seja a dúvida sobre a gestão, pois o nosso compromisso é com a transparência de nossa administração e nosso principal objetivo é fazer um Governo Participativo dando voz à comunidade brasil novense.” - diz a nota.
Nossa reportagem também procurou o Prefeito Alexandre Lunelli para falar sobre o assunto, mas ele não pode nos responder porque está em Belém onde participa da lançamento do Fórum Permanente de Prefeitas e Prefeitos do Pará Sustentável
Todas essas informações qualquer cidadão pode acessar através do SITEDO SISTEMA DE TRANSPARÊNCIA ONLINE DAS INFORMAÇÕES DO SETORPESSOAL.

Por: Valdemídio Silva

HOMEM MORRE COM TIRO ESPINGARDA ENQUANTO TRABALHAVA NA ZONA RURAL DE URUARÁ

A Polícia investiga o caso em que um homem foi assassinado a tiro nesta terça-feira, 25, enquanto trabalhava na zona rural do município de Uruará (PA). 

A vítima foi identificada pelo nome de Antônio Carlos Pereira da Silva, 37 anos. O crime ocorreu no travessão km 155 norte da Transamazônica, entre os municípios de Uruará e Medicilândia. Segundo informações, Antônio fazia uma cerca num pasto quando foi alvejado por disparo de espingarda. O mesmo ainda foi socorrido, mas foi a óbito antes de chegar ao hospital municipal de Uruará.
O caso está sendo investigado, como informou o delegado Walison Damasceno. “A vítima foi alvejada nas costas por disparo de arma de fogo, e possivelmente foi uma emboscada, tendo em vista que a vítima não teve como reagir. As primeiras diligências estão sendo realizadas com levantamento de informações da possível motivação do crime. O inquérito foi instaurado para apurar o caso”.

SERVIDORES MUNICIPAIS OCUPAM A PREFEITURA DE ANAPU E AMEAÇAM GREVE

Cerca de 60 servidores municipais, ocuparam na manhã desta quarta-feira (26), a Prefeitura de Anapu no sudoeste do Pará. Os servidores revindicam reajustes salariais e ameaçam entrar em greve caso não sejam ouvidos pela gestão e se a reivindicação não sor atendida.
Os funcionários públicos estão na sede da prefeitura de Anapu, onde tentam se reunir com o prefeito Aelton Fonseca (PSDB) para discutir o assunto.

Os servidores pedem reajuste de 22%.

Por: Felype Adms com informações se O Xingu
Fonte: Xingu230

COMISSÃO ARQUIVA INVESTIGAÇÃO EM CONTRATO DE CONSTRUÇÃO DA USINA DE BELO MONTE

Foto: Osvaldo de Lima
A Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia arquivou, em 5 de abril, investigação em contrato entre o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Consórcio Norte Energia S/A, responsável pela obra da Usina de Belo Monte, no Pará.
A investigação estava prevista na Proposta de Fiscalização e Controle (PFC) 15/15, do deputado Arnaldo Jordy (PPS-PA).
O parlamentar propôs investigar se havia irregularidades no aditamento contratual que alterou datas do cronograma de entregas de obras da usina de Belo Monte, isentando o Consórcio Norte Energia S.A. de multas no montante aproximado de R$ 75 milhões.
Em agosto de 2015, a comissão aprovou relatório prévio pela implementação da proposta, por meio de auditoria no contrato, que seria realizada pelo Tribunal de Contas da União (TCU).
Após realização da auditoria, o relatório final da deputada Júlia Marinho (PSC-PA) concluiu pelo arquivamento da investigação. “Conclui-se que o TCU realizou exaustivas diligências junto à Norte Energia S.A., ao BNDES e à Aneel [Agência Nacional de Energia Elétrica] e não encontrou evidências nem indícios de que o citado termo aditivo tenha viabilizado ou dado causa a alterações nas datas do cronograma de entregas de obras do empreendimento, ou isentado a concessionária de multas por atraso de obras associadas à usina de Belo Monte”, disse Júlia Marinho.

Fonte: Agência Câmara

COMISSÃO ESPECIAL DA CÂMARA APROVA RELATÓRIO DA REFORMA TRABALHISTA

A comissão especial criada para analisar a reforma trabalhista na Câmara dos Deputados aprovou ontem (25) o parecer do deputado Rogério Marinho (PSDB-RN). O relatório foi aprovado por 27 votos a 10 e nenhuma abstenção, com ressalvas aos destaques incluídos no relatório durante a discussão.
Entre os partidos que têm representação na comissão especial, PT, PDT, PCdoB, PSOL, PSB, PEN e a liderança da minoria orientaram voto contra o parecer do relator Marinho. Para a oposição, a proposta retira direitos dos trabalhadores e precisa ser mais discutida. Para os governistas, a proposta já foi amplamente debatida e contribuirá para modernizar as relações de trabalho e estimular a geração de empregos.
O Projeto de Lei (PL) 6.787/2016, que altera diversos pontos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) tramita em regime de urgência e agora segue para análise do plenário da Câmara. Segundo o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a matéria será colocada em pauta para votação hoje (26).
A reunião de apreciação do relatório começou por volta das 11h30 e durou mais de seis horas, com embate entre parlamentares da base aliada ao governo e da oposição. Tentando adiantar a votação, as lideranças governistas conseguiram aprovar um pedido de encerramento da discussão. Do total de 45 oradores inscritos para debater a matéria, apenas seis expuseram seus argumentos sobre o relatório. Houve reação da bancada oposicionista, que já tinha se manifestado no início da reunião pela prorrogação dos trabalhos da comissão.
Alterações
Depois de apresentar o relatório com nova redação, Rogério Marinho acatou oralmente algumas alterações sugeridas por parlamentares, entre as quais a proibição de que o pagamento de benefícios, diárias ou prêmios possam alterar a remuneração principal do empregado e a inclusão de emenda que prevê sanções a empregadores que cometerem assédio moral ou sexual.

Marinho disse que, após a votação, vai se reunir com integrantes da bancada feminina para definir acordo sobre mais alterações em torno de alguns pontos, em especial o que trata do trabalho de mulheres grávidas e lactantes em ambientes insalubres.

LADRÕES ROUBAM LOJA DE ELETRODOMÉSTICOS EM ANAPU

O assalto foi durante a madrugada de hoje (26) em Anapu no sudoeste do Pará, município a 160km de Altamira na BR230. O proprietário chegou para abrir o estabelecimento na manhã desta quarta-feira, mas encontrou o local violado, o assaltante entrou pela grade do escritório, quebrando uma janela e tendo acesso ao interior da loja.
Vários celulares foram roubados, algumas prateleiras ficaram praticamente vazias, a polícia militar foi acionada e deve usar imagens de circuito interno para identificar o ladrão.
A loja de eletrodomésticos que fica na Av. Getúlio Vargas no centro da cidade e é bastante conhecida dos anapuenses, o proprietário foi orientado a registrar o Boletim de Ocorrência na delegacia. A polícia investiga civil investiga o caso.

Por: Felype Adms

Fonte: Xingu230

DESAPARECIDO DE PACAJÁ É ENCONTRADO MORTO EM POSTAGEM DE REPÚDIO EM ANAPU

O caso começou com o desaparecimento de uma pessoa no último domingo, o jovem Renê de 18 anos estava em um balneário conhecido da cidade de Pacajá, na BR230, sudoeste do Pará, porém não retornou para casa, o pai ainda na segunda-feira (24), iniciou buscas com os amigos da família e grupos de whatsapp, mas não conseguiram encontrar Renê.
Na terça-feira (25), o pai do jovem recebeu informações de que ele estava morto, e que uma postagem feita ainda na noite de segunda mostrava o corpo de Renê em uma unidade de saúde desativada na cidade de Anapu. O caso repercutiu na rede social facebook, o responsável pela página e pela postagem Marcos Pirro desabafou depois de fotografar o corpo em situação deplorável nos fundos de um hospital desativado.
Ele denunciou o descaso da saúde pública na cidade, e questionou a forma com o que o corpo estava sem qualquer dignidade humana. O secretário de saúde Miqueias Nascimento, procurou a delegacia para denunciar Marcos Pirro, alegando exposição do corpo de uma pessoa, crime conhecido como vilipêndio de cadáver. O próprio secretário de saúde assinou o boletim de ocorrência contra o usuário do facebook, no seu relato o secretário diz:
A postagem quer macular a administração municipal, que o local mostrado está desativado, que o denunciado pulou o muro de uma área restrita, que o corpo só ficou lá até a chegada do IML, período que durou entre 17h e 20h, que os corpos não ficam de um dia para o outro no local” relatou Miqueias
Por telefone, o secretário informou que uma funerária da cidade foi quem deixou o cadáver no local e que essa não é uma ação ou serviço da Secretaria de Saúde da cidade de Anapu, nem que a prefeitura venha aprovar esse tipo de conduta.
A polícia civil deve intimar Marco Pirro a prestar depoimento. Em sua rede social o jovem retirou a foto porém acrescentou que fez a postagem para ajudar a sociedade anapuense e disparou:
Obrigado, você que fez esse boletim, pois tenho certeza que você ‘tá’ recebendo pra isso, mas quero te falar, que do jeito que você tem direito, também tenho” escreveu Marco.

MEGA-SENA CONCURSO 1924: GANHADOR PODE RECEBER R$ 97 MILHÕES

O sorteio 1.924 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 97 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h (horário de Brasília) desta quarta (25), em Franco da Rocha (SP). A premiação é a maior do ano.
De acordo com a Caixa Econômica Federal, com o valor integral do prêmio, o ganhador poderá comprar nove prédios comerciais três andares em um bairro de luxo em São Paulo. Se quiser investir na poupança, receberá mensalmente R$ 650 mil em rendimentos.
Para apostar na Mega-Sena
As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país. A aposta mínima custa R$ 3,50.
Probabilidades
A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.
Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

Fonte: G1 Loterias

PF DESARTICULA QUADRILHA ESPECIALIZADA EM LAVAGEM INTERNACIONAL DE DINHEIRO

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã de hoje (26) a Operação Perfídia para desarticular uma organização criminosa especializada em lavagem internacional de dinheiro, blindagem patrimonial e evasão de divisas com ramificações em pelo menos cinco países.
Cerca de 200 policiais federais cumprem 103 mandados judiciais, sendo 55 de busca e apreensão, 46 de condução coercitiva e dois de prisão temporária. As ações se concentram no Distrito Federal, mas também ocorrem na Bahia, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Goiás, Pará, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, São Paulo e Tocantins.
De acordo com a corporação, as investigações começaram em agosto de 2016, a partir da prisão em flagrante, no Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek, de um estrangeiro que tentou entrar no país com um passaporte brasileiro falso. Segundo apuração do Ministério Público Federal no Distrito Federal (MPF/DF), o documento foi providenciado por integrantes do esquema.
Conforme decisão do juiz federal, Ricardo Augusto Soares Leite, da 10ª Vara Federal, a operação deverá ser mantida sob sigilo por 24 horas. A medida visa garantir o cumprimento de todos os mandados. Em função do sigilo temporário, nesta quarta-feira, não serão informados quem são os alvos das medidas cautelares e nem quais suspeitas pesam contra cada um deles.
A Polícia Federal investiga se integrantes da organização realizavam operações de câmbio não-autorizadas, além de dissimularem a aquisição de imóveis de alto valor e promover a evasão de divisas. Para isso, eles se utilizavam de “laranjas” e falsificavam documentos públicos, especialmente certidões de nascimento emitidas em cartórios no interior do Brasil.
Segundo a PF, o "núcleo duro" da organização era formado por proprietários de postos de gasolina, agências de turismo, lotéricas, entre outros estabelecimentos e era responsável pela aquisição fraudulenta de imóveis para lavagem de dinheiro. A PF informa que, somente em uma das operações de compra e venda, o negócio chegou a R$ 65 milhões.

APÓS PROTESTO, INDÍGENAS TERÃO REUNIÃO COM PRESIDENTE DO SENADO

Após protesto em frente ao Congresso Nacional que terminou em confronto com a polícia nesta terça-feira (25), indígenas que estão em Brasília contra o retrocesso de direitos terão um encontro amanhã (26) com o presidente do Senado, Eunício Oliveira, para apresentar suas reivindicações. O assunto também será tema de audiência pública na Comissão de Direitos Humanos do Senado nesta quarta-feira.
O ato da tarde de hoje, que reuniu 4 mil pessoas, segundo a organização, e 2 mil, pelos cálculos da Polícia Militar, começou pacífico, mas teve um momento de confusão na chegada ao Congresso quando os indígenas tentaram entrar no prédio e foram impedidos pela polícia, que usou bombas de gás lacrimogêneo. A manifestação faz parte do Acampamento Terra Livre, que traz anualmente à capital federal representantes de etnias de todos os estados brasileiros.
De acordo com a coordenadora executiva da Articulação dos Povos Indígenas no Brasil (Apib), Sônia Guajajara, uma das demandas históricas dos indígenas é a crítica à proposta de emenda à Constituição (PEC) 2015/2000, que transfere do Executivo para o Congresso Nacional o poder de demarcar terras indígenas.
A bandeira maior é a garantia do direito territorial. A Funai [Fundação Nacional do Índio], órgão de responsabilidade do Ministério da Justiça, também está sendo enfraquecida. Além disso, a gente tem um exemplo do que são as consequências do garimpo. O Congresso Nacional quer a qualquer custo regularizar a mineração, entregando esses territórios na mão das empresas mineradoras. Então, estamos aqui também para nos colocarmos contra o Projeto de Lei 1610 [de 1996] que trata da exploração mineral em terras indígenas.”
As lideranças também se opõem ao enfraquecimento de outros órgãos de política indigenista, como a Secretaria de Saúde Indígena (Sesai), do Ministério da Saúde, e apelam por melhorias na educação escolar.
A marcha
No início da tarde, os milhares de índios iniciaram a marcha, guiados por um carro de som, entoando gritos de guerra e levando faixas com as principais reivindicações. Uma das lideranças explicava que o ato serviria para demonstrar “indignação ao Congresso que não respeita os direitos dos povos indígenas”. Em crítica à bancada ruralista, um grupo deixou cerca de 200 caixões pretos no espelho d'água em frente ao Congresso para simbolizar o “genocídio dos povos indígenas”.
Quando os manifestantes tentaram se aproximar de uma das entradas do Congresso, a Polícia Legislativa, com apoio da Polícia Militar, dispersou o grupo com bombas de gás lacrimogêneo e tiros de bala de borracha. Os indígenas voltaram ao gramado do Congresso e chegaram a fechar as pistas nos dois sentidos da Esplanada dos Ministérios. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal, os índios não cumpriram o acordo que haviam feito de não ocuparem uma das vias e “ameaçaram invadir o Congresso”. Por esse motivo, foram utilizados gás e bombas de efeito moral.

VEÍCULO DO DNPM CAPOTA APÓS DESVIAR DE ANIMAL NO KM 195 DA TRANSAMAZÔNICA

Na manhã  desta terça-feira (25), por volta das 11h:30min, na rodovia transamazônica  na BR230 nas proximidades  do km 195.

Quando dois servidores  do DNPM (Departamento Nacional de produção Mineral) que se dirigiam para o município  de Jacareacanga para apuração  de uma denúncia  de lavra ilegal. 

De acordo com informações  do motorista Edson Brandão, ele tentou desviar de um animal na curva e acabou perdendo o controle da direção vindo a capotar o  veículo.  Graças  a Deus sem sem vitimas fatais apenas danos Materiais.

No local havia indícios de outros acidentes naquela curva que todos ja conhecem e de acordo com alguns motoristas, acidentes naquele trecho são frequentes o que necessitaria de maior atenção  de condutores que ali trafegam  e uma boa sinalização. 

Fonte: http://plantao24horasnews.com.br (Weslen Reis)


terça-feira, 25 de abril de 2017

MAIS DE 20 TRABALHADORES RURAIS SÃO RÉUS DE AÇÃO QUE APURA ATAQUE A FAZENDA NO PARÁ

A Justiça começou a ouvir nesta segunda-feira (24), em Marabá, no sudeste do Estado, os trabalhadores suspeitos de invadir e depredar uma fazenda na região. Essa foi a primeira audiência de instrução, dos 23 trabalhadores rurais acusados de invadir a fazenda Serra Norte, que fica em Eldorado dos Carajás, no mês de outubro de 2016.

A audiência está sendo realizada no fórum de Marabá. Ao todo, serão ouvidas 18 testemunhas de defesa e 04 de acusação. Os 23 acusados também estão sendo ouvidos.
Na época, todos foram presos em flagrante. Segundo a polícia, eles depredaram a sede da fazenda e incendiaram várias casas na propriedade. Com o grupo foram encontradas armas e munição. De acordo o dono da fazenda, Geraldo Rodrigues, o ataque teria sido realizado por integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). O Movimento informou que não houve participação de integrantes do MST na invasão à fazenda e que condena esse tipo de violência.

Fonte: G1/PA

SEDUC IMPLANTA NOVO MODELO DE ENSINO MÉDIO

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) colocará em prática  um novo modelo de Ensino Médio. Já aprovado pelo Conselho Estadual de Educação (CEE) na última quinta-feira, 20, o Sistema Educacional Interativo (SEI) integra o Plano de implementação do Ensino Médio Presencial com Mediação Tecnológica.

O SEI é uma das ações previstas no Pacto pela Educação para mudar o padrão da educação paraense. Ao apresentar o plano ao CEE, a Seduc informou que estudos apontam a necessidade de ampliação do Ensino Médio Regular para que a educação alcance o patamar projetado pelo Governo do Estado.
O plano já havia sido apreciado pela Câmara Básica do CEE e na quinta-feira foi definitivamente aprovado. A Seduc submeterá regularmente ao CEE os passos de implantação do plano. A sessão foi dirigida pela professora Suely Menezes, que tomou posse, na mesma sessão, na presidência do Conselho. Da sessão participou o secretário adjunto de Ensino da Seduc, José Roberto Silva, representante da Secretaria.
O SEI é uma Metodologia de Ensino e não uma Modalidade de Aprendizagem. E adequa-se, automaticamente, a qualquer proposição curricular do Ensino Médio. O sistema paraense tem como modelo programa semelhante do governo do Amazonas. E segue políticas expressas nos Planos Nacional e Estadual de Educação. Fundamenta-se, assim, em um tripé de ordem normativa e política que almeja a universalização do Ensino Médio.
A execução do SEI é responsabilidade da Diretoria de Ensino Médio e Profissionalizante, vinculada à Secretaria Adjunta de Ensino. E é acompanhado pelo Escritório de Projetos da Seduc, que gerencia a implantação do Programa de Melhoria da Qualidade e Expansão de Cobertura da Educação Básica do Estado do Pará, idealizado no âmbito do Pacto pela Educação.
CRITÉRIOS
O programa vai ser implantado, na primeira fase, em 144 localidades de 37 municípios que foram selecionados segundo quatro critérios: a existência local de egressos do Ensino Fundamental; baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH); dificuldades de acesso de professores e condições de infraestrutura adequada para instalação das salas que receberão as aulas via satélite, com apoio da internet para interatividade.
De acordo com esses critérios, destacam-se nove municípios do arquipélago do Marajó, onde o histórico do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é baixo. A região, com muitas dificuldades de acesso, será a mais beneficiada pelo SEI.
De acordo com o plano, o SEI vai garantir a ampliação do Ensino Médio, sendo prevista a abertura de aproximadamente 17 mil vagas no 1º, 2º e 3º anos, em localidades preferencialmente rurais, inclusive em regiões de difícil acesso.
Contabilizando apenas a infraestrutura tecnológica, a Seduc vai investir cerca de 18 milhões de reais, mas o investimento é bem maior, considerando-se o custeio e a folha de pagamento de professores.
O  programa já começou a ser implantado. No início deste mês, a Seduc abriu duas licitações para aquisição de equipamentos e serviços de comunicação via satélite e internet. O planejamento prevê que em agosto as aulas começarão a ser transmitidas para 144 salas de aula instaladas em localidades de 37 municípios.