sábado, 20 de julho de 2019

MENINO QUE COREOGRAFOU EM LIBRAS COM PROFESSORA GANHA APARELHO AUDITIVO E ESCUTA PELA PRIMEIRA VEZ

Pedro ficou conhecido por ter coreografado em libras
 com a professora durante uma festa junina
no interior do Pará | Divulgação

A história do pequeno Pedro Ezequiel emocionou a todos desde que foi contada pela primeira vez, no final de junho deste ano.
Natural de Mãe do Rio, nordeste paraense, ele ficou conhecido nacionalmente por coreografar em libras junto com sua professora durante uma festa junina. Depois, teve a oportunidade de visitar o Palácio do Governo, em Belém, e foi presenteado com um cheque moradia para a construção da casa da família.
Aparelho auditivo doado custou mais
de 13 mil reais
 Divulgação
Nesta quinta-feira (18), ele escreve mais um capítulo emocionante. Sensibilizados com a causa, a empresa Opimed doou um aparelho auditivo ao pequeno, que teve a oportunidade de ouvir pela primeira vez.
Pedro nasceu com perda auditiva e, por esse motivo, não tem nenhuma memória e habilidades auditivas.
Pedro Ezequiel nasceu com perda auditiva Divulgação
O aparelho que ganhou auxilia com a perda severa profunda, possibilitando que o menino de 9 anos se deslumbre com os sons.
Além do aparelho, de origem dinamarquesa, que possui tecnologia 3D e custa mais de 13 mil reais, Pedro vai receber acompanhamento médico por profissionais do Centro Integrado de Inclusão e Reabilitação do Governo do Estado e do Hospital Betina Ferro.

Fonte: DOL

EX-DEPUTADO CORONEL NIEL IRÁ COMANDAR INCRA NO PARÁ

 FOTO | Reprodução Facebook

O ex-deputado estadual paraense Coronel Niel (PSD) foi nomeado como Superintendente Regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) no Pará. A notícia foi compartilhada nas redes sociais de Niel. 
O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) é uma autarquia federal que possui a missão prioritária de executar a reforma agrária e realizar o ordenamento fundiário nacional.
Criado pelo Decreto nº 1.110, de 9 de julho de 1970, atualmente o Incra está implantado em todo o território nacional por meio de 30 superintendências regionais. 

Fonte: DOL

SEMAT ALTAMIRA AUTUA ATERRO IRREGULAR


Área recebeu autorização para aterrar uma parte do terreno, mas além de exceder a área da licença, o dono do terreno permitiu o despejo de lixo no local.

No terreno funciona uma oficina mêcanica, e no momento da interdição havia vários funcionários no local. O estabelecimento fica em uma área localizada na margem da BR230, e próximo a uma nascente que alimenta um igarapé. De acordo com a secretaria de meio ambiente de Altamira, o proprietário do local recebeu autorização para aterrar parte do terreno, mas permitiu que a área fosse excedida, e com a utilização de restos de construção e lixo, o que é proibido por lei.
Por conta da irregularidade o terreno foi interditado até que o proprietário cumpra as normas de conduta do município, e recupere a área afetada. Parte do aterro acabou cedendo e indo parar no leito do igarapé. "Eu vou procurar a secretaria agora e regularizar a situação, infelizmente aconteceu isso aí, e agora é consertar o erro, mas eu não errei sozinho, outros aterros aqui também cederam e eu espero que eles também sejam punidos", declarou Lourisvaldo de Assunção.
Isolada com fita zebrada, a área inteira que equivale a três terrenos, foi lacrada, e só será liberada após o cumprimento das medidas legais, conforme explicou a fiscal da semat, Geiciane Rodrigues. "O nivelamento de forma irregular está acontecendo há bastante tempo, desde 2016, nós já vínhamos monitorando, e fazendo as notificações, o problema aqui é o material utilizado que está comprometendo a área", disse. No dia 03 de julho o Xingu230 já havia denunciado a situação em uma reportagem especial, na época vários seguidores do portal enviaram mensagens cobrando uma ação mais efetiva das autoridades, alegando que além da poluição ao meio ambiente, visualmente o local estava se tornando um lixão a céu aberto.

Fonte: Xingu230

sexta-feira, 19 de julho de 2019

PREFEITURA E SENAR COMEÇAM CAPACITAÇÕES E FORMAM MAIS UMA TURMA EM PINTURA DE TECIDOS.

Foram 40 horas de curso de pintura em tecido. Durante esta semana as alunas começavam as 8 horas e ficavam até as 15h todos os dias. A Prefeitura entrou com a estrutura e a alimentação e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR), com a instrutora.
bucalDSC_0937 - Cópia
Cada uma das 16 alunos pintaram de 5 a 6 guardanapos e toalhas. Num total foram cerca de 80 pinturas, das mais variadas estampas. Eu achei que foi ótimo o Curso. Começamos todo mundo alegre e terminamos alegres”, relatou dona Maria Menezes.
bucalDSC_0946 - Cópia
A instrutora do SENAR, Solange Costa disse que o seu objetivo era ensinar e pela empolgação de todas ela acha que atingiu seu objetivo. A instrutora destacou que todos os participantes irão receber certificados válidos em todo o território nacional.
DSC_1024
A coordenadora da SEMUTS, Jociane Guedes, que estava representando o Secretário Oiliçato Alves, agradeceu a participação de todas as alunas que foram assíduas, não faltaram nenhum dia e foram muito dedicadas. “Também quero agradecer a Professora e a coordenadora dos Cursos da Prefeitura, Graça Santos, que foram incansáveis em contribuir para que tudo desse certo”.
DSC_1032
O Prefeito, Alexandre Lunelli, participou do encerramento e pode ver a produção das alunas e disse que a meta do Governo era capacitar 4 mil pessoas e até o momento mais de 2800 pessoas já foram capacitadas. “Hoje aqui na cidade vão ocorrer as obras de pavimentação asfaltica e as pessoas que vão operar as retroescavadeira, que vão ser empregadas, a maioria são daqui da cidade e foram capacitados por estes cursos que foram ofertados, em todos os níveis. Isto é motivo de orgulho para nós em poder capacitar as pessoas para serem absorvidas nos empreendimentos e obras que estão ocorrendo na cidade”, observou, mostrando para as obras da Escola de Ensino Médio que também empregam trabalhadores capacitados pelo município.
DSC_1026
Ao final do curso ocorreu uma confraternização com suco e torta fria.
DSC_1039
No dia anterior o vice-prefeito Junior Lorenzoni e a assistente técnica do Núcelo Regional do SENAR na Transamazônica, Maira Teixeira, acompanharam o trabalho do curso e conversaram sobre os novos cursos previstos para Brasil Novo. “Agora nós queremos realizar cursos para os agricultores e produtores rurais”, explicou Maira,
bucalDSC_0965
Este foi o primeiro de muitos cursos do SENAR que estão previstos para acontecer no município, até o final do ano. Conforme Maira  já estão confirmados os instrutores para os cursos de doma de animais, processamento do cacau, piscicultura e manipulação de alimentos. “Nós só temos que montar as turmas e marcar a data agora para agosto”, afirmou Maira.
bucalDSC_0963
Em breve será divulgado o período dos novos cursos e as inscrições. Acompanhe as notícia pelo Portal da Prefeitura (www.brasinovo.pe.gov.br) e fique por dentro.
Por: Luis Henrique Silveira (Fotos e Texto)
Fonte: ASCOM/PMBN 

SAIU O RESULTADO 1ª FASE DO PROCESSO SELETIVO DA PREFEITURA DE URUARÁ


O Instituto Vicente Nelson divulgou o resultado 1ª Fase do Processo seletivo da prefeitura de Uruará
O Resultado 1ª Fase - Prova Objetiva Concurso : 0117 - PREFEITURA MUNICIPAL DE URUARÁ foi divulgado nesta quarta-feira, 17 de julho. Nessa primeira fase do resultado aponta um total de 227 aprovados.
Acesse o link abaixo e veja a lista com o nome dos aprovados:
Ou copie o link abaixo e abra em uma nova guia do seu navegador para acessar direto o resultado:
Segundo dados divulgados pelo instituto, 2.326 candidatos se inscreveram para concorrer as 626 vagas imediatas para cargos de nível Fundamental, Médio e Superior.


Fonte: gazeta uruará

POLÍCIA CIVIL PRENDE 3 PESSOAS E APREENDE MADEIRAS DE ESPÉCIE EM EXTINÇÃO EM PACAJÁ


Polícia Civil do Pará prendeu, na última quarta-feira (17), três pessoas por praticarem atividades lesivas ao meio ambiente, sendo eles: José Ângelo da Cruz, Gilberto Martins da Silva e Emerson da Silva Machado.
Os acusados foram presos em flagrante praticando a extração ilegal de madeira clandestina, incluindo a espécie castanheira, além de enorme quantidade de madeiras cortadas e prontas para comercialização. A prisão dos acusados ocorreu na zona rural de Pacajá sudeste paraense.
Conta os policiais que após se deslocarem à zona rural de Pacajá, para apurar denúncia da ação de homens armados, ao chegarem em uma localidade denominada, “Vila do Irmão”, se depararam com extração de madeireira clandestinas. No interior do local, foram encontradas dezenas de toras de madeiras, incluindo a espécie castanheira, além de enorme quantidade de madeiras cortadas e prontas para comercialização.
Diante da situação os policiais deram voz de prisão aos acusados, responsáveis pela atividade criminosa, sendo autuados pelas práticas dos crimes capitulados nos artigos 45, 46 e 50, II, c, da Lei 9.605/98, bem como o art. 288 do Código Penal. Que dispõe sobre as sanções penais e administrativas derivadas de condutas e atividades lesivas ao meio ambiente.
A ação foi realizada pela Delegacia de Conflitos Agrários (DECA) de Marabá, sob o comando do seu Diretor, delegado W. Alexandre.
Fonte: Polícia Civil do Pará

PREFEITO ALEXANDRE LUNELLI PARTICIPA DO ACIONAMENTO DA 14ª TURBINA DA USINA HIDRELÉTRICA BELO MONTE

Na quarta-feira (17/07), o Prefeito Alexandre Lunelli participou da cerimônia de acionamento da 14ª turbina da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, como vice-presidente da Associação de Municípios Consórcio Belo Monte (ACBM).
WhatsApp Image 2019-07-17 at 22.16.56
A cerimônia contou com a presença do Ministro de Estado de Minas e Energia, Almirante de Esquadra Bento Albuquerque, do Diretor Geral da Aneel, André Pepitone da Nóbrega, do Presidente da Eletrobrás, Ilson Ferreira, do Senador Zequinha Marinho, do Deputado Federal Joaquim Passarinho, do Presidente da Norte Energia, Paulo Roberto Ribeiro Pinto, do Prefeito de Porto de Moz e Presidente da Associação do Consórcio dos Municípios de Belo Monte, Berg Campos,do Secretário Executivo da ACBM, Jefferson Figueiredo, e diversas autoridades nacionais e da região da Transamazônica e Xingu.WhatsApp Image 2019-07-17 at 22.17.30
O Prefeito Alexandre Lunelli junto com o Presidente da ACBM, Berg Campos aproveitaram o encontro como Ministro das Minas e Energia para tratar de assuntos regionais como a retomada do Programa de Desenvolvimento Regional Sustentável do Xingu (PDRSX) e dos Projetos que estão paralisados. Na ocasião também organizaram a pauta da ACBM e ficou acordada uma viagem a Brasilia para agosto com o objetivo de reunir com a bancada Federal do Pará, para tratar dos problemas que afetam vários municípios como os Projetos Luz Para Todos, a continuidade do asfaltamento da Transamazônica e as emendas parlamentares de 2018.
WhatsApp Image 2019-07-17 at 22.16.58
Com a entrada em operação da 14ª Unidade Geradora da Casa de Força Principal da Usina, Belo Monte passa a dispor de 8.788,5 megawatts (MW) de potência instalada (14 turbinas que alcançam 8.555,4 MW, somadas às seis unidades geradoras da Casa de Força Complementar, que totalizam 233,1 MW), superando a capacidade de geração da Usina de Tucuruí (8.535 MW) e a contribuição da parte brasileira de Itaipu (7.000 MW). Será a conclusão de um ciclo de nove anos de implantação e investimentos estimados em R$ 40 bilhões. Em sua totalidade operacional, a energia gerada pelo empreendimento atenderá a 60 milhões de brasileiros, considerando-se consumo residencial, por meio do Sistema Interligado Nacional (SIN).
WhatsApp Image 2019-07-17 at 22.17.40
Por: Luis Henrique Silveira com informações e fotos ACBM
Fonte: ASCOM/PMBN

APÓS DIZER NÃO EXISTE FOME NO BRASIL, BOLSONARO RECUA E DIZ QUE ‘PEQUENA PARTE’ DA POPULAÇÃO PASSA FOME NO PAÍS

© Marcos Corrêa/PR O presidente Jair Bolsonaro participa
de café da manhã com jornalistas

Após ter dito nesta sexta-feira 19 que não existe fome no Brasil, o presidente Jair Bolsonaro afirmou não saber por que uma “pequena parte” da população passa fome e por que “outros passam mal ainda”.
“Olha, o brasileiro come mal. Alguns passam fome. Agora, é inaceitável um país tão rico como o nosso, com terras agricultáveis, água em abundância, até o semiárido nordestino tem uma precipitação pluviométrica maior do que Israel. E falei também na questão das Pequenas Centrais Hidrelétricas. Você leva dez anos para conseguir uma licença. E qualquer hectare de água produz de 10 a 15 toneladas de tilápia por ano. Então, um país aqui que a gente não sabe por que pequena parte passa fome e outros passam mal ainda”, afirmou
Mais cedo, em uma entrevista a jornalistas estrangeiros, Bolsonaro disse que “falar que se passa fome no Brasil é uma grande mentira”. “Passa-se mal, não se come bem. Aí eu concordo. Agora, passar fome, não”, disse.
Questionado sobre se estava voltando atrás na declaração inicial, o presidente ficou irritado e disse que “não via nenhum magro” entre os jornalistas. “Ah, pelo amor de Deus, se for para entrar em detalhe, em filigrana, eu vou embora. Eu não tô vendo nenhum magro aqui, tá certo? Temos problema alimentar no Brasil? Temos, não é culpa minha, vem de trás, estamos tentando resolver”, disse.
Bolsonaro afirmou ainda que o que “tira o homem e a mulher da miséria é o conhecimento”. “Não são bolsas e programas assistencialistas. Nós temos que lutar nesse sentido, nessa linha, para dar dignidade ao homem e à mulher brasileira”, afirmou.

Fonte:  MSN/VejaCom (Com Estadão Conteúdo)

DECRETO GARANTE QUE DEFENSORIAS PÚBLICAS NÃO SEJAM FECHADAS


O presidente Jair Bolsonaro assinou medida provisória para manutenção na Defensoria Pública da União (DPU) dos 819 servidores requisitados do Poder Executivo Federal. A assinatura ocorreu nesta quinta-feira (18), em cerimônia no Palácio do Planalto alusiva aos 200 dias de governo.
A decisão garante o funcionamento de todas as 43 unidades da DPU no interior, incluindo a de Altamira, que corriam o risco de fechamento caso os servidores requisitados, responsáveis por 2/3 da força de trabalho administrativa da Defensoria , tivessem que voltar aos órgãos de origem a partir de 27 de julho.
A possibilidade de devolução compulsória decorria de lei que estabeleceu prazo máximo de três anos de tempo de requisição de servidores da administração pública federal direta pela DPU.
Com a MP assinada, a administração do órgão pode agora concentrar esforços junto ao Congresso Nacional para solução definitiva em relação ao quadro de pessoal ou substitutivo que crie a carreira administrativa própria da Defensoria Pública da União.

(Odocumento)

BANDIDOS ARROMBAM CAIXA ELETRÔNICO DE AGÊNCIA BANCÁRIA EM VITÓRIA DO XINGU/PARÁ

Eram Por Volta das 02:30hrs da madrugada dessa sexta-feira (19), quando a polícia foi informada sobre um arrombamento em um dos caixas eletrônicos do Banco Bradesco em Vitória do Xingu. 
As Polícia Civil e Militar rapidamente até o local, porém nada do caixa foi levado as Guarnições da Polícia Militar e equipes da Polícia Civil fizeram diligências pela cidade na tentativa localizado os criminosos, porém nenhum suspeito foi localizado.
O Delegado do Município Lindoval Borges e sua equipe, investiga o caso e deve acionar Peritos do Renato Chaves para fazer a perícia no local para os procedimentos cabíveis. 


CAMINHONEIROS FALAM EM NOVA PARALISAÇÃO APÓS MUDANÇAS NA TABELA DE FRETE

© Daniel Teixeira/Estadão Caminhoneiros formaram
comboios na greve de 2018

A nova resolução sobre a política de pisos mínimos do frete rodoviário, publicada nesta quinta-feira, 18, pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), foi considerada condizente com os valores de mercado por exportadores, mas criticada por alguns representantes dos caminhoneiros, que ameaçam nova paralisação. 
A resolução, que estabelece regras gerais, metodologia e coeficientes dos pisos mínimos referentes ao quilômetro rodado na realização do serviço de transporte rodoviário de cargas, foi aprovada após estudo técnico realizado pela Esalq-Log e processo de consulta pública e entra em vigor neste sábado, 20.
Segundo a ANTT, a elaboração da resolução teve participação de transportadores autônomos, empresas e cooperativas de transporte, contratantes de frete, embarcadores e diversos outros agentes da sociedade e foram recebidas aproximadamente 350 manifestações, que englobaram cerca de 500 contribuições específicas, analisadas individualmente pela agência.
Wanderlei Alves, o Dedeco, um dos representantes dos caminhoneiros que falavam em paralisação da categoria em abril, se mostrou descontente com a nova resolução. Em vídeo publicado no Youtube e distribuído via redes sociais, ele apontou "frustração" com a nova tabela.
Segundo ele, após reunião com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, caminhoneiros decidiram que até o dia 20 deste mês não iriam se manifestar. "Tivemos várias reuniões depois, houve as audiências, mas infelizmente pisaram na nossa cabeça", afirmou. "Estou frustrado, triste, chateado, mas, nós, caminhoneiros, temos, sim, que dar a resposta e mostrar que não ficamos satisfeitos. Se houver uma paralisação, se for essa a decisão da categoria, contem comigo."
O assistente executivo da Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec), Lucas Brito, disse ao Estadão/Broadcast que a resolução está de acordo com o que prevê a lei nº 13.703/2018, que estabeleceu a Política Nacional de Pisos Mínimos do Transporte Rodoviário de Cargas.
Ele assinalou, porém, que a associação continua contrária ao tabelamento. "Pela primeira vez, na nossa visão, a ANTT procedeu de acordo com o que estabeleceu a lei, promovendo audiências públicas, elaborando um trabalho técnico, possibilitando a participação dos embarcadores e de todos os setores interessados. É o que deveria ter feito nas resoluções anteriores e só fez agora", disse. "Pela primeira vez foi apresentada uma tabela com respaldo técnico."
Para a Anec, a resolução é fiel ao que a Esalq-Log apresentou, além de contemplar contribuições dos agentes que acompanharam a discussão, no sentido de buscar "um modelo de máxima eficiência do transporte rodoviário para se chegar a parâmetros que refletissem os pisos mínimos para uma operação de frete". "Não atendeu exatamente tudo que poderia ter atendido, mas o trabalho da Esalq foi muito bem elaborado", disse Brito.
Quanto aos valores do frete, ele destacou que estão mais de acordo com a realidade do mercado. "Analisando os valores em si da tabela, o que ela traz de valor de frete base, numa avaliação preliminar podemos observar que ela corrige as distorções da última tabela, cujos valores estavam muito acima do que o mercado normalmente pratica. Hoje os valores apresentados estão mais condizentes com os que seriam praticados no mercado sem interferência do governo", disse.

BOLSONARO SINALIZA QUE PODE VOLTAR COM HORÁRIO DE VERÃO

© Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) deu a entender, durante seu pronunciamento nas redes sociais, nesta quinta-feira (18/7), que pode rever o decreto que suspende o horário de verão. Antes de anunciar a inauguração de uma usina fotovoltaica flutuante em cima das águas do lago de Sobradinho (PE), ele sinalizou a possibilidade de voltar com a medida.
“A minha caneta Bic está à disposição de vocês, qualquer decreto pode ser modificado. A gente entra em contato com a assessoria de assuntos jurídicos e estuda. Se for o caso, a gente altera o decreto para atender o bem-estar da população, sem extrapolar os limites da lei”, afirmou Bolsonaro.

(Veja São Paulo)

No final de abril, Bolsonaro assinou o decreto que acabava com a medida adotada em alguns estados do país. 
A decisão de acabar com o horário de verão este ano foi baseada em um parecer do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, que aponta pouca efetividade na economia energética.
No ano passado, estudos da Secretaria de Energia Elétrica (SEE), do Ministério de Minas e Energia (MME), em parceria com o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), apontaram que a medida não tem sido eficiente na economia de energia, já que os resultados alcançados foram próximos à “neutralidade”.
O horário de verão foi criado em 1931 com o intuito de economizar energia, a partir do aproveitamento de luz solar no período mais quente do ano, e tem sido aplicado no país, sem interrupção, ao longo dos últimos 35 anos.
Normalmente, o horário de verão ocorria entre outubro e fevereiro, quando os relógios eram adiantados em uma hora, e vigorava nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e no Distrito Federal.

Por: Marcelo Ernesto

MAIS DE 11 MIL FAMÍLIAS PEDEM DESLIGAMENTO DO BOLSA FAMÍLIA EM 2019

© Ana Nascimento/Ministério do Desenvolvimento Social/ReproduçãoBolsa Família: programa inclui famílias com renda por pessoa
entre R$ 89,01 e R$ 178 mensais

Mais de 11 mil famílias solicitaram desligamento voluntário do Bolsa Família em 2019, segundo o Ministério da Cidadania. Geralmente, o cancelamento do benefício é pedido quando beneficiário consegue um emprego formal.
O programa atende cidadãos em situação de pobreza e de extrema pobreza e inclui famílias com renda por pessoa entre R$ 89,01 e R$ 178 mensais, desde que tenham crianças ou adolescentes de 0 a 17 anos.
Segundo a pasta, se a família que solicitou o desligamento voluntário precisar novamente do benefício, o processo é simples. Se o pedido foi há menos de 36 meses, basta procurar o setor responsável pelo Bolsa Família na sua cidade, levar a documentação e solicitar a reversão do cancelamento.
Famílias consideradas abaixo da linha da pobreza, com renda per capta de até R$ 178 por mês, tem retorno garantido ao programa. Para solicitar a reinclusão, o beneficiário deve procurar o setor responsável pelo Bolsa Família de seu município. É necessário levar CPF ou título de eleitor e documento de identificação do responsável familiar. Além disso, é preciso apresentar a documentação de todos os integrantes da família, para atualizar o cadastro.
Os municípios e o Distrito Federal são os responsáveis pelo cadastramento das famílias — assim, as famílias interessadas devem ir ao setor do Bolsa Família e do Cadastro Único em sua cidade. Em muitos locais, o cadastramento também pode ser realizado nos Centros de Referência da Assistência Social (Cras).


‘ESPERO QUE MORO NÃO OCUPE VAGA QUE DEIXAREI NO STF’, DIZ MARCO AURÉLIO

© Carlos Humberto/SCO/STF/Divulgação
O Ministro Marco Aurélio do Supremo Tribunal Federal (STF)

Prestes a se aposentar compulsoriamente em 2021 – quando completará 75 anos de idade -, o ministro do STF, Marco Aurélio Mello, espera que o ministro da Justiça e Segurança Pública,Sergio Moro, não ocupe sua vaga na corte suprema. Em entrevista para a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, desta sexta-feira 19, Mello criticou Moro por diálogos vazados, obtidos pelo site The Intercept, que sugerem parcialidade em suas decisões quando juiz da Lava Jato.
Marco Aurélio Mello diz que continua a “indagar o que nós estaríamos a dizer se [Moro] tivesse mantido essa espécie de diálogo com a outra parte [a defesa dos réus]”. “Ministério Público no processo é parte e tem que ser tratado como tal”, declarou o ministro, que completou: “Eu espero que ele não ocupe a cadeira que deixarei em 2021.”
Recentemente, Mello já declarou que Moro “não é vocacionado” à magistratura. Segundo ele, com a divulgação dos diálogos entre o ex-juiz e procuradores, “a máscara caiu”.
O presidente Jair Bolsonaro, no início de seu mandato, afirmou publicamente que pretende oferecer uma das próximas vagas abertas no Supremo a Moro. Antes da aposentadoria de Marco Aurélio Mello, um posto será aberto com a saída de Celso de Mello.
Sergio Moro não reconhece a autenticidade do material obtido pelo Intercept. Em parceria com o site, VEJA é um dos veículos que examinam mensagens da força-tarefa da Lava Jato. Em reportagem são divulgados diálogos que mostram a colaboração entre o Ministério Público Federal, a Polícia Federal e Moro. Na prática, o hoje ministro atuava como o chefe da força-tarefa, desequilibrando a balança da Justiça em favor da acusação.

Fonte: MSN/Veja.Com

quinta-feira, 18 de julho de 2019

APÓS INVADIR E FURTA OBJETOS DE UMA FAZENDA, SUSPEITOS SÃO MORTOS EM CONFRONTO COM A POLÍCIA MILITAR EM URUARÁ


Durante a tarde desta quarta-feira (17), por volta das 16:00hrs, um morador do Km 160 norte ha 5 km da Rodovia Transamazônica, na zona Rural de Uruará no sudoeste do Pará, teria procurado a delegacia de Polícia Civil para informar que seu vizinho havia ligado para o mesmo informando que dois indivíduos teriam invadido a sua residência e levado alguns objetos.
O agricultor teria sido orientado a pedir apoio a Polícia Militar que de imediato foi atendido pela Guarnição de serviços que fez o deslocamento até o local da ocorrência. Em diligência para o local, a guarnição teria se deparado com os dois suspeitos armados que verem a viatura, os dois correram para dentro da mata. Após uma perseguição mata a dentro, de acordo com as informações da polícia, os dois indivíduos resolveram atira contra os policiais que também responderam da mesma forma vindo a serem atingidos pela guarnição para repelir a injusta agressão, os dois ainda foram socorridos até o Hospital Municipal de Uruará onde não resistiram aos ferimentos e acabaram morrendo.
Os dois Suspeitos, foram identificados como "Fabrício Rosa de Lima", de 18 anos e "João Vitor Silva Araújo" de 21 anos. Na ação foram apreendidas duas armas de fogo, sendo elas uma carabina de ar comprimido adaptada para munições calibre 22, uma arma de fabricação caseira calibre 22, oito munições degradadas e mais 13 munições intactas. Além dos objetos do furto, um televisor 32 polegadas, uma caixa amplificada, um motosserra e dois celulares.
Todo o material foi encaminhado é apresentado na Delegacia para os procedimentos cabíveis onde a Polícia Civil foi informada da situação, onde também foi constatado que um dos suspeitos era de Altamira e estava de alvará.

PRESIDENTE JAIR BOLSONARO DEVE VISITAR ALTAMIRA EM NOVEMBRO


Durante a solenidade que anunciou o funcionamento da 14ª Unidade Geradora (UG) da Casa de Força Principal da Usina Hidrelétrica Belo Monte, o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque anunciou a vinda do presidente Jair Bolsonaro à região do Xingu. “O presidente Jair Bolsonaro reconhece a contribuição do empreendimento para o Brasil e já sinalizou sua presença, aqui em Vitória do Xingu, em novembro deste ano, no acionamento da última turbina”, declarou Albuquerque.
Com a promessa da ida até o município de Vitória, Bolsonaro deve passar também por Altamira. A conclusão da construção da Usina está prevista para o fim do ano. A décima-oitava e última turbina será o marco do fim da obra.
As outras quatro Unidades Geradoras restantes estão em processo de montagem avançada, sendo que a UG 15 deverá estar operando no próximo mês.

Por: Mayara Freire com informações da Assessoria da Norte Energia

HOMEM E MORTO A TIROS NA VILA BOM JARDIM EM PACAJÁ/PARÁ


Os crimes de homicídio em nossa região não param e dessa vez foi em Pacajá no sudoeste do Pará.
Eram por volta das 20:00hrs da noite dessa quarta-feira (17), quando a Polícia Militar foi informada por moradores da Vila Bom Jardim que dois indivíduos em uma motocicleta pop preta teriam chegado em um restaurante e atiraram contra a vítima identificada como "Adailton Silva Alves", conhecido como (Loirinho), de 33 anos.
A vítima, ainda teria tentado correr para se salvar, mas foi atingido pelos disparos e acabou caindo no quintal de uma residência ao lado do restaurante, a Guarnição após tomar conhecimento da situação de imediato foram até o local, onde foi constatado que a vítima já havia evoluído a óbito no local.
Após cometerem o crime os acusados fugiram em rumo ignorado, diligências ainda foram feitas nas redondezas, porém nenhum suspeito foi encontrado.
A Polícia Civil de Pacajá foi informada do crime para que fosse feito os procedimentos cabíveis. Um inquérito será instaurado para apurar as circunstâncias do crime.

BELO MONTE SE TORNA A MAIOR USINA GENUINAMENTE BRASILEIRA E A QUARTA MAIOR DO MUNDO

A hidrelétrica Belo Monte, instalada em Vitória do Xingu, sudoeste do Pará, colocou em funcionamento nesta quarta-feira, 17 de julho, a sua 14ª unidade geradora.
Com o acionamento de mais essa turbina da casa de força principal do empreendimento, a Usina construída no rio Xingu passa a operar com uma capacidade de quase 8,8 gigawatts (GW) de energia elétrica, o que torna a UHE Belo Monte a maior usina genuinamente brasileira.
O acionamento da turbina foi considerado um marco histórico para o país. A cerimônia contou com a presença do Ministro de Estado de Minas e Energia, Almirante de Esquadra Bento Albuquerque, do diretor geral da Aneel, André Pepitone da Nóbrega, do presidente da Eletrobrás, Ilson Ferreira, do Senador Zequinha Marinho, do deputado federal Joaquim Passarinho, do presidente da Norte Energia, Paulo Roberto, do presidente da Associação do Consórcio dos Municípios de Belo Monte, Berg Campos, além de outras autoridades da região.
A unidade liberada para operação comercial nesta quarta-feira tem capacidade para gerar 611,1 megawatts e foi autorizada a entrar em funcionamento pela Aneel no dia 06 do mês passado.
Com a nova máquina funcionando, a UHE Belo Monte ultrapassou a usina de Tucuruí, também no Pará, que tem capacidade de gerar 8,535 GW.
De acordo com o presidente da Norte Energia, Paulo Roberto, até dezembro deste ano todas as 18 turbinas que compõem a casa de força principal devem estar funcionando. Somando com as outras seis do Sítio Pimental, Belo Monte será uma das maiores hidrelétricas do mundo, com 11,2 GW de capacidade instalada. Foram investidos no empreendimento aproximadamente 42 bilhões de reais.
Quando estiver funcionando plenamente a energia de Belo Monte deverá atender 60 milhões de brasileiros das regiões Norte, Nordeste e Sudeste.
A usina é controlada por um grupo liderado por empresas da estatal Eletrobras, com 50% de participação. Também são acionistas as elétricas Neoenergia, Cemig e Light, além da mineradora Vale e fundos de pensão.
O leilão da concessão para a construção de Belo Monte ocorreu em 2010, após inúmeras disputas sobre a implementação do projeto que começou a ser discutido ainda em meados dos anos 70.
Texto e Fotos: Wilson Soares