quinta-feira, 30 de julho de 2015

Complexo penitenciário de Vitória do Xingu vai abrir 612 vagas no sistema penal

Com a nova unidade prisional, a Susipe abre 612 novas vagas:
105 para presas femininas, 306 para detentos
 masculinos e 201 no regime semiaberto 
(Foto: AP)

No fim da manhã de terça-feira (28), o titular da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), Jeannot Jansen, visitou as obras do complexo penitenciário do município de Vitória do Xingu, localizado na vila Leonardo da Vinci, a oito quilômetros da cidade de Altamira, no sudoeste do Pará. Na ocasião, estavam presentes o superintendente do sistema penal, André Cunha, e o gerente de contratos da Norte Energia, além de representantes da Arteplan, empresa responsável pela construção do complexo.

As obras da nova unidade serão concluídas até 2016.
A obra está sendo edificada em uma área total
de mais de sete mil metros quadrados.
(Foto: AP)
Com a entrega nova unidade prisional, a Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe) abre 612 novas vagas: 105 para presas femininas, 306 para detentos masculinos e 201 destinadas ao regime semiaberto. As obras tiveram início em outubro de 2013 e estão previstas para serem concluídas até 2016. A obra está sendo edificada em uma área total de mais de sete mil metros quadrados.
(Foto: AP) O complexo penitenciário de Vitória do Xingu
é resultado do convênio firmado entre a Segup e a
Norte Energia. A obra foi orçada em R$ 25 milhões.
O Complexo de Vitória do Xingu é resultado do convênio firmado entre a Segup e a Norte Energia, empresa responsável pela construção e operação da Usina Hidrelétrica Belo Monte (UHE). A obra foi orçada em R$ 25 milhões com financiamento da Caixa Econômica, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e BTG Pactual.
O secretário Jeannot Jansen disse que o Estado estará colaborando com a abertura de novas vagas no sistema. “Estamos visitando uma obra de relevância para a região do Xingu e o Pará como um todo. Temos a preocupação que o investimento seja bem executado nesse projeto e nos demais que estão sendo geridos pela Susipe”, destacou.
O titular da Susipe, André Cunha,
e o secretário de Segurança, Jeannot Jansen,
visitaram as obras do complexo penitenciário
de Vitória do Xingu (Foto: AP)
Segundo a Susipe, o projeto de engenharia do complexo de Vitória do Xingu é referência em dez Estados brasileiros, pela qualidade técnica da unidade masculina. “É a maior obra do sistema penitenciário do Estado e se destaca por ser compacta e atender aos requisitos da legislação vigente”, disse André Cunha.
O complexo faz parte das ações do Projeto Básico Ambiental da Usina Hidrelétrica Belo Monte. “Essa obra mostra mais um compromisso da Norte Energia e reafirma os investimentos em segurança que a empresa tem feito na região, que somados chegam a mais de R$ 105 milhões”, destacou o gerente de contratos da Norte Energia, Fernando Barbosa. A penitenciária está sendo construída com recursos do Plano de Desenvolvimento Regional Sustentável do Xingu (PDRSX), ação do governo federal que receberá investimentos de R$ 500 milhões da Norte Energia ao longo de 20 anos.

Sérgio Chêne
Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social

Professores rejeitam proposta e greve da UFPA continua

O governo federal apresentou uma proposta de reajuste salarial linear de 21,3% parcelado em 4 anos. Porém, os professores da Universidade Federal do Pará se reuniram hoje de manhã, 29, durante assembleia geral e decidiram por não aceitar. A greve já dura dois meses.
Segundo a categoria, a proposição foi considerada insuficiente, pois ao ser dividida até 2019, não terá impacto algum no contracheque e nem dará conta de cobrir a inflação do período. Para avançar na negociação, os docentes, que estão em greve desde o dia 28 de maio, aprovaram uma contraproposta a ser apresentada ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (Mpog). A nova tentativa de acordo prevê um aumento linear de 19,7%, em uma parcela única a ser paga em janeiro de 2016. O cálculo, que foi feito em conjunto com as demais categorias do serviço público federal, levou em consideração a inflação acumulada no período de julho de 2010 a julho de 2015.

Ibama promete resposta sobre obras em Altamira

O deputado federal Arnaldo Jordy (PPS-PA), defensores públicos federais, técnicos de meio ambiente e lideranças comunitárias e indígenas entregaram ontem à tarde, em Belém, à presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Marilene Santos, um documento com as prioridades em um conjunto de 54 condicionantes socioambientais ao projeto de construção da Hidrelétrica de Belo Monte, em Altamira, no sudoeste do Pará. Essas medidas deveriam ser implementadas antes de autorização de operação do empreendimento, mas ainda não foram cumpridas de modo satisfatório pelo consórcio responsável pelas obras.
Após a presidente do Ibama – que não quis falar com a Imprensa – receber o documento, subscrito pelo Fórum em Defesa de Altamira, reunindo instituições e entidades que atuam na região do projeto da hidrelétrica, o deputado Arnaldo Jordy informou que dentro de 30 dias o Ibama dará uma posição acerca das demandas apresentadas pela comunidade de Altamira.
“Foi entregue o documento e ela (Marilene Santos) prometeu em 30 dias se manifestar sobre tudo o que foi feito, anotou muita coisa, e nós esperamos que nesse prazo a presidente do Ibama possa anunciar as exigências e o termo dos ajustes que serão feitos no TAC (Termo de Ajuste de Conduta) com a Norte Energia, do Complexo Belo Monte, para que sejam cumpridas as condicionantes que não estão sendo cumpridas. A presidente usou, inclusive, a expressão de que “não vai dar refresco” para essas situações que são absurdas.
ORM News

Lobista Mário Góes confirmou pagamento de propina da Andrade Gutierrez


O lobista Mário Góes é o novo delator da Operação Lava Jato. Ele já prestou dois depoimentos à força-tarefa do Ministério Público Federal que investiga corrupção e propinas na Petrobras. Mário Góes é apontado como operador de propinas na Diretoria de Serviços da Petrobras.

Em um deles, ele confirmou que usou suas empresas, a RioMarine e a Phad Corporation, para repasse de propina e lavagem de dinheiro da Andrade Gutierrez para a Diretoria de Serviços da Petrobras. O presidente da Andrade Gutierrez, Otávio Marques de Azevedo, está preso desde 19 de junho e nesta quarta-feira, 29, virou réu em ação penal por corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

fonte: Estadão Conteudo

Homem é assassinado enquanto abastecia caixas d’água no Bela Vista.

A vítima é Irineu Moraes de 59 anos, ele foi assassinado no Bairro Bela Vista periferia de Altamira no oeste paraense, foi durante a tarde desta da última terça-feira 28, o crime aconteceu na Avenida Circulação Perimetral. Relatos de testemunhas dizem que dois homens que estavam em uma moto quando dispararam cerca de três tiros contra a vítima.
O homem estava momentos antes do crime, abastecendo caixas d’água em um caminhão. Para Mauro Rodrigues que é irmão da vítima, o homem não sofria ameaças de morte e não tinha conflitos ou rixa com outras pessoas.

Familiares do Idoso também confirmarão o histórico pacifico de Irineu Moraes, agora a polícia investiga o que pode ter motivado o crime, um inquérito vai apurar o caso.

Por: Felype Adms
Fonte: Facebook 

EXÉRCITO DEMITE SARGENTO QUE FALTAVA AOS SÁBADOS POR MOTIVOS RELIGIOSOS

Adventista alegou que não podia servir 
a pátria aos sábados
Os militares de carreira não podem deixar de trabalhar aos sábados por causa de sua religião porque estariam criando um regime de trabalho próprio dentro das Forças Armadas.

Essa foi a conclusão a que chegou, neste mês, a 4ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, ao manter sentença que julgou legal a demissão de um sargento do Exército que servia na cidade de Jaguarão, no Rio Grande do Sul. Adepto da religião Adventista do Sétimo Dia, ele se recusava a trabalhar sábado, dia ‘‘guardado’’ para descanso.

Conforme os autos do processo, em 2012, ele foi reprovado na avaliação de desempenho. Além de outras punições disciplinares, ficou preso por dois dias pela recusa de comparecer em missões marcadas para este dia. Em face da conduta, o ex-militar, que ainda não havia adquirido estabilidade, não teve o seu contrato de prorrogação de serviço renovado.

A dispensa levou-o a ingressar com uma ação contra a União, pedindo sua reintegração ao batalhão e indenização por danos morais pelo período em que ficou recluso. Alegou que teria avisado ao seu superior sobre o dogma religioso e que tal decisão viola o respeito à liberdade de crença, garantido na Constituição.

O Exército argumentou que seria inconveniente para a instituição a renovação do contrato do sargento, em face de sua crença religiosa se mostrar incompatível com as atividades militares. A Justiça Federal de Pelotas (RS) julgou a ação improcedente, e o autor recorreu ao tribunal, reafirmando o desrespeito à liberdade de crença.

Servidores do Incra são presos acusados de fraude

Prisão de acusados de fraude no IncraA operação “Terra Legítima”, da Polícia Federal (PF), desarticulou, na manhã de terça-feira (28), uma quadrilha que cobrava propina de cerca de R$ 2 mil para regularizar áreas de terra sem atender aos critérios definidos pelo programa Terra Legal, do Governo Federal. Ao todo, foram cumpridos 10 mandados de prisão, três de condução coercitiva e 13 de busca e apreensão em Marabá, Jacundá e Belém, embora a quadrilha se concentrasse em Marabá e região.
Segundo o delegado regional de investigação e combate ao crime organizado da superintendência regional de PF, Jorge Eduardo de Oliveira, o trabalho foi praticamente todo capitaneado por uma equipe da PF atuante em Marabá, com apoio do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).
A investigação começou há um ano e, segundo a PF, entre os presos estão advogados e servidores do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), cedidos ao programa Terra Legal, que praticavam as fraudes. “Temos indicativos de que a quadrilha cobrava propina para acelerar esses procedimentos e, muitas vezes, fraudava todo o processo, determinando titularidades para laranjas”, esclarece o delegado da PF, Antônio Carlos.

TERRA LEGAL

A ONDA DE ABRACINHOS E TAPINHA NAS COSTAS JÁ ESTA COMEÇANDO, ELEITOR CUIDADO!

Atenção eleitor! Já tem pré-candidato a vereador, prefeito vigiando seu perfil nas redes sociais para conquistar o seu voto! Como sabemos, bom parte dos pré-candidatos a uma das  cadeiras das Câmaras Municipais da região da Transamazônica não possui qualquer conhecimento sobre as funções que deve exercer um legislador.

Ultimamente vejo vários pessoas que se julgam pré-candidatos a Vereador e a Prefeito no Facebook, todos alegrinhos, de sorriso largos, com o dedão de legal apontado a todo o momento. Ate é engraçado, pois sabemos que são uns sem futuro, nem sabem qual é a verdadeira função de um parlamentar, estão de olho gordo no salario, onde sabemos que é um dinheiro fácil, é só ter um bom papo pra enganar o povo, que a certeza de 4 anos ou mais de um bom salários,  fora as maracotaias e propina que são garantidas.
O engraçado é ver uns pré-candidatos ir há alguns lugares e tirarem fotos com pessoas e publicarem nas redes sociais, onde destacam escrevendo: “Hoje visitei esse meu amigo, cara gente boa! tivemos uma conversa agradável, e estamos junto em um projeto para o nosso município”. Srsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrrsrs da vontade de morrer rir...

Por: Waldecir Mecca

Agência do BB em Novo Repartimento sofre arrombamento

IMAGEM ILUSTRATIVA (Fonte: Internet) 
O número de assaltos a banco no estado não para de crescer. Na madrugada desse domingo (26), uma nova tentativa de assalto ocorreu na agência do Banco do Brasil em Novo Repartimento, no sudeste paraense.
Os assaltantes conseguiram acesso ao interior da agência pela janela da cozinha, que não possui grades e fica aos fundos do banco. Dentro eles desligaram todos os sistemas, incluindo de alarme, telefonia e internet. Isso fez com que o caso só fosse percebido na manhã dessa segunda-feira (27), quando os funcionários chegaram para trabalhar.
A tentativa de arrombamento ao cofre foi frustrada. A agência permanece fechada para perícias.
Com esta, sobe para 45 o número de ocorrências de violência contra bancos em 2015 no Pará registradas pelo Sindicato dos Bancários do Pará, sendo 28 assaltos consumados e 15 tentativas.
Mais uma vez o Sindicato reforça a denuncia que faz diariamente sobre a falta de segurança bancária nas agências de todo estado.
“Não passou nem um mês do caso que levou ao falecimento de um bancário do Bradesco em Trairão, e já temos mais uma ocorrência de tentativa de assalto a banco no estado. A falta de segurança nas agências deixam seus funcionários reféns dessa onda de violência que vem acontecendo quase que semanalmente. Não vamos desistir de cobrar dos bancos e dos governos por melhorias nas agências e mais segurança, pois estamos cansados de ver nossa categoria sofrendo com o medo de ir ao próprio trabalho” afirma a presidenta do Sindicato, Rosalina Amorim.

PREFEITO DE PORTO DE MOZ É VAIADO NA FINAL DA COPA DE FUTSAL

Prefeito de Porto de Moz-Pa Edilson Cardoso (PSDB), foi vaiado na noite de sexta- feira (24), no Ginásio Chico Cruz onde estava acontecendo a final da Copa de Futsal, que faz parte da programação do 17° Fest Sol. 

Depois de receber as vaias da plateia, Carequinha revidou mostrando uma uma banana para as pessoas que faziam presente nas arquibancadas.

Esse gesto também pode ser usado para indicar, de forma desrespeitosa, o fato de ignorar o que alguém acabou de dizer ou demonstrar oposição a algo.

Banco da Amazônia abre concurso público para preencher 57 vagas imediadas

O Banco da Amazônia S.A. abriu edital n° 01/2015 de concurso público para preencher 57 vagas imediatas, além de formar cadastro reserva, em cargos de ensino médio e superior. A Fundação Cesgranrio é  a empresa responsável pelo concurso, que oferece oportunidades para polos do Banco situados nos estados do Acre, Amazonas, Amapá, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Roraima, Rondônia e Tocantins.
São distribuídas 56 vagas na função de Técnico Bancário, que exige certificado de conclusão de nível médio, com salário inicial de R$ 1.950,42, por jornada semanal de 30 horas; e 1 vaga para função de Técnico Científico na área de Medicina, com pós-graduação em Medicina do Trabalho e registro no CRM. O salário dos médicos será de R$ 2.357,84, por jornada de trabalho de 20 horas semanais.

Os aprovados e nomeados terão benefícios de programa de assistência médica; auxílio-alimentação no valor de R$ 1.003,16; auxílio creche; possibilidade de exercício de função gratificada, com acréscimo na remuneração de R$ 1.241,95; programa de promoções; participação nos lucros e possibilidade de participação em Plano de Previdência Complementar.
Os interessados poderão efetuar suas inscrições no período de 23 de julho a 17 de agosto de 2015, na página da Fundação Cesgranrio. A taxa de inscrição custa R$ 50,00 para o cargo de Técnico Bancário e R$ 65,00 para Técnico Científico.
A avaliação dos inscritos se dará unicamente através de prova objetiva, de conhecimentos básicos e específicos, que terá caráter eliminatório e classificatório. As provas serão realizadas provavelmente no dia 27 de setembro de 2015, nas cidades de Belém/PA, Boa Vista/RR, Cuiabá/MT, Macapá/AP, Manaus/AM, Palmas/TO, Porto Velho/RO, Rio Branco/AC, Santarém/PA e São Luís/MA, em locais e horários que serão comunicados a partir do dia 23 de setembro de 2015.
Os gabaritos preliminares das provas objetivas serão publicados pela Cesgranrio provavelmente no dia 29 de setembro de 2015.
O prazo de validade do concurso é de um ano, a contar da data de publicação do edital de homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período, a critério do Banco da Amazônia.

Municípios tem até o dia 31 para aderir ao Programa Estadual de Ordenamento Territorial Urbano


Termina nesta sexta-feira, 31, o prazo de adesão dos municípios paraenses ao Programa Estadual de Ordenamento Territorial Urbano (PROTURB), que tem como objetivo apoiar e capacitar as prefeituras na elaboração ou revisão do Plano Diretor Municipal.
O trabalho é coordenado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedop), e desde o seu lançamento, no início deste mês, já contou com a adesão de 34 municípios, dentre eles Abaetetuba, Marapanim, Concórdia do Pará, Capanema, Eldorado dos Carajás, Xinguara, Portel, Afuá, Óbidos e São Miguel do Guamá.
“Nosso objetivo é repassar aos representantes das prefeituras todas as informações técnicas necessárias para elaboração ou revisão do Plano Diretor Municipal, como determina a lei federal 10.275/2001, que estipula prazo de 10 anos às administrações municipais para elaboração dos Planos Diretores”, explicou a coordenadora de Planejamento Urbano e Territorial, da Sedop, Semíramis Silva.
O Plano Diretor é um instrumento básico da política de desenvolvimento e expansão urbana e é obrigatório para cidades com mais de 20 mil habitantes. É ele que determina, por exemplo, os limites das áreas rural, urbana, residencial e comercial dos municípios e estabelece as formas de ocupação e uso do solo. O município que não elaborar seu Plano Diretor dentro do prazo estipulado pelo Ministério das Cidades poderá será penalizado com a suspensão de repasses de recursos federal e estadual. E o prefeito pode até ser condenado por improbidade administrativa.

AP

Mais um é executado em Altamira


A criminalidade em Altamira, sudoeste do Pará, salta aos olhos das autoridades de segurança pública do Estado. Ontem a tarde (28) mais uma pessoa entrou nas estatísticas dos homicídios do município.

O crime aconteceu na Avenida Circulação Perimetral, bairro Bela Vista. A vítima identificada como Irineu Moraes, 59 anos, foi alvejado por três tiros. De acordo com testemunhas, dois homens em uma moto foram os autores dos disparos. A Polícia Civil está investigando o caso.

Apesar dos R$ 100 milhões de reais em investimentos na segurança pública, Altamira sucumbe em meio a violência. Nos últimos 10 dias quatro pessoas foram assassinadas.

Esta semana o Ministério Público e a Polícia Civil prometeram melhorias no combate à criminalidade.

No encontro foram debatidas políticas públicas para a melhoria na atuação conjunta, além de tentativa de solução de problemas pela ausência de estrutura física ou de pessoal para as necessidades da Polícia Civil em Altamira.

Fonte: O Xingu

Pro Paz faz mais de 1,5 mil atendimentos de cidadania em Altamira


O jovem Ronaldo Karu Munduruku, 15 anos, foi uma das primeiras pessoas a receber atendimento na ação do Pro Paz Cidadania, na manhã de ontem (28), levada pelo governo do Estado à região oeste do Pará. Ele se deslocou da comunidade Traíra, localizada nos limites do território do município de Jacareacanga, ao sudoeste do Estado, para fazer o primeiro documento de identidade. “Viajei um dia inteiro para poder chegar aqui, mas valeu muito a pena. Agora já tenho meu documento para poder dar entrada em alguns benefícios. Essa ação veio beneficiar muito a nossa região, principalmente a nossa comunidade, que fica muito distante da cidade”, disse.

Até quinta-feira (30), servidores do Governo do Pará, por meio de articulação da Fundação Pro Paz, estarão em Jacareacanga, com uma previsão de 2,5 mil atendimentos, como emissão de documentos de identidade, carteiras de trabalho, Certidões de Nascimento, fotografias 3x4 e atendimentos jurídicos. Somente neste mês, as ações na região oeste devem chegar a 9.699 atendimentos aos moradores das cidades de Jacareacanga, Altamira, Itaituba e comunidades tradicionais que vivem no entorno.

As ações têm a parceria das secretarias de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), Assistência, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster) e Segurança Pública e Defesa Social (Segup), por meio da Polícia Civil e Defensoria Pública do Estado. A atividade chegou ao oeste paraense no 13 deste mês, com serviços como emissão de documentos e atendimento jurídico. Após a passagem da equipe pelas cidades de Altamira e Itaituba, os números já chegam a 7.199 serviços ofertados.

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Correios vão abrir concurso público para cerca de 2 mil vagas

Vagas são para agente nas atividades de carteiro e operador de triagem. Último concurso foi realizado em 2011 e teve 1,1 milhão de inscritos.


Os Correios estão finalizando os ajustes para a publicação do edital de abertura de concurso público para cerca de 2 mil vagas e formação de cadastro de reserva para o cargo de agente de Correios, nas atividades de carteiro e operador de triagem e transbordo (OTT). As informações são da assessoria de imprensa do órgão.
Os Correios ainda não informaram quando o edital do concurso será publicado, portanto ainda não há informações sobre prazo de inscrições e data das provas. Segundo órgão, a previsão é que os demais detalhes do concurso sejam divulgados até o final do próximo mês.
Agência dos Correios Perdizes (Foto: Raphael Rios/G1)
Agência dos Correios Perdizes
(Foto: Raphael Rios/G1)
As oportunidades serão para os estados de Amazonas, Bahia, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e no Distrito Federal.
Do total de vagas, 10% serão reservadas para pessoas com deficiência (PCD) e 20% para pessoas pretas e pardas (PPP). (Os termos preto e pardo são os utlizados oficialmente pelo IBGE).
Os candidatos aprovados nas provas de conhecimento serão submetidos a teste de esforço e, posteriormente, o exame médico admissional.
O salário inicial para os operadores de triagem e transbordo, somado à gratificação (GIP), chega a R$ 1.284. No caso dos carteiros, soma-se ainda o adicional de distribuição, elevando a remuneração para R$ 1.620,50.
Os admitidos terão benefícios como vale-alimentação/refeição (de R$ 971,96 a R$ 1.092,48), vale-transporte, auxílio-creche ou auxílio babá, além de adicionais - de acordo com o Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) - e a possibilidade de adesão ao Plano de Previdência Complementar.
Último concurso
O último concurso dos Correios foi realizado em 2011 para 9,1 mil vagas em cargos de nível médio e formação de cadastro de reserva, sendo 2.272 para atendente comercial, 5.060 para carteiro e 1.014 para operador de triagem e transbordo. O salário era de R$ 807,29. A organizadora responsável pela seleção foi o Cespe/UnB.

O concurso teve 1.120.393 de inscritos. O cargo com maior número de inscritos foi o de atendente comercial, com 667.798 candidatos, seguido de carteiro, com 296.719. A concorrência para atendente comercial é de 293,93 candidatos por vaga.
Em junho de 2012, o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) autorizou osCorreios a ampliar o quadro de pessoal com a contratação de 9.904 funcionários. A empresa pode contratar os aprovados do concurso realizado em 2011 que estavam em cadastro de reserva para os cargos e localidades em que houve necessidade.
A autorização previa que o preenchimento das vagas fosse de forma escalonada, sendo 3.302 vagas para contratação imediata, a partir de 1º de julho, 3.301 a partir de 1º de janeiro de 2013 e 3.301 a partir de 1º de abril de 2013. Dessa forma, todas vagas oferecidas no concurso de 2011 foram preenchidas.
Fonte: G1/SP

Vacina contra a dengue mostra mais eficácia em maiores de 9 anos


Artigo publicado ontem (27) na revista New England Journal of Medicine mostra que a vacina contra a dengue, do laboratório francês Sanofi Pasteur, tem maior eficácia em pessoas maiores de 9 anos. Como o imunizante foi testado em pessoas de até 60 anos, este é o limite da indicação do produto.

O imunizante, de forma geral, mostrou eficácia de 60,8% contra os quatro sorotipos da doença, taxa de redução de hospitalização de 80,3% e diminuição de 95,5% de casos graves da dengue. Uma vez aprovada, a imunização será feita em três doses, com intervalos de seis meses.

A vacina aguarda registro da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) desde março, quando a Sanofi entrou com pedido, mas a agência reguladora não deu prazo para o fim da análise do pedido. Segundo Sheila Homsani, diretora médica da Sanofi Pasteur, até o final do ano o laboratório espera conseguir o registro da vacina em 20 países. O levantamento publicado hoje é uma junção dos estudos feitos na América Latina e na Ásia.

‘Servidores federais cobravam propina para regularizar terras’, diz PF

A Polícia Federal informou nesta terça-feira (28) que os servidores do Incra de Marabá, no sudeste do Pará, presos nesta manhã, cobravam propina para  regularizar terras da União. “Essas pessoas atuavam com divisão de tarefas, cobravam propina para acelerar alguns procedimentos e, algumas vezes, os títulos eram fraudados em nomes de ‘laranjas'”, explica o delegado da PF, Antônio Carlos Cunha Sá.
Os servidores do Incra de Marabá e também os advogados do órgão foram presos após suspeitas de fraudes na regularização de terras no estado. Onze mandados de prisão, três de condução coercitiva e treze de busca e apreensão foram cumpridos no sudeste do estado, nas cidades de Marabá e Jacundá, além de Belém e Natal, no Rio Grande do Norte.
Segundo a PF, os suspeitos detidos fazem parte de uma organização criminosa que cobrava propina para regularizar áreas sem critérios definidos pelo programa Terra Legal, do Governo Federal, além de facilitar a legalização de módulos de terra. “As prisões serviram para interromper as atividades criminosas. As investigações vão continuar, pois nós queremos entender o que era feito no Terra Legal, quanto era cobrado por cada procedimento e quais as pessoas que pagaram  para a obtenção dos títulos”, diz o delegado Igor Chagas.
Ainda de acordo com a PF, as primeiras denúncias surgiram em 2010, quando o Ministério do Desenvolvimento Agrário desconfiou da grande quantidade de títulos  de terras da União emitidos na região sudeste do Pará. Além de Marabá, a operação Terra Legítima ocorreu em Jacundá, localizada no sudeste do estado, em Belém e na cidade de Natal, Rio Grande do Norte.
As investigações continuam e a polícia quer saber se os esquema também servia para desviar financiamentos bancários, como a legalização das terras.
G1 Para

PANELINHA FUTEBOL CLUBE BUSCA CLASSIFICAÇÃO PARA A FINAL DA 3ª COPA DAS ESTRELAS CIDADE DE ALTAMIRA

Depois de um jogo difícil contra a forte equipe Tubarão de Vitória do Xingu no jogo ocorrido na segunda-feira (27), a equipe de Brasil Novo conseguiu se classificar para a semifinal com uma vitória apertada de 1 x 0 e hoje enfrentará a equipe Napoleão também de Vitória do Xingu na corrida pelo título da competição que deverá comparecer ao jogo acompanhado de um grande número de torcida.
A caminhada da equipe não tem sido fácil devido à vários fatores incluindo o financeiro, mas o diferencial da equipe é o misto de jogadores experientes como Fabrício, Karapeua, o Mato-grossense Rian, que apesar da pouca idade já tem um vasto currículo, o  Goleiro Marcelo, que veio de Fortaleza para fortalecer a equipe e a experiência do treinador Jackson Gaspar que vem dando oportunidades também  aos novos atletas de Brasil Novo como no caso do as Atletas Dedé e Leleu que tem se destacado quando solicitado pelo treinador.

Os atletas que compõem a equipe do Panelinha são: 

Daniel Norbal, Kambão, Tiago, Cocô e Dedé de Brasil Novo, Fábio Doido, Cleiton e Fabrício de Altamira além de Leandro de Belém, karapeua de Porto de Moz, Marcelo de Fortaleza, Bismark do Maranhão e Rain do Mato Grosso.

Por: Valdemídio Silva


Foragido de Brasília por homicídio, pastor é recapturado no interior do PA

A Polícia Civil prendeu, nesta terça-feira (28), em cumprimento a um mandado de prisão preventiva, da Justiça do Distrito Federal, o foragido Eronilson Fernandes Lopes de Souza, 32 anos, em Bragança, nordeste do Pará. Natural de Brasília, ele é procurado pela Polícia Civil do DF desde o ano de 2008, quando foi acusado da autoria de um homicídio. Conhecido como Eron, ele foi encontrado na casa onde vivia, no interior de Bragança, onde atuava como pastor de uma comunidade evangélica.
A prisão foi realizada pela equipe da Unidade Integrada Pro Paz (UIPP) de Bragança. Conforme o delegado Douglas Murilo, o mandado de prisão foi expedido pela Vara Criminal do Tribunal do Júri de Santa Maria, no Distrito Federal. Eron é acusado de matar um empresário da cidade.
O delegado explica que, há dois meses, a UIPP de Bragança recebeu um telefonema da Polícia Civil do Distrito Federal informando sobre o paradeiro do foragido. A partir da informação, a equipe policial passou a investigar até descobrir o local onde o procurado vivia. Assim, os policiais civis passaram dois dias em campana, às proximidades do local onde Eronilson frequentava no aguardo do melhor momento para abordá-lo. “Ele foi preso no momento em que saía de sua casa”, detalha. Agora, o preso vai ficar recolhido, em Bragança, à disposição da Justiça do DF.
G1 Para

State Grid prevê contratação e capacitação de mão de obra local


A chinesa State Grid Brazil Holding venceu no dia 17 de julho, o leilão para contratação do segundo sistema de transmissão da energia a ser gerada pela hidrelétrica de Belo Monte. Serão 2,5 mil quilômetros em linhas de transmissão. O vice presidente de O&M da State Grid, Ramon Haddad, conversou com o O Xingu sobre as expectativas da empresa para atuar na região.

Vencedora dos dois leilões da construção das linhas de transmissão de Belo Monte, a State Grid Brazil Holding prevê que no pico das duas obras, serão utilizados 28 mil trabalhadores. Ainda de acordo com a Companhia, os moradores das regiões Transamazônica e Xingu serão aproveitados. “Certamente a mão de obra preferencial é o trabalhador local. Buscaremos sempre utilizar os profissionais do entorno das linhas e das subestações para a prestação de serviço de construção”, prometeu Ramon Haddad.

O vice-presidente também contou que prevê a criação de cursos de capacitação, como o que foi praticado pela Norte Energia e o Consórcio Construtor Belo Monte na formação de profissionais para trabalhar na Usina de Belo Monte. “O programa de capacitação de profissionais é uma das estratégias da State Grid e uma das nossas principais medidas de logísticas de recurso. Como pretendemos utilizar trabalhadores locais a capacitação será fator determinante para o sucesso das atividades”, contou Ramon Haddad.

Sobre a vinda de operários chineses para a execução da Obra, o executivo explicou ao O Xingu: “Tal como amplamente divulgado esta notícia de que a State Grid pretende trazer 11 mil trabalhadores da China é um “folclore” sem nenhum fundamento. Virão para o Brasil apenas os especialistas chineses em tecnologia UHVDC que darão suporte à engenharia brasileira para garantir o sucesso dos nossos projetos. A experiência adquirida na China poderá, então, ser aproveitada e utilizada no Brasil”.

As obras do linhão ainda não foram iniciadas, pois ainda está em processo de licenciamento ambiental. A chinesa já conseguiu a Licença Prévia (LP) e está buscando a Licença de Instalação (LI) para o início das obras.

A primeira linha de transmissão da hidrelétrica de Belo Monte foi licitada no início de 2014. O consórcio IE Belo Monte, formado por Furnas Centrais Elétricas S.A., State Grid Brazil Holding S.A. e Centrais Elétricas do Norte do Brasil S.A (Eletronorte), foi o vencedor do leilão para tocar o projeto de 2,1 mil quilômetros em linhas de transmissão. A linha tem previsão de entrar em operação no final de 2019.

A State Grid é uma estatal chinesa que está no Brasil desde 2010, quando adquiriu sete companhias nacionais de transmissão de energia. A empresa abriu escritório em Belém, capital do Estado.

Fonte: O Xingu

SEIS EQUIPES DISPUTARÃO O TÍTULO PRINCIPAL DO CAMPEONATO MUNICIPAL DE FUTEBOL SOCIETY DE BRASIL NOVO

O Governo Compromisso com o Povo, através da Secretaria Municipal de Esporte, Cultura e Turismo de Brasil Novo por meio da Coordenação Esportiva, realizou o Primeiro Campeonato Municipal de Futebol Society Urbano e Rural que contou com a participação de 30 equipes do município. Os jogos aconteceram nos finais de semana em três comunidades diferentes de forma simultânea: Cidade Alta, Agrovila Grande Esperança - Km 50 e Agrovila Carlos Pena Filho – Km 40 e de cada uma delas saiu um campeão.
Caludiomiro Gosmann -SECULT, o árbitro convidado
 Ricardino Barbosa (O Presença) e o Coord. de Esportes
Alessandro Novaes  
De acordo com o Secretário Claudiomiro Gosmann, mais conhecido por GATO, o Campeonato Municipal de Futebol Society Urbano e Rural, teve o objetivo de valorizar os atletas locais – “Estou muito satisfeito com a realização do evento que contou com a participação efetiva do público, não tivemos nenhuma ação antiesportiva ou de violência e isso mostra o comprometimento dos atletas com o evento. Nosso objetivo é valorizar os atletas locais, dar oportunidade para que eles participem das competições e nos conseguimos trazer pra dentro de campo equipes de quase todas as vicinais e surpreendeu porque eu sabia que ia ser bom, mas não imaginava o sucesso que foi”. – comentou o Secretário.
Genilson Novaes - Atleta da Vicinal 14
e artilheiro no KM 50
A proposta do Campeonato é valorizar os atletas do Município e para participar do Campeonato o Atleta teve que comprovar que reside e/ou trabalhar na comunidade ou Bairro de origens de suas equipes e com domicílio no município. O Campeonato contou ainda com um regimento rigoroso não tolerando agressão física e a falta de disciplina esportiva por parte dos atletas e das comissões Técnicas das equipes.

A classificação do Campeonato ficou assim:

KM 40

Campeão: Camurim
Vice campeão: Agrovila da 10
Artilheiro: Tande da Agrovila da 10
Goleiro Menos vazado: Ramom do Camurim

Cidade Alta

Campeão: Panelinha (Rabo da Gata I)
Vice campeão: Rabo da Gata II
Artilheiro: Fabrício (Rabo da Gata II)
Goleiro Menos vazado: Côco (Panelinha)

Km 50

Campeão: Vicinal 16 (JUNOSAN)
Vice campeão: Vicinal 14
Artilheiro: Genilson Novais
Goleiro Menos vazado: Rivaldo (JUNOSAN)

As seis equipes finalistas das três disputas finais, disputarão entre si em jogos de ida e volta o título principal de campeão Municipal de Futebol Society.

FOTOS: 

Polícia Civil desarticula mais de 10 associações criminosas envolvidas em roubos a bancos no Pará

Ao longo deste ano, o trabalho integrado entre as Polícias Civil e Militar conseguiu desarticular mais de dez associações criminosas ligadas a assaltos a bancos no Pará, sobretudo em municípios do interior do Estado. Ao todo, de janeiro a julho, 50 envolvidos neste tipo de crime foram presos, de acordo com um levantamento da Divisão de Repressão e Combate do Crime Organizado (DRCO). Com eles, 27 armas de grande porte foram apreendidas, entre fuzis, escopetas e metralhadoras. Cinco pessoas acabaram mortas em confronto com os agentes de segurança. Comparado ao mesmo período do ano passado, quando também foram registradas 36 ocorrências do tipo, neste ano as prisões cresceram quase 18%.
Segundo o delegado Evandro Araújo - que está interinamente à frente da DRCO, mas desde o início do ano também responde pela Delegacia de Repressão ao Roubo a Banco -, no ano passado, 35 pessoas foram presas neste mesmo período. “Até agora tivemos 36 ocorrências de assaltos a bancos, o mesmo número resgistrado no ano passado. Mas este ano, além de capturarmos mais pessoas, temos todas as quadrilhas identificadas”, diz. Entre as principais modalidades de assalto, o delegado destaca uma, recorrente, que vem sendo adotada pelas quadrilhas, conhecida como “novo cangaço” ou “vapor”, em que os assaltantes sitiam a cidade, invadem as agências bancárias e fazem reféns para praticar o assalto. Nesse tipo de crime, segundo o delegado, geralmente se observa o envolvimento de pelo menos dez pessoas de várias partes do país.
Além deste, também é comum o “sapatinho”, no qual os assaltantes fazem refém um funcionário do banco (ou alguém da sua família) para obrigá-lo a retirar valores do cofre. Experiência Um dos investigadores do setor de inteligência da polícia, que não pode ter sua identidade revelada por motivos de segurança, revela o modo como as quadrilhas costumam agir. “Normalmente eles escolhem cidades bem afastadas da capital ou de centros urbanos, mas que tenham boa movimentação de dinheiro, e de preferência próximas de fronteiras com outros estados para facilitar a fuga. Então ou eles sitiam toda a cidade ou partem para render apenas quem está com a chave do cofre”.

terça-feira, 28 de julho de 2015

Governo do Estado abrirá 10 mil vagas em concursos públicos


O Governo do Estado do Pará vai oferecer cerca de 10 mil vagas em concursos públicos para 40% dos órgãos e entidades da administração pública direta e indireta. São 25 concursos de nível médio e superior com salários que variam de R$ 815,00 a R$ 3.247,00. Também há oferta para os órgãos da segurança pública que vai aumentar o efetivo em 17% com a entrada dos novos servidores.

De acordo com a secretária de Estado de Administração, Alice Viana, os concursos estão em fase de conclusão de editais de licitação. “O nosso objetivo é realizar até janeiro de 2016 e começar a efetivar os aprovados, com isso vamos dar continuidade a política de renovação da força de trabalho e profissionalização dos órgãos do Estado, que desde 2011 já efetivou aproximadamente 14 mil concursados”, afirma.

Ainda segundo ela, os novos concursos vão garantir o cumprimento de Termos de Ajustes de Conduta (TAC) assinados pelo Governo. “Provendo esses novos cargos, vamos honrar os 23 TACs firmados com o Ministério Público do Estado e Ministério Público do Trabalho que prevê a substituição dos servidores temporários por servidores efetivos. Os editais dos concursos para segurança serão divulgados para os candidatos até o fim de agosto, já o restante será divulgado a partir de outubro”, garante.

Equipe resgata peixes na ensecadeira de Belo Monte

Créditos fotos: Norte Energia
Uma equipe de técnicos especializados em ictiofauna e auxiliares encerraram o resgate de peixes da ensecadeira onde será aprofundado o canal de fuga do sítio Belo Monte. A captura foi realizada usando redes de arrasto e tarrafas. Os peixes resgatados foram identificados por espécie, medidos, pesados, colocados em tanques com oxigênio e transportados para a “área de soltura”, onde foram devolvidos ao rio Xingu.

Créditos fotos: Norte Energia
A ação executada durante 10 dias mobilizou cerca de 25 profissionais, entre biólogos e auxiliares, os quais são responsáveis pela vistoria da área de 10 hectares e pelo resgate dos peixes. No total de resgate, início das atividades foram capturados mais de uma tonelada de peixes, entre tucunarés, pescadas, branquinhas, pacus, piranhas, mandi, traíras, cascudos entre outras espécies.
Segundo o especialista do Meio Biótico da Norte Energia, Roberto Leandro da Silva, a medida é uma das ações responsáveis do empreendimento para a preservação da diversidade de peixes.
Pelo canal de fuga, as águas que foram desviadas em Pimental retornarão para o leito original do rio Xingu, após gerar energia nas 18 turbinas da Casa de Força Principal de Belo Monte.



Por: Stefany Bragança
Norte Energia

Começam as obras de educação e saúde em aldeias do Xingu

Projeto Básico Ambiental do Componente Indígena (PBA-CI) de Belo Monte garantirá 34 escolas e 34 Unidades Básicas de Saúde para as comunidades da área de influência do empreendimento.

 Créditos da Foto: Ilustração: Norte Energia 

Os povos tradicionais residentes na área de influência da hidrelétrica Belo Monte, na região do Xingu, ganharão em breve 34 novas escolas. Os prédios construídos pela Norte Energia fazem parte das ações do Plano Básico Ambiental de Componente Indígena, que deve beneficiar cerca de 700 famílias de 14 etnias da região.

As obras das novas unidades de educação já foram iniciadas nas aldeias de Boa Vista, Furo Seco, Paquiçamba, Terrawangã e Muratu. Nos demais territórios indígenas, a previsão é que as obras comecem até o fim deste mês. Além dos novos prédios, a empresa, em parceria com as secretarias municipais de educação da região, também tem investido na qualificação de professores que atuam com ensino escolar indígena no Xingu.

“A maioria dos espaços destinados à educação indígena na região funciona de forma precária e improvisada. Por isso, temos avaliado de forma muito positiva esse projeto da Norte Energia. A construção de escolas estruturadas e equipadas não traz somente um espaço físico, mas uma série de incentivos à comunidade escolar indígena, que há muito tempo esperava por essa transformação”, afirma Cecilia Nascimento, coordenadora de educação indígena do município de Altamira.

Saúde - Além das escolas, as aldeias ganharão ainda 34 Unidades Básicas de Saúde Indígena, que também já tiveram as obras iniciadas em algumas aldeias. Segundo a Superintendência de Assuntos Indígenas da Norte Energia, a empresa vai destinar ao todo, em 27 projetos, cerca de R$ 212 milhões para a melhoria da qualidade de vida das comunidades indígenas do Xingu. As informações são da Norte Energia.