sexta-feira, 30 de agosto de 2013

BRASIL NOVO: SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE E CMSBN REALIZARAM A X CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE

O Governo Compromisso Com o Povo, através da Secretaria Municipal de Saúde – SMS em Parceria com o Conselho Municipal de Saúde de Brasil Novo – CMSBN, realizaram nos dias 28, 29 e 30, a X Conferência Municipal de Saúde que teve como Tema central “Consolidação dos Instrumentos de Gestão do SUS com o controle Social: Desafio de Cumprir a Lei”. O evento foi realizado do Auditório da Prefeitura Municipal e reuniu grande número da sociedade brasilnovense.

Em consonância à  Conferência Nacional de Saúde, a X Conferência Municipal de Saúde de Brasil Novo, oeste do Pará, buscou impulsionar, reafirmar a efetivar os princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde, que são garantidos pela Constituição Federal na perspectiva do fortalecimento das políticas públicas municipais da saúde. A Conferência foi presidida pela Secretária Municipal de Saúde Dr.ª Waldirene Arraes e contou com a presença da Prefeita Marina Sperotto e de diversas autoridades municipais.

Para a Secretária Municipal de Saúde do município, mais importante do que o cumprimento da lei, é a participação da população nas discussões – “É preciso que as leis sejam cumpridas sim. Só que mais importante do que isso é a participação popular que deverá apontar a direção em que devemos caminhar para melhorar a saúde do nosso povo e programar as necessidades apontadas pela sociedade local. O maior objetivo da Conferência é garantir que através destas ações na área da saúde, as pessoas tenham mais qualidade vida”.  – apontou a Secretária.

A Prefeita Marina Sperotto disse, ao declarar aberta a conferência, que é muito importante o trabalho em conjunto com a rede municipal – “Me sinto muito feliz em vê que muitos usuários estão presentes nesta conferência, pois apostamos na parceria e temos certeza que quando a sociedade trabalha em conjunto com o poder público municipal de forma harmoniosa e fazendo suas críticas construtivas com o objetivo de apontar onde devemos acertar os resultados aparecem com mais facilidade e freqüência” – comentou Marina Sperotto.

Por: Valdemídio Silva

Fotos e Informações: ASCOM/PMBN

Norte Energia rebate críticas da Funai


Em resposta a publicação "Funai pede sanção a Norte Energia", a empresa destaca: 

Em relação à aquisição de terras para Comunidades Juruna do Km 17, a Norte Energia S.A., empresa responsável pela construção e operação da Usina Hidrelétrica Belo Monte, esclarece que em momento algum se negou em cumprir obrigações previstas no licenciamento ambiental. Ao contrário, a empresa contratou a realização de estudos para eleição de área, conforme descrito em condicionante, de forma que a demarcação possa ser realizada pelo Poder Público, a quem compete a referida atividade. Adicionalmente, a Norte Energia procurou alternativas entre as áreas adquiridas pela empresa para as obras de Belo Monte a fim de alocar a comunidade, não sendo identificada aquela que possuísse as características devidas.

Fonte: O Xingu

ALTAMIRA: MP ajuíza ação civil contra Celpa por má qualidade dos serviços

           
O Ministério Público do Estado do Pará, por intermédio do promotor de Justiça da 5ª Promotoria de Direitos Constitucionais Fundamentais de Altamira, Gustavo Rodolfo Ramos de Andrade, protocolou ontem, 29, junto à 4ª Vara Cível de Altamira, ação civil pública em defesa dos direitos e interesses do consumidor e na defesa do interesse social contra as Centrais Elétricas do Pará S.A (Celpa).

As constantes quedas, oscilações e interrupções de energia elétrica na cidade de Altamira têm causado constantes prejuízos à população como um todo, afetando o funcionamento de empreendimentos, órgãos públicos, estabelecimentos de saúde públicos e privados, a vida social e negócios da população. Esses foram os principais motivos para o ajuizamento da ACP pela Promotoria de Altamira. Desde 2011 o MP reúne com a comunidade e representantes de movimentos sociais para discutir as providências que serão tomadas sobre o fornecimento precário de energia no município. Eles afirmam que “são constantes as quedas, períodos prolongados sem energia, precária qualidade do fornecimento, aumento desproporcional no valor da tarifa, além da não distribuição de energia elétrica em vários bairros da cidade”.

O promotor de Justiça Gustavo de Andrade ressalta que “é preciso que se cumpram as leis que regem a prestação de serviço de energia elétrica, além de atendimentos aos direitos dos cidadãos e consumidores que pagam as suas faturas de energia regularmente, sem que, no entanto, recebam a contrapartida desejada, qual seja, a prestação do fornecimento de energia elétrica de forma correta, contínua e eficiente”. Entre os pedidos feitos pelo MP à 4ª Vara Cível de Altamira estão a cobrança de multa de um milhão de reais, como reparação por danos morais caudados à comunidade Altamirense.

Solicita ainda que sejam realizadas providencias técnicas a fim de evitar interrupções no fornecimento de energia elétrica, além de oscilações e quedas de tensão; redução no preço da tarifa em 50% do valor normalmente cobrados até que volte os padrões permitidos pela ANEEL; realização de reparos, substituição, aperfeiçoamento e ampliação das linhas de distribuição e transmissão aos bairros ainda não atendidos, bem como regularização das instalações de bairros com ligações clandestinas; indenização aos consumidores lesados por danos materiais causados pelas quedas constantes de energia. Caso as liminares sejam descumpridas, o MP solicita ainda que seja cobrada uma multa diária no valor de dez mil reais.

Texto: Kamilla Santos (graduanda em jornalismo)
Revisão: Edyr Falcão


BRASIL NOVO REALIZA SEMANA MUNICIPAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL E MÚLTIPLA.

A Secretaria Municipal de Educação – SEMED, em parceria com a Secretaria Municipal de Trabalho e Promoção Social – SEMUTS e a Secretaria de Saúde de Brasil Novo, realizaram nos dias 28, 29 e 30 atividades alusivas à Semana Municipal da pessoa Com Deficiência Intelectual e Múltipla com o objetivo de despertar nessas pessoas o espírito de luta para o enfrentamento das diferenças que elas vivem diariamente para a inclusão social e alertar para os limites e as barreiras sociais a serem superadas.

Desfile
A Semana Municipal da pessoa Com Deficiência Intelectual e Múltipla teve como tema “DESAFIANDO LIMITES, DIMINUINDO AS DIFERENÇAS” contou com três dias de atividades. A abertura oficial aconteceu na quinta-feira (28) no auditório da Prefeitura municipal de Brasil Novo com a presença de um grande número de pessoas e com discursos emocionados. Durante os três dias de atividades foram realizadas exposições de trabalhos, desfiles, apresentações musicais e passeio com banho de piscina.

Caludiomiro Gosmann, (GATO) coordenador de esportes e pai de uma aluna especial na Escola Padre Léo Schneider emocionou o público ao falar da satisfação ser responsável por uma pessoa especial – “No início eu me perguntava o que eu havia feito de errado para que Deus tivesse feito isso comigo, mas aos poucos fui percebendo que não havia nada de errado e que Deus não havia me castigado. Ele nos escolheu, em meio a milhões de pessoas neste mundo, para cuidar desta vidinha que ele colocou em nossas vidas. Hoje, conseguimos nos comunicar muito bem com nossa filha que não é deficiente e sim especial”. – disse ele emocionado.

A coordenadora da Educação Inclusiva no município, Agda Magali de Queiros, agradeceu a todos e disse que esta se sentindo muito feliz com a realização do evento. A coordenadora parabenizou também ao Governo Compromisso Com o Povo pelo apoio dado a este trabalho – “Sou grata ao apoio dado pela prefeita Marina Sperotto ao nosso trabalho e pelo reconhecimento e a parceria. Gostaria de agradecer também aos pais que tem acreditado em nosso trabalho e tem nos dado total apoio para consigamos ter êxito no que fazemos”. – agradeceu Magali.

Marina Sperotto lembrou que sempre esteve na luta tentando ajudar os especiais – “Bem antes de entrar na política e me tornar prefeita sempre tive o prazer de ajudar esse público especial e agora, enquanto governo, temos buscado fazer sempre o melhor para que eles possam se sentirem valorizados e para que a sociedade os veja com igualdade. Como diz nos meios de comunicação: “Ser diferente é normal”. – disse Marina Sperotto.


Mais Fotos:




Dª. Eliciane Empresária (Doany Modas) Parceira em
Projetos de Inclusão Socia

Vitória Solene ( Filha de Cladiomiro Gusmann)


Por Valdemídio Silva

Fotos e Informações: ASCOM/PMBN

BRASIL NOVO: MOTORISTA DA VIATURA DA SEMMA É BALEADO APÓS CARRO SER ALVEJADO COM OITO TIROS PRÓXIMO AO KM 50


O caso aconteceu por volta das 22:00 da noite desta quinta-feira (29) na Rodovia Transamazônica nas proximidades do Km 50 entre o município de Medicilândia  e Brasil Novo, oeste do Pará. O veículo, uma caminhonete Triton da Secretaria Municipal de Meio Ambiente do Município, foi alvejado por pelo menos oito disparos.

O veículo voltava da cidade de Uruará, após ter prestado socorro ao prefeito de Placas depois que o veículo do mesmo quebrou na cidade de Brasil Novo. Na volta pra casa, o motorista que vinha acompanhado de sua namorada, foi surpreendido por indivíduos desconhecidos que dispararam várias vezes contra o carro. Um dos tiros acertou o queixo de Antônio Marcos (Marquinhos) e mesmo ferido conseguiu escapar dos bandidos e conduzir o veículo até o Hospital Natália Arraes no centro da Cidade onde recebeu atendimento e permaneceu em observação durante à noite. Nenhum dos disparos atingiu a namorada do condutor que contou que ao perceber o primeiro disparo, teria se deitado evitando que os projéteis a acertassem.

Cabo Batista da PM de Brasil Novo
A polícia militar foi acionada para a averiguação do caso e segundo o Cabo Batista o caso pode ter sido uma tentativa de assalto – “Vamos trabalhar para chegarmos ao autor ou aos autores dos disparos e tentar solucionar o caso. O que dificulta é o fato de ninguém ter sido identificado, mas a Polícia Militar estará sim trabalhando para darmos uma resposta satisfatória com relação ao acontecido. Trabalhamos com a hipótese de que tenha sido uma tentativa de assalto”. – explicou o Militar.

Na semana passada, exatamente na sexta-feira (23), uma máquina da Prefeitura de Brasil Novo teve o motor danificado por que uma pessoa ainda não identificada colocou misturou açúcar ao óleo no motor. Os dois casos de violência onde o alvo foram viaturas do Governo Municipal deixam uma dúvida pairando no ar. Tentativa de roubo ou tentativa de homicídio?

Por: Valdemídio Silva
Fotos: Hugo Deleon,Valdemídio Silva e Tv Cidade.

Produtores do Pará e da região Norte terão acesso a crédito ampliado para quitação de dívidas.


O restante das condições, como juros de 0,5% ao ano para produtores rurais carentes, está mantido 28/08/2013 - 08:25 - Pará Os produtores e associações rurais da região Norte terão acesso a linhas de crédito ampliadas a R$ 200 mil para a quitação de débitos e novos financiamentos. Uma publicação feita pelo Banco Central no Diário Oficial da União (DOU) anunciou ontem a nova determinação do Conselho Monetário Nacional (CMN) para mudanças nas linhas de crédito rurais com recursos dos Fundos Constitucionais do Norte e do Nordeste (FNE e FNO). 
A medida é parte da política iniciada pelo governo no ano passado de mitigação dos problemas dos agricultores prejudicados pelos efeitos da seca. Além da elevação do valor das operações de crédito (de R$ 100 mil para R$ 200 mil) habilitadas à liquidação com os benefícios da linha especial, o CNM também reduziu de até 4,12% para 3,5% ao ano o valor dos juros nos financiamentos e aumentou de um para três anos o prazo de carência para início do pagamento. Além disso, eliminou o teto de R$ 200 mil para tomada de novos empréstimos. Agora, não há mais limite financeiro para a contratação. O restante das condições, como juros de 0,5% ao ano para produtores rurais carentes, está mantido. Os benefícios valem para linhas de crédito rural até R$ 200 mil contratadas até dezembro de 2006, em situação de inadimplência em junho do mesmo ano. O prazo para liquidação dos débitos é 31 de dezembro do próximo ano. 
O Conselho Monetário Nacional fez as mudanças para atender à Lei n° 12.844, de julho deste ano, que alterou o auxílio a produtores rurais previsto por legislação editada em 2012. O colegiado votou mais duas matérias agrícolas. Um dos votos determinou que os armazéns de estocagem de etanol e combustíveis não podem receber ajuda do Programa para Construção e Ampliação de Armazéns (PCA), que tem recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Segundo Francisco Erismar, coordenador-geral de Crédito Rural do Ministério da Fazendo, o objetivo é impedir o desvirtuamento do programa, destinado a resolver o problema da deficiência na armazenagem de grãos. Algumas exigências, condições e métodos de obtenção do crédito: - Beneficiários: produtores rurais e suas cooperativas e associações; - Forma de apuração do valor do crédito: o somatório dos saldos devedores das operações a serem liquidadas com a nova operação, retirando-se encargos de inadimplemento e multas e aplicando-se os encargos de normalidade, sem bônus e sem rebate, calculados até a data da liquidação com a contratação da nova operação; - Limite de crédito: o valor equivalente ao somatório dos saldos devedores ajustados e consolidados, na forma do inciso II, das operações a serem liquidadas; - Reembolso: até 10 (dez) anos, com carência de, no mínimo, 3 (três) anos, de acordo com a capacidade de pagamento do mutuário; - Garantias: as admitidas para o crédito rural, podendo ser mantidas, a critério da instituição financeira, as mesmas garantias constituídas nos financiamentos que serão liquidados com a contratação da nova operação; - Risco da operação: a mesma posição de risco das operações a serem liquidadas com a linha de crédito de que trata este artigo, exceto as operações contratadas com risco do Tesouro Nacional, que terão o risco transferido para o respectivo Fundo.
Por: Rafael Querrer, da Sucursal Brasília 
Foto: Elivaldo Pamplona (O LIberal)

LDO prevê aumento do salário mínimo para R$ 719 no próximo ano.


O salário mínimo deverá passar para R$ 719,48 no próximo ano. O valor consta no Projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2014, enviado hoje (15) pelo Executivo ao Congresso Nacional. Pela proposta, o mínimo terá reajuste de 6,12% no ano que vem. 
O projeto também prevê crescimento de 4,5% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2014 e inflação oficial também de 4,5% pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Apesar da perspectiva de que o Banco Central volte a reajustar os juros básicos da economia na próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), o documento indica manutenção da taxa Selic em 7,25% ao ano pelos próximos três anos, até o fim de 2016.
Agência Brasil.

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

POLÍCIA CIVIL DE MANAUS APRESENTA QUADRILHA QUE ROUBOU 26 BARRAS DE OURO NO AEROCLUBE DE MANAUS


Foto: Portal do Holanda
Policiais da Delegacia Especializada de Roubos Furtos e Defraudações, depois de três de investigações desarticularam uma quadrilha interestadual que no dia 10 de abril roubou cerca de 26 quilos em barras de ouro, avaliada em mais de R$ 2 milhões, de um avião no Aeroclube de Manaus. Foram presos e chegatam a Manaus Antônio Nogueira Araujo,  Cláudio Moises Aranha da Costa,   o "Aranha", Francisco Vitoriano da Silva, 50, o "Branquinho", Gilvan dos Reis da Silva, 48, Richardes Cordeiros de Camargos, 27 e o funcionário da Ouro Minas Gleimis Evangelista Lopes, 42.


Dos seis acusados quatro foram presos em Manaus, em um sítio localizado no quilômetro 2 da BR 174 (Manaus/Boa Vista) e os outros dois, em Itaituba, no Pará, de onde a carga saiu no dia 10 de abril com destino a Manaus.
Foto: Portal do Holanda
Com o bando, os policiais conseguiram recuperar cerca de 20 quilos dos 26 de ouro, roubados. Um Celta, de cor vermelho, usado no assalto, foi roubado em Manaus, seis dias antes da quadrilha realizar o assalto.
De acordo com o delegado Orlando Amaral, que comandou as investigações, o funcionário da Ouro Minas, Gleimis Evangelista Lopes, que há anos realizava o transporte da carga de Itaituba para Manaus, foi quem deu as informações para a quadrilha interestadual realizar o assalto.
O ex-garimpeiro Francisco Vitoriano da Silva, 50, o "Branquinho", preso na ação, participou de um assalto a agência do Banco do Brasil, em Maués, que resultou na morte do policial civil.

Viatura da Policia Rodoviária Federal (PRF) capotou na Rodovia Transamazônica- BR-230


Na semana passada uma viatura da Policia Rodoviária Federal (PRF) capotou na Rodovia Transamazônica- BR-230 entre os municípios de Itaituba e Jacareacanga no oeste do estado.
Agentes da Policia Rodoviária Federal (PRF) estão fazendo parte da Operação Tapajós II em Jacareacanga. Desde quando iniciou a operação barreiras estão montadas na rodovia para a fiscalização de veículos. As fiscalizações vem dando resultado, alguns veículos já foram apreendidos por apresentar irregularidades na documentação e ate produto de roubo e furto, algumas pessoas também já foram presas, principalmente por trafico de droga. 
Na semana uma viatura da Policia Rodoviária Federal que estava baseada na cidade de Jacareacanga veio a capotar na Rodovia Transamazônica. Segundo informações nenhum agente que estava na viatura sofreu graves ferimentos. O motorista da viatura teria perdido o controle do veiculo ao bater em um buraco na rodovia e veio a capotar, mas ninguém se feriu gravemente, apenas danos materiais, a viatura ficou parcialmente destruída. A Viatura foi transportada em um guincho para Itaituba para posteriormente ser enviada a uma base da PRF possivelmente Santarém.

Fotos e texto: Junior Ribeiro de Itaituba-PA

Moradores voltam a fechar BR 230 em Altamira

Pela segunda vez, moradores fecham BR 230 em Altamira, durante a tarde desta terça-feira (27) o bloqueio foi na área localizado à margem direita da Rodovia Magalhães Barata seguindo pela Transamazônica foi totalmente interditada. No bloqueio foi ateado fogo nos objetos depositados. Além de reclamarem da poeira, eles querem que a prefeitura cumpra o acordo feito de jogar água no local, quatro vezes no dia.
Moradores estão revoltados com a situação da estrada, para eles os mais prejudicados  com a situação são as crianças e os idosos. Dona Carmelita tem problema respiratório e sofre com a poeira, mas ela está preocupada mesmo é com a saúde do filho.

O secretário de Obras Pedro Barbosa informou que o caminhão que joga água nas vias está realizando o trabalho na BR todos os dias, somente hoje que a ação não pode ser realizada, mas ele confirmou que amanhã as atividades continuam conforme acordado entre os moradores.

Por: Natashia Santana.
Foto: Léo Silva.
Fonte: Altamira Hoje

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Carro capota com 4 pessoas

O acidente aconteceu na estrada que dá acesso à ComunidadePrincesa do Xingu, uma criança estava no interior do veículo

Carro capota com 4 pessoasJá era noite quando um golf preto com placa de Altamira, terminou de pneus pro ar neste domingo (26) na zona rural de Altamira, o veículo ficou parcialmente destruído após o capotamento, os 4 ocupantes foram socorridos pelos bombeiros, 3 adultos e uma criança ficaram ferimentos e escoriações.
árias pessoas pararam e olhavam o acidente sem acreditar no que viam, o local não tem um fluxo tão intenso de veículos, não se sabe o que tirou a atenção do motorista para terminar causando o capotamento, dentro do carro objetos ficaram espalhados, a carga que estava na parte traseira ficou à mostra. Os pacientes foram encaminhados para o hospital municipal, todos passam bem. Agentes do DEMUTRAN também estiveram no local para o registro do acidente.

Por: Felype Adms
Foto: Genaldo Figueiredo

ALTAMIRA: AGENTE DO DEMUTRAN ABUSA DO PODER

Durante as ações de prevenção de acidente de trânsito na cidade no último final de semana, o agente de trânsito Rogério parou o condutor de uma motocicleta próximo a Rua 7 de Setembro no período noturno, imagens de TV mostram que sem usar da cortesia o agente pediu para o condutor parar aos gritos, o rapaz parou a moto e disse que achava errada essa forma de abordagem, nesse momento então, Rogério entendeu como desacato, e pediu para o condutor sair da moto e guinchou o veículo, para o chefe do DEMUTRAN, Flávio Carneiro houve abuso de poder.
“A moto não deveria ter sido retida, são poucos os casos em que o veículo deve ser levado para o pátio, nesse caso nem houve agressão verbal que caracterizasse desacato”Disse Flávio Carneiro na noite de ontem ao vivo, durante o programa No Foco da Notícia na REDE TV Altamira.
Em sua defesa Rogério disse durante entrevista a imprensa, que foi desacatado e que nesse caso iria recolher o veículo do condutor. A moto realmente foi levada para o órgão e os dois seguiram para a delegacia, o rapaz estava nervoso pelo transtorno causado e o vexame que passou pelo abuso de poder do agente e a forma truculenta com que foi tratado.
De acordo com o CTB – Código de Trânsito Brasileiro em seu artigo 262, a remoção do veículo só se dá quando a infração que prevê a remoção não pode ser sanada no local. E ainda de acordo com o artigo 230, o veículo só pode ser removido nos casos em que:
Art. 230. CONDUZIR O VEÍCULO:
I – com o lacre, a inscrição do chassi, o selo, a placa ou qualquer outro elemento de identificação do veículo violado ou falsificado;
II – transportando passageiros em compartimento de carga, salvo por motivo de força maior, com permissão da autoridade competente e na forma estabelecida pelo CONTRAN;
III – com dispositivo anti-radar;
IV – sem qualquer uma das placas de identificação;
V – QUE NÃO ESTEJA REGISTRADO E DEVIDAMENTE LICENCIADO;
VI – com qualquer uma das placas de identificação sem condições de legibilidade e visibilidade:
Infração – gravíssima;
Penalidade – multa e apreensão do veículo;
Medida administrativa – remoção do veículo;
Sobre o caso do desacato [que nesse caso não houve] o agente deve procurar a delegacia e registrar o caso, o bate boca na rua com o condutor não são necessários segundo o Chefe do órgão em Altamira.
Flávio Carneiro garantiu que vai tomar providências quanto a esse caso, e em nenhum momento aprovou a ação do agente de transito citado na reportagem.

Por: Felype Adms.
Fonte: Altamira Hoje

Ataque de abelhas mata um homem e fere mais duas pessoas em Santarém. Duas pessoas permanecem internadas.


Um ataque de abelhas matou um homem e deixou duas pessoas feridas nesta segunda-feira (26) na comunidade de Piracãera de cima, na região de Urucurituba, Rio Amazonas, em Santarém, oeste do Pará. 
A casa onde elas estavam foi atacada pelas abelhas por volta das 14h30. Segundo informações de testemunhas, o avô das vítimas, João Silva, estava se recuperando de um AVC, como estava debilitado, não conseguiu sair do local e morreu. Noélia Gonçalves, neta de João, também não conseguiu sair da casa, por ser deficiente. O irmão de Noélia, Marcos Gonçalves, correu pedindo socorro, mas o ataque foi inevitável. De acordo com o Samu, os irmãos chegaram com quadro de saúde estável no Pronto Socorro Municipal de Santarém. O diretor do PSM, Glayton Rodrigues, informou que as vítimas foram medicadas e estão em observação.
Fonte: No Tapajós.

Funai pede sanção contra Norte Energia por não cumprir condicionante de Belo Monte. Empresa se negou a comprar terras para os Juruna do Km 17.


A Fundação Nacional do Índio (Funai) enviou ofício ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) comunicando que a Norte Energia SA se recusa a cumprir uma das condicionantes indígenas de Belo Monte, prejudicando a comunidade dos índios Juruna do KM 17, uma das mais impactadas pelas obras da usina. O ofício foi enviado no dia 21 de agosto ao presidente do Ibama, Volney Zanardi, assinado pela presidente da Funai, Maria Augusta Assirati. 
A comunicação de descumprimento atende uma recomendação do Ministério Público Federal e pede que a empresa sofra as sanções previstas na legislação, de multa à suspensão da Licença de Instalação. A decisão está nas mãos do Ibama, mas segundo o próprio Instituto só quem poderia detectar descumprimento das condicionantes indígenas seria a Funai, já que o órgão ambiental não lida com os impactos do empreendimento sobre os índios. “Tendo em vista a responsabilidade do órgão licenciador, solicitamos que sejam adotadas as medidas pertinentes previstas na legislação ambiental no sentido de responsabilizar o empreendedor pelo descumprimento da condicionante”, diz o ofício. 
A aldeia dos Juruna fica muito próxima da estrada que liga Altamira à Vitória do Xingu, por onde passam todas as máquinas e trabalhadores de Belo Monte. Como não se trata de um território de ocupação tradicional – os moradores dessa aldeia já tinham sido expulsos de suas terras tradicionais – não cabe reconhecimento e sim aquisição de terras, ou seja, cabia à Norte Energia a eleição e a compra das terras. Em documento enviado ao MPF, no entanto, a Norte Energia comunicou que não iria cumprir a obrigação porque considerava ser encargo do governo federal. “Por se tratar de uma condicionante prevista há mais de quatro anos, que deveria ter sido finalizada há pelo menos 2 anos, antes da Licença de Instalação, o revés provocado pela empresa e não definição fundiária compromete todas as ações previstas para a comunidade Juruna da Aldeia Boa Vista”, diz a nota técnica enviada ao Ibama. “Entendemos ser necessária a aplicação de sanção – conforme previsto na legislação do licenciamento ambiental – ao empreendedor, uma vez que o atraso no cumprimento da condicionante tem colocado a comunidade indígena Juruna do Km 17 em alto grau de vulnerabilidade e tendo em vista que o empreendedor já oficializou que não irá cumprir a condicionante”, conclui a Funai. 
Fonte: MPF

Estudo mostra que cocaína muda estrutura do cérebro em duas horas

Em pesquisa com camundongos, cientistas descobriram que o cérebro passa rapidamente por mudanças após dose da droga.

Cocaína (Foto: PA)
Trabalho americano mostra como a dependência
de drogas é aprendida pelo cérebro (Foto: PA)
Uma pesquisa feita por cientistas nos Estados Unidos revelou que a cocaína pode mudar a estrutura do cérebro poucas horas após o consumo. Os estudiosos da Universidade da Califórnia fizeram experimentos com camundongos, que receberam injeções de cocaína.
A equipe constatou que, apenas duas horas depois de receber a primeira dose, as cobaias já haviam desenvolvido no cérebro novas estruturas que são ligadas à memória, ao uso de drogas e a mudanças de comportamento.
Os camundongos que tiveram as maiores alterações no cérebro apresentaram uma dependência mais elevada de cocaína, demostrando que, segundo os especialistas, o cérebro deles estava "aprendendo o vício".
A pesquisa foi publicada na revista científica "Nature Neuroscience".
Caçador de cocaína
Os pesquisadores investigaram nas cobaias o surgimento de pequenas estruturas nos neurônios chamadas espinhas dendríticas, que têm relação profunda com a formação das memórias.

Um microscópio a laser foi usado para olhar dentro do cérebro dos camundongos ainda vivos, para procurar por espinhas dendríticas após eles receberem doses de cocaína. A mesma análise foi feita em cobaias que, em vez de injeções de cocaína, receberam doses com água.
O grupo que recebeu a droga apresentou uma maior formação de espinhas dendríticas, o que indica que mais memórias foram formadas, relacionadas ao uso da substância.
Segundo a pesquisadora Linda Wilbrecht, professora assistente de psicologia e neurociência da Universidade da Califórnia na cidade de Berkeley, "nossas imagens fornecem sinais claros de que a cocaína induz ganhos rápidos de novas espinhas e, quanto mais espinhas os camundongos ganham, mais eles mostram que 'aprenderam' (o vício) sobre a droga".
"Isso nos mostra um possível mecanismo ligando o consumo de drogas à busca por mais drogas. Essas mudanças provocadas no cérebro podem explicar como sinais relacionados à substância dominam o processo de tomada de decisões em um usuário humano", afirmou.
O pesquisador Gerome Breen, do Insituto de Psiquiatria do King's College de Londres, ressaltou que "o desenvolvimento da espinhas dendríticas é particularmente importante no aprendizado e na memória".
"Esse estudo nos dá um entendimento sólido de como o vício ocorre – ele mostra como a dependência é aprendida pelo cérebro."
Fonte: G1

Polícia impede que manifestantes invadam local das obras da Colossus, em Serra Pelada

Garimpeiros decidem invadir mina e entram em confronto com a PM


A polícia impediu, no domingo (25), que cerca de 1.500 garimpeiros invadissem o local das obras da mina de ouro da canadense Colossus, na região de Serra Pelada. Havia uma preocupação, por parte da direção da companhia, de que as obras fossem interditadas ontem pelos manifestantes, e que a ação levasse a atos de violência.
Garimpeiros decidem invadir mina e entram em confronto com a PM
Segundo a diretora de comunicação da empresa, Rosana Entler, as obras só voltarão ao ritmo normal quando a polícia informar que o movimento dos garimpeiros estiver terminado. Ontem, segundo ela, “para preservar a segurança dos nossos funcionários”, muitos dos 1.500 trabalhadores permanecerão em casa.
Garimpeiros decidem invadir mina e entram em confronto com a PM
No fim de semana, a ordem foi deixar apenas um número mínimo de funcionários no projeto. São 80 – entre os quais alguns canadenses. Segundo nota da empresa divulgado ontem, “a tentativa de invasão, anunciada de forma pública e antecipadamente” criou um clima de “coação” sob o qual “é impraticável haver diálogo”.
Garimpeiros decidem invadir mina e entram em confronto com a PM
Rosana disse que pelo que ouviu da Polícia Militar que estava no local da mina, um grupo de garimpeiros se reuniu à tarde na Vila de Serra Pelada — no município de Curionópolis — e seguiu em direção à entrada do projeto. “Pelo que me disseram, tanto policiais quanto funcionários nossos, os garimpeiros não chegaram à portaria, ficaram a uns 100, 200 metros e depois se dispersaram e se espalharam pela vila”.Garimpeiros decidem invadir mina e entram em confronto com a PM
Uma parte dos 52 mil garimpeiros associados à Coomigasp – Cooperativa dos Garimpeiros de Serra Pelada – está insatisfeita com a forma de distribuição do ouro que será produzido em Serra Pelada. Pelo acordo inicial, a Colossus teria 51% e os garimpeiros 49%, sendo que os investimentos seriam divididos meio a meio. Em 2010, com a anuência de uma Assembleia Geral realizada pelo então presidente Gessé Simão e da qual participaram mais de 20 mil garimpeiros, determinou que a empresa canadense teria 75% do ouro produzido, todavia a Colossus seria a única investidora financeira.
Garimpeiros decidem invadir mina e entram em confronto com a PM
Por volta das 16 horas de ontem alguns garimpeiros se exaltaram e tentaram invadir o Projeto. A Polícia Militar do Pará, que estava a postos para garantir a segurança, interveio e houve confronto.
Garimpeiros decidem invadir mina e entram em confronto com a PM
Pelo Menos sete pessoas ficaram feridas. Algumas delas foram encaminhadas para hospitais de Marabá, Parauapebas e Curionópolis.
Entre os feridos a bala está o presidente do Conselho Fiscal da Coomigasp, Amarildo Gonçalves. Ele foi atendido no Hospital municipal de Parauapebas.
É preciso analisar essa situação de Serra Pelada com muita atenção. Garimpeiros volta e meia são usados por políticos e alguns diretores da Cooperativa com o único objetivo de obterem um  ganho político ou financeiro.
Garimpeiros decidem invadir mina e entram em confronto com a PMO contrato da empresa canadense, mesmo parecendo imoral, foi homologado pela grande maioria dos garimpeiros e deve ser respeitado, já que, há época, a cooperativa não tinha como colaborar financeiramente nos investimentos, orçados pela mineradora em R$600 milhões.
Os mesmos garimpeiros que agora tentam interditar o projeto deveriam, a bem dos mais de 50 mil associados, manifestarem-se para que a justiça julgue os inúmeros processos que tramitam na justiça do Pará na tentativa de investigar verdadeiros saques ao erário da cooperativa. Dinheiro este que deveria ser usado em benefício dos associados.
Em 2012 a justiça afastou parte da diretoria, dando início a uma verdadeira guerra pela direção da Coomigasp, o que poderia também ser chamado de “corrida ao ouro”, já que as decisões tomadas pela direção da Coomigasp nem sempre beneficiam quem deveria, os garimpeiros.
Por outro lado, alguns ex-diretores da Coomigasp, que buscam na justiça o retorno alegam que esses 1.500 manifestantes não passam de massa de manobra, não representando os mais de 50 mil garimpeiros cadastrados na Cooperativa.
Acredito que o mais certo seria uma intervenção do Ministério de Minas e Energia em Serra Pelada, nomeando uma equipe isenta para gerir os recursos repassados pela empresa canadense. Se isso não for feito teremos que conviver rotineiramente com manifestações iguais as de ontem. Por sorte não houve vítima fatal, mas até quando será assim?


Por: Zé Dudu
Fotos: Antônio Cícero

Campanha nacional de atualização de vacinas em Brasil Novo termina nesta sexta-feira.

Posto de Saúde da Cidade Nova
Com o objetivo de atualizar a caderneta de vacinação de crianças menores de 5 anos, a Secretaria Municipal de Saúde de – SMS de Brasil Novo, adotou o último sábado (24), como o dia “D” de atualização de vacinação nos principais postos de saúde do município. Campanha é promovida pelo Ministério da Saúde e foram disponibilizadas todas as vacinas do calendário básico infantil, como a suplementação de vitamina A, BCG, Hepatite B, Penta, Inativada Poliomielite (VIP), Oral Poliomielite (VOP), Rotavírus, Pneumocócica 10 Valente, Meningocócica C Conjugada, Febre Amarela, Tríplice Viral (sarampo, rubéola e caxumba) e DTP (difteria, tétano e coqueluche).
Posto de Saúde da Cidade Alta
Hoje a campanha será realizada na vicinal 20, na Escola Saúde, na Casa do Piauí, Na Escola Bom Fim e na Escola São Nascente e na casa da ACS Maria Ivonete, na casa do Pilatos na Cristalina, na casa do Célio na Petrobrás, na casa do Ivan. A campanha Nacional de Vacinação, na Zona Rural de Brasil Novo, terminará nesta quarta-feira (28) na comunidade São Sebastião na vicinal 21 e na Comunidade Laranjal, uma das comunidades mais distantes da sede municipal.
As vacinas ficarão disponíveis nos postos de saúde até sexta-feira (30) para quem ainda não levou seu filho para receber a vacina e atualizar a caderneta de vacinação.

Por: Valdemídio Silva
Fotos e Informações: ASCOM/PMBN


Policia Rodoviária Federal apreende veiculo e 25 mil por suspeita de associação ao tráfico de drogas.

A rodovia Transamazônica na Região Norte tem sido usada como corredor do tráfico, uma vez que o transporte de drogas é mais fácil devido à falta de fiscalização entre o Estado do Amazonas e Pará. 

A operação Tapajós II, desencadeada pela polícia Federal e Policia Rodoviária Federal, com o apoio da Polícia Civil, vem fechando o cerco contra traficantes e contra veículos que trafegam de forma irregular no município de Jacareacanga e na rodovia Transamazônica mais precisamente no trecho entre Apui/AM e Itaituba/PA. A rodovia Transamazônica na Região Norte tem sido usada como corredor do tráfico, uma vez que o transporte de drogas é mais fácil devido à falta de fiscalização entre o Estado do Amazonas e Pará. 
Segundo o Boletim de Ocorrência registrado junto ao Delegado de polícia Civil Lucivelton Ferreira dos Santos, no começo da tarde de ontem (25), a Policia Rodoviária Federal ao fazer abordagem em um veículo Uno Mille Fire de cor azul, Placas de Ananindeua JUO-9867 há cerca de 39 km da cidade de Jacareacanga, constatou que o veículo estava com sinais de adulteração no chassi. Ao fazer uma vistoria no veículo a policia encontrou escondido na lateral esquerda do veículo uma bolsa com R$ 24.550,00. 
O veículo estava sendo conduzido por Oseias Aviz Silva, 38 anos, da cidade de Barcarena e com ele estava Antônio Rego da Silveira, 50 anos, que alega ser garimpeiro e que tinha pegado uma carona para um garimpo em Apui/AM. 
Durante a batida policial, Oseias tentou subornar o agente da PRF Marcos Alan R$ 8.000,00 e  imediatamente deu voz de prisão. Já na delegacia os policias ao desmontarem o para-choque traseiro do veículo encontraram um depósito por baixo do porta-malas que supostamente seria para transportar drogas. “Acreditamos que Oseias iria comprar drogas em Apui/AM. O veículo com este fundo falso deixa bem claro esta pretensão”, disse o Delegado de Policia Civil Lucivelton Ferreira, acrescentando que Oseias Aviz Silva foi indiciado por corrupção ativa.
Na delegacia Oseias disse que foi contrato por uma pessoa pra levar o veículo até Apui/AM e que receberia pelo transporte R4 2.000,00. 





FONTE: JUNIOR NONATO SILVA E JUNIOR RIBEIRO.