segunda-feira, 31 de outubro de 2016

JOVEM É EXECUTADO A TIROS EM ALTAMIRA NO DIA DO SEU ANIVERSÁRIO

No início da tarde desta segunda-feira, Altamira registrou mais um caso de execução.

O crime aconteceu no início da tarde desta segunda-feira(31), Na Rua Tulipas do Bairro Jardim Primavera em Altamira  no Sudoeste paraense, quando um rapaz , identificado de nome Jefferson Santos, foi assassinado a tiros no meio da rua.
De acordo com as informações repassadas por moradores, Jefferson Santos trafegava em uma moto quando foi abordado por outros dois homens que ocupavam uma moto modelo Lander de cor azul e efetuaram os disparam contra o rapaz sem dar chances de se defender. Pelo menos oito disparos atingiram a vítima. O Samu chegou ser acionado mais ao chegar no local nada pode ser feito para salvar a vida do rapaz que já estava morto. 

Segundo a Polícia a vítima, que estava de aniversário hoje e completaria 27 anos, era ex presidiário e por isso a investigação segue a hipótese de certo de contas.
As Polícias Militar Polícia Civil estiveram no local e o IML foi acionado para fazer perícia e remoção do corpo da vítima.

Por: Valdemídio Silva:

Fotos e Informações: Facebook/Carlos Calaça

Nativa FM é reinaugurada em Altamira

A reestreia da Rádio Nativa FM aconteceu no sábado, 29/10, com um evento que contou com dezenas de pessoas. A reforma da sede da rádio foi possível graças a parceria junto a Fundação Viver, Produzir e Preservar, que por meio de projeto no Plano de Desenvolvimento Regional Sustentável do Xingu (PDRSX) financiou o projeto.
A Nativa FM é uma rádio comunitária e distribui sinal por parte da cidade de Altamira (PA). A Nativa FM atua na frequência de 104,9 MHz. Com o lema “A serviço da comunidade” a ideia é interagir com os ouvintes o máximo possível.
A rádio funciona em estrutura própria e também vai contar com programas locais. Entre os locutores Mineirinho e Gleisson Mix. Os assuntos vão envolver notícias locais, músicas de sucesso, horóscopo, entre outros.
Segundo Domingos Moraes, coordenador da Rádio Nativa, a ideia é trazer para o público uma opção nova e diferenciada. “A nossa ideia é trazer mais diversão para o público, mais alegria, e mais prêmios também. E nós contamos com um bom time de locutores, que vão fazer parte da Nativa”, Domingos.
Já Luís Fernando, conhecido popularmente como ‘Mineirinho’, diz estar feliz com esse novo projeto. “É tudo novo, mas ao mesmo tempo, tudo perfeito. Tudo está se encaixando de uma forma perfeita, tanto para nós quanto para os ouvintes, que estão sempre sintonizados. Nós estamos trazendo uma nova rádio com alegria, muita simpatia, paixão e amor! Esperamos agradar a todos e temos certeza que isso vai acontecer!” contou o radialista.
Um dos pontos fortes da Nativa FM é a programação popular. É nessa pegada que a rádio investe em tocar músicas de artistas renomados e que fazem sucesso.
Fonte: O Xingu

Índios ameaçam atear fogo em torres da Eletronorte – BR-222

Os indígenas ameaçam atear fogo nas nas linhas de transmissão. No momento, estão descarregando uma carreta de Eucalipto da Suzano de baixo da rede do linhão da Eletronorte.
Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o grupo ocupou a pista na altura do quilômetro 226, próximo ao município de Bom Jesus do Tocantins, por volta das 9h de hoje, (31).
Outro grupo de indígenas bloqueiam Transamazônica nesta segunda-feita,31, no km 120, trecho entre Uruará e Medicilandia.
Ainda não há informações sobre as reivindicações dos manifestantes e sobre o tamanho do congestionamento na via.
Maiores informações a qualquer momento.

ÍNDIOS BLOQUEIAM O KM 13 DA RODOVIA TRANSAMAZÔNICA ENTRE MEDICILÂNDIA E URUARÁ

A BR 230, Rodovia Transamazônica, foi interditada por indígenas na madrugada desta segunda-feira.
Foto: PM de Medicilândia/Blog do Sidalécio
Um Grupo de cerca de 60 índios Araras, bloquearam na madrugada desta segunda-feira um trecho da BR 230, a rodovia Transamazônica na altura do KM 130 entre os municípios de Medicilândia e Uruará impedindo parcialmente a passagem de veículos no local. O bloqueio teve inicio por volta das 04:00 horas da manhã.

De acordo com informações da Polícia Civil de Medicilândia que conversaram com os caciques Tatji e Turu que representantes da tribo dos Araras, os indígenas tentam chamar à atenção do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte - DNIT e da Fundação Nacional do Índio - FUNAI para os problemas que os indígenas enfrentam na região.
Foto: PM de Medicilândia/Blog do Sidalécio
Entre as reivindicações estão a falta de manutenção das estradas ou a inexistência de estradas em alguns casos o que, segundo os chefes da Tribo, tem dificultado a trafegabilidade e a locomoção de seu povo e impedindo o acesso à aldeia.

Durante a conversa ocorrida na manhã de hoje, os indígenas pediam a presença da imprensa no local e ameaçaram interditar totalmente o trecho a partir da manhã, dia 1° de novembro, caso não haja resposta das autoridades, impedindo que qualquer veículo passe pelo local.

O movimento deverá receber reforços de outros indígenas que deverão chegar ainda hoje no local em micro-ônibus.

Por: Valdemídio Sila com Informações da PA de Medicilândia. 

domingo, 30 de outubro de 2016

Polícia de Altamira investiga fotos onde meninas aparecem com arma de fogo

A Polícia Civil de Altamira, sudoeste do Pará, investiga fotos em que três meninas, que aparentam ter entre 12 e 15 anos, aparecem fazendo pose com arma de fogo.
As imagens postadas com as meninas usando farda de uma escola, circulam nas redes sociais e mostram o grupo próximo de uma árvore. Três jovens aparecem nas imagens, mas aparentemente existe uma quarta pessoa registrando as fotos. De acordo com a polícia, o revólver é calibre 32 e a escola das estudantes fica no bairro Boa Esperança, periferia de Altamira.
O Conselho Tutelar foi acionado e acompanha o caso.
Fonte: O Xingu

sábado, 29 de outubro de 2016

PRAZER EM ROUBAR: ASSALTANTE ESCONDE JOIAS ROUBADAS NO PRÓPRIO ÂNUS

Caso foi registrado na 16ª Seccional de Policia Civil de Santarém.

As joias estavam no anus do acusado
Uma situação no mínimo inusitada aconteceu na tarde quinta-feira (27), na 16ª Seccional de Polícia Civil de Santarém. Após ter noticia de um assalto com possível baleamento da vítima, uma guarnição da Polícia Militar foi até o local onde o crime teria acontecido. Lá constataram que, apesar da vítima de assalto está muito ensanguentada, felizmente não havia sido baleada, mas sim atingida com uma coronhada na região da cabeça. Em ato continuo, os policiais saíram em diligencia e conseguiram prender um homem, que foi reconhecido pela vítima como sendo um dos assaltantes.
O preso foi identificado como Erick Patrick Guimarães Ribeiro, e foi apresentado na Seccional. No momento em que o mesmo estava sendo ouvido pelo escrivão, veio à surpresa, ele confessou o crime, e começou a retirar do seu próprio ânus, um cordão e uma pulseira que haviam sido roubados de umas das vítimas.
De acordo com a delegada Márcia Rabelo, com apresentação dos objetos roubados, ficou materializado o crime, e o mesmo foi autuado em flagrante, e já se encontra no Centro de Triagem Masculina do Complexo Penitenciário de Cucurunã.



URUARÁ (PA): CORPO DE AGRICULTOR DESAPARECIDO É ENCONTRADO NA TRANSIRIRI

Populares encontraram neste sábado, 29, o corpo do agricultor Arnaldo Aguiar de Morais, 37 anos, que estava desaparecido há 10 dias. O corpo foi encontrado em avançado estado de decomposição no travessão 185 Sul, vicinal Transiriri, a 65 km do centro urbano de Uruará (PA) e 120 metros distante da estrada vicinal, estava parcialmente enterrado dentro de um buraco, o local fica a 5 km de distância da propriedade onde o agricultor morava com a família .
Arnaldo havia saído de casa na tarde do dia 19 de outubro de 2016 para ir até a cidade de Uruará a fim de buscar dinheiro com o objetivo de efetuar o pagamento de umas cabeças de gado que havia comprado, sendo que o mesmo trabalhava com compra e venda de gado. O agricultor teria sido visto pela última vez no mesmo dia numa oficina quando já estava retornando para casa.
O caso do desaparecimento de Arnaldo foi registrado na delegacia de Polícia Civil pela esposa do mesmo somente na quarta-feira, dia 27 de outubro, oito dias depois.
A equipe de plantão da Polícia Civil, EPC Ivan Santos, IPC Eladio Cruz, sob o comando do delegado Walison Damasceno, foi até ao local e fizeram a remoção do corpo.
A Polícia Civil já está investigando o homicídio com ocultação de cadáver. 
As investigações apontam pelo menos um suspeito da autoria do crime e está sendo apurado pela polícia. Arnaldo teria sido vitima de uma emboscada. 
Peritos do IML Renato Chaves de Altamira foram acionados e o corpo foi removido para Altamira onde passará por perícia para saber a causa da morte (tipo de arma ou meio utilizado). Posteriormente o corpo será liberado para família realizar os procedimentos fúnebres. 
Arnaldo era casado com Auriane Morais há 15 anos e deixa 3 filhas adolescentes.
O sepultamento ocorrerá no cemitério de Uruará possivelmente neste domingo, 30.



Fonte: O Xingu

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA APROVA PROJETO DE LEI DO PROGRAMA PARÁ PROFISSIONAL

A Assembleia Legislativa aprovou na quarta-feira (26) o Projeto de Lei 182/ 2016, que institui o Programa Pará Profissional, cujo objetivo é qualificar jovens e adultos por meio da educação profissional e tecnológica, tendo em vista as demandas sociais existentes, as vocações produtivas regionais, a superação das desigualdades, a promoção da inclusão social, a melhoria de renda e a garantia de maiores oportunidades de trabalho e emprego para os cidadãos.
O programa pretende atender cidadãos de todas as regiões de integração do Pará, permitindo que, após os cursos, os egressos tenham maiores possibilidades de acesso ao emprego ou de criação do próprio negócio. Entre os objetivos específicos do Pará Profissional estão a promoção de cursos profissionalizantes nas modalidades de ensino técnico subsequente e formação inicial e continuada; o estabelecimento de parcerias que potencializem, em termos técnicos e financeiros, as ações do programa; a interiorização da educação profissional e tecnológica por meio de parcerias cooperativas com os municípios paraenses e demais atores locais e regionais; e o maior alcance de pessoas por meio do estabelecimento de um sistema eficaz de educação a distância.
“O Pará Profissional é uma política pública original, inexistente em outras unidades da federação, e que dará um salto na formação profissional no Estado, respondendo aos desafios do Pará 2030”, diz o titular da Sectet, Alex Fiúza de Mello. O programa prevê ainda a oferta de cursos aproveitando, além das escolas tecnológicas estaduais, outros espaços, como as escolas estaduais e municipais de ensinos fundamental e médio ou ambientes adequados oferecidos por empresas.
Outro destaque previsto é a flexibilização na contratação de instrutores, o que facilitará a oferta de cursos específicos para atender às necessidades de cada realidade regional. Por exemplo, se determinada localidade estiver com carência de profissionais na área de logística em função da instalação de algum grande empreendimento, o governo não precisará criar uma estrutura complexa para a oferta do curso, incluindo concursos públicos e aquisição de equipamentos e materiais para atividades práticas, dentre outras.

SAIBA COMO JUSTIFICAR A AUSÊNCIA NA VOTAÇÃO NO SEGUNDO TURNO DAS ELEIÇÕES

Neste domingo (30), milhões de eleitores voltam às urnas para o segundo turno das eleições que vai eleger os chefes dos executivos municipais de 57 cidades. Se você estará fora do seu domicílio eleitoral, no dia da votação, fique atento às orientações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
Quem precisa fazer a justificativa eleitoral?
Devem justificar a ausência da votação todos os eleitores que estiverem fora dos domicílios eleitorais onde haverá disputa no segundo turno. Se na sua cidade as eleições para prefeito já foram decididas na primeira fase da disputa, o pleito já foi dado como encerrado.
Não estarei na cidade onde voto, o que fazer?
Quem estará fora do seu domicílio eleitoral precisa justificar a ausência do voto no dia da eleição. Nesse caso, o eleitor deve preencher e entregar o Requerimento de Justificativa Eleitoral (RJE) nos locais de justificativa. É necessário levar o título de eleitor e um documento com foto. Em Altamira, a entrega poderá ser feita no próprio Cartório Eleitoral, na Avenida Coronel José Porfírio.
Como saber quais são os locais para justificar a ausência do voto?
Os locais de justificativa são definidos pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de cada estado. Os eleitores podem consultar os locais na página do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
É possível fazer a justificativa eleitoral na mesma cidade em que você vota?
Não. Só pode justificar a ausência aqueles que estiverem fora do seu domicílio eleitoral no dia das eleições. Caso contrário, o eleitor deve se dirigir para a sua zona eleitoral e exercer o direito do voto.
Onde retiro o Requerimento de Justificativa Eleitoral?
O formulário pode ser obtido gratuitamente nos postos de atendimento ao eleitor, em cartórios eleitorais, na página do TSE ou nas páginas dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs). No dia da eleição, os locais de votação ou postos justificativa também disponibilizam o documento.
Posso justificar a ausência do voto depois da eleição?
Sim. O prazo para justificativa eleitoral é de 60 dias após as eleições. Nesse período, o eleitor deve se dirigir a um cartório eleitoral com o título de eleitor e um documento com foto, preencher o Requerimento de Justificativa Eleitoral (pós-eleição), que pode ser retirado no próprio local gratuitamente. O cidadão ainda tem a opção de enviar o documento pelos correios ao juiz da sua zona eleitoral.
No caso de justificava após as eleições, além do requerimento, é preciso apresentar um documento que comprove a sua ausência. Por exemplo, bilhete da passagem, atestado médico. Neste ano, quem deixou de votar no primeiro turno tem até 1º de dezembro de 2016 para justificar. No caso do segundo turmo, o prazo vai até o dia 29 de dezembro de 2016.
Perdi todos os prazos para justificar a ausência, o que devo fazer?
O eleitor que não justifica a ausência no pleito dentro do prazo de 60 dias após a eleição, ele fica em débito com a Justiça Eleitoral. Para regularizar sua situação, primeiro ele deve solicitar a Guia de Recolhimento da União (GRU) em qualquer cartório eleitoral ou posto de atendimento ao eleitor. Depois ele deve pagar uma multa, que varia de R$ 1,05 até R$ 3,51, por turno, para obter a certidão de quitação eleitoral.

SUSPEITO TIROU ‘SELFIES’ COM CORPOS AO MATAR FAMÍLIA NA ESPANHA, DIZ POLÍCIA

Após matar e esquartejar os tios e os primos, François Patrick Gouveia fez fotos dos corpos, tirou “selfies” e mandou para um amigo em João Pessoa, o estudante de 18 anos Marvin Henriques Correia, preso nesta sexta-feira (28) por participação na chacina. A informação foi divulgada em coletiva de imprensa da Polícia Civil nesta sexta, sobre a participação do estudante de João Pessoa no crime cometido por Patrick na Espanha.
O delegado geral da Polícia Civil da Paraíba, Marcos Paulo Vilela, comentou que os suspeitos mantiveram um contato em tempo real através do aplicativo Whatsapp, e após cometer o crime, Patrick Gouveia mandou fotos dos corpos esquartejados e selfies para comprovar que havia executado a família do tio, Marcos Nogueira.
“Os dois mantinham a conversa pelo Whatsapp sobre a execucação do crime e o Patrick mandou as fotos dos corpos e até ‘selfies’ com os corpos das vítimas para o Marvin”, relatou o delegado.
Na conversa mantida entre os dois presos, ambos se mostravam extremamente frios apesar da crueldade do caso, segundo os delegados.
No depoimento dado à Polícia Civil, Marvin Henriques Correia chegou a comentar que não procurou a polícia por medo de Patrick Gouveia. “Ele chegou a dizer que tinha medo de Patrick e que por isso não procurou a polícia para denunciar o crime. Mas durante a conversa dos dois, a gente percebe que há uma intimidade e uma frieza que não indicam isso”, explicou.
Ainda de acordo com a Polícia Civil, havia o receio de que Marvin Henriques Correia viajasse para a Espanha, para fugir de qualquer tipo de implicação criminal no Brasil. A prisão do estudante foi feita a partir de uma pedido do Ministério Público da Paraíba. Os mandados de prisão e de busca e apreensão contra Marvin Henriques foram expedidos na quinta-feira (27) e cumpridos no início da manhã desta sexta-feira (28) pela Polícia Civil. O estudante de 18 anos foi preso quando estava saindo para ir à escola.

RIBEIRINHOS DO RIO XINGU RECEBEM KITS PARA CONSTRUÇÃO DE CASAS

A Norte Energia iniciou a entrega do primeiro módulo do kit construtivo e o pagamento das primeiras do auxílio-construção para as famílias que estão retornando às ilhas e “beiradões” do Rio Xingu depois da formação do reservatório principal da Usina Hidrelétrica Belo Monte. As entregas iniciaram no dia 17 de outubro e ocorrerão até o dia 4 de novembro. Esta medida é uma das estratégias adotadas pela Norte Energia, fruto de diversas reuniões com o órgão licenciador e os movimentos sociais, para recomposição do modo de vida tradicional dos ribeirinhos da região influenciada pelo empreendimento. Junta-se a essa estratégia os trabalhos de Assistência Técnica e aqueles previstos no Projeto Reparação.
O material, necessário para construção de uma casa de madeira de 63 metros quadrados foi dividido em quatro módulos – fundação, fechamento (parede e divisória), cobertura (telhado) e acabamento. Acompanha a distribuição do material, uma planta baixa que servirá de orientação ao interessado. No entanto, como a casa será construída com mão de obra própria, o interessado poderá decidir pela distribuição que mais lhe agradar podendo, inclusive utilizar parte do material para outras finalidades. Além disso, para ajudar na construção da casa, cada morador também receberá até seis parcelas de R$ 900 de auxílio-construção pago pela empresa aos beneficiados.
As famílias que estão recebendo os kits e o auxílio-construção estão inseridas nas negociações finalizadas em 2015, as quais resultaram na aquisição de outros imóveis rurais, na indenização dos imóveis desapropriados ou na transferência para os lotes dos Reassentamentos Rurais Coletivos ou Reassentamentos Individuais em Área Remanescente. Fundamentalmente, o critério para os atendimentos dessas famílias é baseado na prática da pesca comercial ou de subsistência, no desenvolvimento de atividades agroextrativistas e na existência de Termo de Autorização do Uso Sustentável emitidos pela SPU, tendo como ponto de partida o Cadastro Socioeconômico, agregado da análise das fichas de atendimento realizados pela NESA, das reuniões com as comunidades, das solicitações encaminhadas pela DPU, entre outras.
Um fator fundamental que orienta os trabalhos da Norte Energia e disciplina a reocupação das áreas do reservatório para garantir a manutenção do modo de vida tradicional ribeirinho: a história de vida da população beneficiada e seus modos de produzir e se sustentar, em total acordo com o que está previsto no processo de licenciamento ambiental.

DOCUMENTOS DE VEÍCULO PODEM SER RETIRADOS AGORA EM AGÊNCIAS DOS CORREIOS

Com o objetivo de proporcionar maior comodidade aos usuários, o Departamento de Trânsito do Estado (Detran) oferece, a partir da próxima segunda-feira (31), mais uma opção para recebimento dos certificados de Registro de Veículo (CRV) e de Registro de Licenciamento de Veículo (CRLV), este último de porte obrigatório, solicitado pelas autoridades de trânsito durante as fiscalizações.
Com a nova opção, ao solicitar a guia de serviços de veículos, tanto no sitewww.detran.pa.gov.br quanto no atendimento presencial, o dono do veículo poderá optar por receber o documento no seu endereço ou em uma agência dos Correios. No próprio site, durante o passo a passo para impressão da guia, serão oferecidas as duas opções de entrega.
Se a opção for pela retirada em uma agência dos Correios autorizada, o site vai mostrar a lista dos endereços das agências disponíveis para escolha do cliente. “É preciso, porém, estar alerta, pois o documento vai ficar disponível nos Correios pelo prazo de 15 dias”, ressalva a coordenadora de Registro de Veículos do Detran, Tatiane Ferreira.
Caso o proprietário faça opção por receber o documento em casa, o Correio faz três tentativas de entrega. É necessário que alguém esteja no local para receber o CRV ou CRLV e assinar o aviso de recebimento. Se não houver sucesso nas três tentativas, o documento fica disponível, também por 15 dias, na agência dos Correios, de acordo com o endereço de registro do veículo. Em ambos os casos, quando o documento não é recebido, ele é devolvido para a sede do Detran, na Avenida Augusto Montenegro, aonde o condutor deverá se dirigir para reaver a documentação.
O condutor agora também tem a opção para cancelar boletos impressos no site do Detran e não pagos até a data de vencimento. Anteriormente, o usuário tinha que esperar 24 horas para poder emitir nova guia para quitação da taxa de serviços de veículo, ou então deveria se dirigir a um posto para solicitar o cancelamento do boleto impresso e não pago, para, somente então, emitir outro.

PM FRUSTRA 'SAIDINHA' BANCÁRIA E RECUPERA R$ 57 MIL ROUBADOS NO PARÁ

Policiais militares frustraram um crime de "saidinha" bancária no município de Abaetetuba, no nordeste do Pará, na segunda-feira (24). De acordo com informações da Polícia Militar, um homem de 29 anos foi preso em flagrante após o crime com um revólver calibre 38 e R$ 57 mil roubados da vítima.
Segundo a PM, a vítima seguia em direção a uma agência bancária do município para fazer o depósito do dinheiro quando foi assaltada. Policiais militares foram acionados e realizaram a prisão do homem de 29 anos no centro comercial de Abaetetuba no final da manhã de segunda.

O homem detido, o dinheiro apreendido e a arma foram apresentados à delegacia de Abaetetuba após a prisão.

Fonte: PM/PA

ACUSADO DE ASSALTO É BALEADO NO BAIRRO CIDADE NOVA EM ALTAMIRA

O rapaz de 22 anos, identificado como Maicon Paiva e um adolescente, de 16 anos, são apontados como os autores de assaltos que aconteceram na manhã desta sexta-feira (28). A polícia chegou aos dois depois de denúncias das vítimas. Durante a ação de captura ainda pela manhã na transamazônica, Maicon foi baleado na perna e em cima da bacia. Atendido pelos técnicos do serviço de atendimento móvel de urgência, ele foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento de Altamira. Com os dois foi encontrado um simulacro.
Quanto à moto encontrada com eles, o adolescente dá versão de que alugo a moto para ir a uma festa.
Na delegacia de Polícia Civil, o proprietário da motocicleta diz que o veículo foi tomado dele pela manhã, no Bairro Bela Vista.
A lanterna da motocicleta foi arrancada. A Polícia Militar conseguiu recuperar a bolsa de uma senhora que foi assaltada no Sudam II, próximo a uma escola pública. De acordo com as denúncias, a dupla também teria agido no Bairro Cidade Nova. Na UPA, o pai de Maicon chegou a passar mal, mas o quadro de saúde do rapaz é estável. O adolescente já cumpre medidas socioeducativas por outras situações.

O PROCURADOR NELSON MEDRADO FALA COMO FOI A OPREAÇÃO "JAPEUSÁ" DE COMBATE A FRAUDES

O Procurador Nelson Medrado falou como foi A operação "Japeusá" de combate a fraudes realizada nesta quinta-feira, 27, em Uruará (PA) e que contou com sete equipes de quatro pessoas, cinco viaturas, 28 policiais do Gaeco, sete promotores de justiça, inclusive o promotor de Uruará, Dr. Thiago Ribeiro Sanandres, e, o procurador de justiça, Dr. Nelson Medrado, responsável pela operação.
A Operação ocorreu na prefeitura, secretarias municipais e casas de empresários do município de Uruará.


Vejam em Reportagem de Cirineu Santos:

SUSPEITO DE MATAR FAMÍLIA NA ESPANHA TEVE AJUDA DE AMIGO NA PB, DIZ POLÍCIA

Foto: Diogo Almeida/G1
Um amigo do suspeito de matar uma família na Espanha foi preso em João Pessoa nesta sexta-feira (28). Marvim Henriques Correia, estudante de 18 anos, participou indiretamente do caso, segundo informações da Secretaria de Segurança e Defesa Social (Seds) da Paraíba. Com o suspeito, a polícia apreendeu um CPU, que foi apresentado como uma das evidências do caso.
François Patrick Gouveia confessou ter matado o casal de paraibanos Marcos Nogueira e Janaína Américo e os dois filhos deles, de 1 e 4 anos. Marvim teria dado dicas para Patrick via internet sobre como proceder no crime e os dois jovens chegaram a se encontrar duas vezes após a morte da família na Espanha. A informação é do delegado de homicídios de João Pessoa, Reinaldo Nóbrega.
Segundo o advogado de Marvim, Sheyner Asfora, ainda não há como concluir que o jovem teve participação efetiva na morte dos paraibanos na Espanha. Ainda segundo a polícia, o jovem não pode ser extraditado, por isso deve responder pelo crime no Brasil. Ele deve participar de uma audiência de custódia na segunda-feira (31).
A polícia cumpriu os mandados de busca e prisão no início da manhã desta sexta-feira na casa de Marvim, no Jardim Oceania, e apreendeu o CPU, o passaporte do jovem e um livro que conta a história personagens conhecidos historicamente pela perversão. O material foi enviado para a Espanha para ser incorporados à investigação da Guarda Civil.
Segundo os delegados, Marvim disse não ter dimensão da gravidade de seu envolvimento no crime, se mostrou arrependido e triste com a situação, mas colaborou esclarecendo alguns pontos. “Ele disse que não sabia que Patrick tinha capacidade de fazer isso”, disse Reinaldo.
Reconstituição na Espanha
Impedido de participar diretamente da reconstituição, Walfran acompanhou o processo do lado de fora do chalé, em Pioz, na província espanhola de Guadalajara. “Ele [Patrick] não mostra nenhum tipo de arrependimento, ele está super calado, frio. Em todos os depoimentos dele, é centrado, tranquilo. E isso até assusta a polícia pelo fato de ele não mostrar remorso”, declarou.

Patrick, sobrinho de Marcos Nogueira, se entregou voluntariamente à polícia espanhola no dia 19 de outubro e confessou o crime dois dias depois. Ele segue detido.
Segundo Walfran, durante a reconstituição, Patrick repetiu o que já havia dito em depoimento à Guarda Civil, a polícia federal da Espanha. “Ele não conta como matou as crianças, ele diz que esqueceu de como fez o ato com as crianças. E ele conta também que, antes de matar meu irmão, ele esperou meu irmão chegar e ficou conversando com ele 30 minutos lá no jardim da casa, na piscina, e, ao entrar na casa, ele disse que meu irmão virou pra ele e, automaticamente, ele atacou com uma facada. Já tinha matado as duas crianças e a mulher, Janaína”, relatou.
Antes de voltar ao Brasil, o irmão de Marcos explicou que teve acesso às informações da investigação que estão em segredo de justiça. “Tive acesso às fotos, que mostram a brutalidade que fizeram com minha família”, comentou.
Sobre uma provável alegação de insanidade mental de Patrick, Walfan disse que é natural haver um argumento da defesa. “Ele tem que se defender. Mas, vai ser examinado pelos médicos e peritos e ver se realmente ele tem isso mesmo. Acho difícil ele escapar dessa porque o crime chocou muito aqui na Espanha e o povo está querendo justiça”, declarou.
Relembre o caso
Os corpos de Janaína, Marcos e das duas crianças foram achados esquartejados em uma casa na cidade espanhola de Pioz em setembro, depois que um vizinho alertou sobre o mal cheiro perto da casa da família.

Após o início das investigações, a Justiça emitiu uma ordem de prisão europeia e internacional contra Patrick, mas até então o suspeito ainda não havia recebido nenhuma notificação sobre o mandado de prisão no Brasil.
Ele resolveu se entregar após o advogado dele, Eduardo de Araújo, voltar para o Brasil e explicar à família os detalhes do processo. O advogado informou que Patrick acredita poder se defender melhor das acusações na Espanha.
O advogado disse que ficou surpreso ao saber da confissão, uma vez que enquanto estava no Brasil, Patrick negava ter cometido o crime. “Foi algo que surpreendeu, na verdade, porque o Patrick volta para a Espanha alegando que precisaria estar lá porque teria melhores condições de apresentar suas versões do fato e se defender de suas acusações. Aqui, ele insistiu em sua inocência”, disse.
Julgamento
Na sexta-feira (21), a promotora-chefe de Guadalajara, Dolores Guiard, informou à agência EFE que pediu a prisão provisória de Patrick “pela gravidade dos fatos e a ausência de firmeza no país”, para assegurar assim a permanência dele na Espanha.

Sobre as possíveis penas, a promotora-chefe disse que o Código Penal estabelece que os assassinatos de crianças menores de 16 anos são penalizados com prisão perpétua, que pode ser revisada depois de um tempo.

As informações são do G1 Paraíba.

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Governo e bancos definem novos critérios para financiamento de imóveis rurais



A definição de novos critérios para avaliação da regularidade ambiental de imóveis rurais no Pará, em consonância com o processo de ordenamento ambiental e normas e políticas públicas em vigor, foi o tema da reunião realizada nesta quinta-feira (27), entre representantes da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) e de instituições financeiras. Na próxima semana deverá ser publicada a portaria com as novas normas.
A iniciativa é um esforço conjunto para simplificar e viabilizar a regularidade ambiental dos créditos fundiários, oferecendo on-line a maioria da documentação necessária.
A minuta da portaria, elaborada pelo Núcleo de Estudos Legislativos da Semas, que determina formas mais efetivas para as instituições financiadoras cobrarem a regularidade de requerentes em relação a imóveis rurais em todo o Estado, respeitando a legislação ambiental, foi analisada e discutida por integrantes da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater), Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Banco da Amazônia, Banco do Brasil e outros órgãos. O projeto também conta com a colaboração da Câmara Técnica Estadual de Crédito Rural.

‘Depoimentos têm divergências’, diz promotor do caso Buchinger

A Justiça de Altamira, no sudoeste do Pará, encerrou as audiências de instrução do caso Buchinger na última quinta-feira (27) e estabeleceu um prazo de cinco dias para as alegações da defesa e da acusação. Com a conclusão dessa etapa processual, o juiz Alexandre Trindade irá decidir se os sete acusados de participar da morte do casal Luís Alves Pereira e Irma Buchinger Alves, e o filho deles, Ambrósio Neto, irão a júri popular.
Luís Alves Pereira e Irma Buchinger Alves, e o filho do casal, Ambrósio Buchinger Neto, foram assassinados dentro da própria casa em Altamira, em janeiro deste ano. O outro filho das vítimas, Henrique Buchinger, que teria presenciado o crime, é apontado pela Promotoria de Justiça como o mentor das mortes.
Doze testemunhas de defesa e acusação foram ouvidas no Fórum do Poder Judiciário de Altamira por mais de cinco horas, entre elas Chiara Buchinger, filha do casal assassinado. Também prestaram depoimento, a pedido do Ministério Público Estadual (MPPA), os policiais civis que participaram das investigações do caso. Os acusados responderam às perguntas feitas pelo juiz, pelo promotor e sete advogados de defesa.
Segundo o promotor Antônio Manoel Dias, os depoimentos apresentaram contradições em relação ao inquérito policial.

Perseguição termina com baleado na Transamazônica

Uma perseguição terminou com um jovem baleado nesta sexta-feira (28). O caso aconteceu na BR-320, próximo ao bairro Cidade, em Altamira, após uma tentativa de fuga de Maikon Paiva, de 22 anos.
De acordo com informações da Polícia Militar, Maikon praticou pelo menos três roubos no bairro Sudam 2. A moto que ele utilizou para tentar fugir era roubada. Com ele foi encontrado ainda um simulacro.
O baleado foi encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para cuidados médicos. Um adolescente de 16 anos, que estava com ele, foi encaminhado para a seccional urbana do Xingu. Ele já cumpriu medidas sócio-educativas pro atos infracionais. 
Fonte: O Xingu com informações de Felype Adms.

MARIS NICOLODI É EMPOSSADA, PREFEITA INTERINA DE URUARÁ

Em uma seção extraordinária na câmara de Vereadores, nessa tarde de Quinta Feira dia 27, tomou posse a a vice-prefeita, Maris Nicolodi. 

Fonte: Uruará em Foco

Corpo aguarda reconhecimento no hospital municipal de Placas

Nesta quinta feira por volta das 10:00 horas da manhã populares avisaram no hospital municipal de Placas que tinha um senhor passando mal em um hotel na Avenida Perimetral Sul, o paciente foi levado ainda com vida para o hospital municipal onde foi constatado que o mesmo sofreu um ataque cardíaco, o mesmo foi entubado e encaminhado para a cidade de Santarém mas faleceu na Ambulância a 25 quilômetros da cidade de Placas.
O Corpo está na pedra do Hospital municipal, o mesmo não tinha pertences nem documentos quando foi encontrado, algumas pessoas afirmaram conhece-lo pois o mesmo frequentava bares e restaurantes na cidade e se identificava pelo apelido de Maradona.
A direção do Hospital comunica que aguarda o reconhecimento do corpo por algum conhecido ou familiar, e que se no prazo de 24 horas não aparecer ninguém o corpo será enterrado como indigente.
Portanto, se você conhecer esse cidadão entre em contato com o Hospital municipal, a Delegacia de Placas (93) 35521313 ou com a Funerária (93) 981246500.

Pressionado por indígenas, ministro da Saúde revoga portarias

Pressionado por protestos, incluindo bloqueio de rodovias, de indígenas em diversas partes do país, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, revogou nesta quarta-feira (26) duas portarias que ele mesmo havia baixado nos últimos dias sobre o tema do atendimento à saúde indígena.
Os índios protestaram contra mudanças no sistema de gastos da Sesai (Secretaria Especial de Saúde Indígena). Na semana passada, o ministrohavia baixado uma portaria que, na prática, diminuía o poder de autorização de desembolsos dos 34 Dseis (Distritos Especiais de Saúde Indígena). Se a nova sistemática entrasse em vigor, inúmeros gastos teriam que ser autorizados previamente pelo comando do ministério, em Brasília.
Até então, os gastos mais elevados eram autorizados também por Brasília, mas pela direção da Sesai, e com ordens às vezes pelo telefone, dependendo da urgência do caso. A principal preocupação dos índios e servidores da Sesai era que o novo sistema burocrático deveria impedir ações mais urgentes como, por exemplo, um resgate aéreo a um índio enfermo em regiões mais distantes.
Os indígenas ocuparam nesta quarta-feira (26) prédios da Sesai em pelo menos sete Estados: Roraima, Pará, Mato Grosso, Rondônia, Amazonas, Ceará e Santa Catarina. Também interditaram o tráfego em rodovias, como a BR-163, em Mato Grosso, BR-101, entre João Pessoa (PB) e Natal (RN) e SC-283, em Chapecó (SC).
Após uma reunião com indígenas no ministério, Barros assinou o ato que tornou sem efeito a portaria 1907, publicada no dia último dia 17, e também a portaria 2141, publicada no Diário Oficial desta terça-feira (25) já como um recuo em relação à primeira portaria. A 2141, porém, também não agradou aos índios, pois continuava atribuindo ao secretário-executivo do Ministério da Saúde um poder de autorização e controle que os indígenas consideraram exagerados.

Em Altamira, acusados no caso Buchinger depõem em audiência

A Justiça de Altamira, no sudoeste do Pará, prossegue na manhã desta quinta-feira (27) com a audiência de instrução em que serão ouvidas as sete pessoas acusadas de envolvimento no assassinato do casal Buchinger e do filho mais velho deles, Ambrósio Buchinger Neto, que aconteceu em janeiro deste ano. O juiz Alexandre Trindade, da 1ª Vara criminal de Altamira, deverá decidir se os réus serão ou não levados a júri popular.
A primeira audiência do caso foi realizada na última quarta-feira (26) ocorreu dentro de uma sala reservada no Fórum do Poder Judiciário de Altamira e não pode ser acompanhada pela imprensa. Doze testemunhas de defesa e acusação foram ouvidas por mais de cinco horas, entre elas Chiara Buchinger, filha do casal assassinado.
Também prestaram depoimento, a pedido do Ministério Público Estadual (MPPA), os policiais civis que participaram das investigações do caso.
O juiz, o promotor e quatro advogados de defesa deverão fazer perguntas aos acusados. Para o advogado de defesa de Henrique Buchinger, filho do casal e apontado como o mentor do crime, a expectativa é que os depoimentos ajudem a esclarecer o caso e a provar a inocência dele, que nega a participação nas mortes dos pais e do irmão.
“A sociedade de Altamira tem o direito de saber o que de fato ocorreu e que nós temos a expectativa que seja esclarecida essa tragédia familiar em que o Henrique aparece como suspeito e, na nossa convicção, vai ser esclarecido de uma vez por todas o que houve no dia seis de janeiro”, afirmou César Ramos da Costa, advogado de defesa de Henrique Buchinger.
Já o Ministério Público, que denunciou os sete acusados por homicídio qualificado, quer esclarecer a real motivação do crime a partir dos depoimentos dos réus.
“Até porque existe um real interesse dos executores, e que foi realmente provado que eles praticaram o crime e de revelar qual seria o verdadeiro motivo desse crime”, declarou o promotor de Justiça Antônio Manoel Dias.

Filho mais novo (à esquerda, de vermelho) é acusado pela Promotoria de Justiça de ser o mentor do assassinato dos pais, o casal Luís Alves Pereira e Irma Buchinger Alves, e do irmão mais velho, Ambrósio Neto. (Foto: Reprodução/Facebook)
De acordo com a polícia, Luís Alves Pereira, a esposa Irma Buchinger Alves e os três filhos do casal, sendo dois homens e uma mulher, estavam na residência da família quando criminosos invadiram a casa, na madrugada do último dia 6 de janeiro deste ano. Os suspeitos renderam o casal e o filho mais velho e usaram fita adesiva e um cadarço de sapato para imobilizar as vítimas e cometer o crime.
Henrique e a irmã caçula foram algemados e trancados no banheiro, mas conseguiram escapar por uma janela e pedir ajuda para a polícia. A polícia não informou se a filha também teria envolvimento no crime.
O casal de empresários era proprietário de uma boutique de roupas que funcionava no mesmo endereço da residência. Inicialmente, a polícia acreditava que os suspeitos teriam invadido o prédio à procura de dinheiro e feito a família refém.
Após análise das imagens do circuito interno de segurança, o delegado Rodrigo Leão, superintendente da Polícia Civil na Região do Xingu, informou que cerca de cinco pessoas chegaram em um carro e entraram na casa, mas devido à falta de qualidade da imagem não foi possível identificar nem as pessoas, nem a placa do veículo. Os suspeitos fugiram levando o carro da filha do casal e abandonaram o veículo em um ponto distante 12 quilômetros de Altamira.
G1/PA

Polícia apreende quelônios dentro de barco em Porto de Moz

As Polícias Civil e Militar resgataram 78 quelônios das espécies tartaruga da Amazônia, tracajá e pitéu, transportadas em uma embarcação que estava atracada no porto hidroviário de Porto de Moz, no sudoeste do Pará, na última quarta-feira (26). Também foram apreendidos redes de pesca e instrumentos usados na captura dos animais. As informações são do G1 Pará.
Segundo a polícia, os proprietários da embarcação disseram que pretendiam comercializar as espécies na cidade de Gurupá a R$ 100 a unidade. A caça de animais silvestres sem autorização legal é considerada crime ambiental.
Os animais resgatados foram entregues para agentes do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), que os soltaram no rio Xingu, devolvendo-os ao seu habitat.
Fonte: O Xingu

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

TIME ALTAMIRENSE É CAMPEÃO EM COMPETIÇÃO ESTADUAL DE HANDEBOL

Com o título na fase oeste do Campeonato Paraense de Handebol, Altamira terá representante na fase final da competição. O time de Altamira ficou com a medalha de ouro, mas a equipe ficou com os mesmos 15 pontos que o time de Santarém que foi o segundo colocado. A equipe altamirense só ficou com o título por causa do critério de desempate saldo de gols.
O segundo turno da fase oeste do campeonato estadual de handebol foi realizado em Altamira e contou com equipes de Santarém, Porto de Moz e Itaituba. A fase final do torneio será realizada em dezembro e o local ainda será definido.
A Competição é realizada todos os anos, sendo dois turnos em polos diferentes e a última etapa normalmente em Belém.  A competição é realizada todos os anos no estado, pela Federação Paraense de Handebol.


Fonte: O Xingu

JUSTIÇA AFASTA PREFEITO DE URUARÁ APÓS OPERAÇÃO DO MPE

Everton Moreira também teve bens indisponibilizados no valor de R$ 22.251.375,02

Everton Moreira foi afastado do cargo por 180 dias
A Justiça, através do juiz Michel de Almeida Campelo, determinou, na quinta-feira (27) o afastamento de Everton Moreira Banha, do cargo de Prefeito do Município, pelo prazo de 180 dias, após uma Operação deflagrada pelo Ministério Público Estadual (MPE) no Município, também na quinta-feira, para apurar fraude em licitações e outras irregularidades. 
A Justiça também determinou que a Câmara de Vereadores dê posse em 24 horas à vice-prefeita Maris Magno, que deverá assumir o governo do Município.
“Determino a indisponibilidade dos bens do prefeito Everton Vitória Moreira, no valor de R$ 22.251.375,02. Devendo ser expedido ofícios aos cartórios de registro de imóveis da capital (Belém-PA), de Santarém-PA e do município de Uruará-PA, devendo ser realizada averbação nas matrículas dos imóveis da inalienabilidade”, declarou o juiz Michel de Almeida Campelo, em sua decisão.

Vejam a decisão do Juíz: