sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Intercâmbio: seminário debate produção fotográfica na Amazônia

Programação do 'Seminário 3x3 Fotografia Contemporânea Amazônia' acontece em Manaus e Belém
MANAUS - O olhar do amazônida estará em evidência durante a realização do 'Seminário 3x3 Fotografia Contemporânea Amazônia' que visa fazer o intercâmbio entre os fotógrafos da região. O evento será realizado neste sábado (29), em Belém, e no dia 4 de setembro, na capital amazonense. A entrada para participar das palestras é gratuita.
De acordo com o fotógrafo amazonense, Sávio Stoco, o projeto foi contemplado com o edital da Funarte que prevê o intercâmbio e a circulação da arte entre os estados brasileiros. Stoco acredita que os estados da Região Norte têm um cenário artístico aquecido, porém pouco se relacionam. “Poucos artistas do Amazonas já estiveram no Pará para divulgar seus trabalhos, e vice-versa, então essa é uma oportunidade única para uni-los”, contou.
Foto: Reprodução/Shutterstock
Fotógrafos mostram processo criativo. 
Estão confirmadas as presenças dos fotógrafos: Alex Pazuello, Anderson Paiva, Cristóvão Coutinho, no seminário de Belém. Já em Manaus, as palestras ficam por conta de Mariano Klautau e Orlando Maneschy. Uma edição foi realizada em Boa Vista, Roraima, na Videoteca do Palácio da Cultura, localizado no Centro Cívico, e contou com a participação de Alexandre Sequeira, Luciana Magno e Rodrigo Braga.

Pará lança Rota Turística do Cacau para desenvolver região do Xingu

Vitória do Xingu, Altamira, Brasil Novo e Medicilândia são os municípios que vão receber a rota

Foto: Reprodução/Shutterstock
BELÉM - O Pará lançou nesta segunda-feira (17) um novo projeto de rota turística. Trata-se da Rota Turística do Cacau que será desenvolvida nos municípios de Vitória do Xingu, Altamira, Brasil Novo e Medicilândia. A base é o desenvolvimento econômico e social da região do Xingu. O projeto é desenvolvido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Turismo (Setur).
“Uma rota turística é um trabalho sob o princípio da economia e da mobilidade das pessoas. Neste sentido, é fundamental a participação de empresários, em todos os seus níveis, através das associações comerciais, no fortalecimento dos negócios já existentes e naqueles que ainda possam ser criados”, explica o secretário de Estado de Turismo, Adenauer Góes.
O trabalho reúne parceiros como a Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), órgão do governo federal, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap), o Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade (Ideflor-bio), prefeituras locais, além de associações e cooperativas empresariais que trabalham com a produção agrícola do cacau.
Pontá pé inicial da rota
No desenho da Rota do Cacau, Altamira é o município base da estrutura, servindo para o acesso via aérea, hospedagem, realização de eventos e negócios, bem como a possibilidade de visitação aUsina de Belo Monte. De lá, o turista pode se deslocar para os demais municípios por meio da Transamazônica em trechos totalmente asfaltados. O deslocamento entre os quatro municípios, sem paradas, é realizado em pouco mais de 2h de viagem.

Prefeitura de Tailândia, PA, abre inscrições para mais de 200 vagas

A prefeitura de Tailândia, no nordeste do Pará, abriu as inscrições do concurso público para o preenchimento de 202 vagas em cargos de níveis médio e superior. Os salários variam de R$ 788 a R$ 8.700. As inscrições podem ser feitas até o dia 13 de outubro, na internet.
Os cargos de nível médio completo são para agente de fiscalização; agente de inspeção e secretário escolar (zona rural). As vagas de nível médio técnico são para agente fiscal ambiental; agente fiscal técnico em contabilidade; agente tributário; auxiliar de saúde bucal; técnico de laboratório; técnico em agropecuária; técnico em enfermagem.
Já os cargos de nível superior são para advogado; cirurgião dentista (cínico geral); cirurgião dentista (endodentista); farmacêutico bioquímico; médico auditor; médico clínico geral; professor de artes (zona rural e urbana); professor de ciências (zona urbana); professor de educação física (zona rural e urbana); professor de educação infantil (zona urbana e zona rural); professor de ensino fundamental – anos iniciais (zona rural e urbana); professor de ensino religioso (zona rural e urbana); professor de geografia (zona rural e urbana); professor de informática (zona rural e urbana); professor de inglês (zona rural e urbana); professor de matemática (zona rural); técnico em educação.

Após prisão, superintendente do Incra em Santarém é exonerado

O superintendente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em Santarém, oeste do Pará, Luiz Bacelar Guerreiro Júnior foi exonerado do cargo. A portaria foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (26). Além dele, o servidor Adriano Luiz Minello foi dispensado. 
Os dois estão entre os servidores públicos que tiveram mandados de prisão preventiva cumpridos pela Polícia Federal na segunda-feira (24), por meio da Operação “Madeira Limpa”, que combate o comércio ilegal de madeira.
A operação prendeu 21 suspeitos de envolvimento na organização criminosa em vários municípios do Pará, em Manaus (AM) e Florianópolis (SC). Servidores públicos municipais, estaduais, federais e madeireiros são suspeitos de coagirem assentados para retirar madeira ilegal em terras públicas.
Segundo o Ministério Público (MPF), Bacelar permitia que empresários do ramo da madeira explorassem ilegalmente assentamentos da região. Em entrevista na terça-feira (25), o advogado de defesa do ex-superintendente adiantou que iria fazer o pedido de exoneração para que ele pudesse praticar a defesa com maior liberdade e garantiu que as acusações são improcedentes. “A acusação de que ele participa de uma organização criminosa e que recebeu dinheiro ou vantagem, para enquadrá-lo como corrupção passiva, iremos comprovar que é improcedente”, disse.

CÂMARA DE BRASIL NOVO APROVA AS DIRETRIZES PARA A SECRETARIA MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE


Reportagem: Gleyson Araújo
www.tvcidadesbt.com.br


MP quer explicações sobre contratação de empresa em evento de Vitória do Xingu

Vitória do Xingu - ano 2015

O Ministério Público do Pará (MPPA) emitiu Recomendação à prefeitura de Vitória do Xingu, relacionada ao procedimento de inexigibilidade de licitação nº06/2015 realizado pelo município na contratação da empresa CFZ de Vitória do Xingu Atividades Esportivas Ltda (EPP). O documento foi encaminhado no dia 24 de agosto pela promotoria.

O procedimento visava, além da implantação do Projeto Escola Zico 10 e pagamento mensal de 60 funcionários, a realização do I Congresso de Educação e Copa Zico 10. A recomendação tem caráter premonitório, no sentido de advertir que o prefeito local "se abstenha de efetuar gasto de dinheiro público quando verificar irregularidade em procedimento de inexigibilidade de licitação".

A autoria é da 5ª promotoria de Direitos Constitucionais Fundamentais, Ações Constitucionais, Defesa da Probidade Administrativa e Fazenda Pública de Altamira, por seu titular Gustavo Rodolfo Ramos de Andrade. Consta de inquérito civil público que tramita no MP de Altamira (nº011/2011-MP/5ªPJ/ATM) que a inexigibilidade de licitação gerou contratos no valor total de R$5.740.000,00 pactuados entre a prefeitura e a empresa CFZ de Vitória do Xingu Ltda (EPP).

O valor total foi dividido em três contratos: o de número 20150254, de R$ 2,4 milhões; o contrato 20150255, no mesmo valor; e o de nº 20150252, no valor de R$ 940 mil, datados de 23 de junho de 2015. O primeiro contrato tem a dotação orçamentária vinculada à secretaria de Educação de Vitória do Xingu; o segundo e terceiro possuem a dotação orçamentária vinculada à secretaria de Cultura, Desporto e Lazer.

Operário morre durante supressão vegetal no Xingu.


Um operário de uma empresa terceirizada da Norte Energia, morreu nesta quinta-feira 27, após sofrer um acidente de trabalho, segundo colegas o operador de máquinas estava retirando um árvore por volta das 14h na Ilha Xuré, a uma hora de Altamira descendo o Rio Xingu, a árvore caiu em cima da máquina e matou o operário.

José Gomes dos Santos Filho, 41 anos era natural da Bahia, o corpo dele foi removido do local por uma equipe do IML de Altamira, e deve passar por perícia, uma sindicância será aberta para apurar em que condições o trabalhador estava atuando na ilha e se houve falha humana ou se foi apenas uma fatalidade.

Por: Felype Adms

BANDO ACUSADO DE ROUBOS EM ALTAMIRA É DETIDO PELA PM


Foi na noite desta terça 25, a detenção de Mauro Gonçalves, acusado de integrar um grupo de assaltantes na cidade, com ele e pontos informados pelo acusado, a polícia encontrou: Duas maquitas, 1 serra fita, uma furadeira, 1 not book, uma impressora, aparelhos de dvds, 3 relógios, 4 celulares, 2 maquinas digitais, 4 hds, 3 tvs, 1 ventilador, 2 monitores, 1 computador, 2 poltronas, 2 centrais de ar, 1 caixa de
som automotivo, 2 botijões, 3 colchas de cama, 1 no break, climatizador portátil, perfumes 2 fogões portáteis e inclusive segundo informações as duas poltrona seria da escrita contabilidade que foi arrombada alguns meses.
Outras pessoas estão sendo investigadas, bem como o recrutamento de menores para cometer atos infracionais.
Os trabalhos de investigação da polícia, no comando do Delegado Vinícius, IPC, Luizinho,IPC.Daths,IPC.Mendes.

Fonte: Telejornal ATMTV

10,8 MIL MUDAS NATIVAS SERÃO DOADAS A AGRICULTORES NO XINGU

Cerca de 300 famílias beneficiadas pela Norte Energia com áreas nos reassentamentos rurais e cartas de crédito receberão 10800  mudas nativas da região do Xingu. As árvores servirão para recuperar áreas de nascentes, das propriedades recebidas como compensação, às famílias que moravam em locais que serão ocupadas pelos reservatórios da Usina Hidrelétrica Belo Monte. A ideia é recuperar, pelo menos, um hectare por propriedade e promover o plantio correto da cultura do cacau com a técnica de sombreamento com espécies florestais nativas.
O projeto atenderá de imediato as 172 famílias de agricultores beneficiários da Relocação Assistida, que receberam cartas de crédito da Norte Energia para adquirir novas propriedades. Também serão beneficiados com as mudas 20 propriedades em Trechos de Vazão Reduzida e 28 agricultores que optaram pelo Reassentamento Rural Coletivo e 76  reassentados em áreas remanescentes. A doação de mudas acompanhada de assistência técnica iniciará em setembro.
A Norte Energia analisou o Cadastro Ambiental Rural das propriedades beneficiadas  conforme os critérios do Projeto Básico Ambiental (PBA) da Usina Hidrelétrica Belo Monte. A análise constatou que a maioria dos imóveis necessita de recuperação de Áreas de Reserva Legal e de Áreas de Proteção Permanentes (APPs). Os agricultores estão sendo orientados a fazer a recomposição por meio de regeneração natural dessas áreas. Entretanto, alguns casos, como o de nascentes, precisam de ações específicas,  tal como o plantio de essências florestais nativas. Para este fim, estão destinadas cerca de 6 mil mudas, para atender, nesta primeira etapa, 60 famílias.
As mudas de essências florestais também servirão para o sombreamento definitivo de novas áreas de plantio de cacau e na recuperação de áreas implantadas que ainda não possuem o sombreamento. Visando estimular as técnicas corretas na cultura cacaueira entre os agricultores familiares, a Norte Energia disponibilizará 4.800 mudas, que, inicialmente, vão atender a 80 propriedades.
O projeto integra a ação da Norte Energia em recompor  mais de 26 mil hectares de floresta, na região do Xingu, com ações de plantio, proteção e conservação. Esta extensão é cinco vezes maior do que está sendo suprimido para criação dos reservatórios. As mudas são produzidas a partir de sementes e propágulos resgatados nas áreas suprimidas para implantação do empreendimento e em áreas específicas de coleta de sementes, áreas de matrizes florestais. Todo material é destinado ao Centro de Estudos Ambientais (CEA) da empresa, onde até o momento, 81.812 mudas foram produzidas para recuperação de áreas degradadas, humanização de canteiros e doações às secretarias de meio ambiente dos municípios do entorno da obra.
Foto: Betto Silva
Por: Adison Ferrera
Assessor de comunicação - UHE Belo Monte

Consórcio Tapajós deve se regularizar com SINCOV para ajudar municípios da região


Foi o que informou a Secretária Executiva do Consórcio, Denise Pimenta, ressaltando as conquistas obtidas pela entidade em prol da região. “Estamos trabalhando para regularizar com o Sistema de Convênios – SICONV e assim podermos firmar convênios através do Consórcio Tapajós, no sentido de contribuir com os municípios em diversas áreas de atuação como infraestrutura, agricultura, educação e saúde“, explica.

Segundo ela, os municípios acabam sendo penalizados pelo Governo Federal e Estadual por conta da burocracia. “Enquanto Consórcio, temos que nos unir para que assim busquemos juntos. E, mais fortalecidos e organizados, podemos ter maiores investimentos, esse é o papel do Consórcio, enquanto entidade”, ressalta.
Denise Pimenta disse ainda, que o Consórcio dos Municípios do Tapajós está buscando parcerias junto a Celpa, recursos para melhorar a situação da iluminação pública dos municípios do entorno, tendo em vista que é de responsabilidade também dessa empresa. O Consórcio Tapajós envolve os municípios de Rurópolis, Jacareacanga, Itaituba, Novo Progresso, Aveiro e Trairão e tem como missão transformar a região num dos principais pólos de desenvolvimento do País.

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Ministério Público convida paraenses a apoiarem medidas contra a corrupção

Lançamento de campanha será nesta terça-feira, 18 de agosto
O Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público do Estado do Pará (MP/PA) vão lançar em Belém a edição paraense de uma campanha nacional com propostas de mudanças legislativas para melhorar a prevenção e o combate à corrupção e à impunidade. O lançamento será na próxima terça-feira, 18 de agosto, às 10 horas, no auditório da sede do MP/PA, na Cidade Velha.
Batizada de Dez Medidas Contra a Corrupção, a campanha busca coletar 1,5 milhão de assinaturas em todo o país para que as propostas de alterações legislativas cheguem ao Congresso Nacional por meio de um projeto de lei de iniciativa popular.
Estão sendo convidados para o lançamento da campanha representantes de organizações sociais, como associações de classe, instituições religiosas, conselhos, sindicatos, e diretórios acadêmicos, e representantes de órgãos de controle e fiscalização dos recursos públicos.
Além do convite à participação dessas organizações e da sociedade em geral no lançamento e na execução da campanha, o Ministério Público fez convites a escolas públicas e particulares da região metropolitana de Belém a mobilizarem seus estudantes. Já confirmaram participação 21 representantes de escolas e unidades gestoras de ensino, com um total de 30,7 mil alunos a serem envolvidos na iniciativa.
Sobre as propostas - As propostas de alterações legislativas visam evitar o desvio de recursos públicos e garantir mais transparência, celeridade e eficiência ao trabalho do Ministério Público brasileiro com reflexo no Poder Judiciário. A íntegra das medidas e a ficha de assinatura estão disponíveis no site www.10medidas.mpf.mp.br.
Entre os resultados buscados estão a agilização da tramitação das ações de improbidade administrativa e das ações criminais, a instituição do teste de integridade para agentes públicos, a criminalização do enriquecimento ilícito, o aumento das penas para corrupção de altos valores, a responsabilização de partidos políticos e criminalização da prática do caixa 2, a revisão do sistema recursal e das hipóteses de cabimento de habeas corpus, a alteração do sistema de prescrição e a instituição de outras ferramentas para recuperação do dinheiro desviado.
As propostas foram elaboradas pelo MPF a partir da experiência de atuação da instituição e de trabalhos recentes, como a Operação Lava Jato. O lançamento nacional das propostas foi feito em março deste ano pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pelos coordenadores da Câmara de Combate à Corrupção do MPF, Nicolao Dino, da Câmara Criminal do MPF, José Bonifácio Andrada, e pelo coordenador da Força-Tarefa Lava Jato do MPF no Paraná, Deltan Dallagnol. 
Serviço:
Evento: lançamento da campanha Dez Medidas Contra a Corrupção
Data: Terça-feira, 18 de agosto
Horário: 10 horas
Local: Auditório do edifício-sede do Ministério Público do Estado do Pará 
Endereço: Rua João Diogo, 100, bairro Cidade Velha – Belém


Fonte: Assessoria de Comunicação/Ministério Público Federal no Pará

Equipes móveis garantem vacinação em áreas de difícil acesso em Altamira

Equipes móveis compostas por técnicos da Secretaria Municipal de Saúde estão garantindo a vacinação de crianças contra a paralisia infantil em áreas de difícil no município de Altamira, no sudoeste do Pará. A meta é imunizar cerca de 10 mil meninos e meninas durante campanha, que teve o "Dia D" no sábado (15). As informações são do G1 Pará.

No município, 18 postos de vacinação ficarão abertos durante todo o dia para atender a demanda, e quatro equipes volantes serão destacadas para os bairros que não contam com o serviço.

"É importante porque a gente está cuidando da saúde dela, do futuro, mantendo a vacinação em dias e evitando algum problema para a criança e até para mim mesma", conta a dona de casa Luciana dos Santos, mãe de Eloíse Vitória, de apenas 10 meses.

O transporte de vacinas para os distritos Castelo dos Sonhos e Cachoeira da Serra, localizados a mais de mil quilômetros da sede de Altamira, foi feito com antecedência. Em pelo menos 12 localidades da zona rural, a imunização começou a ser feita já no início de agosto.

"A vacina é especificamente voltada para prevenção da poliomielite. Mas é importante imunizar contra a meningite, tétano e difteria para evitar que as crianças sofram com a ocorrência dessas doenças", explica Antônio Carlos Lima, diretor de assistência à saúde de Altamira.

Fonte: O Xingu

EM AÇÃO CONJUNTA A PM DE PLACAS E RURÓPOLIS COLOCA MAIS DOIS NA CADEIA


 
Por volta das onze horas, um cidadão não identificado, procurou a viatura da Policia Militar, informando que dois indivíduos teriam oferecido duas motocicletas pelo valor de R$ 1.000,00, sendo uma Brós, na cor vermelha, ano 2015 e a outra uma Brós na cor preta. Após o compartilhamento de informações entre Rurópolis e Placas, foram apreendidas as duas motocicletas na cidade de Placas, sendo conduzidas para averiguações na DEPOL daquela cidade, e 

confirmado que a Brós preta conduzida por David Conceição Silva, foi roubada na cidade de Santarém, e a outra Brós vermelha, que estava em posse de Wellington Pereira dos Santos, conhecido por “Morceguinho”, teria sido tomada por empréstimo nesta cidade de Rurópolis e foi apreendida por falta de documentação. Os vagabundos foram presos pela Guarnição de Serviços da Policia Militar, composta pelo Sargento Sá, soldados Armando e Azevedo, com o apoio do GTO de Santarém.
Fonte:http://ehmarinho.blogspot.com.br/
Informações e fotografias: Assessoria de comunicação da 17ª CIPM.

ASSALTANTES DE CEREALISTA SÃO PRESOS EM MEDICILÂNDIA

Loirinho MAILSON RAMOS DA SILVA.
Moreno da foto LEANDRO OLIVEIRA MONTEIRO

Por volta das 10:00 horas deste sábado, 15, houve um assalto a uma cerealista no centro da cidade quando dois indivíduos armados levaram uma certa quantidade em dinheiro e joias.

De imediato após a ação dos bandidos a guarnição da PM saiu em busca dos acusados que haviam fugido em direção do km 120, sentido Medicilandia/Uruara, e no km 130 os policiais conseguiram alcançar os meliantes e em seguida lograram êxito fazendo a prisão dos mesmos e recuperando o dinheiro roubado junto com joias e o veículo utilizado no assalto.
Foi preso o nacional MAILSON RAMOS DA SILVA, 22 Anos,o nacional LEANDRO OLIVEIRA MONTEIRO, 28 Anos. Os dois são foragidos de Tucurui várias passagens por diversos crimes, atualmente estavam residindo em Uruará.
Os acusados são suspeitos de terem feitos outros assaltos em cerealistas da região. A dupla foi apresentada a autoridade policial em Medicilândia para os procedimentos cabíveis.



PARALISAÇÃO DOS SERVIDORES EM URUARÁ

SERVIDORES PÚBLICOS DE URUARÁ DECIDEM POR PARALISAÇÃO GERAL

Servidores da Prefeitura Municipal de Uruará PARALISARAM suas atividades. As informações são da Presidente do Sinspur, Ana Cristina, que informou que a decisão foi tomada em Assembléia Geral realizada nesta terça-feira (11). Irão paralisar SERVENTES, VIGIAS, SERVIÇOS GERAIS, PESSOAL DE SECRETARIAS, TÉCNICOS DE ENFERMAGENS. É possível que a CAMPANHA NACIONAL DE VACINAÇÃO não seja realizada neste sábado (15) em Uruará.

Ana Cristina disse que a Prefeitura foi notificada com o prazo de 48 horas, contada a partir do dia 12 de agosto. “Não fomos recebidos pelo prefeito Everton Banha, e ninguém entrou em contato com a categoria para uma negociação. Na verdade, não queremos negociação, queremos solução dos problemas, entre eles, atrasos salariais, falta de pagamento do 13º dos servidores contratados da Saúde, falta de condições básicas de trabalho aos servidores, entre outros problemas enfrentados pela categoria”, disse.

Na próxima segunda-feira (17), uma Assembléia Geral foi marcada pela categoria, para as 09 horas da manhã, na sede do Sinspur, para deliberar sobre as ações durante a paralisação.

Uruará: Polícia Civil recupera moto e objetos furtados escondidos em residência do Bairro Aeroporto

Investigações realizadas por policiais lotados na Delegacia de Polícia Civil do município de Uruará levou a descoberta de um esconderijo de produtos furtados na sede do município. Numa casa que fica localizada no Bairro Aeroporto, zona leste da cidade, a polícia encontrou escondida dentro do quarto, no interior da residência, uma moto pop preta, ano 2012, chassi final 9232, que é roubada/furtada, o veículo pertence a Elisane Bispo do Nascimento, pelo o que apurou a polícia. Na residência ainda foi encontrado máquina de lavar, uma TV, entre outros objetos. A proprietária da TV, que havia registrado o beletim de ocorrência do furto do aperelho há aguns meses, já compareceu na delegacia para receber o eletrodoméstico de volta.
A casa era alugada pelo acusado de cometer os furtos, o nacional Francimar Pereira da Silva, 35 anos, que está foragido. A polícia descobriu o local depois de ser informada de que o acusado havia seduzido e carregado uma adolescente de 16 anos, que é filha de um pastor de uma igreja da cidade a qual ele frequentava. O investigador de polícia civil, IPC José Tadeu, desconfiou da situação em que o acusado não trabalhava, mas estava sempre com dinheiro e passou a investigá-lo. Segundo informou o investigador, na quarta-feira, 12 de agosto de 2015, Francimar deixou sua moto CG já bem castigada (velha) na oficina, pagou o concerto e induziu o dono da oficina a emprestar sua moto que seria do tipo XTZ, no mesmo dia o acusado pegou a filha do pastor e fugiu da cidade pela Transamazônica no sentido ao município de Altamira.

Cinco assaltantes foram mortos em confronto com a polícia em Altamira.

No dia 13 AGO 2015. Cerca de 05 elementos, efetuaram roubo numa ótica da cidade de Altamira, levando mais de cinquenta objetos, somando aproximadamente R$ 70 mil em relógios e dinheiro, fato ocorrido por volta das 14h, na travessa 10 de novembro centro de Altamira. Pelas imagens capturadas pelas câmeras de segurança, constatou-se que são os mesmos que roubaram um cordão de ouro pela manhã do mesmo dia por volta das 11h15 no mercado municipal. Diligências foram feitas pela Polícia Militar e Polícia Civil sem êxito.

Por volta das 2 horas deste sábado, 15, a GU recebeu denúncia de que os elementos estariam no interior de uma chácara no Bairro da Betânia.Equipes do GTO (Grupo Tático Operacional) e PC (Polícia Civil), com o apoio do NRI (Núcleo Regional de Inteligência), foram até ao local, e foram recebidos a tiros pelos bandidos. 03 elementos foram atingidos e conduzidos para o hospital municipal, mas não resistiram aos ferimentos e vieram a óbito no hospital. 

Colisão entre caminhonete e moto pop deixa vítima fatal na Transamazônica, próximo a Uruará

Na noite deste domingo, 16, uma colisão entre caminhonete e motocicleta pop tirou a vida de um jovem do município de Uruará na Transamazônica (BR 230). O acidente aconteceu por volta das 21 horas no km 170, a 10 km da sede do município. O jovem seguia no sentido cidade de Uruará enquanto a caminhonete, que tinha ao volante uma mulher, seguia no sentido contrário. A intensa poeira e más condições da estrada de chão podem ter favorecido ao ocasionamento do acidente. A vítima, Lucas de Souza Ribeiro, 24 anos, que conduzia a moto pop, morava no travessão do km 170, teve fratura exporta na perna e fraturou o pescoço morrendo no local.
A Polícia Militar, através da sargento PM Rita Costa, e Polícia Civil, através do IPC José Tadeu, IPC Eládio Cruz e EPC Ivan, estiveram no local. A motorista não teve ferimentos e deve prestar esclarecimentos na delegacia nesta segunda-feira, 17.

RAPAZ É MORTO ENQUANTO TENTAVA INVADIR RESIDÊNCIA EM ALTAMIRA

O Caso aconteceu na madrugada desta segunda-feira (17), no Bairro Santa Benedita na Cidade de Altamira, no sudoeste paraense.

Um jovem invadiu a residência enquanto os donos estavam ausentes na tentativa de realizar furto. Para isso o rapaz subiu pelo telhado e despregou parte do forro para entrar no recinto, foi aí que vizinhos perceberam e avisaram ao casal sobre o que estava acontecendo. O Rapar foi alvejado com tiro e morreu encima da cama do casal e até o momento não foi identificado a autoria do disparo.

De acordo com informações de populares, há tempos o jovem já vinha cometendo esse tipo de delitos. 

Por: Valdemídio Silva
Fotos: Carlos Calaça


Dupla é presa suspeita de tentar fraudar concurso público da UFPA

Duas pessoas candidatas ao concurso público promovido pela Universidade Federal do Pará (UFPA) neste domingo (16) foram detidas em flagrante em Belém. De acordo com a Polícia Federal, a dupla incorreu no crime de cola eletrônica.
Segundo o delegado Jorge Eduardo, da Polícia Civil, um dos suspeitos terminou a prova cedo, e usou o celular para passar o gabarito para a outra candidata, que continuava realizando o exame do Ensino Médio. A dupla foi presa e apresentada na sede da Polícia Civil, na avenida Almirante Barroso, em Belém,
O concurso para os cargos de Técnico-Administrativos em Educação, da UFPA ofertou 156 vagas para 39 cargos distribuídos nos 12 campi da universidade do estado. Os salários variam de R$ 1.739,04 a R$3.666,54, e é promovido pelo Ceps.
A assessoria da UFPA informou que as prisões ocorreram após investigação da Polícia Federal e que colabora com a apuração do caso.
G1 Pará

Futuro da economia no Xingu tem debate com PHD em energia e ambiente


O desenvolvimento da região do Xingu após a instalação da Usina Hidrelétrica Belo Monte foi o centro dos debates do Fórum Microrregional de Desenvolvimento Econômico, realizado em Altamira, na quinta-feira (13/08). O evento reuniu cerca de 120 representantes de Altamira, Anapu, Brasil Novo, Vitória do Xingu e Senador José Porfírio, municípios da área influência direta do empreendimento.

Setores produtivos discutiram desenvolvimento sustentável da região de influência da UHE Belo Monte. Para apresentar dados e identificar pontos que possam potencializar a economia da região, o evento trouxe um convidado especial, o PHd em Políticas Energéticas e Ambientais Ricardo Furtado. “Em todos os municípios onde estão sendo instaladas hidrelétricas, é importante se ter a preocupação com o futuro econômico da região. E aqui, estamos falando de uma região rica, com alto potencial turístico e produtivo”, disse Furtado durante a palestra.

Realizado pelo Redes, programa da Federação das Indústrias do Estado do Pará - Fiepa, em parceria com a Norte Energia, o Fórum contou com a participação de integrantes de associações e instituições da região, empresários e vereadores. O superintendente de Assuntos Socioeconômicos da Norte Energia, Ricardo Márcio Alves, destacou o papel do plano microrregional de desenvolvimento sustentável elaborado pela Norte Energia como importante contribuição para as discussões ocorridas no Fórum sobre o desenvolvimento regional. “Estimulamos espaços como este, em que a sociedade se reúne para discutir e definir as estratégias de desenvolvimento da região e traçar novos rumos para os setores produtivos”, afirmou. 

As informações são da Norte Energia.

Risco de epidemia de dengue em Altamira preocupa moradores


O risco de uma epidemia de dengue em Altamira, no sudoeste do Pará, assusta os moradores do município. Agentes de saúde vistoriaram 29 bairros e em 25 deles foram encontrados focos da doença. A aposentada Santana Soarez, de 84 anos e moradora do bairro Independente I, pegou a doença quatro vezes nos últimos meses e conta que precisou de ajuda para se recuperar.

O bairro São domingos é a área residencial onde foi encontrado o maior número de focos da dengue no município. Em cada uma das 20 residências vistoriadas pelos agentes de saúde foram encontradas larvas do mosquito. De acordo com os técnicos de endemias, com o fim do período chuvoso na região, a temperatura aumentou e o mosquito precisou se adaptar, e está depositando os ovos em maior quantidade em reservatórios dentro das casas.

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (Sespa), em relatório divulgado no mês de julho, Altamira tem 236 casos de casos de dengue confirmados, mas os técnicos do combate da doença no município acreditam que esse número é muito maior, porque a maioria das pessoas que que apresentam os sintomas da dengue não procuram as unidades de saúde e hospitais da cidade.

"A gente tem alertado a população da necessidade dela contribuir, porque só o poder público sozinho não vai resolver. A maioria dos focos está dentro das residências. Então você teria que ter um exército para visitar todas as residências do município, mais de 40 mil", explica Waldeci Maia, secretário municipal de saúde.

Com informações do G1 Pará

Saúde dos povos indígenas será discutida amanhã em Altamira


O Ministério Público Federal (MPF) vai realizar audiência pública para debater a saúde indígena no contexto dos impactos da usina hidrelétrica de Belo Monte, no Pará. O evento foi programado para amanhã (18), às 14 horas, em Altamira. A implantação da usina é considerada, pelos especialistas e pelo MPF, como tendo causado graves e irreversíveis impactos aos 9 povos indígenas afetados.

As obrigações previstas no licenciamento ambiental permanecem até hoje quase totalmente descumpridas. Em vez do que estava previsto, o empreendimento implantou uma compensação emergencial que gerou um cenário de desagregação social nas aldeias afetadas. Nesse cenário, a saúde das populações indígenas foi uma das dimensões mais impactadas.

Foram convidados para a audiências representantes da Fundação Nacional do Índio, Secretaria-geral da Presidência da República, Secretaria de Saúde Indígena do Ministério da Saúde, Distrito Sanitário Especial Indígena e Conselho Distrital de Saúde Indígena, Universidade Federal do Pará e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente.

A audiência pública pretende levantar informações para investigações do MPF sobre as consequências para a saúde indígena provocadas por impactos não previstos nos estudos do projeto e pela não realização de providências obrigatórias para a redução dos impactos previstos.

Fonte: O Xingu

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

CACHOEIRA SECA - RESERVA INDÍGENA: AGRICULTORA DO TRAVESSÃO 170 SUL TEME PERDER PROPRIEDADE PARA RESERVA INDÍGENA CACHOEIRA SECA

Uruará está prestes a um conflito agrário de grandes proporções entre agricultores e Governo Federal. Cerca de 1.300 famílias, um torno de 5 mil trabalhadores poderão ser desapropriados com a futura homologação da já demarcada área indígena Cachoeira Seca, localizada ao lado Sul dos municípios de Placas, Uruará e Altamira.

São centenas de famílias que há pelo menos três décadas vivem e produzem naquelas propriedades localizadas na chamada Linha Vermelha e que passarão a ser consideradas Terra Indígena.

A agricultora Cleusa Pires Ferreira, do km 170 Sul, teme sair da sua propriedade. Ela disse que as famílias estão desesperadas. “Está muito difícil! Estamos temerosos em ter que sair de nossas propriedades. O INCRA e a FUNAI passaram a semana passada em casa, e, nos informaram que vamos ter que sair de nossa terra. Estamos há anos ali com nossa produção. Por que não nos deixa em paz? Pretendemos ficar lá. Não aceitamos sair. Tenho documentação de posse e, mesmo assim, eles querem nos tirar. Isto é uma injustiça e um ato covarde, que o Governo está fazendo. Eles não sabem nem onde nos colocar e nem tem certeza se vai nos indenizar”, disse a produtora rural. 

A Presidente da Associação Maribel, Melania da Silva Gonçalves, disse que o povo daquela comunidade está isolado, mas que as pessoas não vão parar a luta. “Vamos lutar pelos nosso direitos. Não somos invasores. Queremos uma divisa justa, pois os próprios índios entendem que a parte deles é do Olhões para cima. Vamos defender nosso território. Estamos há décadas ali. Agora o Governo Federal não nos dá mais direitos. Todos daquela área não tem direito a energia, nem financiamento, auxilio doença... Perdemos nossos direitos. Eles pensam que agindo dessa forma irá nos desmotivar, e, pelo contrário, estamos prontos para defender nossos direitos. Lutaremos pela nossa permanência na área”, disse.

A presidente afirma que os próprios índios reconhecem o direito dos produtores. “Nós percebemos que existe outros interesses do Governo Federal. Não é a defesa em prol do índio. Pois os próprios índios participam conosco e entende que a terra é das famílias rurais que vivem ali há décadas”, ressalta.

Os habitantes estão determinados em permanecer nas propriedades e dizem que “de lá só sairão mortos”. Os produtores que residem além da denominada ‘Linha Vermelha’ estão apreensivos, pois, com a demarcação, perderão suas terras cultivadas há cerca de 3 décadas.

CRISE ECONÔMICA CHEGA AO SETOR CACAUEIRO E AFETA COMPRA DE CACAU NO MUNICÍPIO DE URUARÁ

Crise financeira afeta os compradores de cacau da região. Segundo informou os cerealistas em Uruará, ninguém está comprando mais o cacau.Jacy Vargas, que trabalha com cerealista, disse que tem muita produção de cacau na região, mas a crise afetou mercado. “Produziu muito na região, mas
não temos verba para pagar o produtor e com as agências financeiras fechadas (Banco do Brasil e Amazônia), a situação fica mais difícil. A verdade é que não temos mais como comprar o cacau”, disse.
Jonildo Fialho, também do ramo de cerealistas em Uruará, disse que as empresas que compram cacau da região superlotou. Ninguém mais quer comprar. “O prejuízo é grande. As empresas Cargill e Barry Callebaut, passa até 10 dias com os caminhões para descarregar. Eles não estão mais recebendo mais o cacau. A produção aumentou, mas ninguém compra”, disse.
Os produtores de cacau não sabem como vai fazer para vender o cacau, como é o caso do agricultor Francisco José de Araújo, que trabalha na vicinal do km 175 sul. “Está difícil para vender o cacau. Estamos esperando mais de 15 dias para poder vender às cerealistas em Uruará. Ninguém quer comprar. A situação está triste. Não estamos conseguindo vender. Não sabemos o que fazer”, disse o produtor. 

Por: Cirineu Santos

Após morte de idoso, ponto de venda de açaí é interditado

O departamento de vigilância da Secretaria de Saúde de Cametá, no nordeste do Pará, interditou nesta quarta-feira (12) o ponto de venda onde as duas famílias da cidade que foram contaminadas por doenças de chagas teriam consumido açaí. O local vai ficar fechado até que as mudanças necessárias sejam realizadas e, caso essa determinação seja desrespeitada, o estabelecimento será fechado definitivamente.
Os agentes chegaram ao local através de uma investigação epidemiológica e, na fiscalização, foi identificado que o proprietário do estabelecimento não tinha licença para funcionar e não possuía instalações adequadas para garantir a higienização correta do açaí.
Entre as quatro pessoas que foram contaminadas está um idoso de 68 anos, que foi trazido para Belém, mas não resistiu e morreu.
G1 Pará

Polícia Civil recaptura três foragidos da Justiça no Pará

A Polícia Civil do Pará recapturou três foragidos da Justiça. Um dos acusados foi preso na terça-feira (11) em Tucuruí, no sudeste do Pará. Ele é condenado a 12 anos de prisão pelo crime de homicídio e ainda foi autuado em flagrante na última segunda-feira (10) por tentativa de homicídio contra sua companheira, que está internada no hospital.
Outros dois homens, de 20 e 22 anos, foram recapturados em Castanhal, no nordeste do estado.  Eles respondem pelos crimes de roubo e tráfico de drogas. Segundo a polícia, eles estavam foragidos desde o dia 1º de agosto. A dupla foi encaminhada novamente ao Sistema Penitenciário para que cumpram o restante das penas.
G1 Pará

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

CCBM disponibiliza vagas em diversos cargos e funções


O Consórcio Construtor Belo Monte (CCBM) informa que está disponibilizando para o mês de agosto de 2015, vagas em diversos cargos e funções, prioritariamente aos trabalhadores de Vitória do Xingu e cidades do entorno da Usina Belo Monte.

As oportunidades ofertadas visam atender as necessidades das frentes de serviços da empresa, e consequentemente cumprimento do cronograma da obra.

Perfil das vagas: Borracheiro (1 vaga); Eletricista de Corrente Contínua (3 vagas); Eletricista Especializado CC (5 vagas); Lubrificador (1 vaga); Mecânico Especializado (2 vagas); Meio Oficial de Mecânico (3 vagas); Operador de Central de Concreto (1 vaga); Operador de Draga (1 vaga); Sinaleiro (10 vagas). Os interessados devem procurar o SINE de suas cidades. Maiores informações pelo telefone: 093.3502-8900. Email:oportunidades@consorciobelomonte.com.br.

Usuários reclamam de ocupação de calçadas em Altamira


Os motoristas que precisam utilizar a rua Coronel José Porfírio, nas imediações do colégios Sapiens e Universidade Federal do Pará, têm reclamado das ocupações indevida da via pública. Até barcos em cima da calçada foram registrados por um usuário do logradouro.

Dona Léa Monteiro reclama que um dos problemas é a frota de veículos quebrados que fica guardada próxima a escola. “Não há vaga para estacionar. Os veículos quebrados tomam conta de todo o espaço público. A meu ver a via pública está sendo usada exclusivamente por uma pessoa”, denuncia Léa.

Nos horários de entrada e saída do colégio a situação fica ainda pior. "Com pouco espaço na rua, nos horários de pico se torna uma loucura, muitos carros acabam congestionando a frente da escola”, contou a dona de casa, Liliane Sousa.

Fotos enviadas ao OXingu demonstra o tamanho da ousadia das pessoas que tomaram posse do trecho denunciado, barcos; trator agrícola; sucatas de carro, parte desses na calçada que dá acesso a Praça da Independência.

O Departamento Municipal de Trânsito identificou o responsável pelos veículos estacionados na rua. O dono da oficina mecânica foi notificado e dado prazo até semana que vem para desocupar o local. “Caso os veículos não sejam retirados da via, o responsável pode ser multado”, disse Flávio Carneiro, coordenador do Demutran.

Fonte: O Xingu

ALEGRIA, EMOÇÃO E MUITA DESCONTRAÇÃO NO CASAMENTO DE HUGO DELEON LIMANA E KERLLYS TOMAZINI

Casal Hugo e Kerllys (Foto: F&D Fotografia)
Hugo Deleon Limana e Kerllys Tomazini casaram-se no sábado dia 08 em uma cerimônia realizada na casa dos avós da noiva em ao romantismo e da felicidade da natureza e dos noivos que emanaram de anos de afeto e carinho do casal.
Kerllys e o Pai emocionados
A felicidade contagiou os convidados quando na entrada da noiva, ao invés da tradicional marcha nupcial, o noivo a recebeu cantando uma canção expressando o amor, as lutas e as vitórias dos dois e ela correspondia à música cantando junto enquanto caminhava devagar ao lado do seu genitor sobre um tapete verde decorado com pétalas de rosas que ao longo foram sendo molhadas com as lágrimas de pai e filha que caminhavam rumo ao altar onde ali celebrariam à felicidade e de vez tornaria aquele casal de jovens um só carne e uma só pessoa como dito nos escritos bíblicos. Ele com a voz quase que falhando de emoção e ela, não diferente, afogava seus olhos e segurava firme o braço do pai como estivesse se d espedindo de seu lar para agora ter o seu. E realmente ali era a despedida do lar paterno.
A mãe? Essa nem precisa tentar descrever tamanha felicidade, pois seus olhos brilhavam como uma tela de cinema e em sua mente (posso imaginar) passava um filme desde quando sua filha ainda estava em seu ventre até aquele exato instante e em silêncio fazia suas preces pedindo a Deus pela felicidade do casal. Silenciosos pai e mãe olhavam a filha e com aqueles olhares lhes diziam e demonstravam o maior de todos os afetos e de todos os amores... Pai e Mãe... Amor maior!
Ao invés da tradicional marcha nupcial,
o noivo cantou à espera de sua amada
O que dizer dos pais dos do noivo? Seria repetir as mesmas palavras. Os mesmos sentimentos, mas o pai parecia ter algo diferente com um olhar vigilante de que queria proteger a cria sem gostar de ações, que para ele não fossem admitidas. “Cortar a gravata até que pode, mas colocar em seu filho aquelas roupas femininas, pendurar-lhes uma mamadeira e uma chupeta em forma de colar”... Não, isso não podia! Mas mesmo não podendo, fez-se parte da festa e deixou que a brincadeira continuasse... A mãe ali ao lado do filho enxugava o rosto enquanto ele tremia cantando aquela canção para receber sua amada que ali vinha em passos lentos...
Para a felicidade de todos e principalmente do casal eis que chegou o momento da entrega do cerimonial e em fim da pergunta tão esperada e o jovem acostumado ao microfone e ao público (ele é locutor) e que tremera ao cantar a musica que marca a vida dos dois, novamente engasgou de emoção na hora do sim... Ela a Amazonas corajosa (ela participa de prova do tambor) e de personalidade deixou que as lágrimas novamente voltassem a corres em seu rosto, não por medo, mas pela emoção e a felicidade de saber que ao sair dali os dois não seriam mas dois e sim apenas um e que logo serão novamente dois ele e elas... Mãe e filha.
Depos do sim, da emoção veio a animação da festa, dos abraços, das brincadeiras, dos presentes e das felicitações aos novos casados. E assim o dia amanheceu e já no novo dia se viu que a vida é realmente um aprendizado e ali estava uma história que se repete com vários casais e eles aprenderam a cada dia a mar, respeitar e entender um ao outro. Para os dois agora “há controvérsias” pois fizeram do mês de agosto um dos mais felizes meses do ano.


Por: Valdemídio Silva