sábado, 30 de abril de 2016

Polícia Civil recupera motocicleta roubada em São Félix do Xingu


A Polícia Civil de São Félix do Xingu, no sul do Pará, recuperou na noite desta quarta-feira, dia 27, uma motocicleta Honda Pop vermelha que havia sido roubada no último domingo. O dono do veículo informou aos policiais civis que foi atacado por dois adolescentes.
A motocicleta foi encontrada dentro da mata com as lanternas e os faróis danificados. Os adolescentes foram identificados e encaminhados ao Ministério Público e poderão ter suas transferências decretadas para o Centro de Internação do Adolescente Masculino (CIAM).
Fonte: O Xingu

sexta-feira, 29 de abril de 2016

Prefeito determina demissão de professores em Uruará (PA) e centenas de outros servidores

No início da semana as escolas decidiram paralisar após professores cruzarem os braços e se negarem a dar aula por estarem sem receber salários há três meses no município de Uruará (PA). Com o movimento de paralisação iniciado pela categoria, pais de alunos e alunos vem demonstrando apoio aos educadores, mas o movimento desagradou o executivo municipal que em reunião ocorrida nesta quinta-feira, 28, o prefeito municipal teria determinado aos diretores das escolas do município que providenciassem uma lista de professores (contratados) para que estes fossem demitidos, informação confirmada pelo coordenador do (Sintepp) Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará - Subsede de Uruará, professor Avanildo Moreira, também amplamente mencionada durante sessão ordinária tumultuada na Câmara de Vereadores do município desta sexta-feira. Alguns diretores se recusam a produzir a lista indicando quais professores de sua escola deverão ser demitidos, e o Sintepp repudia a decisão do prefeito municipal de demitir educadores, segundo informou o coordenador do sindicato, Avanildo Moreira. Caso se confirme a demissão em massa na educação, centenas de professores, cerca de 250 a 300 servidores (que desde janeiro de 2016 não recebem salário) serão demitidos e milhares de alunos poderão ficar sem estudar. De acordo com fontes seguras, além da demissão de professores o prefeito municipal anunciou na reunião que ocorreu durante a tarde desta quinta-feira, 28, que 50% dos funcionários da prefeitura (servidores públicos municipais) serão demitidos, inclusive da saúde, como agentes comunitários de saúde.
Um movimento dos servidores da educação municipal coordenado pelo Sindicato ocorrerá na segunda as 8h em frente a prefeitura municipal, quando acontecerá uma Assembleia geral dos servidores da educação ao ar livre, no estacionamento da prefeitura, a Assembleia é motivada pela iminente demissão em massa, salários atrasados, entre outros motivos, segundo informou o Sintepp local.

PARCERIA ENTRE SEMED, SEMUTS E POLÍCIA MILITAR IMPLANTA PROERD EM BRASIL NOVO

Alunos PROERD de Brasil Novo Com Otoniel Costa-SEMED/BN
Sargento Flélix/PM - PROERD Regional Xingu
A aula inaugural do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência – PROERD em Brasil Novo aconteceu nesta sexta-feira (04) na escola de ensino Fundamental e Médio Brasil Novo e abrange os alunos das séries iniciais. O objetivo é despertar nas crianças e adolescentes uma visão de responsabilidade para os riscos e danos causados pelas drogas na Sociedade.
Soldado Cardias/PM - Instrutor do PROERD em Brasil Novo
durante a aula inaugural do curso no Município
O PROERD em brasil novo é uma Parceria entre o município, através das Secretarias Municipais de Trabalho e Promoção Social, Secretaria de Educação e a Polícia Militar e é mantido com recursos do PDRSX 088-2015. O Programa, que é uma adaptação do Programa Americano D.A.R.E., está presente em todo o Brasil e tem sido uma ferramenta importante no mundo inteiro no combate preventivo ao uso e abuso de drogas lícitas e ilícitas. Atualmente, 58 países aplicam o programa utilizando material didático adaptado à cada realidade trabalhando temas importantes como o uso de drogas, abuso e exploração sexual e violência. 
Soldado Cardias/PM - Instrutor do Proerd em Brasil Novo
Apresentando a Cartilha PROERD
O curso em Brasil Novo será ministrado pelo Soldado Cardias e os currículos PROERD contém lições com objetivos bem definidos de acordo com cada faixa etária, atendendo desde a Educação Infantil e Anos Iniciais do Ensino Fundamental, 5º Ano, Adolescentes (7º ano), Ensino Médio (não desenvolvido no Brasil) e o Currículo de Pais e/ou responsáveis pela educação de crianças e adolescentes.

Por: Valdemídio Silva


Sábado: dia D da vacinação contra a gripe

Acontece neste sábado, 30, em todo o país, a mobilização em torno da 18ª Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe, que traz como tema “”Vacine-se contra a gripe e viva com mais saúde”. O chamado Dia D corresponde às ações que serão desenvolvidas pelas secretarias municipais de Saúde, que disponibilizarão as doses nas Unidades Básicas e em outros locais que estarão abertos especialmente para receber os postos volantes, a exemplo dos centros comunitários, salões paroquiais, shoppings, supermercados e praças. A campanha prossegue até o dia 20 de maio.
Para a ação, em vigor desde o dia 18 de abril, o Ministério da Saúde disponibilizou ao estado do Pará 1.846.400 milhão de doses, que devem ser aplicadas, de uma vez só, somente em crianças entre seis meses a menores de cinco anos; pessoas a partir de 60 anos; trabalhadores da saúde; povos indígenas; gestantes; puérperas (mulheres até 45 dias após o parto); população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional, além de portadores de doenças crônicas clinicamente comprovadas.
Segundo informe técnico da Divisão de Imunizações da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), o Pará foi um dos 22 Estados que decidiram pela antecipação da campanha, cuja meta é vacinar 80% das pessoas classificadas como prioritárias pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em virtude de serem comprovadamente mais vulneráveis às infecções respiratórias causadas por vírus da gripe. A vacina é segura e pode reduzir em 45% o número de internações por pneumonias e em até 75% a mortalidade por complicações da gripe. A Sespa esclarece que todos os municípios paraenses já possuem vacinas disponíveis para aplicação.

Sócios de Belo Monte aprovam arbitragem para resolver conflito com Eletrobras

Os acionistas da hidrelétrica de Belo Monte, que está sendo construída no Pará, aprovaram a abertura de um procedimento de arbitragem para tentar obrigar a Eletrobras a comprar parte da energia da usina que ainda não foi vendida, segundo comunicado da estatal federal ao mercado na quarta-feira.
“O acordo de acionistas prevê que conflitos sejam resolvidos mediante arbitragem e a Assembleia de Acionistas da Norte Energia deliberou pela instauração de tal procedimento. A companhia, entretanto, entende que a divergência refere-se a negociações e discussões inerentes às suas operações de negócios”, disse a Eletrobras no comunicado.
A hidrelétrica, que quando concluída será a terceira maior do Brasil, com investimentos estimados de mais de 25 bilhões de reais, tem como principais sócios a Eletrobras e as elétricas Cemig, Light e Neoenergia, além da mineradora Vale e os fundos de pensão Petros e Funcef.
Segundo a Eletrobras, os demais sócios entendem que a companhia deveria adquirir essa parcela de energia da usina que ainda não foi vendida, que representa 20 por cento da capacidade total, devido a uma cláusula presente no acordo de acionistas da Norte Energia.
“A companhia entende que inexiste tal obrigação”, disse a Eletrobras.
A estatal foi questionada sobre o assunto pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) após reportagem da Reuters que apontou que há uma tensão entre os investidores de Belo Monte, que ameaçavam recorrer a arbitragem devido à previsão de queda na taxa de retorno do empreendimento caso a energia descontratada não seja negociada.

Assaltante é preso em flagrante em Altamira

Após realizar vários assaltos na cidade, um homem foi seguido por uma vítima até a Rua Primeiro de Janeiro, o acusado de assaltos estava em uma moto com um comparsa, a vítima jogou o carro em cima dos acusados e derrubou um deles, o outro fugiu para a Orla, revoltada a vítima então imobilizou o outro que ficou ferido, até a chegada de uma VTR que deu apoio na ocorrência.


A frente do veículo ficou parcialmente destruída, a moto foi parar embaixo do para-choque do carro de passeio, no momento da prisão do acusado, outras vítimas apareceram e contaram como a confusão se iniciou. Vários homens estavam em um estabelecimento comercial na mesma Rua Primeiro de Janeiro entre a Travessa Coronel Tancredo e a Travessa 10 de Novembro onde todos foram rendidos e tiveram celulares, joias, dinheiro e relógios roubados.

Por: Felype Adms

Em Altamira, ocupação no prédio da Funai chega ao quarto dia

Chega ao quarto dia a ocupação do prédio da Fundação Nacional do Índio (Funai), em Altamira, no sudeste do estado, por grupos indígenas da etnia Parakanã.
A ocupação é porque eles não concordam com a nomeação do líder indígena Gilson Curuaia para o cargo de coordenador regional da Funai. Segundo informações de Brasília, nesse momento de indefinições, nenhuma mudança de cargo será feita.

Fonte: G1

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Polícia Civil e Semas deslancham operação para desarticular organização criminosa

Cumprimento de mandado de
busca e apreensão
Ambiente e Sustentabilidade (Semas) do Pará deflagraram, nesta quinta-feira, 28, uma operação denominada "Tempestas" para dar cumprimento a 45 mandados judiciais nos Estados do Pará, Maranhão, Mato Grosso, Paraná e Sergipe, para desarticular organização criminosa responsável por fraudes ambientais no ramo de comércio de madeira. Dentre as ordens judiciais estão 14 mandados de prisão preventiva, dois de prisão temporária, cinco conduções coercitivas e 24 mandados de busca e apreensão em residências e escritórios de empresas. A investigação conta com respaldo do Ministério Público do Estado e do Poder Judiciário do Pará.
As pessoas presas e materiais apreendidos na operação estão sendo levados para a Delegacia Geral, em Belém. No total, 68 policiais civis do Pará com apoio de 20 policiais civis dos outros Estados cumprem os mandados judiciais. A investigação conta com parceria do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) vinculado à Polícia Militar do Pará; Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa), Receita Federal e Polícia Rodoviária Federal. No Pará, a operação é realizada em Belém e região metropolitana; Tailândia, Novo Progresso, Santarém, Itaituba, Tucuruí e Marabá.
O delegado Marcos Miléo Brasil, coordenador da operação, explica que o esquema criminoso era realizado com uso de empresas de "fachada" e "fantasmas" que eram usadas para apresentação de planos de manejo florestal fraudulentos que visavam a aquisição de créditos florestais emitidos pelos órgãos ambientais. O objetivo era o comércio, principalmente a exportação, de madeira de forma ilegal.
Por meio desse esquema de lavagem de produtos florestais, a organização criminosa formada por donos de empresas de fachada e empresas "fantasmas" e criminosos da internet, os chamados "crackers", conseguia "esquentar" madeira ilegal que era comercializada. Os "crackers" conseguiam burlar os sistemas florestais e expediam guias florestais com dados falsos das empresas. A investigação foi iniciada em 2014, quando a ação criminosa foi denunciada à Semas e à Polícia Civil por representantes de empresas do ramo madeireiro, que estavam tendo prejuízos financeiros por causa das atividades ilícitas.​
Fonte: PC/PA

Senadores entregam carta com pedido de renúncia de Dilma e novas eleições

Um grupo de senadores entregou nesta quinta-feira uma carta destinada à presidente Dilma Rousseff pedindo que ela aceite renunciar à parte do seu mandato e apoie uma proposta de emenda constitucional com o objetivo de convocar novas eleições para um mandato tampão de dois anos em outubro, ou ainda que mande ao Congresso uma proposta de plebiscito sobre o fim do governo, que viabilize novas eleições para driblar a impossibilidade constitucional. Em encontro com senadores autores da PEC nesta quarta, o ex-presidente Lula pediu que entregassem a carta, na qual apelam para um gesto de “grandeza e coragem” da presidente. A carta é assinada por senadores do PMDB, PSB, Rede, PDT, PSD, PC do B e PT.
Randolfe Rodrigues (REDE-AP), Telmário Mota (PDT-RR) e Angela Portela (PT-RR) se reuniram no Palácio do Planalto com Jaques Wagner (Gabinete Pessoal), que prometeu abordar o tema com a presidente ainda nesta quinta-feira.

Agricultor comete suicídio no travessão do km 140, zona rural de Uruará

Mais um suicídio foi registrado no município de Uruará em 2016. O agricultor, Benício Araújo Custódio, 36 anos, pôs fim a própria vida na noite desta quarta-feira, 27 de abril, ao se enforcar usando um cabresto (tipo de corda usada para amarrar animais). 
O suicídio ocorreu no travessão do km 140 norte, zona rural do município. De acordo com a Polícia Civil, o agricultor sofria de depressão desde os seus 16 anos de idade.
Benício era casado, evangélico, e deixa uma filha de 4 anos de idade. O seu corpo é velado na Vila do Distrito Alvorada, km 140.
Este foi o 3º suicídio ocorrido no município de Uruará neste ano.

Polícia Civil de Uruará (PA) prende autor de tentativas de homicídios em assentamento da reforma agrária que estava escondido em Alenquer (PA)

Em cumprimento a mandado de prisão preventiva a Polícia Civil prendeu nesta quarta-feira, 27 de abril, no município de Alenquer o nacional, Wanderson Santos da Costa, vulgo "Bimbo", autor de 5 tentativas de homicídios e várias ameaças num assentamento da região do Tutuí Norte, zona rural do município de Uruará (PA), próximo ao município de Santarém, o mesmo estava foragido. A prisão foi efetuada considerando as cinco tentativas de homicídios ocorridas em um assentamento (PDS Santa Clara) Vila Tutuí, a cerca de 100km do centro da cidade de Uruará, fato ocorrido em setembro de 2015, ocasião em que um dos autores, Ivaldison Mendes dos Santos, vulgo "pisca", foi preso em flagrante. O crime foi de grande repercussão na mídia e com intervenções da ouvidora agrária nacional.
Alguns meses depois do fato ocorrido o foragido retornou ao assentamento e passou a realizar ameaças à líder comunitária.
“O Inquérito Policial (IPL) foi concluído com indiciamento de dois indivíduos, como um deles estava foragido foi representada pela medida cautelar (prisão preventiva). Nas investigações e levantamentos realizados, foi descoberto o possível local onde o foragido estava escondido, pois tinha fugido para  o município de Alenquer – PA”, asseverou o Delegado Titular da Delegacia de Polícia Civil de Uruará, Walison Damasceno, que presidiu o inquérito.
“A equipe de investigadores (IPC Célio Tomaz e IPC Sílvio Alex) com apoio do investigador Adriano  (NAI Santarém) deslocaram - se até ao município de Alenquer e após o trabalho de levantamentos e campana, conseguiram efetuar a prisão do foragido”, segundo informou o delegado.
"Considerando a grande repercussão do crime é de suma importância dar uma resposta a sociedade, inclusive para coibir conflitos agrários na região", ainda ressaltou Walison Damasceno.
Ivaldison Mendes dos Santos e Wanderson Santos da Costa foram autuados por 5 tentativas de homicídio.

Hospital sem atendimento é apontado como uma das principais pendências de Belo Monte

As pendências relativas à execução do projeto da usina hidrelétrica de Belo Monte foram discutidas nesta quarta-feira (27) em reunião de trabalho promovida pela subcomissão temporária criada pela Comissão de Meio Ambiente (CMA) para acompanhar o andamento das obras. Um dos principais pontos de discussão foi o hospital geral do bairro Mutirão, em Altamira (PA), que já está pronto, mas não funciona.
O prédio foi reformado e ampliado pela Norte Energia, responsável pela construção da usina, e entregue à prefeitura. Os equipamentos seriam transferidos de outro hospital da cidade; mesmo assim, não há atendimento. O problema foi constatado pelo grupo de senadores que visitou as obras e tenta mediar o impasse entre os envolvidos na execução do projeto.
O hospital, escolas municipais e outras obras de infraestrutura na cidade de Altamira e região estão previstas nas condicionantes para atender a população impactada pelo projeto. A prefeitura, no entanto, reclama do pequeno número de leitos e que há dificuldades de acesso à unidade de saúde.
O prefeito de Altamira, Domingos Juvenil, exigiu que a Norte Energia conclua todas as obras inacabadas, como o asfaltamento das ruas de acesso ao hospital. Ele destacou ainda o problema de abastecimento de água por falta de ligações domiciliares.

Empresario é morto a tiros em Altamira

Amilton como era mais conhecido, foi assassinado com pelo menos dois tiros na região da cabeça, ele estava chegando em uma distribuidora por volta das 19h30 desta quarta (27), quando foi abordado por dois homens em uma moto, ao menos 4 tiros foram disparados mas apenas dois teriam alvejado a vítima.
Amilton é um empresário conhecido na cidade, e era proprietário de outras distribuidoras na cidade, a distribuidora Jaú em frente à casa da Seresta tinha sido aberta recentemente. O dono da Casa da Seresta Napoleão Soares disse que o local estava alugado para Amilton, Napoleão explicou ainda que ficou em choque com a situação, e que aguarda as investigações da Polícia Civil de Altamira.
O crime tem características de execução, os criminosos fugiram sentido centro da cidade e não foram mais vistos, câmeras do NIOP podem ajudar a identifica-los.

Por: Felype Adms

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Polícia Civil prende duas pessoas durante quinta fase da operação "Rapina" em Porto de Moz

Estudante de 25 anos cursava agroecologia e fazia estágio na
Cooperativa de Produtos Orgânicos de Xingu, na cidade de Altamira

(foto: Facebook/Reprodução)
A Polícia Civil de Porto de Moz, no Baixo Amazonas, prendeu durante a quinta fase da operação "Rapina", que investiga o latrocínio que vitimou o universitário mineiro Gabriel José Jorge Cortêz, em janeiro deste ano, mais duas pessoas envolvidas no crime. Jardele da Silva Andrade e Rafael Duarte Cambiu foram presos pelo crime de receptação.
As investigações apontaram que Jardele é companheira de "Tonelada", um dos acusados de ter cometido o latrocínio, e teria vendido o celular roubado da vítima para Rafael. Serão realizada acareações entre os acusados e as investigações irão prosseguir.
A quinta fase da operação "Rapina" contou com a participação do delegado Mhoab Khayan e dos investigadores Cavalcante e Sidiney.

Fonte: PC/PA

Parauapebas: Trabalhador braçal é encontrado morto aos fundos de igreja evangélica

O trabalhador braçal José Domingos Sousa Costa, de 51 anos, foi assassinado a facadas na madrugada do último domingo (24), atrás de uma igreja evangélica em Palmares II, zona rural do município de Parauapebas.
Conforme apurou a reportagem junto a testemunhas, a vítima passou a noite bebendo com dois homens em um bar que faz fundo com a igreja evangélica. Por volta das 3 horas, eles teriam iniciado uma discussão entre si. Ninguém, no entanto, informou a identidade dos homens que bebiam com José Domingos, que podem ter envolvimento na morte dele.
De acordo com Bruno Rocha Costa, filho da vítima, até o fechamento desta matéria a família não tinha informações concretas sobre o que de fato teria motivado a morte de seu pai. Bruno Costa suspeita que José Domingos possa ter sido vítima de latrocínio, porque a carteira porta cédulas dele foi roubada. Ele revela que o pai dele costumava beber, mas não era uma pessoa violenta.
Bruno Costa conta ainda que José Domingos trabalhava há mais de dois anos em uma chácara localizada em Palmares II, e nunca teve problemas com ninguém.


Fonte: (Vela Preta/Waldyr Silva)

Homem é preso apos atirar contra policia entre os municípios de Placas e Rurópolis

Na cidade de Rurópolis, policiais civis e militares continuam o cerco na tentativa de colocar na cadeia o restante do bando que no último dia (11) assaltaram o banco Basa da cidade.
Na tarde de terça feira policiais civis e militares por volta de aproximadamente, 17:30 em uma diligencia em uma vicinal conhecida por "Poeirinha" já nas proximidades da cidade de Placas, ao averiguar um suspeito que estava homiziado dentro de uma área de mata, As Guarnições foram recebidas a tiros de espingarda calibre 20. Segundo informações que foram colhidas por nossa equipe de reportagem, o disparos de arma de fogo foram efetuados por Antônio Severino Leite que na ocasião empreendeu fuga do local mais foi capturado logo em seguida, as informações dão conta de que ele mora na vicinal da 60, 21 km da faixa. 
Depois da ação da polícia, o elemento foi apresentado na delegacia para as medidas legais. A Polícia investiga se o acusado teria alguma ligação com o assalto a banco em Rurópolis, até o presente momento ainda não foi provado a participação do mesmo no sinistro. Vale relembrar que dos oito assaltantes que participaram da ação quatro deles foi morto quando atiraram contra as tropas da PM em uma vicinal de Rurópolis, fato que foi noticiado e presenciado por nossa equipe de reportagem. Ainda faltam capturar mais quatro elementos do bando. 


Fonte: Grupo Elias Júnior

Quatro são presos acusados de levar terror em comunidades rurais de Medicilândia

A situação apurada por policiais militares foi na localidade de 'Tiradentes' no município de Medicilândia, na BR230, sudoeste do Pará, os PMs tinham informações de que aproximadamente 4 pessoas estavam recebendo apoio de um morador da área dentro do mato (provavelmente assaltantes), quando a PM chegou na casa indicada, foi encontrada uma quantia de aproximadamente 2,200kg de maconha, com alguns objetos que seriam frutos de roubo que pertencia ao vulgo 'maluquinho', e que o mesmo estaria em uma chácara nas proximidades.
'Maluquinho' foi localizado e com ele uma quantia de maconha e 24 petecas de crack, todos foram encaminhados até a Superintendência Regional do Xingu, para apresentação.

Por: Felype Adms (com informações e fotos da PM/PA)


Aulas estão paralisadas em pelo menos 6 escolas no município de Uruará (PA)

Aulas estão paralisadas em pelo menos 6 escolas no município de Uruará. São escolas da zona urbana e da zona rural, o motivo seria a falta de pagamento de salários dos servidores da educação e a falta de condições de trabalho. Sem salários servidores estão com dificuldades para se alimentarem por não terem dinheiro. Com o não pagamento de salários de professores e demais servidores da educação, até o momento mais de 4.000 alunos acabam sendo prejudicados com a paralisação destas 6 escolas, e se todas as escolas do município aderirem a paralisação o número de alunos prejudicados passará dos 10 mil na rede pública de ensino municipal. A paralisação é por tempo indeterminado em escolas como Instituto Educacional Uruará (IEU) e Ângelo Debiase, na zona urbana e Transamazônica da Vila Bela Vista km 190, na zona rural.

A paralisação foi confirmada pelo coordenador do Sintepp (Sindicato dos Trabalhadores de Educação Pública do Estado do Pará) local, professor Avanildo Moreira. "Foram paralisadas as atividades escolares nas Escolas IEU, Transamazônica, Prointer envolvendo 68 professores que atendem a zona rural, e José Bonifácio onde estarei confirmando com diretores assim como a escola Tiradentes.

Em Altamira, ocupação no prédio da Funai chega ao segundo dia

Índios Parakanã que ocupam o prédio da Fundação Nacional do Índio (Funai) em Altamira, no sudoeste do Pará, se reuniram na tarde desta terça-feira (26) com representantes da fundação para resolver o impasse que resultou na ocupação do prédio.
Os manifestantes não concordam com a indicação da liderança indígena Gilson Curuaia para o cargo de coordenador regional da Funai e os representantes do órgão pediram um prazo até esta quarta-feira (28) para apresentar uma resposta apresentada pela direção da fundação em Brasília.
A ocupação ocorreu durante a cerimônia de posse de Gilson Curuaia no órgão e chegou ao segundo dia. Os manifestantes pedem que o cargo seja ocupado por alguém que já seja servidor de carreira da Funai e não alguém que tenha sido indicado.



Morte de peixes preocupa pescadores no rio Xingu

Centenas de peixes mortos foram encontrados no rio Xingu, nas proximidades da usina Belo Monte, no município de Vitória do Xingu, no sudoeste do Pará. A Norte Energia, empresa responsável pela usina, informou que o problema pode ter sido provocado por uma alteração em uma das turbinas da hidrelétrica e que está preparando novos procedimentos para evitar que este tipo de incidente se repita.
Pescadores registraram no dia 21 de abril a coleta dos peixes mortos na região do sítio Belo Monte, nas proximidades da principal casa de força da hidrelétrica. A coleta dos peixes foi feita por equipes contratadas pela Norte Energia.
A situação preocupa os pescadores da área, que temem a mortandade de peixes enfraqueça a atividade pesqueira no rio Xingu. “A cena assustou demais os moradores daqui, principalmente os ribeirinhos que vivem da pesca e não tem outra função”, diz o pescador Manoel dos Santos.
Segundo o pescador Rosivan da Silva, as crianças da área tentaram pegar os peixes. “Eu digo ‘não, deixa quieto, porque ninguém sabe do que (os peixes) estão morrendo'”, conta Rosivan, sobre as causas ainda não descobertas da mortandade.

“Policial nenhum deve cobrar para ir atrás de moto que foi furtada ou roubada, este é um dever do policial”, afirma Walison Damasceno, Delegado de Polícia Civil de Uruará

Crimes de roubo e furtos de motocicletas ocorrem com frequência no município de Uruará (PA). Em muitos dos casos a motocicleta acaba sendo recuperada pela polícia, com o veículo sendo devolvido ao dono. Mas ultimamente tem surgido rumores na cidade de que a polícia estaria cobrando para fazer a recuperação e entrega de motocicletas roubadas ou furtadas no município. A questão foi levantada durante o programa de rádio, Regional Comunidade, que foi ao ar nesta terça-feira, 26 de abril, na rádio Regional FM de Uruará, com a presença no programa do Delegado de Polícia Civil do município, Walison Damasceno. Muito seguro da seriedade do trabalho desenvolvido pela polícia o delegado foi bem claro nos seus esclarecimentos ao dizer que tal prática é crime e que o trabalho de recuperação de motocicletas roubadas ou furtadas, bem como a entrega desses veículos aos seus proprietários, é realizado sem que haja a cobrança de qualquer tipo de taxa (dinheiro). Walison ainda encorajou a quem tenha sido forçado ou venha a ser forçado a dar dinheiro para algum policial para que o seu veículo seja recuperado, que esta pessoa denuncie o fato.

A polícia deve apreender o veículo em duas situações: se foi cometido um crime com aquele veículo ou se o o veículo foi roubado ou furtado. Infrações administrativas, como por exemplo o veículo está sem placa, isso não é responsabilidade nem da Polícia Civil nem da Polícia Militar, é responsabilidade do Detran e do Demutran. Quando uma moto é apreendida com suspeita de furto ou roubo ela é encaminhada para a delegacia, se após checagem no sistema for constatado que a motocileta não é produto de crime o veículo é liberado para o proprietário. Não há necessidade de pagamento de nenhuma taxa, a pessoa só precisa apresentar um documento que comprove que aquela moto é dela. Se a motocicleta for recuperada pela polícia após ser roubada ou furtada é feito um termo de entrega sob a responsabilidade da pessoa que está recebendo e não é cobrado nenhum tipo de taxa (dinheiro). Caso esteja ocorrendo esse tipo de conduta aqui no município (Uruará) a pessoa pode nos procurar e nos informar sobre o fato ocorrido da cobrança que nós vamos encaminhar para a corregedoria para que seja instaurado um procedimento para apurar o caso. A cobrança de taxa (dinheiro) é ilegal, tanto para a pessoa que paga, que está cometendo um crime, quanto para o policial que cobra, que também está cometendo um crime. A gente ouve muitas conversas (boatos), mas na hora da pessoa trazer algo e apresentar uma comprovação, isto não aparece. Policial nenhum deve cobrar para ir atrás de alguma moto que foi furtada ou roubada, este é um dever do policial no cumprimento do seu trabalho. A partir do momento que o veículo é localizado ele é entregue ao dono sem pagamento de nenhuma taxa (dinheiro)”, esclareceu o delegado.

Prefeito de Altamira reduz o próprio salário e de seus secretários para enfrentar a crise

O anúncio da redução de 20% do salário do prefeito Domingos Juvenil do PMDB/PA, seu vice Joel Mendes PSC/PA e dos seus secretários, foi feito no final da tarde desta terça (26) em Altamira, sudoeste do Pará, Juvenil explicou que a crise afeta ainda mais Altamira com o fim das obras de Belo Monte e a debandada de empresas, a arrecadação do ISS - Imposto Sobre Serviço caiu significativamente.
Para Fabiano Bernardo, secretário de Administração o momento é de cautela.
"Devemos ter compreensão do momento critico que Altamira e o restante do país estão atravessando, a decisão do corte nos próprios salários (Prefeito, Vice e Secretários), feito em comum acordo entre os secretários, entendemos que assim damos exemplo ao serviço público a população, uma vez que precisamos pensar no bom funcionamento da máquina pública, com a gestão eficiente e responsável dos recursos públicos" explicou.
Ainda segundo o prefeito, o cenário nacional, político e financeiro contribui para que todos os municípios do Brasil sofram com a crise, os ajustes na folha não devem reduzir salários, porém regalias e gratificações serão revisadas e adequadas.

Por: Felype Adms

terça-feira, 26 de abril de 2016

Índios Parakanã ocupam sede da Funai em Altamira

Um grupo de índios Parakanã ocupou a sede da Fundação Nacional do Índio (Funai) no município de Altamira, no sudoeste do Pará, na manhã desta segunda-feira (25). A ocupação é um protesto contra a nomeação da liderança indígena Gilson Curuaia para o caro de coordenador regional da Funai.
A ocupação ocorreu durante a cerimônia de posse de Gilson Curuaia no órgão e se manteve durante a tarde desta segunda. Os manifestantes pedem que o cargo seja ocupado por alguém que já seja servidor de carreira da Funai e não alguém que tenha sido indicado.

Fonte: G1

JOVEM ACUSADO DE COMETER ASSALTO É EXECUTADO EM ITAITUBA


O crime aconteceu na noite desta segunda feira, 25l, em Itaituba sudoeste do estado, por volta das 23:00 horas na Travessa João Pessoa com a 13ª Rua do Bairro Bela Vista.




Segundo informações a vitima em companhia de outro elemento estariam realizando assaltos na cidade, depois de mais um assalto eles teriam sido perseguidos pelas vitimas. Na 13ª Rua com a Travessa São José em um Bar eles realizaram mais um assalto, na hora de sair fecharam a porta do Bar com um dos proprietários dentro.



Em seguida aconteceu uma intensa troca de tiros com dois homens que estavam perseguindo os assaltantes, a dupla correu sentido João Pessoa na troca de tiros um deles foi atingido na cabeça e morreu na hora já outro conseguiu fugir. A policia já tinha recebido informações de que uma dupla em uma moto estaria realizando assaltos na cidade.


Os policiais trabalham com a hipótese do jovem morto ser um dos assaltantes relatados pelas vitimas. Segundo uma pessoa que estava no bar, dois elementos chegaram em uma moto, ambos de capacete o carona desceu com arma em punho e anunciou o assalto levando toda a renda do estabelecimento. A vitima foi identificada por Paulo Roberto, natural de Santarém, vulgo, "Paulinho" ou "Santarém", seria assaltante perigoso.

PMV ANUNCIA INVESTIMENTOS PARA REALIZAÇÃO DE CAR EM BRASIL NOVO E MAIS SEIS MUNICÍPIOS

Durante o evento que marcou a repactuação de Brasil Novo, na luta pelo desmatamento ilegal em seu território, o Secretário Extraordinário de Estado para Coordenação do Programa Municípios Verdes - PMV, senhor Justiniano Neto anunciou que está garantido investimentos para a realização do Cadastro Ambiental Rural – CAR das propriedades no município de Brasil Novo e aproveitou para apresentar empresa que venceu a licitação e realizará o trabalho sem custo para o produtor. “Esse é o momento de conscientizar os Produtores que eles devem partir pra cima... é a via de suas mãos onde o Governo Estadual através do PMV disponibiliza a empresa para fazer o CAR de quem não tem, de forma gratuita e os agricultores com a ajuda da SEMMA receber o apoio fazendo a mobilização para trazer quem ainda não fez seu documento para que se regularize” – Afirmou Justiniano Neto.
Além de Brasil Novo, também serão beneficiados com o projeto os municípios de Uruará, Medicilândia, Altamira, Vitória do Xingu, Senador José Porfírio, Anapú e Pacajá.


Por: Valdemídio Silva

BRASIL NOVO REAFIRMA PACTO CONTRA O DESMATAMENTO ILEGAL JUNTO AO PROGRAMA MUNICÍPIOS VERDES

Em um evento realizado no auditório da Prefeitura municipal de Brasil novo na Manhã desta terça-feira (26), o Município de Brasil Novo, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, reafirmou o compromisso na luta contra o desmatamento ilegal em seu território ao assinar o repactuamento ambiental junto ao Programa Municípios Verdes.

O Evento contou com a presença de vários secretários municipais de meio ambiente da Região, representantes sindicais e contou com a participação do secretário Municipal de Meio Ambiente de Dom Eliseu sudeste do Pará, outro município que luta contra o desmatamento e permanência no desembargo ambiental. Também esteve em Brasil Novo o Secretário Extraordinário de Estado para Coordenação do Programa Municípios Verdes, senhor Justiniano Neto.
Sec. Zelma Campos - SEMMA/Brasil Novo 
e a Prefeita Marina Sperotto - Brasil Novo
Renovação do pacto tem como objetivo reafirmar a luta contra o desmatamento ilegal e instigar a novos atores a aderirem a luta baseando-se em novas metodologias e ações baseadas em um pensamento comum da sociedade trazendo para a discussão os mais diversos seguimentos sociais – “É importante que estejamos desembargados, mas para permanecer com esse mérito é preciso que a sociedade através de suas organizações sociais estejam de mãos dadas com o poder público a fim de buscarmos o bem comum de todos” – afirmou Zelma Campos, Secretária de meio Ambiente de Brasil Novo.
Justiniano Neto/PMV e  Prefeita
Marina Sperotto - Brasil Novo
De acordo com Justiniano Neto, as políticas públicas administrativas deverão acontecer antes que a política econômica e fiscal, pois o estado ou município tem que está bem de política administrativa para poder desenvolver bem sua política econômica e fiscal – “Não adianta achar que o Governo Federal, ou Estadual vai fazer grandes obras e que é uma questão de ir lá chorar que vem... não é assim, mas se eu não me deslocar aí certamente não vem. Então a estratégia é ver o tem que fazer para poder ir lá com demandas específicas e ver o que pode ser feito para buscar na iniciativa privada, nas cadeias produtivas e nas grandes empresas e atrair investimentos para Brasil Novo porque é isso que vai mudar o senário econômico do Município”. – Disse ele. 
Durante o evento alguns empresário do município receberam licenças ambientais para realização de atividades comerciais urbanas e rurais.
Prefeita Marina Sperotto - Brasil Novo assina
 o 
repactuamento ambiental junto ao
Programa Municípios Verdes
Desde o dia 19 de abril de 2013, o município de Brasil Novo não tem medido esforços administrativos para garantir a participação de vários atoras para a discussão ambiental de forma a garantir a sustentabilidade e qualidade de vida de seus munícipes e tem ganhado notoriedade mundial com reportagens importante nos principais meios de comunicação do país apontando que o município tem se destacado nas discussões ambientais e na luta pelo desembargo das propriedades rurais. O trabalho incansável da equipe da SEMMA e o desembargo de várias propriedades já têm reflexos positivos na economia local e os resultados obtidos são únicos na região do Xingu, e o município tem si tornado uma referencia Nacional.

Por: Valdemídio Silva