quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

INSCRIÇÕES PARA O PROUNI COMEÇAM NESTA QUINTA-FEIRA


As inscrições para o Programa Universidade para Todos (Prouni) começam nesta quinta-feira (31). O estudante já pode preparar a lista de cursos que interessam, avaliando as possibilidades de ser aprovado e separar os documentos. Afinal, é preciso comprovar que preenche os requisitos exigidos pelo programa.
A dica para escolher as instituições de ensino é levar em consideração tanto a nota de corte quanto a distância e o custo de vida para estudar nelas.
Depois de fazer a inscrição, o estudante deve ficar atento à página do ProUni. É lá que serão divulgadas as notas de corte.
As inscrições para o ProUni podem ser feitas desta quinta até domingo (3). Os resultados da primeira chamada serão divulgados na quarta-feira, dia 6. E da segunda chamada, no dia 20 de fevereiro.
Se for pré-selecionado, o estudante terá uma semana para comparecer à instituição de ensino.

Fonte:  EBC

quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

SUSPEITO DE ASSALTO É ENCONTRADO MORTO NA BEIRA DA ESTRADA DA PRINCESA DO XINGU EM ALTAMIRA


Eram por volta das 07:00hrs da manhã desta quarta-feira (30), quando a Polícia Militar foi acionada com a denúncia de que vários assaltos teriam sido realizados na cidade, por uma dupla e que estes teriam assaltado uma vítima na entrada do RUC Casa Nova e teriam levado o seu celular da vítima, logo em seguida uma panificadora também teria sido alvo dos bandidos, segundo informações os criminosos chegaram a disparar tiro com arma de fogo.
Uma das vítimas foi levada pela PM para fazer o reconhecimento de um dos criminosos, identificado como Marcos além de Jesus Andrade de 20 anos. Ele foi morto após suposta reação das vítimas na estrada que dá acesso à Princesa do Xingu.
A Polícia Militar conseguiu recuperar a moto roubada durante o assalto na panificadora, a mesma foi abandonada a cerca de 200 metros de distância de onde um dos indivíduos foi morto, o seu comparsa conseguiu fugir adentrando região de mata, buscas foram realizadas, mas o mesmo não foi pego e nem identificado.
A Polícia Civil foi informada da situação e estiveram no local com a equipe do IML realizando os procedimentos e remoção do corpo.

A PEDIDO DO MPPA, JUSTIÇA AFASTA DOS CARGOS VEREADORES DE URUARÁ

Cinco vereadores respondem por fraude no procedimento legislativo.  Eles simularam uma sessão legislativa para aumentar os próprios salários.

OS SUPLENTES DEVERÃO SEREM EMPOSSADO 

AINDA ESSA SEMANA

Os vereadores do município de Uruará Zenilson da Silva, Rodoaldo Pacheco, Jachison de Oliveira Lima, Gilmar Antonio Milanski e Gedeon de Souza Moreira foram afastados do cargo pela justiça acusados de fraudar procedimento legislativo. Os vereadores teriam simulado documentalmente a realização de uma sessão legislativa na qual aprovaram uma Resolução (Resolução nº 002/2016 da Câmara Municipal de Vereadores de Uruará) aumentando em aproximadamente 45% o salário dos vereadores a partir de janeiro de 2017 passando de R$ 4.890,00 para R$ 7.000,00, um reajuste indevido de R$ 2.110,00.
Além do afastamento, no intuito de garantir a segurança das investigações, a justiça também deferiu liminar decretando a indisponibilidade dos bens dos vereadores no valor de R$ 21.100,00 para cada um deles, equivalente ao valor que receberam indevidamente entre os meses de janeiro e outubro de 2017, como forma de garantir o ressarcimento dos prejuízos causados ao erário público. Assim que forem notificados, os acusados têm prazo de 15 dias para oferecer manifestação por escrito apresentando sua defesa.
O salário indevido foi pago durante 10 meses, de janeiro de 2017 a outubro de 2017 quando a Promotoria de Justiça de Uruará instaurou o Inquérito Civil (n. 01/2017) para apurar o esquema. A Promotoria apurou que não houve qualquer sessão na Câmara em 2016, ordinária ou extraordinária, em que tenha havido discussão e votação do reajuste.
Na época, o vereador Gedeon Moreira era presidente da Câmara de Uruará, Gilmar Milanski era membro da Comissão Permanente de Constituição e Justiça e aparece como relator da Resolução (nº. 02/2016), Rodoaldo Pacheco era 2º secretário da Mesa, e Jachison Lima e Zenilson da Silva acordaram em implementar o reajuste para a nova legislatura (2017) sem seguir os trâmites legais e a partir de documentos fraudados.
De acordo com as investigações da Promotora de Justiça de Uruará, Lívia Tripac Mileo, a ata da sessão do dia 30 de setembro de 2016, onde supostamente foi lida e aprovada a Resolução (nº 002/2016), foi assinada por apenas 3 vereadores. Tal ata deveria ter sido assinada na sessão subsequente do dia 7 de outubro de 2016, porém, isso não ocorreu, pois os vereadores presentes não assinaram o documento e o vereador Rodoaldo Pacheco assinou a ata sem sequer estar presente na sessão do dia 7 de outubro.

BANDIDOS ASSALTAM AGÊNCIA DA CAIXA EM MÃE DO RIO. VEJA O VÍDEO!

Agência da Caixa ficou destruída após a ação da quadrilha
no fim da noite de ontem (Foto: Reprodução)
A quase 200 quilômetros da capital, a cidade de Mãe do Rio, no nordeste paraense, viveu momentos de pânico no final da noite de ontem. Um grupo fortemente armado invadiu a cidade para assaltar a agência da Caixa.
Segundo as primeiras informações, várias pessoas teriam sido feitas reféns durante o assalto e a fuga dos assaltantes. Vários vídeos e áudios viralizaram nas redes sociais tão logo a ação criminosa se encerrou. Em um deles, atribuído a um vereador, que também seria investigador da Polícia Civil, foi revelada a informação de que alguns bandidos haviam disparados rajadas de tiros contra sua casa no momento da fuga. Os bandidos teriam usado dois carros.
Até o fechamento desta edição, a polícia já estava apurando o caso, enviando reforços ao efetivo local e procurando pistas sobre os assaltantes e eventuais reféns. Um vídeo ao qual o DIÁRIO teve acesso mostrou a agência da Caixa destruída após o roubo. Ainda assustados com o barulho dos tiros, muitos populares saíram de suas casas em direção ao local em que a ação foi concretizada após a fuga dos criminosos.

Por: Diário do Pará
Fonte: DOL

SEDE DO CRAS DE MEDICILÂNDIA FOI ALVO DE LADRÕES


O Centro de Referência de Assistência Social (Cras) é a porta de entrada da Assistência Social. É um local público, localizado prioritariamente em áreas de maior vulnerabilidade social, onde são oferecidos os serviços de Assistência Social, com o objetivo de fortalecer a convivência com a família e com a comunidade.
Até mesmo um local para resolver determinadas situações que beneficiam toda a comunidade, foi alvo de furto na madrugada desta terça-feira, 29, em Medicilândia. Na Página do Cras uma nota foi emitida informando o furto, que resultou na perca de dois notebook da marca ACER.
Em contato com o secretário de Assistência Social, Wanderley Amaral, fomos informados que as primeiras providencias já foram tomadas, que foi o registro do Boletim de Ocorrência.
Ainda na publicação é feito um apelo, se alguém souber de alguém que esteja vendendo algum notebook por um preço inferior e da marca citado que avise a polícia, pois possivelmente seja os furtados, nos objetos citados existem documentos importantes para os trabalhos dos funcionários do local.

Por: Edlene Gonçalves
Fonte: E&J Produções

MEDICILÂNDIA CAMINHÃO TOMBA NO TRAVESSÃO 95 SUL E TRÂNSITO FICA COMPLICADO NO DESVIO


O acidente aconteceu hoje à tarde e deixou o trânsito no local bem complicado. O travessão está sendo utilizado como atalho à BR-230 após um acidente na ponte do km 94. O travessão tem cerca de 12 km, mas não foi preparado para receber um fluxo muito intenso de veículos, e as duas pontes que existem em sua extensão não suportam veículos com peso superior a 10 toneladas. O trecho deve ser utilizado até que a ponte seja recuperada, e a previsão dada pelo DNIT vai até o dia 05 de fevereiro.

Fotos: Sidalécio Souza
Fonte: Xingu230

HERANÇA MALDITA: PARÁ É O 2º COLOCADO NO RANKING DO TRABALHO ESCRAVO

(Foto: Cezar Magalhães/Arquivo)
Segundo dados da Secretaria de Inspeção do Trabalho (SIT), hoje ligada ao Ministério da Economia, em 2018, 1.723 trabalhadores foram resgatados em situação análoga à de escravo no Brasil. Desses, 1.200 foram encontrados no campo e 523 em área urbana. O Pará continua apresentando posição de destaque no ranking dos Estados com maiores ocorrências de trabalho escravo, contabilizando 159 resgates em 2018, atrás apenas de Minas Gerais, que contabilizou 849 no mesmo período.
Dos 159 trabalhadores encontrados em condições semelhantes às de escravo no Pará, 107 pertenciam à zona rural, e 52 ao ambiente urbano. Os ramos da atividade econômica com maiores incidências da prática foram a criação de bovinos e a extração de minério de metais preciosos. Já os municípios paraenses com maior número de autos de infração lavrados foram Novo Repartimento, São Félix do Xingu e Santana do Araguaia.
Com o objetivo de conscientizar a população sobre o problema, a Comissão Estadual para Erradicação do Trabalho Escravo (Coetrae/PA), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), promoveu na manhã de ontem (28) ações educativas alusivas ao Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo, nos terminais hidroviário e rodoviário de Belém, e nas cidades polos do Estado.
Rogério Barra, titular da Sejudh, explica que o trabalho escravo contemporâneo é caracterizado quando uma pessoa é convidada para ocupar um cargo de trabalho e é induzida a adquirir dívidas abusivas num círculo vicioso em que, de forma coerciva, o patrão impede a liberdade de se desvincular do emprego. “É uma forma repressiva de mantê-lo ali, alegando dívidas, mas, na verdade é uma forma de trabalho escravo”.
Ainda de acordo com ele, está sendo estudada uma proposta junto ao Coetrae/PA de fomentar um projeto de lei para ser debatido na Assembleia Legislativa do Estado a fim de criar o fundo de amparo ao combate do trabalho escravo, em que as apreensões oriundas de processos como terras, recursos, máquinas e outros mobiliários, possam ser parcialmente revertidas para o fundo, ajudando a melhorar a estrutura de fiscalização e prevenção do trabalho.
“É totalmente inadmissível, mediante do que já caminhamos na história, na política, nas legislações trabalhistas, a gente chegar nos dias de hoje e se deparar com esse tipo de situação tão degradante e que machuca tanto a gente”, avalia Renato Menezes, titular da Coordenadoria de Combate ao Trabalho Escravo (CTETP), da Sejudh.

PARÁ TEM 18 BARRAGENS DE MINERAÇÃO DE ALTO RISCO

Órgãos de diferentes esferas vão indicar nomes para que o GT
comece a sua atuação no estado (Foto: Ney Marcondes)

O governador do Pará, Helder Barbalho, apresentou, ontem (28), um Grupo de Trabalho (GT) que tem como objetivo fiscalizar as barragens existentes no estado, para prevenir tragédias ambientais semelhantes às que ocorreram em Mariana, em 2015, e em Brumadinho, na semana passada, ambas em Minas Gerais. 
Nos próximos cinco dias, os órgãos envolvidos no GT, como os Ministérios Públicos Estadual e Federal; a Universidade Federal do Pará (UFPA); a Secretaria de Desenvolvimento, Mineração e Energia (Sedeme); e a Defesa Civil Estadual, entre outros, deverão indicar os nomes dos seus representantes no grupo para que o trabalho de campo seja efetivamente iniciado, com prazo inicial de conclusão para 60 dias, prorrogáveis por mais 60.
Segundo o cadastro do Departamento Nacional de Produção Mineral, o estado atualmente possui 64 barragens que estão inseridas na política nacional de segurança de barragens, que garante que padrões de segurança sejam seguidos. Outras 27 barragens não estão inseridas no plano, mas a ideia do GT é monitorar todas as barragens, com especial atenção para as 18 classificadas como de alto risco, ou seja, aquelas em que um possível rompimento pode causar perdas de vidas humanas, além de impactos sociais, econômicos e ambientais. 
O pedido de verificação das barragens foi feito pelo governador à Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas). “O intuito é poder construir preventivamente ações que possam fazer com que o estado do Pará, com vocação forte na atividade de mineração, tenha absoluta tranquilidade e clareza a respeito da função das barragens existentes no nosso estado”, disse o governador.
“Não estamos, aqui no Pará, diante de nenhum risco iminente de ruptura. A população pode ficar tranquila. A ideia aqui é justamente nos anteciparmos a qualquer possibilidade de um evento como os que aconteceram em Minas Gerais. Para isso, precisamos reunir as informações dos diferentes órgãos estaduais, federais e municipais e buscar mecanismos para um monitoramento eficaz dessas barragens”, diz o titular da Semas, Mauro Ó de Almeida.

Fiscalizar o cumprimento da legislação é necessário

A barragem de Sossego, que pertence à empresa Vale, está localizada em Canaã dos Carajás e é uma das 18 classificadas como de alto risco que será monitorada. “Não há uma barragem que mais preocupa. Porque temos barragens de grande porte com mais de 40 metros de altura, por exemplo, e temos barragem de pequeno ou médio porte que têm maior potencial de dano associado.

EXCLUSIVO: PREFEITO ALEXANDRE LUNELLI FALA SOBRE DENÚNCIAS PUBLICADAS EM MÍDIAS REGIONAIS.

terça-feira, 29 de janeiro de 2019

MEDICILÂNDIA: AOPÓS APELO DA FAMÍLIA NA REDE SOCIAL, MELHER É LOCALIZADA

Ela havia saído de casa e deixado uma carta à família e amigos dizendo ter perdido as forças para lutar.
O caso chamou atenção nas redes sociais na tarde desta terça-feira, estivemos com a mãe da Dhessica que estava bem nervosa apelando por notícias da jovem. A boa notícia é de que a moça apareceu, ela estava na casa de uma tia no KM 75, em Medicilândia. 

Nas redes sociais uma mensagem da família agradecendo e informando sobre o aparecimento da mulher. 
"Queremos agradecer a todos que oraram para Dhessica, já foi encontrada, está na casa de uma tia dela lá no 75.
Que Deus abençoe a todos em nome de Jesus"
A causa desse sumiço ainda não foi informado pela mulher e nem por familiares. Em contato com a mãe de Dhessica, ela disse que a jovem voltará ainda hoje para casa, que o pai de Dhessica a encontrou na casa da tia, que a jovem permaneceu em silêncio e ainda não sabe o motivo do porquê saiu sem avisar e porque escreveu a carta. 


POLÍCIA MILITAR DE ANAPU CAPTURA DOIS INDIVÍDUOS QUE AGREDIRAM GRAVEMENTE UM HOMEM PARA ROUBA SUA MOTOCICLETA


Durante a noite de Segunda-feira (28), entre as 19:30 e 20:00hrs, uma Guarnição da Polícia Militar Militar de Anapu, foi informada que nas proximidades do Bar Mato Grosso dois indivíduos teriam tentado Rouba a Motocicleta Broz preta de um cidadão que até o momento não foi identificado. 
Na tentativa do roubo a vítima foi gravemente agredido a pedradas na cabeça pelos dois indivíduos que fugiram deixando a vítima desfalecida na beira de um rio nas proximidades do bar. Segundo informações, a vítima estaria bebendo com os dois indivíduos quando foi atacado. As presas, a vítima foi socorrida e encaminhada até o Hospital Municipal de Anapu e logo após transferido para o Hospital Regional Público da Transamazônica em Altamira devido à gravidade dos ferimentos e do risco de morte.
A Guarnição da Polícia Militar passou a noite toda em diligência na tentativa de captura os autores do crime e já na manhã dessa terça-feira (29), por volta das 07:00hrs, conseguiu encontrar os dois acusados que estavam em locais diferentes. Os dois são: "EMERSON SOUZA DOS SANTOS de 20 anos e Um Adolescente de 17 anos, que ao perceber a chegada da Polícia tentou fugir pelos quintais da vizinhança. 
Na tentativa de fugir os Policiais avistaram que o adolescente portava em suas mãos uma arma de fogo calibre 32, momento em que os Policiais deram voz para que o menor largasse a arma e se deitasse no chão. O menor não teria obedecido é com a arma em punho, ele ainda teria tentando fugir, onde a guarnição teve a obrigação de efetuar um disparo na perna do menor infrator para conte-lo.
O menor foi encaminhado até o Hospital de Anapu para os cuidados médicos e logo após liberado, para ser apresentado na Delegacia junto com o seu comparsa para os procedimentos cabíveis e estão à disposição da justiça. 

PONTE DESABA COM CAMINHÃO MADEIREIRO NA VICINAL 19

O fato aconteceu na tarde deste domingo (27) no travessão da 19 em Brasil Novo, um caminhão que transportava toras de madeira veio abaixo após tentar passar por uma ponte. Segundo informações o motorista não se feriu. 
Ainda na manhã desta segunda feira (28), equipes da prefeitura se deslocaram para o local, e em breve o tráfego será normalizado.
Comunicamos a todos que para ter acesso ao travessão enquanto tiver nessa situação, apenas pela agrovila da vicinal 17.

Por: Junior Oliveira com informações e fotos de Elvis Salles

sexta-feira, 25 de janeiro de 2019

POLÍCIA CIVIL E MILITAR APREENDE QUASE 7 KG DE DROGA E PRENDE SUSPEITO DE HOMICÍDIO EM ALTAMIRA


Na tarde desta quinta-feira (24), a Polícia Civil, por meio da 22ª Seccional Urbana em Altamira, Delegacia de Homicídios sob comando da Superintendência Regional do Xingu e com apoio da guarnição da Polícia Militar e após levantamento e trabalho de inteligência, foi possível apreender quase 7kg de substância entorpecente "maconha". A droga foi encontrada em uma residência no bairro Airton Sena I em Altamira. No local estavam 03 pessoas, um rapaz e duas mulheres, que foram identificados como Adriele Veigas, Cleia Nogueira e Sidiclei Queiroz que foram presos em flagrante.
Segundo informações da Polícia Civil, destaca-se que o Cidiclei também é investigado pela delegacia de homicídios de Altamira como sendo suspeito de um homicídio ocorrido no Bairro Água Azul no dia 04/01/2019.
Após toda a operação, os suspeitos e todo o material foram encaminhados até a Delegacia de Polícia Civil para a realização dos procedimentos cabíveis.

JOVEM PEDE AJUDA PARA REALIZAR O SONHO DE SER MODELO. ELA PRETENDE PARTICIPAR DE DESFILE EM BELÉM

Por: Valdemídio Silva
Imagens: Cleyton Macário

3 ANOS APÓS MARIANA, BARRAGEM SE ROMPE EM BRUMADINHO - MG; VEJA AS FOTOS


Uma barragem de rejeitos da mineradora Vale se rompeu nesta sexta-feira (25), em Brumadinho, nos arredores de Belo Horizonte. A Prefeitura da cidade pediu para a população manter distância do leito do Rio Paraopeba, um dos principais afluentes do São Francisco. Imagens de helicóptero mostram uma ampla área tomada pela lama.
Segundo a Vale, o incidente ocorreu no reservatório da Mina do Feijão, e os rejeitos atingiram a zona administrativa da empresa e a comunidade da Vila Ferteco.
Através de nota, a Vale lamentou profundamente o acidente e afirmou que está empenhando todos os esforços no socorro e apoio aos atingidos.
A nota afirma ainda que havia empregados na área administrativa, que foi atingida pelos rejeitos, indicando a possibilidade, ainda não confirmada, de vítimas. Parte da comunidade da Vila Ferteco também foi atingida.
O resgate e os atendimentos aos feridos estão sendo realizados no local pelo Corpo de Bombeiros e pela Defesa Civil. Ainda não há confirmação sobre a causa do acidente.
A Vale afirma também que a prioridade máxima da empresa, neste momento, é apoiar nos resgates para ajudar a preservar e proteger a vida de empregados, próprios e terceiros, e das comunidades locais.
Brumadinho fica a 120 quilômetros de Mariana, cidade que teve um distrito, Bento Rodrigues, destruído por um desastre semelhante em novembro de 2015. A tragédia matou 19 pessoas. A barragem de Mariana era operada pela Samarco, consórcio entre a Vale e a empresa britânica BHP Billiton. Até hoje ninguém foi punido pelo maior desastre ambiental da história do Brasil. 
O jornal Estado de Minas publicou que o Hospital João XXIII, em Belo Horizonte, acionou o plano de catástrofe para receber as vítimas do rompimento da barragem do Córrego do Feijão. O plano de catástrofe do hospital fechou a área de emergência para realizar atendimento exclusivo das vítimas da barragem. Segundo o hospital, os pacientes com menos gravidade foram transferidos e todos os profissionais estão mobilizados e preparados para receber um grande grupo de vítimas. 
Até 15h30, de acordo com o hospital, duas vítimas do rompimento haviam dado entrada. Trata-se de uma adolescente de 15 anos e uma jovem de 22. Elas estão conscientes, com quadro estável e em observação.
Veja a nota emitida pelo hospital:
"O Hospital João XXIII acionou, no início da tarde de hoje (25/01/18) o Plano de Atendimento para múltiplas vítimas de catástrofes, para priorizar a assistência de emergência às vítimas do acidente ocorrido há pouco na Barragem próxima ao município de Brumadinho. Às 15 horas, deram entrada dois pacientes do sexo feminino, trazidos por helicóptero do local. Elas estão estáveis, conscientes e passam por avaliação.
A diretoria do HJXXIII pede que os casos não relacionados a esta tragédia sejam encaminhados para outras unidades de emergência para que sejam priorizadas no hospital as vítimas do acidente.
Em outra unidade da Fhemig, na Casa de Saúde Santa Izabel (Betim) foi acionado o Plano de Contingência de Enchentes em parceria com a Defesa Civil, para tomar medidas preventivas caso o volume do rio aumente na proximidade do hospital. Pacientes já foram transferidos para alas mais seguras."
Fonte: ANSA

MEDICILÂNDIA: MICROÔNIBUS É ALVO DE ASSALTANTES EM DESVIO

O fato aconteceu durante a madrugada desta sexta-feira, 25, no desvio que está sendo utilizado para a passagem de veículos depois que um caminhão caiu junto com a ponte no KM 94, em Medicilândia.
O veículo com cerca de 27 pessoas, saiu da cidade de Itaituba com destino a Marabá. No momento que passava no KM 95, pelo desvio, foram surpreendidos por quatro homens armados com armas caseiras , que adentraram o veículo e saquearam joias, celulares e dinheiro dos passageiros.
Segundo informações os passageiros ainda foram a Delegacia do Município para registrarem a ocorrência, porém a mesma estava fechada. Tiveram então que seguir até Altamira para o registro da Ocorrência.
A Polícia Militar mesmo com baixo quantitativos de homens trabalha incansavelmente para evitar esse tipo de crime e faz diligências a fim de encontrar os suspeitos.

Por: Edlene Gonçalves com informações da PM

quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

DAVID MIRANDA, QUE VAI SUBSTITUIR JEAN WYLLYS, JÁ MANDA RECADO A BOLSONARO

© AFP David Miranda, companheiro do jornalista Glenn Greenwald,
que revelou em reportagens informações sigilosas,
passadas por Edward Snowden

São Paulo – Com o anúncio surpresa de que Jean Wyllys não assumirá seu terceiro mandato como deputado federal e vai deixar o país devido às ameaças que tem recebido, as atenções se voltam para seu suplente, David Miranda.
Eleito vereador pelo Rio de Janeiro em 2016, o carioca de 33 anos se descreve no Twitter como “Preto, Favelado e Primeiro vereador LGBT do RJ, midialivrista e pela causa animal.”
Na tarde desta quinta-feira (24), ele mandou uma mensagem para o presidente na rede social:
Ele é casado há 13 anos com Glenn Grenwald, o jornalista americano que revelou em 2012, com a ajuda de Edward Snowden, o alcance das ferramentas de vigilância global dos Estados Unidos.
Em agosto de 2013, Miranda foi detido pela Polícia Metropolitana de Londres quando fazia escala  em uma viagem de volta de Berlim, para o Brasil.
Enquadrado em uma Lei Antiterrorismo pela suspeita de estar transportando documentos de inteligência, ele ficou detido por 9 horas e teve pertences pessoais retidos.
A prisão foi considerada “justa e apropriada” pela Justiça britânica, mas condenada pela Anistia Internacional.
Grenwald viria a ganhar o Pulitzer em 2014 por seu trabalho e fundou o site The Intercept, que tem uma edição brasileira.
O casal tem dois filhos, João e Jonathan, e vive em uma casa no Rio de Janeiro com 24 cachorros, muito deles de rua, segundo perfil na revista The New Yorker. O perfil também aponta que eles abriram um abrigo para cachorros de rua na cidade.
David cresceu na favela do Jacarezinho, não conheceu seu pai e tem mãe falecida. O casal se conheceu na praia de Ipanema em 2005, onde Grenwald estava de férias.

Por: João Pedro Caleiro

JEAN WYLLYS DECIDE NÃO TOMAR POSSE PARA NOVO MANDATO EM RAZÃO DE AMEAÇAS


Jean Wyllys foi reeleito para terceiro mandato e cerimônia de posse dos deputados está marcada para 1º de fevereiro. Secretaria da Câmara informou que suplente é David Miranda (PSOL-RJ).
Deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) — Foto: Alex Ferreira/
Câmara dos Deputados
A assessoria do deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) informou nesta quinta-feira (24) que o parlamentar não tomará posse para o novo mandato.
Ao G1, a assessoria de Jean Wyllys informou que ele tem recebido ameaças e, por isso, decidiu não assumir o terceiro mandato parlamentar. A posse dos deputados federais eleitos está marcada para 1º de fevereiro. Jean Wyllys recebeu 24.295 votos na eleição de outubro.
Em uma rede social, Jean Wyllys publicou nesta quarta: "Preservar a vida ameaçada é também uma estratégia da luta por dias melhores. Fizemos muito pelo bem comum. E faremos muito mais quando chegar o novo tempo, não importa que façamos por outros meios! Obrigado a todas e todos vocês, de todo coração. Axé!"
De acordo com a Secretaria-Geral da Câmara, o suplente de Jean Wyllys é o vereador carioca David Miranda (PSOL-RJ).
Mais cedo, nesta quinta, Jean Wyllys concedeu entrevista ao jornal "Folha de S.Paulo" na qual informou que está no exterior e não pretende voltar ao Brasil. Na entrevista, o deputado diz que tem sofrido ameaças de morte.
"O [ex-presidente do Uruguai] Pepe Mujica, quando soube que eu estava ameaçado de morte, falou para mim: 'Rapaz, se cuide. Os mártires não são heróis'. E é isso: eu não quero me sacrificar", disse Jean Wyllys à "Folha".
Ainda ao jornal, Jean Wyllys disse que o PSOL, partido ao qual é filiado, reconhece que ele se tornou um "alvo" e apoiou a decisão dele de não retornar ao Brasil.
Ao G1, a assessoria de Jean Wyllys afirmou que há uma campanha "muito pesada" contra o deputado, que dissemina conteúdo falso sobre ele na internet o associando, por exemplo, à pedofilia, ao casamento de adultos com crianças e à mudança de sexo de crianças.

Marielle Franco (PSOL-RJ), vereadora assassinada no Rio de Janeiro em 2018 — Foto: Reprodução/JN

Assassinato de Marielle

De acordo com a assessoria de Jean Wyllys, o volume de ameaças contra o deputado aumentou após o assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ), em março do ano passado.
Ainda segundo a assessoria, desde então, o parlamentar precisava andar de carro blindado e com escolta de seguranças armados.
"Aumentou a situação de violência, de seguidores do atual presidente [Jair Bolsonaro] que fazem todo tipo de xingamento e ameaças nas redes sociais. Isso criou uma situação cada vez mais difícil. Antes do assassinato da Marielle, ele já vinha recebendo ameaças muito pesadas, inclusive direcionadas não só a ele, mas também à família. E-mails falando endereço da mãe, endereço da irmã, da família", informou.
De acordo com a assessoria, Jean Wyllys está no exterior, mas o local não será informado por questão de segurança.
Situação 'muito grave' do país
À TV Globo, o presidente do PSOL, Juliano Medeiros, afirmou que a situação do país é "muito grave".
"A situação do país é realmente muito grave, e a gente tem defendido que a resistência democrática no país é necessária. O Jean era e ainda é uma nesse processo de resistência democrática”, afirmou o presidente do PSOL. "A decisão dele é de caráter pessoal", acrescentou.
Juliano disse lamentar a decisão de Jean Wyllys porque o partido preferia que ele continuasse na bancada. Mas ressaltou que o partido compreende e se solidariza com o deputado.

Por: Fernanda Calgaro e Fernanda Vivas, G1 e TV Globo — Brasília
Fonte: G1

CAMINHÃO CARREGADO DE MADEIRA TOMBA NO RAMAL DOS COCOS EM VITÓRIA DO XINGU


O motorista acessou o ramal na tarde desta quarta-feira (23), quando às 15h00min não conseguiu subir a ladeira, e acabou tombando. A boleia do caminhão ficou de ponta à cabeça, e a carga toda espalhada na via. O motorista não se feriu, apesar do susto.
A madeira com origem de Rur
ópolis, seguia para o Nordeste, nossa equipe tentou conversar com o motorista, mas ele não foi localizado.
Dois guinchos foram usados para desvirar o caminhão.

Fonte: Xingu230

PONTE CAI E INTERROMPE O TRAFEGO NA TRANSAMAZÔNICA ENTRE AS CIDADES DE URUARÁ E MEDICILÂNDIA


Uma ponte não suportou o peso de um caminhão carregado de madeira e desabou na madrugada desta quarta-feira(24), deixando o Trânsito interrompido na Rodovia Transamazônica, BR230, na altura do KM 94 no município de Mediciândia no sudoeste do Pará.
O trânsito está interrompido na Rodovia Transamazônica (BR-230) no km 94 próximo a cidade de Medicilândia no sentido à cidade de Uruará. A interrupção no trânsito se deu após uma ponte de madeira desabar com um caminhão no momento em que o veículo passava pelo local na madrugada desta quinta-feira.
De acordo com informações da PM de Medicilândia, o caminhão transportava uma carga de madeira serrada com destino ao estado de São Paulo. Apesar da gravidade do acidente o motorista, Alex Silva Gomes, não se feriu. Ainda de acordo com relatos de moradores a ponte vinha apresentando problemas e não suportou o peso do caminhão. Motorista já havia reclamado em 2018 que a ponte havia cedido alguns centímetros e apresentava perigo iminente.
O Denit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) já foi informado do ocorrido, mas ainda não se manifestou sobre o assunto e nem sinalizou quando a ponte será refeita.
Resta aos motoristas procurarem desvios por estrada vicinal a fim de seguirem viagem, sendo que não há como passar pelo local.

ATINGIDAS POR BELO MONTE DENUNCIAM FALTA DE VAGA NA ESCOLA DE REASSENTAMENTO


Não há mais vagas para as crianças atingidas pela hidrelétrica de Belo Monte no maior reassentamento urbano da cidade de Altamira (PA). Esse é o problema denunciado por muitas mães e que motivou uma reunião na noite dessa quarta-feira (23) no centro comunitário do Reassentamento Urbano Jatobá.
“Muitas vizinhas têm vindo me procurar par reclamar que não conseguiram matricular seus filhos na escola do bairro e eu mesma não consegui vaga para três filhos meus”, afirma Edizângela Barros, da coordenação do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB). “O MAB e a associação do bairro então chamaram essa reunião para decidirmos coletivamente o que fazer e procurar as autoridades competentes”, complementou.
Ana Cleia mudou-se no final do ano passado para o bairro, após a comunidade em que vivia, na Lagoa do Independente 1, ter sido reconhecida como atingida pela hidrelétrica. Após essa conquista, já se deparou com o primeiro obstáculo no novo bairro: foi tentar matricular seu filho e sua nora e não conseguiu vaga. A escola do bairro vizinho, Mutirão, também está lotada. “E não temos transporte para eles irem estudar em lugares distantes daqui”, afirma. O transporte escolar, que levava as crianças do bairro para outras localidades, foi interrompido após a construção da escola do Jatobá.
O Jatobá completa cinco anos em 2019 e é o maior reassentamento, com cerca de 1.100 famílias. A escola da comunidade também atende os bairros vizinhos. Os cinco reassentamentos da cidade possuem escolas, mas só o Jatobá tem ensino médio. As mães também denunciam que as escolas dos reassentamentos não possuem todas as séries do ensino fundamental e que, esse ano, para abrir turmas nas séries mais avançadas, foram fechadas algumas turmas do primeiro fundamental. Também foi fechada a escola Bulamarqui de Miranda, no bairro Boa Esperança, onde vivam muitas famílias atingidas que foram removidas.
“Belo Monte já está gerando milhões em compensação financeira para o município e para nós a prioridade deveria ser utilizar esse recurso para a educação, para que nenhuma criança fique fora da escola. É uma contradição muito grande a que os atingidos estão enfrentando”, diz Edizângela.

Fonte: MAB Nacional

UM HOMEM É PRESO E 17 GAIOLAS COM PÁSSAROS SÃO APREENDIDAS EM MARABÁ

A operação foi motivada após um denunciante alegar que
havia uma caça "descontrolada" de pássaros na cidade
(Foto: Reprodução/RBA TV)

Uma pessoa foi presa e 17 gaiolas com pássaros foram apreendidas durante uma operação realizada nesta quarta-feira (23) no município de Marabá, sudeste paraense. Batizada de “Operação Revoada”, a ação mobilizou fiscais da Secretaria Municipal de Meio Ambiente com o apoio da Guarda Municipal.
Manoel Fernandes da Conceição Soares, de 30 anos, foi preso por tentar impedir a operação. Ele se recusou a gravar entrevista, mas alegou que apenas criava as aves que foram apreendidas.
A operação foi motivada após denúncia anônima que afirmava da existência de uma caça desordenada de pássaros - entre eles o Curió - no Núcleo Cidade Nova.
“Nós conseguimos um número enorme de pássaros nas gaiolas e teve a situação desse senhor que estava dificultando a ação e escondendo vários pássaros dentro da residência dele”, informou o chefe da fiscalização Paulo Chaves.
As 17 gaiolas com pássaros de cinco espécies foram levadas para a Fundação Zoobotânica, onde devem ser colocados em liberdade novamente.

Com informações de Alessandra Gonçalves/Diário do Pará