quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

BRASIL NOVO: ESCOLA PADRE LÉO SCHNEIDER INAUGURADA EM ABRIL DE 2012 E MUITA COISA AINDA PRECISA SER FEITO


Inauguração/ Foto: Izaías Braga 
Os trabalhos de reforma e ampliação da Escola Municipal de Ensino Fundamental Padre Léo Schneider no Bairro Cidade Alta, obras que fizeram parte do Programa de Recomposição e Adequação da Infraestrutura e Serviços de Educação, previstos no Plano Básico Ambiental (PBA) elaborado em virtude do empreendimento de Belo Monte, foi inaugurada no dia 15 de abril de 2012 com discursos demagogos ao entregar à comunidade uma obra inacabada.

instalações de água(cano) e energia (Mangueira preta) juntos 
Com muita festa, o povo recebeu a reforma e ampliação da escola como sendo as primeiras obras concluídas na época pela Norte Energia com os serviços de engenharia concluídos antes dos prazos previstos pelo cronograma que estava inicialmente definido para dezembro daquele ano. O que o povo não sabia era que muitas coisas ainda estavam por serem feitas e com a pressa para inauguração pelo governo, foram realizadas na base da “gambiarra”.

Caixa Padrão há menos de 0,80m
Tudo seria muito bom, se as instalações elétricas não tivessem sido todas feitas fora das normas. Durante esta semana, devido às instalações mal feitas (a rede elétrica foi instalada junto a rede hidráulica como pode ser visto nas fotos), a rede elétrica da Escola sofreu um “curto” danificando lâmpadas das salas de aula. As centrais de ar não funcionam – “Para que essas centrais de ar possam funcionar de fato sem queda como está acontecendo é preciso fazer um levantamento de consumo energético, para que seja instalado um padrão adequado para o consumo. A carga oferecida hoje é menor que a exigida. E essa instalação está totalmente fora das nomas exigidas” – informou o eletricista Wanderson Silva.
O que também preocupa os professores e pais de alunos é com relação à caixa padrão da escola que está desde a inauguração no improviso, colocada há menos de 0,80m de altura e com as estruturas danificadas colocando em risco a vida dos alunos (a escola atende alunos com idade de 05 anos até a EJA).

As merendeiras também reclamam da estrutura da cozinha que não atende as demandas dos serviços “Não tem nem como a gente lavar uma panela aqui na pia e o puxadinho, que serviria para esse tipo de serviço está até hoje sem terminar como vocês estão vendo aí” – disse uma das merendeiras. A direção da Escola suspendeu as aulas desta quinta-feira (28) por causa dos problemas. 

E agora José ? Veja mais Fotos:





Por: Valdemídio Silva
Fotos: Valdemídio Silva


Altamira: Comitiva discute combate ao tráfico humano


Uma comitiva formada por representantes do Pro Paz, Polícia Civil, Secretaria de Assistência Social (Seas) e Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) esteve até a manhã desta quinta-feira (28) em Altamira, no sudeste do Pará com o objetivo de trabalhar o fortalecimento da rede de enfrentamento ao tráfico humano.
A equipe estava no local desde quarta-feira (27), realizando vários eventos, como reuniões com os servidores do Estado, município e entidades civis abordando ações conjuntas que podem diminuir a incidência de crimes, como oficinas de capacitações e conscientização sobre o enfrentamento ao tráfico.
Também foi discutida a instalação de um núcleo do Pro Paz Integrado no Município. A equipe visitou o local onde a nova unidade deverá ser construída, na antiga Delegacia de Atendimento à Mulher, que passa atualmente por reformas.
(Agência Pará)

"Funcionários fantasmas"


A existência dos assim denominados "funcionários fantasmas" constitui prática perniciosa da máquina pública e fere diversos princípios constitucionais de observância obrigatória para toda a Administração Pública, tais como: a moralidade administrativa, a eficiência, a impessoalidade, a finalidade administrativa e o da eficiência.
Funcionário fantasma é aquela pessoa nomeada para um cargo público que jamais desempenha as atribuições que lhe cabem. Ou seja, recebe sem trabalhar, se enriquece ilicitamente à custa do erário público e do suor do contribuinte, na maioria das vezes com remunerações muito superiores à da maioria da população brasileira, que não conta com o denominado "padrinho" ou "pistolão". Trata-se de experiência corriqueira no Estado brasileiro totalmente reprovável, tanto do ponto de vista da autoridade que nomeia quanto da pessoa que aceita ser favorecido por tal ilicitude.
A parte irônica desta situação é que em alguns recônditos do país é sinal de status e influência "ter contracheque", o que equivale a dizer que o beneficiário está acima das leis que vigem para o restante da população desprovida de influência, e que, portanto, tem o direito de receber polpudas quantias mensais pelo hipotético e etéreo exercício de cargo público, para o qual, na maioria das vezes, deveria se encontrar fisicamente na capital do país.


Conhece Algum?

Bento XVI promete obediência incondicional ao papa


No seu último dia de pontificado, o papa Bento XVI, de 85 anos, reuniu-se hoje (28) com os cardeais em uma sala do Palácio Apostólico, a residência oficial. Ele cumprimentou cada um dos cardeais, que beijaram sua mão direita e conversou rapidamente. Na saudação, Bento XVI prometeu obediência incondicional ao seu sucessor e reiterou que, após a renúncia, vai se manter próximo a todos e em oração, inclusive durante o conclave.
"Antes de saudá-los pessoalmente, desejo dizer que continuarei próximo, com a oração, especialmente nos próximos dias, para que sejais plenamente dóceis à ação do Espírito Santo na eleição do novo papa. Que o Senhor vos mostre quem Ele quer. E entre vós, entre o Colégio dos Cardeais, está também o futuro papa, ao qual já hoje prometo a minha incondicionada reverência e obediência", ressaltou.
O conclave, reunião que definirá por meio de eleição o futuro papa, deve começar nos próximos dias. Não há data definida para o início nem prazo para a conclusão. A partir de amanhã (1º), os cardeais aptos a votar – todos os que têm menos de 80 anos – iniciam a fase de conversas prévias. A estimativa é que 115 cardeais votem no conclave. O Brasil estará presente com cinco cardeais.
"Nesses oito anos, vivemos com fé momentos belíssimos de luz radiosa no caminho da Igreja [Católica Apostólica Romana], em momentos em que algumas nuvens se adensaram no céu. Buscamos servir a Cristo e à Igreja com amor profundo e total", ressaltou o papa. "Juntos, podemos pedir para que nos ajude a crescer ainda nessa unidade profunda, de modo que o Colégio dos Cardeais seja como uma orquestra", completou.
(Agência Brasil)

Santarém: Funcionário dos Correios ataca colegas com martelo no Pará

A Polícia Federal de Santarém, oeste do Pará, prendeu em flagrante um homem suspeito de agredir com um martelo duas pessoas em uma agência dos Correios no município. De acordo com os policiais, Luis Edilson do Amaral Alves seria funcionário do local, onde trabalhava há 20 anos.
Alves ele teria atacado a colega de trabalho com um golpe na boca enquanto ela estava no caixa da agência. O gerente do local teria tentado socorrer a mulher, que teve os dentes quebrados, quando foi atingido na cabeça. As duas vítimas foram encaminhadas para um hospital do município e passam bem.
O advogado do suspeito, Luiz Alberto Mota, disse que seu cliente teve um "surto psicótico". "Eu imagino que seja, eu não sou médico, mas já me deparei com esta situação anteriormente, com outro cliente, e creio que, por conta disso, ele veio a agredir a sua colega de trabalho", disse.
Segundo Mota, Edilson Alves não tinha rixa com a vítima. "Ele nunca teve atritos com ninguém, pelo contrário, é bem-quisto", explica.
O suspeito foi preso em flagrante e levado para a Superintendência Regional da Polícia Federal de Santarém, onde aguarda a conclusão do procedimento policial.
G 1/PA

Oito mil metros cúbicos de madeira são apreendidos em Santarém, PA


Mais de oito mil metros cúbicos de madeira ilegal, o que corresponde a 320 caminhões cheios de toras, foram apreendidos ao longo dos rios Curuatinga e Curuá-Una, a 170 km de Santarém, no oeste do Pará. As informações foram divulgadas nesta quarta-feira (27) pelo Ibama.
Na ação — uma das primeiras investidas do instituto desde o início da Operação Onda Verde no estado, em fevereiro —, dezenas de acampamentos de madeireiros também foram localizados e desmontados no interior da floresta. Quatro motosserras e dois geradores foram apreendidos, e cinco portos clandestinos de embarque de toras foram desativados.
Segundo o instituto, esta é a segunda vez em pouco mais de três meses que o Ibama interrompe atividade madeireira irregular nas margens do Curuatinga. Em novembro de 2012, os agentes apreenderam 915 toras, dois tratores e um caminhão na região.
"Estamos rastreando os destinos da madeira retirada do Curuatinga, os planos de manejo envolvidos nas fraudes que permitem que ela chegue ao mercado de Belém e vamos responsabilizar as empresas que financiam todo esse crime ambiental", explica o chefe da Fiscalização do Ibama em Santarém, o analista ambiental André Gustavo.
Desde o final do ano passado, agentes do Ibama monitoram de helicóptero o Curuatinga. Na última terça-feira (19), foram localizadas as novas áreas de estocagem repletas de toras. No mesmo momento que fiscais ocupavam a extração clandestina, destruíam os acampamentos e apreendiam o produto florestal irregular, dezenas de balsas vindas de Belém e dos municípios próximos à capital paraense subiam o rio vazias.
"Elas seguiam em direção aos portos clandestinos para carregar as toras", revela o analista ambiental Tiago Jara, que participou da ação. Como não havia flagrante, as balsas foram notificadas a deixar o local e não mais embarcar madeira no rio Curuatinga. "Não existem Planos de Manejo Florestais Sustentáveis aprovados nesta região, ou seja, qualquer madeira saída do Curuatinga é fruto de crime ambiental e será apreendida".
Doação
Parte da madeira apreendida deverá ser doada de imediato à Defesa Civil do Pará, caso a entidade possa retirá-la da mata. O produto florestal que não sair da floresta, cujo acesso é difícil, permitindo sua doação a outras instituições sem fins lucrativos, será destruído pelo Ibama onde se encontra. "A medida é necessária para impedir que os infratores lucrem com o dano ao meio ambiente, porque as toras serão furtadas se ficarem sem vigilância", explica o chefe da Fiscalização.
Fiscalização
A Onda Verde atua em regiões líderes nos índices de desmatamento ilegal na Amazônia Legal. No Pará, três helicópteros e cerca de cem homens combatem a destruição ilegal da floresta amazônica em frentes montadas em Uruará, Anapu e Novo Progresso, no oeste do estado. A operação, que permanecerá todo o ano de 2013 em campo, conta com apoio do Batalhão de Polícia Ambiental do Pará, Ministério do Trabalho e Emprego e Força Nacional. Há mais quatro frentes de ação da Onda Verde, duas no Mato Grosso, uma no Amazonas e outra em Rondônia.
G 1/PA
Foto: IBAMA

Governador Simão Jatene desobstrui artéria do coração


O governador do Pará, Simão Jatene, passou por uma cirurgia no Hospital do Coração, em São Paulo, nesta quarta-feira (27). Seguindo orientação médica, Jatene passou por um cateterismo após uma obstrução parcial em uma das artérias do órgão ter sido identificada durante um exame de rotina.
Após duas horas de cirurgia, o governador recebeu uma prótese interna para a desobstrução da artéria. De acordo com o governo do estado, Jatene passa bem e deve receber alta no final de semana.
Fonte: WD Notícias

Projeto de Lei deve garantir horários religiosos na TV Altamira.


Foi aprovado na sessão do dia (26/02), o requerimento que propõe disponibilidade de horário gratuito para programação religiosa na TV Altamira.
Apesar de existirem diferentes crenças religiosas no município de Altamira, para o Vereador, esta iniciativa promove a divulgação de todas as confissões religiosas "de um ponto de vista plural". Para João Artur é inegável que as igrejas desempenham um papel fundamental na promoção humana, na solidariedade e na transformação das pessoas sem ônus para o poder público. Para ele, esta iniciativa fortalecerá a liberdade de expressão religiosa valorizando a diversidade de crenças e credos que estão presentes em nosso município e mais do que isso, incentivará a juventude na produção de programas televisivos.
Cabe destacar que os programas televisivos serão apenas veiculados na TV Altamira de propriedade da Prefeitura Municipal. As entidades religiosas serão responsáveis pela produção dos programas bem como pelo conteúdo.
O requerimento aprovado pela câmara aguarda somente a sanção do executivo municipal para entrar em vigor.
Fonte: Blog do vereador João Artur

BRASIL NOVO: GOVERNO COMPROMISSO COM O POVO INICIA REESTRUTURAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA


A Exmª Sr.ª Marina Sperotto, prefeita do município de Brasil Novo  oeste do Pará e o vice Júnior Lorenzoni, estiveram reunidos na manhã desta quarta-feira (27) com o Gerente Administrativo dos Poços Brasil, o Sr Leonardo Nunes Dubal, o Sr. Samuel Bernardino da Cruz, Chefe de Divisão de Abastecimento, o Secretário de Administração e Finanças Sandro dos Santos e Rogério Oliveira da Tesouraria Municipal. A reunião teve como objetivo um levantamento da real situação em que se encontra os poços perfurados pela empresa no município de Brasil Novo.Também participaram da reunião os Eletricistas Paulo Sérgio e José Raimundo Alves Pereira, mais conhecido pelos populares como SOCÓ.

A comunidade do km 40, Agrovila Carlos Pena Filho, que vem enfrentando problemas com o abastecimento de água receberá um novo transformador para que possa atender a demanda energética de um motor 7,5 no que será instalado na comunidade para que a água chegue cada vez melhor e mais abundante nas casas dos consumidores. Para atender às necessidades dos moradores daquela comunidade, a Prefeita Marina Sperotto disponibilizou um carro pipa que abastece o reservatório e depois distribui para as residências.

Nas comunidades do km 40, 50 e do Bairro Cidade Alta, deverá ser instalado hidrômetro (instrumento que mede o volume de água). Durante a reunião a Prefeita Marina Sperotto falou da preocupação com a qualidade do abastecimento “A qualidade de vida começa com a qualidade da água e o Governo Compromisso Com o Povo se preocupado com a qualidade de vida dos nossos munícipes” - disse a prefeita. Logo após a reunião a equipe visitou os poços das Comunidades, Camurim, Santo Antônio e Mundo Novo.

Por: Valdemídio Silva com informações da Assessoria de comunicação da PMBN.
Fotos: Assessoria de comunicação da PMBN

Padre tarado mantinha relações sexuais com menor e depois celebrava missas: ‘Eu sentia nojo’, diz vítima.

Foram seis anos de uma relação de abusos que a jovem, hoje com 19 anos, quer esquecer. Com o padre Emilson Soares Corrêa, indiciado por estupro de vulnerável, a vítima resolveu falar sobre seu drama que começou aos 13 anos.


"Eu sentia nojo. Ele nunca deveria ter feito isso comigo. O pior é que ele mantinha relações sexuais comigo e depois celebrava missa, dava hóstia na boca dos outros" conta a jovem. As relações começaram quando Emilson era pároco da igreja Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, no Cubango, em Niterói. Depois, quando ela se mudou para a casa da mãe, em São Gonçalo, o padre também foi transferido para uma paróquia próxima, a Nossa Senhora do Amparo, no bairro Antonina.

Emilson era pároco da igreja Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, no Cubango, em Niterói
Foto: Andréa Machado / Extra
Era na casa paroquial das duas igrejas que o padre abusava dela, sua afilhada de batismo. Para convencê-la a ficar com ele, o padre oferecia presentes:
"Logo depois do meu batizado, quando eu tinha 13 anos, ele começou os abusos. Passava a mão no meu corpo, me oferecia vários presentes, tomávamos banhos juntos... O ato sexual começou quando eu tinha uns 15,16 anos. Ele dizia que ia me dar uma moto, depois um carro, arrumou a minha casa..."

Padre também era padrinho da vítima Foto: / Reprodução
Padre é indiciado por abuso de menina de 7 anos
Emilson Soares Corrêa foi indiciado pelo estupro da irmã da jovem que decidiu desabafar. A menina, hoje com 10 anos, foi abusada quando tinha 7 anos.

O EXTRA teve acesso a um vídeo, feito pela vítima mais velha, que mostra Emilson fazendo sexo com uma adolescente em plena casa paroquial. Segundo a vítima, que armou a situação para denunciar o padre, a garota teria 15 anos.

Vítima filmou padre com menina de 15 anos para levar à polícia Foto: Reprodução

Padre foi gravado fazendo sexo com menina de 15 anos Foto: Reprodução
A denúncia foi levada à delegacia pelo pai das meninas
Segundo ele, foi sua ex-mulher que flagrou a filha mais velha discutindo com o padre. Na ocasião, ela revelou à mãe que se relacionava sexualmente com o padrinho.
"Quando soube que minha filha mais velha estava sendo abusada, perguntei à mais nova se havia ocorrido algo com ela. Ela disse que durante um passeio a um sítio, quando tinha sete anos, o padre tocou em sua partes íntimas - contou ele".

Sacerdote é suspenso pela Arquidiocese
Diante da denúncia, a Arquidiocese de Niterói informa que decidiu pela "suspensão temporária do sacerdote". Atualmente, o padre não é responsável por nenhuma paróquia. O órgão também alegou, em nota, que a acusação está sendo investigada e que "o próprio sacerdote levou a denúncia ao conhecimento do Ministério Público, para que apure a veracidade ou não da mesma".
A delegada Marta Dominguez disse que só aguarda um depoimento do pai das vítimas para encerrar o inquérito. O padre foi procurado em quatro números de telefone - inclusive aqueles citados em seu depoimento - mas não foi encontrado.

Homem é morto a tiros na estrada da Betânia.


Mais um crime aconteceu na cidade de Altamira, Oeste do Pará, nesta terça-feira (26), um homem foi morto, desta vez na estrada da Betânia, a polícia foi acionada por volta das 23 horas, a vítima de homicídio é Jailson Medeiros de Araújo, ele tinha 28 anos. A característica é de que o rapaz tenha sido assassinado com pelo menos 5 tiros a queima roupa, as marcas de pólvora ainda estavam na vestimenta do rapaz.

"Eu vinha pela estrada com minha esposa, ai eles passaram rápido e sumiram, eram dois homens em uma moto broz" Relata Adriano do Nascimento Miranda.
As informações dadas pela testemunha foram importantes para a polícia, porém não o suficiente para a prisão dos assassinos.

"Fizemos ai varias diligencias mas não tivemos informações dos indivíduos, eles conseguiram escapar"Diz Clemilson Nunes da polícia militar.
Os dois acusados fugiram para se esconder em algum ramal da estrada que liga a cidade a balneários e retiros religiosos na região da Betânia. A polícia reuniu informações para a investigação.

A remoção do corpo de Jailson foi feita por uma equipe do IML, um laudo deve ajudar a polícia na elucidação do caso, foi a segunda morte nesta terça-feira.




Por: Felype Adms e Arlito Ramos.

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Governo vistoria ações de combate ao tráfico humano no Pará


A delegada geral adjunta, Christiane Lobato, com representantes das secretarias de Assistência Social, Direitos Humanos, Propaz, visitam delegacias e órgãos ligados aos direitos humanos do sudoeste do Pará nesta quarta-feira (27). O objetivo da visita é verificar como o estado e os municípios estão combatendo as práticas de tráfico humano e exploração sexual na região.
Segundo o governo do estado, ao final da visita será feito um relatório com base nas vistorias. Este documento vai servir como base para que sejam feitas melhorias nas redes de segurança pública que investiga os casos e nos atendimentos às vítimas.
Mobilização
Vários casos de exploração sexual foram apurados no estado após uma adolescente de 16 anos denunciar ao Conselho Tutelar que os proprietários de uma boate em Vitória do Xingu, muncípio vizinho de Altamira, sudoeste do estado, estariam explorando sexualmente mulheres aliciadas em estados da região sul do país.
Após a denúncia, 38 pessoas foram resgatadas em casas de shows da região. Cinco pessoas foram presas, incluindo os donos da boate que são suspeitos de terem aliciado a adolescente que denunciou a rede de prostituição.
Na última segunda-feira (25), membros da CPI do Tráfico de Pessoas da Câmara Federal realizaram uma audiência pública na câmara municipal de Altamira, para ouvir relatos sobre a exploração sexual no Pará. A reunião teve participação do Ministério Público, das Polícias Civil e Federal e do Conselho Tutelar.
Entenda o caso
A exploração sexual foi denunciada por uma adolescente de 16 anos que conseguiu fugir de uma das boates e procurou o conselho tutelar de Altamira. De acordo com o conselho, as jovens vinham de municípios dos estados sul do país, como Santa Catarina e Paraná, para trabalharem em boates de Vitória do Xingu com a promessa de uma remuneração de R$ 14 mil por semana, mas ao chegarem no Pará eram mantidas em cárcere privado e sob constante vigilância de homens armados, sendo obrigadas a se prostituir para pagar dívidas.
Fonte: WD Notícias

Comandante da CIPM de Uruará Capitão Márcio Abudd diz que investigações sobre o assalto ao banco do Brasil continuam



Capitão da PM Márcio Abudd
A nossa reportagem conversou na manhã de hoje com o capitão Márcio Abudd que comanda a 13ª Companhia Independente de Polícia Militar de Uruará. O capitão respondeu sobre o acontecimento do dia 5 de fevereiro quando 5 elementos armados realizaram um assalto a agência do banco do Brasil de Uruará. "Quando há um relaxamento do policiamento em qualquer cidade os meliantes sabem que Uruará é uma cidade onde corre muito dinheiro, eles mandam informantes pra cá e quando há o relaxamento da polícia, o comandante da companhia deixa o policiamento a vontade, os caras entram na cidade, e foi isto que aconteceu. As investigações sobre o assalto continuam com o delegado de polícia Silvio Birro, o delegado Godofredo Borges e o delegado Cristiano Nascimento com o apoio da Polícia federal de Altamira e de Santarém, telefones estão bloqueados em Uruará e Santarém tanto de policiais quanto de cidadãos e os meliantes vão cair", asseverou o capitão.

O comandante deixou claro qual será a linha de atuação da PM local sob seu comando, segundo ele o combate ao tráfico de drogas está entre as prioridades e 10 adolescentes que estudam em escolas da cidade estão sendo investigados. Márcio Abudd ainda informou sobre a construção de um quartel da PM, do Corpo de Bombeiros e uma delegacia de polícia no Bairro aeroporto zona leste da cidade de Uruará, que deve ser inaugurado no mês de dezembro. "Nós vamos combater o tráfico de drogas aqui em Uruará, vamos combater as ações desses adolescentes nós temos vários adolescentes que ficam aprontando em colégios, nós temos uma relação de 10 adolescentes, que já foi comunicado ao juiz da comarca de Uruará, alunos do colégio Ângelo Debiase, colégio Instituto Educacional, colégio Melvin Jones, nós estamos monitorando estes adolescentes que estão ameaçando diretores, ameaçando professores e alunos.

Deixamos claro para a população que vamos combater o assalto, o tráfico de drogas, vamos botar o policiamento na rua, pois é isto que a população quer. No dia 24 último a major Adriana esteve aqui em Uruará e foi confirmado que Uruará foi contemplado com a construção até o mês de dezembro através do governo do estado, um quartel da polícia militar, uma delegacia de polícia civil, um quartel de bombeiros e uma unidade do Instituto Médico Legal, que serão construídos no Bairro do Aeroporto na área da prefeitura municipal, na zona leste da cidade e Uruará", concluiu o capitão.

Por: Joabe Reis

Norte Energia capacita mergulhadores e bombeiros do Xingu

Foto: Jaime Souzza

Há 20 anos, Moisés Tack, o "Alemão", herdou dos pais a técnica de mergulhar no rio Xingu para pegar o Acari - espécie bastante valorizada no mercado de peixes ornamentais brasileiro. Graças à pesca, nada faltou para a família nesse tempo. Mas só agora, duas décadas depois, Alemão adquiriu uma das mais importantes lições para quem lida com esse tipo de atividade: a segurança nos mergulhos.
Financiado pela Norte Energia S.A., empresa responsável pela construção e operação da Usina Hidrelétrica Belo Monte, o Curso de Mergulho Profissional Nível I contou com a participação de 20 pescadores da região e três militares do Corpo de Bombeiros de Altamira. Durante três dias, professores e alunos se revezaram em atividades teóricas e práticas que começaram nas piscinas do Xingu Praia Clube e terminaram na água corrente do rio Xingu.
"É numa hora dessas que a gente descobre que sempre existem coisas para aprender. Principalmente nessa área de segurança. Estou muito satisfeito com esse curso. Eu muito dificilmente teria condições de bancar um curso desses pra mim", revelou "Alemão". Atualmente, um curso de mergulho custa entre R$ 1.500,00 e R$ 2.000,00, sendo que o mais próximo de Altamira é realizado em Fortaleza (CE).
A renda média de R$ 1.800,00 mensais de quem vive da captura e da venda do Acari na região tende a melhorar. Não porque a quantidade de peixes vai crescer, e sim pelas novas oportunidades que vão surgir. A carteira de "Mergulhador Profissional" entregue ao final do curso também representa mais trabalho para essas pessoas. "Quando precisarem de mergulhador na região já tem a gente aqui, né?!", concluiu o pescador Nonato Gomes, de Vitória do Xingu.
O Curso de Mergulho Profissional está entre os nove cursos que serão realizados para os pescadores da região. A iniciativa faz parte do PBA (Projeto Básico Ambiental) - documento que lista uma série de atividades compensatórias para a região da Transamazônica e do Xingu. O próximo será sobre pilotagem de embarcações e está previsto para começar em meados de abril.
"Trata-se de uma demanda solicitada pelos próprios pescadores, por isso as aulas terão uma intensidade prática muito grande", explica a oceanógrafa e pesquisadora da Universidade Federal do Pará (UFPA), Keila Mourão. "Assim como o curso concluído agora, as demais turmas terão a melhoria da segurança como foco estratégico das aulas", conclui.
Adaptação – A prática do mergulho é uma ocupação voltada normalmente para o turismo. Mas na região do Xingu, os instrutores adaptaram essa atividade para a pesca ornamental, trocando os cilindros de ar comprimido por compressores. "Além disso, é impressionante como eles conseguem vencer a correnteza (do Xingu) sem nadadeiras. É uma prova da adaptação ao meio ambiente muito interessante", explica Eduardo Franklin, instrutor e coordenador do curso.
Essas adaptações contam ainda com a instalação de filtros na saída desses compressores para melhorar a qualidade do oxigênio inalado durante os mergulhos. Além disso, os participantes também aprenderam a calcular o tempo exato entre mergulho e retorno à superfície, com paradas descompressivas de segurança, além de noções para aperfeiçoar o nado e uso de roupas as mais adequadas possíveis. Tudo para garantir a integridade física desses mergulhadores.
Pelo menos seis pescadores que participaram do curso já apresentaram, no passado, problemas de saúde por conta da descompressão inadequada, ou seja, quando sobem muito rapidamente à superfície depois de terem passado determinado tempo no fundo do rio. "Colocar sangue pelo nariz é o principal deles. Mas é preciso entender que isso é o início de problemas mais graves, como a 'narcose por nitrogênio' ou mesmo a 'doença descompressiva', que pode levar à paralisia parcial e à morte", explica Eduardo.
Fonte: Assessoria de Comunicação da Norte Energia S.A
Foto: Jaime Souzza

Comissão vai pedir indiciamentos no Pará


A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Tráfico de Pessoas deve pedir o indiciamento dos envolvidas com a doação ilegal de crianças no município baiano de Monte Santo, no esquema de exploração sexual no Pará e no tráfico de pessoas para a Salamanca, na Espanha. De acordo com presidente da CPI da Câmara, deputado Arnaldo Jordy (PPS-PA), o colegiado tem convicção da responsabilidade criminal dos suspeitos nos três casos, mas ainda vai analisar alguns documentos para sugerir o indiciamento ao Ministério Público.
"O que falta são alguns detalhes de informações, que vamos colher na Polícia Federal para ver a extensão das contradições. Após essa análise, a CPI poderá sugerir o indiciamento de algumas pessoas", disse Jordy. No último final de semana, membros da CPI estiveram no município de Monte Santo, na Bahia, e em Altamira, no Pará.
Segundo Arnaldo Jordy, no Pará, foram ouvidos os dois presos em um bordel próximo ao canteiro de obras da Hidrelétrica de Belo Monte. Nos depoimentos, disse o deputado, foram constatadas contradições que ajudaram no convencimento dos membros da CPI da culpabilidade dos envolvidos.
Fonte: Agência Brasil

URUARÁ: ASSASSINO É PRESO E CONFESSA QUE MATOU A SANGUE FRIO



Silvano
Já esta na cadeia o assassino do casal Uziel e Gisele ocorrida nessa manhã de Terça Feira, aonde Silvano de Sousa Taboza assassinou cruelmente a sangue frio. Diante dos esforços das polícias, civil e militar o assassino acabou preso nesta tarde por voltas das 13:00 o criminoso estava escondido na casa de um familiar. Segundo a policia Silvano não reagiu a prisão, aonde os policias militares e Civil estavam realizando buscas desde o momento do assassinato. Segundo a policia mediante informações da população á prisão foi realizada com sucesso. O investigador de polícia civil, Sílvio Alex, os PMs Capitão Márcio Abudd e Tenente Campos efetuaram a prisão do assassino Silvano foi autuado em flagrante por homicídio duplo qualificado, e enquadrado no artigo 121 inciso 2º parágrafo IV do código penal cuja pena mínima é de 12 anos e a máxima é de 30 anos.
Silvano de Sousa Taboza confessou ter matado o casal por não aceitar a separação, e relatou como assassinou o casal. Disse Silvano; cheguei na casa de Gisele e bati na porta ela veio me atender,enrolada em uma toalha, fiquei conversando com ela, depois de algumas conversas saquei da faca e deferi na barriga de Gisele, ela não gritou e não falou nada só correu para o quarto aonde Uziel esta deitado na cama. Uziel levantou em minha direção e eu também meti à faca nele, ai a faca caiu no chão, eu e Uziel tivemos uma pequena luta aonde Uziel mordeu minha orelha e arrancou um pedaço e a faca cortou meu dedo.

Fonte: Uruara em Foco

Anvisa proíbe fabricação e comercialização de álcool líquido.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou, por meio de resolução publicada na segunda-feira (25/2) no Diário Oficial da União, a suspensão da fabricação, distribuição e comércio em todo o território nacional de álcool líquido com graduação acima de 54º Gay Lussac. A medida se estende a todas as empresas fabricantes e as associadas à Associação Brasileira dos Produtores e Envasadores de Álcool (Abraspea). Além de proibir a comercialização, a Anvisa determina que as empresas recolham o produto remanescente no mercado.

A resolução é fruto de um impasse judicial. Em 2002, a Anvisa proibiu a fabricação e comercialização do produto por considerar que o álcool líquido oferece riscos de acidentes por queimadura e por ingestão, mas, no mesmo ano, a Justiça suspendeu a determinação. Em 2012, a Justiça Federal derrubou a suspensão e deu até 31 de janeiro de 2013 para a indústria se adequar à nova norma. Na ocasião, a Abraspea entrou com recurso, que acabou por embargar a decisão.

Segundo a Anvisa, o álcool de uso exclusivo em estabelecimentos de assistência à saúde e o álcool comercializado em embalagens de até 50 mililitros (ml) podem ser comercializados na forma líquida, independentemente da graduação alcoólica.

Fonte: G1

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

BRASIL NOVO: CIDADE ALTA RECEBE TRABALHOS DE REFORMA DO CAMPO DE FUTEBOL


Cumprindo o que foi dito em campanha, o governo Compromisso Com o Povo, em parceria com a Secretaria de Esporte, Cultura e Turismo, está realizando serviços de recuperação do campo de futebol socyte da Cidade Alta. Na primeira etapa foi feito a limpeza do local com o auxílio de pá-carregadeira e caçambas e depois uma moto-niveladora foi utilizada para a planagem do terreno. Na tarde desta segunda (25) começara os trabalhos de plantação da grama.

Os moradores que há tempos esperavam pela reforma do campo no Bairro, agora irão receber o campo totalmente gramado como uma grama especial para gramados. Para a realização dos trabalhos, que sempre foram feito pelos moradores, o governo de Marina Sperotto Júnior Lorenzoni, através da Secretaria de Esporte, Cultura e Turismo, disponibilizou pelo menos 08 servidores do município que se desdobram na realização das tarefas juntamente com voluntários da comunidade. “Faço isso com muito prazer pois sei o que este trabalho representa para a comunidade e o quanto foi difícil para conseguirmos esta área para o nosso lazer” – comentou Romário Cândido, morador da comunidade que se propôs a ajudar no plantio da grama.

Para proteger a área do gramado, foi feito uma cerca ao redor do Campo. O secretário de Esporte, Cultura e Turismo, Alessandro Novaes, disse que a meta é preparar o Campo do Bairro para que possa receber os próximos campeonatos municipais na categoria socyte “O nosso objetivo aqui é preparar esse campo, que muito tempo estava aí precisando desta reforma, para que os próximos campeonatos socyte sejam realizados na Cidade Alta. Uma outra coisa também é poder oferecer aos desportistas um ambiente onde eles possam praticar o seu esporte sem ter que se deslocar para outras comunidades” – Disse o secretário.

Claudomiro Gosmann (GATO), coordenador de esportes e morador do Bairro Cidade Alta apontou algumas prioridades para o bairro “Na verdade, esse é o primeiro passo que estamos dando para que possamos oferecer para os moradores da Cidade Alta um local onde os nossos filhos possam sair. Digo que é o primeiro passo porque o objetivo aqui é organizar o campo de futebol e uma quadra de volley e quem sabe no futuro, uma quadra de futebol de areia e o barracão de festas da comunidade. Aproveitando bem essa área dá para fazermos tudo” – comentou GATO.


O Governo Compromisso com o Povo não tem medido esforços para tornar cada vez melhor a vida dos moradores da cidade de Brasil Novo.

Fonte: Assessoria de Comunicação da PMBN
Foto: Assessoria de Comunicação da PMBN

Itaituba: Militares são acusados por ter agredido mais de 100 detentos


O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seção Pará, Jarbas Vasconcelos, pedirá ao governador Simão Jatene a exoneração imediata do diretor do Centro de Recuperação Regional de Itaituba (CRRI), no sudoeste do Estado, Márcio Ferreira. Motivo: os presos dessa casa penal denunciam ter sido torturados por policiais do Grupamento Tático da Polícia Militar. As primeiras informações indicam que mais de 100 detentos podem ter sido agredidos pelos militares, segundo a OAB. "Vou solicitar ao governador (o que irá ocorrer hoje) que apure a responsabilidade dos policiais militares e destitua imediatamente o diretor (do presídio)", afirmou.
Segundo ele, não é mais "possível" que, novamente, um diretor acione policiais militares e que estes invadam uma casa penal e torturem os detentos. Jarbas adiantou que, nesta semana, a OAB vai pedir no Conselho Estadual de Segurança Pública do Pará (Consep) que sejam criadas regras para quando houver a necessidade da PM invadir unidades prisionais. A Corregedoria da Polícia Militar irá abrir um inquérito administrativo para apurar o caso. E a Superintendência do Sistema Penitenciário também já está investigando as denúncias. Esses fatos vieram à tona no sábado (23), depois que familiares dos detentos permaneceram em vigília em frente à casa penal. E acionaram a advogada Cristina Bueno, presidente da subseção da OAB em Itaituba. A iniciativa foi tomada logo após o cancelamento de visitas, ocorrido em virtude da fuga de sete detentos ao longo da semana passada.
Segundo Cristina Bueno, a direção do presídio só permitiu a entrada de alimentos para os detentos. Ainda conforme ela, os familiares contaram que, na sexta-feira (22), policiais militares do Grupamento Tático permaneceram mais de oito horas dentro da unidade prisional. Os presos dizem que, na madrugada de 21 para 22 de fevereiro, houve a fuga de sete detentos. E acham que, em decorrência da fuga, os PMs entraram no presídio, "com capuzes na cabeça e tarjas sobre o nome. Grande parte dos presos estava dormindo. Eles foram acordados mediante as agressões, feitas com cassetetes, bala de borracha, bomba de efeito moral e spray de pimenta. Os presos ficaram nus e apanharam por horas. Há muitos feridos, com hematomas, luxações, machucaduras de todo tipo", afirmou a advogada.
Em relatório encaminhado ontem ao presidente Jarbas Vasconcelos, Cristina Bueno diz que, desde as 12 horas de sábado, "estamos tentando resolver a questão do massacre realizado pelo Grupo Tático da Polícia Militar contra os presos (exceto os do semiaberto), aqui na nossa Comarca de Itaituba". Na tarde de ontem, ela classificou a ação na casa penal como "massacre e barbárie". E afirmou ainda que os representantes da OAB foram impedidos, pelo diretor do presídio, Márcio Ferreira, de ver os presos, "o que somente ocorreu após apoio de Belém, quando a doutora Luanna (Luanna Tomaz, presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB) falou com o coronel André (André Cunha, titular da Susipe). Este nos autorizou a falar, na noite de sábado, com quatro detentos. Pudemos comprovar as barbáries feitas contra os detentos, estando todos os quatro machucados. E, por informação deles, ficamos sabendo que o número de feridos chega a mais de 100, o que concretiza não apenas lesões e, sim, tortura".
A partir dos relatos dos familiares dos detentos, Cristina, dois advogados criminalistas e um integrante da comissão de Direitos Humanos da subseção em Itaituba reuniram, também no sábado, à noite, com o diretor Márcio Ferreira, que não autorizou o grupo a checar as condições dos detentos. Após intensa negociação, a Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará autorizou que a comitiva liderada por Cristina Bueno visitasse alguns internos. "Visitamos apenas quatro detentos no parlatório (espaço onde o advogado fala com seu cliente) do presídio. Eles apresentavam péssimas condições físicas: estavam com hematomas, dedos quebrados, tanto das mãos quanto dos pés", descreveu Cristina. "Eles disseram que os policiais do Grupamento Tático usaram spray de pimenta, balas de borracha e bombas de efeito moral", acrescentou.
Conforme os detentos, um agente prisional acompanhava os policiais do Grupamento Tático durante a ação.Cristina Bueno informou também que quatro presos já receberam atendimento médico no Hospital Municipal de Itaituba. A presidente da subseção disse que um dos objetivos, agora, é visitar e verificar as condições físicas de três detentos que não possuem familiares e, também, interceder junto ao juiz da Vara Criminal de Itaituba para que os detentos sejam submetidos a exame de corpo de delito. "Com a ajuda, orientação e influência do presidente Jarbas Vasconcelos e da presidente da Comissão de Direitos Humanos, Luanna Tomaz, estamos nos mobilizando, de modo que o juiz determine a realização do exame. Caso contrário, será difícil comprovar que houve a agressão", observou a advogada.
No domingo, segundo informação repassada por Cristina Bueno, os detentos atearam fogo nos colchões que existem nas celas, exigindo que os demais presos feridos recebam atendimento médico. Ela afirmou que, no domingo, novamente não foi possível visitar os internos. "E, depois de nova autorização conseguida por Belém, entramos novamente e pudemos falar com mais três detentos, estes também lesionados. Questionado, o diretor disse que os advogados não poderiam entrar porque o ambiente estava tenso e haveria a possibilidade de nova fuga, acrescentou. "O Grupo Tático entrou somente para mostrar força, agredir e ferir os detentos, certamente com o consentimento da direção, pois é inadmissível crer que mais de 15 homens armados entram na casa penal, permanecem ali por várias horas, gritos são ouvidos e ninguém saiba".
Além do que, afirmou, não houve qualquer comunicado do ocorrido para o juiz da Vara Criminal, nem para o Ministério Público e muito menos os feridos foram levados para o hospital. "Isso começou a acontecer a partir da presença da OAB no presídio. Quando deixamos a casa penal, na noite de 23 de fevereiro (sábado), quatro presos foram levados para o HMI (Hospital Municipal de Itaituba). Mas, frise-se: foram consultados, mas não fizeram exame de corpo de delito até o presente momento".
No domingo, a OAB protocolou documento para o juiz da Vara de Execuções de nossa Comarca. Mas, por ser domingo, quem recebeu e despachou foi a juíza de plantão, Vanessa Ramos Couto, inclusive determinando que em 24 horas fossem procedidos os exames de corpo de delito, bem como determinando que a Delegacia de Polícia local instaurasse procedimento. O presídio recebeu tal decisão no domingo (24), por volta das 18 horas. Segundo Cristina, todos os mais de 100 presos devem ser submetidos a exames de corpo de delito. Ela e outros advogados foram à Câmara Municipal, onde foi protocolado ofício no sentido de que seja aberta uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito).

PAI COME O PRÓPRIO FILHO EM RITUAL MACABRO

Pai canibal comeu o próprio filho no Maranhão
Moradores do município de Tabubil “Nova Guine” província do oeste, do estado do Maranhão ficaram estarrecidos com uma ocorrência macabra registrada no último domingo, 24, quando um criança recém nascida foi comida viva pelo próprio pai em frente a uma multidão.


Segundo informações, o fato aconteceu como pagamento de uma promessa macabra por questões de religiosidade. Já que o pai freqüenta uma “seita” satânica.

Após ser preso o pai do recém-nascido alegou que estava em estado de choque.

Entrevista com Juiz da Comarca de Uruará: Atendimentos as causas comuns de Uruará e Placas serão prioridades do judiciário local



Juiz Vinicius de Amorim Pedrassoli
Passado o período de recesso e de feriados de início de ano a atuação do poder judiciário em fim inicia o ano em atuação. Nós estivemos na manhã de hoje no gabinete do Juiz titular da comarca de Uruará, Vinicius de Amorim Pedrassoli, que em entrevista disse que as causas comuns serão prioridades do judiciário, o juiz ainda falou sobre segurança pública, sobre a lei seca e se comprometeu em tomar as providências cabíveis ao judiciário para por fim aos acontecimentos de acidentes na curva do km 177, próxima a cidade de Uruará. “A gente começou o ano de 2013 com um planejamento um pouco diferente do ano passado, vamos continuar evidentemente com os trabalhos que a gente já vinha exercendo, esse não é um ano eleitoral então é um ano que nós vamos focar mesmo no atendimento das causas comuns do judicionado aqui de Uruará e do município de Placas. 

Agora, existe uma meta nacional, o conselho nacional de justiça estabeleceu uma meta nacional que todos os tribunais todas as comarcas que é julgar as causas de improbidade administrativa e os processos relacionados a crime contra a administração pública distribuídos até 2011 que devem ser julgados até o final de 2013, então nós vamos fazer um levantamento e um planejamento de todas essas causas que envolvem esses assuntos pra gente focar e conseguir fazer o julgamento até o final do ano. Nós queremos julgar muitos dos processos que nós temos acumulados aqui na comarca, hoje a comarca está chegando a 5 mil processos acumulados”.

Sobre julgamentos de réus o juiz disse que devem acontecer julgamentos a partir do mês de abril. “Vamos marcar para o final de abril ou início de maio faremos uma jornada de julgamentos”. Pedrassoli falou também sobre segurança pública. “No final de 2012 e início de 2013 com as festividades, carnaval, houve uma onda de crimes, e também ia ter uma troca de delegado, mas a gente do judiciário acabou sendo contra a troca, pois acreditamos muito no trabalho do doutor Godofredo, que hoje está a frente da polícia civil, e teve a troca na PM com a volta do Capitão Márcio Abudd. A permanência do delegado ele volte atuar mais frente ao crime. Com o meu retorno agora acho que o ano começa mesmo agora, então a gente vai com certeza estar cobrando que as polícias façam o trabalho delas, tanto preventivo quanto repressivo no combate ao crime, no nosso retorno as prisões que serão efetuadas serão mantidas e vamos estar julgando com rigor e celeridade, acho que a importância é mostrar a presença do judiciário e que a impunidade aqui não será admitida”.

Quanto a aplicação da lei seca o meritíssimo disse que irá cobrados órgãos competente a aplicação da mesma. “A Lei Seca realmente já está vigente no Brasil. Ela não é uma medida exclusiva do poder judiciário e a efetivação dela parte do poder executivo, o que fica desde já a nossa promessa, houve a mudança de governo, então a gente vai tentar harmonizar o trabalho do judiciário com o executivo local pra gente tentar começar cobrar essas ações, não só a Lei Seca como toda a situação do trânsito de Uruará incomoda muito o judiciário como tenho certeza que incomoda muito o ministério público, existe uma ação civil pública que ainda não está concluída especificamente sobre esse assunto que é de quando foi liminarmente determinada a criação do Demutran, mas ele ainda não está fazendo um trabalho a contento pelo menos a vista do poder judiciário”.

O juiz ainda se comprometeu em fazer uma inspeção no perímetro do km 177 da Rodovia Transamazônica, próximo a cidade de Uruará. “De fato a gente já ouviu falar dos acontecimentos de acidentes e eu ainda não tinha localizado exatamente a posição, então fica firmado aqui o compromisso de fazermos uma inspeção lá no local pra dar uma analisada aos olhos do poder judiciário se existe alguma medida que possa tomada, o que a gente pode fazer ou cobrar das autoridades, como que a gente pode adequar o trânsito no local às normas de trânsito. Então vamos ver se nesse final de semana a gente faz a inspeção no local mesmo sem ter um processo em curso pra ver se a gente cobra dos órgãos competentes alguma atitude. Os acidentes é algo extremamente desfavorável para toda a população e não é de interesse pra ninguém”, concluiu o meritíssimo.

Por Joabe Reis