quarta-feira, 4 de maio de 2016

MENOR É APREENDIDO JUNTO COM MAIOR APÓS COMETEREM ASSALTOS EM ALTAMIRA

Dua pessoas foram presas em flagrante pela ROCAM, acusadas de cometerem assaltos na rua 09 do Bairro Mutirão na cidade de Altamira. Com os acusados, a polícia encontrou um simulacro de pistola e os celulares das vítimas.


A dupla foi apresentada ao delegado de plantão da superintendência de polícia. Lucas de 18 anos ficou preso e o menor foi ouvido e em seguida liberado.

Por Gleyson Araújo com informações de Robertinho Silva
Fonte: TV Cidade/SBT-Brasil Novo

CARLOS CAETANO DIZ QUE NÃO QUER BRINCAR DE SER CANDIDATO

Carlos Caetano lembrou que “Os amigos nos colocam na Política e os inimigos não deixa a gente sair” 

O Ex-prefeito Carlos Caetano – CARLINHOS, disse em entrevista concedida à Izaelma Lima, apresentadora do Programa Comunidade em Foco da Radio Regional em Brasil Novo, que não quer brincar de ser candidato à Prefeito e esclareceu que sua situação eleitoral está regularizada e ele está apto a ser candidato caso queira se candidatar para o próximo pleito eleitora – “Eu não quero brincar de ser candidato e também se for candidato eu não quero brincar de ser prefeito pois acho que é uma falta de respeito com a população se a gente usar o município por brincadeira... tem pessoas que se declara hoje que é candidato e eu não posso me declarar candidato hoje porque está longe ainda”. Comentou o ex-prefeito.

Carlos Caetano entrou na política do município quando Brasil Novo ainda pertencia ao município de Altamira e na oportunidade se elegeu vereador, cargo que ele não assumiu para se tornar Subprefeito a pedido do então prefeito Armindo Dernardino. Na sequencia lutou pela emancipação de Brasil Novo e se tornou vice-prefeito ao lado de Antonio Lorenzoni em 1992 e no mandato seguinte se tornaria Prefeito. Um político experiente eleito três vezes prefeito do município de Brasil Novo, assumindo por duas vezes sendo caçado o terceiro mandato pelo TER, o que Carlos Caetano esclarece que já está resolvido – “Não decepcionei a maioria desse povo. Eu não tenho nada na justiça! Eu paguei uma dívida que eu não devia e que o município não devia, aquilo era meramente política. Então fiquei desgostoso com a situação e quase estava na desistência de mexer com política, mas devido as pessoas estarem me procurando estou resolvendo colocar meu nome, quando for o tempo, para a apreciação do povo. Só não sou candidato primeiro se Deus não quiser, segundo a minha família e meus amigos que sempre me apoiaram não quiseram e se eu mesmo não quiser, mas quanto a justiça eu não devo nada para a justiça”. Informou Carlos Caetano.

Carlinhos, como é conhecido em Brasil Novo, deverá se reunir com o Governador Simão Jatene nos próximos dias para discutir sobre sua possível candidatura.


Por: Valdemídio Silva

PARCERIA ENTRE PREFEITURA DE BRASIL NOVO E MDA REALIZARÁ MUTIRÃO PARA EMISSÃO DE DOCUMENTOS

O mutirão deverá facilitar o acesso à documentação pessoal de trabalhadores rurais de Brasil Novo. A Ação será uma parceria entre o Ministério do Desenvolvimento Agrário – MDA e a Prefeitura Municipal de Brasil Novo por meio da Secretaria Municipal de Trabalho e Promoção Social – SEMUTS e fará a emissão de RG, CPF, Carteira de Trabalho, 2ª e 3ª vias de Certidão de nascimento. Durante a ação a SEMUTS disponibilizará serviços de atualização de Cadastro do Bolsa Família, CAD Único e Palestras sobre violência contra mulher nas localidades onde acontecerá a ação.

A ação acontecerá nas seguintes localidades:

Dias 15 a 16 – Vila Pontal no PSF;
Dias 21 a 25 – Rio Iriri na Igreja de Deus próximo a casa do Pastor Levi;
Dias 26 a 28 – Comunidade Capembas na Escola Bom Jesus da lapa;
Dias 29 e 30 – Agrovila Carlos Pena Filho/Km 40 na escola Carlos Pena Filho;
31/05 e 01/06 – Agrovila Grande Esperança/km 50 na Escola Grande Esperança.

Para emissão de RG e Carteira de Trabalho a pessoa deverá ter o mínimo de 14 anos e está acompanhado dos pais.
Os serviços serão gratuitos.


Por: ASCOM/PMBN

Assaltantes do Basa de Rurópolis rendem morador de uma vicinal e fogem de carro em direção a Altamira

Os quatro assaltantes que restavam e que fizeram parte do assalto ao banco BASA na cidade de Rurópolis no dia 11 de Abril, onde os elementos levaram aproximadamente 240.000,00 reais em dinheiro praticamente acabou nesta Segunda feira, 03.

Informações dão conta de que três dos elementos que estavam foragidos nas matas, conseguiram render um colono que mora em uma vicinal conhecida por "Travessão dos Goianos", a 35 km de Rurópolis sentido Placas, o morador tinha acabado de chegar em uma borracharia às margens na Rodovia Transamazônica, para calibrar os pneus de um Gol cor prata, onde foi rendido por três homens que estavam vestidos de roupas do exército sujos e armados com fuzis. Depois de renderem o morador, os três criminosos fugiram em direção ao município de Altamira.
Segundo relatos de nossas fontes, depois de terem rendido o condutor do carro, o bando ainda teria passado ao lado de uma viatura da policia na BR, às 07:30 da noite próximo a Placas. O motorista que levou os assaltantes para Altamira já prestou depoimento na Delegacia da cidade e registrou um BO (Boletim de Ocorrências).

terça-feira, 3 de maio de 2016

ALUNOS DO SOME VISITAM CÂMARA DE VEREADORES E SE DECEPCIONAM COM A AUSÊNCIA DA MAIORIA DOS LEGISLADORES EM BRASIL NOVO

Alunos do SOME se decepcionam com a ausência de
Vereadores na Câmara de Brasil Novo
Estudantes, pais e professoras/es do Sistema de Organização Modular de Ensino  - SOME comemorando estiveram na Câmara Municipal de vereadores de Brasil Novo na sexta-feira (29) o Objetivo foi de comemorar os 36 anos de História do projeto que atende as comunidades rurais com ensino médio e Celebrar o 2º anos da lei que regulamenta o sistema. 

E o Vereadores SUMIRAM...
Durante o evento os alunos, pais e professores pretendiam contar com a presença dos vereadores do município, quando os discentes usariam a tribuna para falar da História e convidar o poder legislativo para participar da Frente Parlamentar Paraense em defesa do SOME, mas foram surpreendidos pela ausência de sua maioria. Apenas três vereadores compareceram à câmara na sexta-feira Lindomar Garcia - Santos, Sérgio Botelho e Pedro Zani. O Vereador e repórter Toninho Mardegan, justificou sua ausência informando que se encontrava em viagem de saúde com sua mãe.
Em Brasil Novo o SOME funciona nas vicinais 10, 19 e 20 e todos saíram decepcionados com a ausência dos legisladores que SUMIRAM.

Por: Valdemídio Silva

Fotos e Informações: Antônio Nilson

ESCOLA DE MÚSICAS DE BRASIL NOVO PREPARA NOVA FORMAÇÃO DA ORQUESTRA MUNICIPAL

Além da orquestra o maestro Elielson Contta – ELSINHO – anunciou que em breve formará o coral municipal.

Maestro preparando a Orquestra Municipal
O Maestro ELSINHO, responsável pela Escola de Músicas de Brasil Novo, não tem medido esforços para desenvolver um bom trabalho e formar músicos de qualidade e nos informou na última terça-feira (26), que está preparando uma nova formação da Orquestra Municipal.
A Escola de Música de Brasil Novo formou no ano no ano Passado mais de 100 alunos e muitos deles tocam atualmente em bandas locais, principalmente nas bandas das Igrejas, outros seguem tocando em barzinhos ou mesmo utilizam o que aprenderam apenas para se divertir como os amigos.
Maestro Elsinho com os Alunos (as) da aula de violão
Este ano a Escola começou mais uma turma e trabalha atualmente com mais de 130 alunos que estudam instrumentos de sopro, corda e precursão. O Maestro informou que ainda nos próximos meses a escola inovará com a formação do Coral Municipal.

A Escola funciona nas dependências da Feira Municipal com aulas diárias e conta com grande aparato de Instrumentos musicais adquiridos pela Prefeitura de Brasil Novo.

Por: ASCOM/PMBN

Criador defende o WhatsApp e diz: Não vamos por a segurança de 1 bilhão em risco

Jan Koum falou que decisão pune 'milhões de brasileiros inocentes'. Ele sugeriu que atender pedido judicial compromete segurança de usuários.

Jan Koum, CEO do WhatsApp, durante fala na feira MWC,
em Barcelona (Foto: Albert Gea/Reuters)
Jan Koum, um dos criadores do WhatsApp, afirmou nesta terça-feira (3) que “mais uma vez milhões de brasileiros inocentes são punidos por causa de um tribunal que quer o WhatsApp ceda informações que nós repetidamente já dissemos que não temos”. Ele comenta a decisão da Justiça de Sergipe que ordenou às grandes operadoras de celular que bloqueassem o acesso ao aplicativo de mensagens por 72 horas a partir das 14h desta segunda.
Koum afirmou ainda que a equipe da empresa está trabalhando para reativar o serviço no país. Ele afirmou que o app de bate-papo já não guarda o histórico de mensagem de seus usuários e recentemente ganhou um recurso de criptografia ponta-a-ponta, que fortalece a privacidade do serviço.
O executivo sugeriu que atender aos pedidos da Justiça brasileira colocaria em risco a segurança não só dos usuários brasileiros mas de todas as pessoas adeptas ao serviço no mundo todo. Ontem, o WhatsApp informou que mais de 100 milhões de brasileiros mandam e enviam mensagens pelo app. Isso equivale a cerca de 10% do 1 bilhão de usuários que a ferramenta de comunicação de propriedade do Facebook possui no mundo todo.


Veja abaixo a publicação de Jan Koum:

“Mais uma vez milhões de brasileiros inocentes são punidos por causa de um tribunal que quer que o WhatsApp ceda informações que nós repetidamente já dissemos que não temos. Nós não só criptografamos as mensagens de ponta-a-ponta no WhatsApp para manter as informações das pessoas seguras e a salvo, como nós também não mantemos o histórico do chat nos nossos servidores. Quando você envia uma mensagem criptografada de ponta-a-ponta, ninguém mais pode lê-la –nem mesmo nós. Enquanto nós estamos trabalhando para fazer o WhatsApp voltar a funcionar o mais rápido possível, nós não temos a intenção de comprometer a segurança de bilhões de usuários em todo o mundo”


G1

Ibama suspende licença ambiental da hidrelétrica de São Luiz do Tapajós

Parecer da Funai encaminhado ao Ibama aponta inviabilidade do projeto. Prosseguimento do processo dependerá de conclusão da Fundação.

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) suspendeu na última terça-feira (19) o licenciamento ambiental  da Usina Hidrelétrica São Luiz do Tapajós, prevista para a região oeste do Pará. A Eletrobrás – Elétricas Brasileiras informou que não vai comentar o assunto.
Segundo o Ibama, um parecer encaminhado pela Fundação Nacional do Índio (Funai) aponta a inviabilidade do projeto sob a ótica do componente indígena. O Ibama informou ainda que o eventual prosseguimento do processo de licenciamento dependerá da manifestação conclusiva da Funai.
Também no dia 19, a Funai publicou um relatório que reconhece a ocupação tradicional do povo Munduruku na Terra Indígena Sawré Muybu, no oeste do Pará. De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), a publicação é a primeira etapa para garantir a demarcação do território indígena na área, outro fator que também inviabilizaria a construção da usina hidrelétrica de São Luiz do Tapajós.
A Organização Não Governamental Greenpeace se manifestou sobre a decisão do Ibama e o relatório da Funai que reconhece o território indígena. “O relatório da Funai e a decisão do Ibama são vitórias importantes, mas apenas sinalizam que a luta deve continuar.
Junto com os Munduruku queremos que o governo cancele definitivamente o projeto da hidrelétrica de São Luiz do Tapajós e garanta a efetiva e imediata demarcação da Terra Indígena Sawré Muybu”, diz Danicley de Aguiar, da Campanha da Amazônia do Greenpeace.

Sem prestação de serviço clientes do Banco do Brasil em Uruará (PA) se revoltam

A agência do banco do Brasil no município de Uruará (PA) está fechada desde o dia 10 de junho de 2015 quando houve um assalto na agência, após vários meses fechado o banco passou a oferecer atendimento bastante limitado, no setor interno e disponibilizou alguns caixas eletrônicos para o cliente fazer operações como saques e depósitos, mas nada que pudesse satisfazer o grande número de pessoas que precisam utilizar os serviços do Banco do Brasil, vários momentos de revoltas já foram protagonizados e nesta terça-feira mais uma vez houve grande revolta quando a agência ficou cheia de clientes na área externa, dezenas de pessoas, inclusive idosos, procuraram o atendimento nos caixas eletrônicos, para fazer movimentação financeira, como saque, e acabaram não conseguindo, como foi o caso da cliente Lucinésia Gomes dos Santos, “Horrível a situação em que se encontra o Banco do Brasil em Uruará, onde nunca tem dinheiro nestes caixas eletrônicos! A gente enfrenta fila e os funcionários vêm dizer que não tem dinheiro e manda todo mundo ir para casa. Uma falta de respeito”, desabafou.

Audiência na quarta-feira pode dar novos rumos à educação no município de Uruará (PA)

O futuro, a curto prazo, da educação no município de Uruará (PA) segue obscuro, mergulhado na incerteza do que pode ocorrer nos próximos meses. As atividades escolares seguem paralisadas nas escolas da rede de ensino municipal num movimento de protesto de professores para cobrar salários atrasados, que teve início em meados da semana anterior. Cerca de 10 mil alunos estão sem poder estudar, neste que parece ser um ano escolar de grande conturbação, digno de ficar marcado na história do município de Uruará (PA).
Nesta segunda-feira, 02, o Juiz Titular da Comarca de Uruará, Vinícius de Amorim Pedrassoli, determinou a realização de uma audiência entre representantes da Prefeitura (provavelmente os advogados), representantes do Sindicato dos Trabalhadores de Educação Pública do Estado do Pará (Sintepp) subsede Uruará, Ministério Público Estadual (MPE) e o próprio juiz, segundo informou o Sintepp. A audiência ocorrerá na quarta-feira, 4 de maio, às 10 horas, quando será posto em discussão os atrasos salariais, demissão de servidores, entre outros assuntos importantes que compõem o caos instalado na educação municipal. 
Em seu despacho de decisão interlocutória, no qual foi designado a audiência, o juiz ainda concedeu liminar favorável ao Sintepp que havia impetrado Mandado de Segurança exigindo o pagamento salarial dos servidores da educação.
"Defiro a liminar pretendida determinando que o prefeito do município de Uruará, Sr. Everton Vitória Moreira, efetue o pagamento do salário do mês de março de 2016 no prazo de 48 horas sob pena de bloqueio de todas as verbas do FUNDEB até a devida regularização", diz o juiz em sua decisão.
O Sintepp informou ainda que a demissão em massa dos servidores da educação, determinada pelo prefeito municipal na quinta-feira, 28 de abril, ainda não foi oficializada até esta segunda-feira, 02 de maio.

WhatsApp explica por que não entrega os dados que a polícia brasileira pede

O WhatsApp entrou em rota de colisão com a Justiça brasileira nos últimos tempos. Primeiro, o aplicativo foi ameaçado de suspensão; depois, no fim do ano passado, foi banido por algumas horas no país. Na semana passada, o vice-presidente do Facebook (empresa dona do WhatsApp), Diego Dzodan, foi preso pela Polícia Federal por causa, justamente, da falta de colaboração em investigações policiais. Podem ser casos distintos, envolvendo crimes diferentes, mas o problema entre Justiça e WhatsApp é o mesmo.
O aplicativo não fornece as informações solicitadas pelas autoridades, e isso tem causado atritos, levando a estas atitudes extremas de juízes pelo país. Mas, afinal de contas, por que o WhatsApp não colabora? Para entender o caso, o Olhar Digital conversou com Matt Steinfeld, diretor de comunicação do aplicativo, que esclareceu a situação.
A alegação da empresa é simples: NENHUMA mensagem é guardada em seus servidores. Não importa quantas vezes a Justiça brasileira (ou de qualquer outro lugar do mundo) pedir, o WhatsApp não pode oferecer o que ele não tem.
O mais interessante de toda esta situação é que, mesmo que armazenasse as mensagens, pouco poderia ser feito para ajudar a Justiça, porque o aplicativo aposta em criptografia end-to-end, que, basicamente, significa que as mensagens saem do celular já criptografadas, fazem todo o trajeto celular-servidor-outro celular e só são desencriptadas quando chegam ao recipiente final, para que ele possa ler o que foi escrito. Ou seja: mesmo que guardasse estas mensagens e fotos, o WhatsApp não teria a chave para poder vê-las, ou para permitir que as autoridades as vejam.
Isso é importante por vários motivos. Para o WhatsApp, é a garantia que pode oferecer aos usuários de que suas mensagens não serão interceptadas, por qualquer motivo, seja para o caso do cibercrime, seja para o caso de ciberespionagem governamental (de qualquer governo que seja).

Fonte: Olhar Digital

segunda-feira, 2 de maio de 2016

Brasil Novo abre inscrições para seletivo

A Prefeitura de Brasil Novo abre hoje as inscrições ao processo seletivo simplificado para provimento de 31 vagas para os cargos de agente comunitário de saúde e agentes de combate às endemias, do quadro de pessoal do município. De acordo com o edital n° 01/2016, as chances são para cargos de nível fundamental, com salário de R$ 1.014,00, em carga horária de 40 horas por semana.
As inscrições serão realizadas até o próximo dia 10 de maio, no auditório da Prefeitura Municipal, localizada na avenida Castelo Branco, nº 821, Centro de Brasil Novo. A taxa de participação é de R$ 60,00. As provas teórico-objetivas, de caráter classificatório, para todos os cargos terão a coordenação administrativa por parte da Secretaria Municipal de Saúde. A data da prova, local e hora da avaliação ainda serão informados aos candidatos.
O edital está disponível no Diário Oficial dos Municípios do Pará, do dia 14 de abril de 2016, página 67.

Justiça determina novo bloqueio do WhatsApp no Brasil

(Foto: Reprodução)
O WhatsApp é bloqueado novamente no Brasil. Isso porque a Justiça determinou que as operadoras de telefonia fixa e móvel bloqueiem o serviço de mensagens em todo o país por 72 horas. A medida passa a valer a partir das 14h desta segunda-feira, 2.
Com isso, as cinco operadoras do Brasil – Tim, Oi, Vivo, Claro e Nextel – são obrigadas a cumprirem a determinação judicial. Se não fizerem isso, estarão sujeitas a multa diária de R$ 500 mil.
A deisão foi tomada no último dia 26 pelo juiz Marcel Montalvão, da cidade de Lagarto (SE), o mesmo que solicitou a prisão de Diego Dzodan, vice-presidente do Facebook na América Latina, no início de março. Até o momento não se sabe o motivo do novo bloqueio, uma vez que o processo corre em segredo de justiça.
Essa não é a primeira vez que o aplicativo é bloqueado no Brasil. Em dezembro, o WhatsApp já havia sido bloqueado durante 48 horas mediante uma investigação criminal. A determinação, no entanto, não durou o prazo previsto.
Na época, o app havia sido bloqueado por conta de uma represália da Justiça contra o WhatsApp pela recusa da empresa em fornecer informações sigilosas de suspeitos de uma investigação policial.
Até o momento o Facebook, empresa que comanda a operação do WhatsApp, e as operadoras de telefonia ainda não se pronunciaram sobre o assunto.



Olhar Digital


MAIS UMA VEZ A CORRIDA DO TRABALHADOR MARCA O 1º DE MAIO EM BRASIL NOVO

A Prefeitura de Brasil Novo realizou, no domingo (01), uma programação especial em homenagem ao Dia do Trabalhador o evento começou logo cedo com Tradicional Corrida do Trabalhador que contou com ciclistas locais e de municípios vizinhos como Altamira, Breu Branco, Marabá e Tucuruí. Que concorreram a um em dinheiro para as modalidades disputadas e para o ciclismo o primeiro lugar levou pra casa, além do valor de R$ 400,00, uma bicicleta novinha.
Com largada em Altamira, a corrida ciclista doi vencida por Oziel de Breu Branco, ficando em segundo lugar o Altamirense Igor e em terceiro lugar o atleta de Brasil Novo vencedor das duas últimas edições Anderson Corradi. A corrida de moto "Ganha quem Chegar por Último”, ganhou destaque nos últimos anos e não foi diferente neste 1º de maio. A maratona, que teve um percurso de 13 km, com largada no Km 50, também marcou o dia com os três primeiros lugares ficando em Brasil Novo assim como na corrida de moto.
Expedito Cândido, Coordenador de Culturas, disse que Brasil Novo está de parabéns por realizar um evento desta natureza mesmo diante das dificuldades que o Brasil passa no momento e que acaba afetando os municípios – “Não é fácil para o município realizar um evento como este se olharmos para o momento em que o país vive, mas olhamos para nossa população e principalmente para nossos jovens e o resultado foi satisfatório” – comentou Expedito.
A prefeita marina Sperotto afirmou que ficou feliz com o resultado do evento. “Um dia como esse deve ser festejado, pois os trabalhadores são responsáveis por colocar o pão em nossa mesa, por limpar nossas ruas, cuidar de nossas casas e por isso tudo que fizermos ainda será pouco para agradecer aos trabalhadores de Brasil Novo, mas estou muito feliz com o resultado porque conseguimos o nosso objetivo que era de realizar um dia com atividades que envolvesse toda nossa sociedade”. – afirmou Marina.
Vejam es classificações;

MARATONA

1º Lugar – Valceni
2º Lugar – Jean Cardoso
3º Lugar – Joel

MOTO GANHA QUEM CHEGA POR ÚLTIMO

1º Lugar – Vitor
2º Lugar – Genilson
3º Lugar – Diego

CICLISMO

1º Lugar – Oziel (Breu Branco)
3º Lugar – Igor (Altamira)
1º Lugar – Anderson Corradi (Brasil Novo)


Por: ASCOM/PMBN

Mãe e filha são assassinadas a tiros dentro de casa


Na manhã deste sábado (30) uma mulher de 54 anos e sua filha de 24 anos foram assassinadas a tiros dentro da residência onde moravam localizada na rua Acre no bairro Alto do Sobradinho na cidade de Santo Antônio de Jesus (109 km de Salvador).
De acordo com as primeiras informações da Polícia Civil, as vítimas identificadas como Ana Lúcia Ribeiro Santos e sua filha Daniela Sabrina Ribeiro estavam dentro de casa quando o criminoso identificado como Edson Souza Lima de 36 anos, conhecido popularmente como “Edinho Pintor” invadiu o local e efetuou os disparos matando as duas mulheres.
Acusado
A cunhada de Ana Lúcia também foi baleada e encaminhada ao Hospital Regional da cidade. A unidade médica ainda não informou seu estado de saúde. Edson já foi detido pela polícia e foi encaminhado à 4ª Coordenadoria de Polícia do Interior (COORPIN).
Segundo relatos de familiares, o acusado já teve um relacionamento com Ana Lúcia e não aceitava o término e ficava insistindo para que ela voltasse para ele.
Os corpos das vítimas foram recolhidos e encaminhados ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) do município.


ATENÇÃO!
BAIXO CONTÉM IMAGENS FORTES...