quarta-feira, 17 de setembro de 2014

População de Uruará sai às ruas em protesto contra a administração do gestor municipal e Palácio das Flores é tomado

Na manhã desta quarta-feira, 17, milhares de uruaraenses saíram às ruas da cidade em manifestação pacífica protestando contra a administração do atual prefeito. A população carregava faixas e cartazes pedindo a saída do prefeito do cargo. O gestor municipal desde que assumiu a prefeitura do município só tem desagradado servidores e a população em geral e após um ato considerado ilegal e absurdo pelos educadores que foi o corte de 30% a 50 % nos salários dos professores concursados da rede municipal de ensino a população sai às ruas para protestar, a esperança da população manifestante é que o prefeito seja cassado, os manifestante exigem que seja feita uma CPI para apurar os atos do prefeito quanto ao corte do salários dos professores e exigem também que os vereadores tomem providência. Cerca de 3 mil pessoas foram as ruas manifestar sua insatisfação.
A manifestação desta quarta-feira é coordenada pelo Sintepp Uruará. Após caminharem pelas principais ruas e avenidas da cidade os manifestantes foram para a frente da prefeitura do município e em seguida tomara o Palácio das Flores. O prefeito Everton Moreira Vitória, o Banha, não foi encontrado na Prefeitura pra receber os manifestantes nem falar com a reportagem.

VEJAM AS FOTOS: 







Por: Joabe Reis
Fotos: Daniel Aguiar
Fonte: Sistema Regional de Comunicação

Leilão da UHE Tapajós é adiado


Apenas quatro dias após marcar a data do leilão da usina hidrelétrica de São Luiz do Tapajós, no Pará, o governo voltou atrás. Ontem, o Ministério de Minas e Energia informou a revogação da portaria que definia as diretrizes do certame, que estava previsto para 15 de dezembro deste ano.

Em nota, o ministério informou apenas que o recuo foi necessário para que o estudo de componente indígena fosse devidamente contemplado nos relatórios de impacto ambiental do empreendimento, estimado em pouco mais de 8 mil MW de potência. A revogação da portaria foi publicada no "Diário Oficial da União".

Povo Munduruku chora a morte de seu cacique de honra Biboy Kabá

O Líder indígena, morreu na segunda-feira (15/09) aos 103 anos por voltas das 14 horas no hospital municipal de Jacareacanga -. Considerada uma das maiores lideranças de seu povo, Biboy Kabá era uma lenda viva entre seus parentes.

Biboy Kabá comandou a nação Munduruku desde a década de 50. Sua maior preocupação era perpetuar entre as lideranças jovens a cultura e as tradições de sua nação. De acordo com Iasaias Kirixi Munduruku, Biboy leva consigo um farto legado das tradições antigas praticadas por seus antepassados. “Nós perdemos um grande líder. Biboy foi um guerreiro sábio. Infelizmente parte de nossas tradições morre junto com nosso eterno cacique”, disse que tristeza Isaias Kirixi.

Devido à idade, Biboy Kabá se afastou da liderança geral de seu povo há 3 anos e seu filho Arnaldo Kabá Munduruku assumiu o cargo.
O corpo de Biboy Munduruku será transladado amanhã para aldeia Katõ, local onde morava desde sua mocidade. 


Texto e fotos: Nonato Silva

Prefeito e ex-secretários são presos

Todos os envolvidos serão transferidos para Belém

pf02Em operação realizada na manhã desta terça-feira (16), policiais da Divisão de Repressão ao Crime Organizado – Pará (DRCO-PA) prenderam várias pessoas acusadas de desvio de recursos, adulteração de notas fiscais e até mesmo de criação de um grupo de extermínio em Igarapé-Miri.
Entre os detidos, estão o atual prefeito do município Ailson Santa Maria do Amaral (DEM), seus irmãos Altamir Amaral e Amilton Amaral, o ex-secretário de obras do município identificado como Rosebel e seus filhos Renato e Rafael. O ex-secretário de saúde Jeferson Mácula também está entre os envolvidos. 
Policiais da DRCO ainda estão no prédio da prefeitura colhendo e vasculhando documentos. Todos os envolvidos serão transferidos para Belém para prestarem novos depoimentos.
(DOL)

Garimpo ilegal em reserva indígena é fechado no Pará

Atividade era realizada no município de Novo Repartimento. Garimpeiros foram levados para a delegacia do município.

Um garimpo ilegal foi fechado durante uma operação de combate à extração de minério. O local fica situado dentro da reserva indígena Parakanã, no município de Novo Repartimento, sudeste do Pará.
O Ibama monitorou a área e identificou o garimpo. A atividade funcionava em sistema de arrendamento, e os garimpeiros pagavam ao proprietário da terra uma porcentagem do que era encontrado.
Durante a operação, realizada em conjunto entre Ibama, Polícia Militar, Polícia Federal, Funai e Ministério Público Federal, foram encontradas 13 pessoas na área do garimpo, entre elas uma mulher e um bebê de um ano. A fiscalização ocorreu na última quinta-feira (11).
Além do crime ambiental, foi constado ainda situações de trabalho análogas ao trabalho escravo. Foram apreendidos dois veículos, maquinários, motosserra, espingardas e uma moto bomba.
Os barracos onde os trabalhadores estavam alojados foram destruídos e o grupo foi encaminhados para a delegacia de Novo Repartimento.
O auge da extração de minério no local teria sido há nove meses e estava prestes a ser desativado, mas os danos ao meio ambiente permanecem. Tanto o proprietário do terreno quanto os garimpeiros serão autuados por extração ilegal de minério e degradação da área.
“A partir de agora isso será denunciado pela Justiça, os responsáveis, as pessoas que estavam se beneficiando. Nessa situação, há garimpeiros extremamente pobres, que vivem em condições degradantes e trabalham em situação análoga à escravidão, e temos também aquelas pessoas que se aproveitam e utilizam essa mão de obra para aferir recursos ilícitos”, disse Luiz Eduardo, procurador da Justiça. 
G1 PA

Em resposta a Marina, Consórcio de Belo Monte nega descumprimento de condicionantes

Segundo a Norte Energia, a previsão é que sejam aplicados R$ 3,7 bilhões


Cinco dias após a candidata Marina Silva (PSB) ter afirmado, na sabatina do GLOBO, que não estão sendo cumpridas as condicionantes da hidrelétrica de Belo Monte, o consórcio Norte Energia, responsável pela obra disse, nesta segunda-feira, ter superado no mês passado “o montante de R$ 1,2 bilhão investido em ações socioambientais que beneficiam as populações do entorno da usina”. Segundo a Norte Energia, a previsão é que R$ 3,7 bilhões (a preços de 2010) sejam aplicados em ações condicionantes e em outros benefícios previstos no Projeto Básico Ambiental (PBA) do empreendimento.

Mãe e Filha assumem relacionamento


"Minha mãe ainda é minha mãe. Ela ainda faz coisas normais de mãe: me compra roupas, comida, me diz para fazer a minha cama. Nós apenas também gostamos de fazer sexo uma com a outra". 
Com essa frase eu conheci a história de Mary e Vertasha Carter, mãe e filha que assumiram um relacionamento lésbico uma com a outra. As leis proíbem a prática de incesto, principalmente pelo fato de relações entre pessoas da mesma família trazerem defeitos para os bebês.

"Ambas somos mulheres e obviamente não podemos fazer crianças. Seria diferente se o pai dela a engravidasse e nascesse um bebê com deformidades, mas nós não estamos machucando ninguém. Somos uma minoria nova e tudo o que queremos é que aceitem" -- disse a mãe, Mary Carter.

A mãe ainda declarou que a atração entre ela e a filha iniciou quando a garota completou 16 anos, mas elas discutiram e decidiram esperar que ela completasse 18 anos para que começassem a fazer sexo. Ela ainda afirmou que elas não tornaram seu relacionamento público para criar polêmica, mas sim para encorajar outras pessoas que estivessem em relacionamentos parecidos. 

"Queremos que o mundo saiba que amamos uma a outra como mãe e filha e como amantes". 
 
Fonte: UOL

Pragas e doenças em hortaliças é tema de curso em Altamira


Agricultores e técnicos em extensão rural das regiões do município de Altamira, no Pará, recebem nesta semana curso sobre manejo de pragas e doenças em hortaliças. O treinamento é promovido pelo projeto Hortaliças, parceria da Embrapa Amazônia Oriental (Belém/PA) e Embrapa Hortaliças (Brasília/DF).

No curso que acontece em Altamira, está havendo exposições teóricas e troca de experiências sobre os problemas fitossanitários na região da Transamazônica no prédio da Faculdade de Engenharia Agronômica da Ufpa. Amanhã, os participantes vão conhecer a propriedade de dois produtores de hortaliças da região. Além de Altamira, agricultores e técnicos de Brasil Novo, Vitória do Xingu e Anapu participam do treinamento. Nessa região, o projeto Hortaliças conta com a parceria da Norte Energia.

Fonte: O Xingu

Justiça desapropria imóvel para início de obras no Sistema de Esgoto


A 3.ª Turma do TRF da 1.ª Região confirmou decisão monocrática do juiz federal convocado Klaus Kuschel que concedeu, liminarmente, em favor da Norte Energia S/A, a imissão provisória de posse de imóvel particular para que sejam iniciadas as obras do Sistema de Esgoto do Município de Altamira (PA). A decisão foi tomada após a análise de recurso apresentado pela concessionária contra decisão da Subseção Judiciária de Altamira.

A Norte Energia S/A entrou com ação de desapropriação, com pedido de liminar, sustentando que a área expropriada destina-se à construção de Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), uma das condicionantes da licença ambiental concedida pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). “A imissão de posse impõe-se em razão da viabilidade da implementação do sistema de esgotamento sanitário da área, fazendo-se necessária a imediata aquisição dos imóveis necessários ao projeto”, argumentou.

Vendaval causou pânico e destruição na cidade de Tucuruí


Por volta das 16h desta terça-feira (16), uma chuva de duração de mais de 30 minutos causou grande pânico aos moradores da cidade de Tucuruí, sudeste paraense, além de grandes prejuízos e muita destruição.

Uma tempestade, com ventos de mais de 90 km, assolou a cidade de Tucuruí, foram momentos de pânico e desespero de toda a população, que vivenciou a queda de árvores, casas sendo destelhados, muitos galhos de madeira, diversos materiais estavam voando em todas as direções, colocando todas as pessoas em riscos de sofrerem acidentes.


A população não teve reação de tentar salvar seus bens, e sim de tentar apenas resguardar suas integridades físicas, que estavam em risco em função a todo o material que estava circulando na ventania nas ruas e nas casas.

Dezenas de árvores foram arrancadas pela raiz, ruas foram fechadas pela quantidade de entulho de telhados, e fiações de energia se romperam, centenas de casa foram destelhadas e muros foram ao chão.


Foram trinta minutos de muito sofrimento e desespero, em diversos bairros foi registrado chuva de granizo, as águas pluviais invadiram as casas, os moradores de diversos bairros perderam tudo com a enxurrada de água da chuva, que além de invadir as casas, ainda com o destelhamento das residências molharam todos os móveis e aparelhos domésticos.



Segunda o depoimento da moradora Marias das Graças, do bairro Jardim Paraíso, “foi momentos de muito sofrimento, pensei que o mundo estava se acabando, uma chuva tão forte que nos meus 60 anos de vida, nunca tinha visto uma coisa dessas, além da queda de pedras de gelo, que perfurou o telhado e juntamente com a ventania destruí a cobertura das casas e derrubou os muros e árvores”.

O caos está instalado na cidade de Tucuruí, localizada a 460 km de Belém, 12 ruas principais foram interditadas, devido a quedas de árvores, diversos bairros estão sem energia elétrica, e sem previsão do religamento pela empresa concessionária.

Diversas empresas tiveram prejuízos incalculáveis, com a queda de seus muros e a invasão das águas tanto pelo destelhamento dos telhados como pela invasão pela rua.

O comércio fechou as portas com receio ao vendaval e uma destruição ainda maior.

A Defesa Civil de Tucuruí foi acionada, mas esclareceu que esta sem condições de garantir qualquer atendimento à população, que esta sofrendo em função ao efeito do vendaval. 


A Prefeitura de Tucuruí foi acionada através da Secretaria de Assistência Social, para dar esclarecimento a população, quais os procedimentos que serão adotados para atender as centenas de famílias que estão passando por este estado de calamidade pública, mas até o fechamento desta edição nenhum representante do poder executivo municipal, quis dar qualquer informação oficial, haja vista, o prefeito da cidade de Tucuruí Sancler Ferreira (PPS) é o único que centraliza a decisão de autorizar qualquer atendimento nestes casos aos moradores, sendo informado ainda que o prefeito estar fora da cidade, em viagem, acompanhando a comitiva do governador, em campanha eleitoral pelo interior do estado.


WELLINGTON HUGLES 
De Tucuruí 
Foto: Wellington Hugles

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Como preparar um bom material de revisões para concursos

Concurso público realizado em Santa Bárbara d'Oeste
Quando a gente começa a se preparar para concursos públicos quer logo adiantar o estudo e acha uma perda de tempo preparar material para revisões. De fato, isso toma bastante tempo, mas é absolutamente necessário. Ter um material de apoio enxuto ajuda a rever o conteúdo nas poucas semanas disponíveis entre a publicação do edital e a prova.

O problema é saber o que é importante antes de concluir os estudos. Se as disciplinas não fossem tão longas, o ideal seria preparar esse material quando chegar ao fim do estudo da teoria de cada uma delas e voltar ao início para aprofundá-la.

Concursos públicos reúnem 31 mil vagas com salário de até R$ 25.260

Do UOL, em São Paul
Os concursos públicos oferecem 30.755 vagas em várias regiões do país. Existem oportunidades em diversos cargos, destinados a candidatos de todos os níveis escolares. As remunerações iniciais podem chegar a R$ 25.260, dependendo da função desejada.
Confira na tabela abaixo uma lista resumida, que tem apenas os principais concursos. Para ver uma lista completa, com todas as opções, acesse o endereço http://zip.net/bxn6Kc.

Após 16 anos, Incra retifica área de Penetecaua


Após 16 anos, o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária, INCRA, retificou através de Portaria publicada no Diário Oficial da União de hoje, 15/09, alteração no Projeto de Assentamento Penetecaua, localizado no município de Brasil Novo.

De acordo com a publicação, onde se lê "... área de 14.000,00 ha (quatorze mil hectares) ...", leia-se área de 21.734,9214
ha (vinte e um mil, setecentos e trinta e quatro hectares, noventa e dois ares e quatorze centiares).

Com a alteração, o projeto de assentamento Penetecaua aumentou sua área em mais de sete mil hectares.

PDRS-X entrega barco à cooperativa de pescadores


Recursos repassados pela Norte Energia ao Plano de Desenvolvimento Regional Sustentável do Xingu (PDRS-X) vão contribuir para o desenvolvimento de ações de capacitação de pescadores artesanais e ribeirinhos de Altamira e da educação no meio rural em Medicilândia.

Na última quarta-feira (10/9), a Secretaria Executiva do PDRS-X entregou à Cooperativa de Pescadores e Beneficiadores de Pescado de Altamira (Coopebax) uma voadeira com capacidade para transportar oito pessoas. A embarcação será utilizada pela entidade em atividades de capacitação técnica, produtiva e gerencial.

Prefeitura de Medicilândia recebe motos para melhorar a Educação na Zona Rural


A Secretaria Municipal de Educação de Medicilândia (SEMED), recebeu na sexta-feira, 12/9, em Altamira, oito motos Broz 150 da marca Honda no valor de R$ 89.552,00. A aquisição faz parte do projeto: Educação no Campo: Melhores Condições, Melhor Educação, aprovado pelo Comitê Gestor do Plano de Desenvolvimento Regional Sustentável (PDRS) do Xingu em 2013, e tem como objetivo fortalecer a educação no campo, através de acompanhamento, orientações pedagógicas aos professores e alunos da educação do campo, visando à qualificação do processo ensino-aprendizagem nas escolas do ensino fundamental na zona rural.