terça-feira, 28 de abril de 2015

Conferência de direitos humanos discute situação carcerária no PA

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PA) realizou nesta segunda-feira (27), uma conferência internacional sobre direitos humanos. O evento reuniu magistrados para falar, por exemplo, sobre a situação carcerária no país.
A maioria das cadeias estão em péssimas condições para abrigar os presos. A superlotação piora este quadro. No Pará, são apenas 7.800 vagas para 12.900 detentos. Destes, 45%, cerca de 5.800, são provisórios. Com a superlotação, as penitenciarias estão mais sujeitas a ocorrências de motins, tentativas de fugas e fugas, que este ano já chegam a 149, nas 42 unidades prisionais do estado.
O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, fez o pronunciamento de abertura. “Nós temos hoje em todo o mundo, e também no Brasil, um menosprezo à vida. A trivialização da tortura, da violência. Temos hoje em nosso país cerca de 600 mil presos, dos quais 40%, aproximadamente 240 mil, são preso provisórios”, disse

Uepa divulga sexta lista de repescagem de processos seletivos

A Universidade do Estado do Pará (Uepa) divulgou na manhã desta segunda-feira (27), em Belém, a sexta lista dos candidatos convocados na repescagem do Programa de Ingresso Seriado (Prise) e Processo Seletivo 2015 (Prosel). A relação pode ser acessada no site da Universidade.
Segundo a Uepa, em razão de não haver mais candidatos classificados para o preenchimento de vaga no Prise nas localidades, cursos e situação de cotas, foi feito um remanejamento das vagas para o Prosel, obedecendo a ordem de classificação nas condições de cotista e não cotista.
Os candidatos convocados devem efetuar a matrícula nos próximos dias 29 e 30 de abril, de 8h ao meio-dia e de 14h às 18h, na coordenação do campus para o qual foi aprovado. Não há necessidade de pré-matrícula.
Para realizar o vínculo com a instituição, os estudantes devem apresentar cópias e originais de documentos como carteira de identidade; Cadastro de Pessoas Físicas (CPF); certidão de nascimento ou casamento; certificado de alistamento militar (para sexo masculino); uma foto 3 x 4 recente (colorida); título de eleitor, acompanhado do comprovante de votação na última eleição; histórico escolar do ensino médio; certificado de conclusão do ensino médio; comprovante de residência; declaração de bolsista integral em escola da rede particular em todas as séries do ensino médio (VRRP).
A Uepa ressalta que os alunos que foram aprovados na condição de cotista, é indispensável que apresentem a documentação comprobatória de que estudaram em escola pública ou como bolsista integral em escola privada.
ORM News

Prazo para quem não tem o Fies fazer a inscrição termina nesta quinta-feira

O prazo para quem ainda não tem contrato do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) está acabando. As inscrições para novos contratos devem ser feitas até esta quinta-feira (30) no site do Fies. Na semana passada, o Ministério da Educação prorrogou para 29 de maio o prazo apenas para quem já tem o auxílio e precisa renovar o contrato.
Muitos estudantes reclamam que não conseguem fazer a inscrição e temem ficar sem o auxílio ao término do prazo.
Em Piracicaba (SP), estudante de direito da Universidade Metodista de Piracicaba (Unimep) encaminhou ao Ministério Público Federal (MPF) um pedido de ação civil pública com liminar junto ao Judiciário. Segundo o universitário César Sacconi Falcão, de 35 anos, o requerimento representa a dificuldade de 1,2 mil alunos que desde janeiro não conseguem se inscrever no Fies.
“Para novas inscrições, que é o meu caso e de mais de mil alunos, a notícia é péssima, pois a omissão apenas confirma o que está acontecendo na realidade: em média, apenas 30% de novas matrículas conseguirão o Fies. É uma diferença gritante comparada a 2014″, disse o universitário.
Até a sexta-feira (23), cerca de 242 mil novos contratos tinham sido feitos pelo site do Fies. O ministro da Educação Renato Janine Ribeiro garantiu, em entrevista ao Bom Dia Brasil, que todos os empréstimos do Fundo de FINANCIAMENTODescrição: Descrição: http://cdncache-a.akamaihd.net/items/it/img/arrow-10x10.png Estudantil (Fies) serão renovados e pediu desculpas pelas falhas apresentadas no sistema de inscrições.

TCU aprova licitação do primeiro bipolo de Belo Monte


O Tribunal de Contas da União aprovou o segundo, o terceiro e o quarto estágios da licitação do primeiro bipolo do linhão de transmissão que vai escoar energia da hidrelétrica de Belo Monte para o Sudeste do país. A concessão do empreendimento foi leiloada em fevereiro de 2014 e arrematada em consórcio por Furnas (24,5%), Eletronorte (24,5) e State Grid (51%) com deságio de 38% sobre o valor da Receita Anual Permitida máxima.

Segundo o TCU, “não foram detectadas não conformidades relevantes nas minutas de contrato, na execução do leilão, no contrato, nos relatórios de habilitação e de resultado, na avaliação do recurso interposto ou no ato de outorga.” Todos esses procedimentos fazem parte das diferentes etapas do processo de licitação conduzido pela Agência Nacional de Energia Elétrica.

As duas únicas ressalvas feitas pelo tribunal na fiscalização do processo foi o prazo de 14 dias para impugnação do edital, considerado superior ao definido em lei; e a exigência de capital e de patrimônio líquido mínimos como critério de habilitação. Neste ultimo caso, o próprio TCU reconheceu que não houve prejuízo à competitividade do certame, já que o deságio foi significativo e o proponente não foi desabilitado em consequência da dupla exigência.

Justiça bloqueia bens de ex-prefeito de Tailândia

Ex-secretário de Saúde e empresários também tiveram bens bloqueados; grupo é acusado pelo Ministério Público Federal de desvio de R$ 715 mil
A Justiça Federal bloqueou os bens do ex-prefeito de Tailândia, nordeste do Pará, Valdinei Afonso Palhares, do ex-secretário de Saúde do município Egnaldo Santos Carvalho e de dois administradores da empresa KM Distribuidora de Medicamentos. O grupo é acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de ter desviado R$ 715 mil em recursos federais destinados à compra de medicamentos.
A decisão, do juiz federal Heitor Moura Gomes, que atua em Tucuruí, foi comunicada ao MPF na última quinta-feira, 23 de abril, e determina que a indisponibilidade de bens tenha abrangência equivalente ao total de recursos desviados.
Segundo informações encaminhadas à Justiça pelo procurador da República Luiz Eduardo de Souza Smaniotto, entre agosto de dezembro de 2012 a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) repassou R$ 760 mil à prefeitura de Tailândia para aplicação em assistência básica farmacêutica e outras ações e serviços de atenção básica à saúde.

Ônibus da Viação Ouro e Prata tomba na Transamazônica deixa varios feridos e vítima fatal

No inicio da tarde desta Segunda feira dia 27 de Abril, o ônibus da Viação Ouro e Prata que faz a rota diária de Vitória do Xingu para Santarém tombou na altura do km 105 da Rodovia Transamazônica no Município de Medicilândia, segundo as primeiras informações o acidente foi provocado por problemas mecânicos, a barra da direção do veículo teria quebrado e provocado o acidente do Ônibus que descontrolado tombou em um barranco e caiu as margens de uma lagoa.
O acidente deixou vários feridos em estado grave, algumas vítimas estão internadas no Hospital Municipal de Medicilândia, e outras foram encaminhadas para a cidade de Altamira no Helicóptero
do Grupamento aéreo da PM que ajudou no resgate das vítimas, no momento do acidente foi confirmada uma vítima fatal, o morador do km 120 muito conhecido em Medicilândia por Sr. Gildo, segundo informações ele faleceu na hora do acidente.
Algumas das vítimas do acidente eram moradores da cidade de Placas e de Uruará, este ônibus passa pela cidade de Placas todos os dias a partir das dezessete horas,  no ônibus vinha a minha vizinha dona Geralda Nascimento, com uma filha Leazir e dois netos, segundo informações fornecidas pela família, Dona Geralda machucou o braço e se encontra internada no Hospital Municipal de Medicilândia, sua filha e netos não se machucaram e passam bem.
Dona Geralda é uma senhora muito conhecida na Cidade de Placas e região, é uma das mais antigas membras da Congregação Cristã no Brasil do Município de Placas, estamos torcendo por melhoras na saúde de Dona Geralda e de todas as vítimas no Acidente.
No dia 04 de Abril de 2015 um ônibus da mesma empresa tombou no Município de Placas próximo a comunidade Aparecida Lote 10, no acidente vários passageiros ficaram feridos mas não houve vítima fatal.


Fotos: Marcio Araújo - Tv Cidade Brasil Novo

Servidores paralisam atividades por falta de pagamento em Uruará (PA)

Os funcionários da Secretaria de Viação e Obras do Município de Uruará paralisaram as atividades no município nesta segunda-feira, dia 27. Segundo eles, o salário está com dois meses de atraso.
O servidor Antonio José Pereira de Sousa, o Zé do Brejo, disse que os funcionários da Viação e Obras (SEVO) só voltam a trabalhar caso recebam seus salários.
“Não tem como trabalhar sem receber o salário. 
Como vamos sobreviver? Como vamos sustentar nossa família? Nossos filhos? Estamos com prestações atrasadas, energia atrasada. 
Não temos dinheiro para comprar gás, alimentação, remédio, nada... Tivemos que parar! Mecânicos, motoristas, operador de máquinas pesadas, vigias, garis e serviços gerais. Só voltaremos a trabalhar quando a prefeitura pagar o nosso pagamento”, disse. 
Os servidores estão reunidos na Secretaria de Viação e Obras e aguardam o parecer do Executivo. Segundo um servidor que não quis se identificar, até ao meio dia desta segunda-feira, ninguém da Administração apareceu para dar uma satisfação aos funcionários.

segunda-feira, 27 de abril de 2015

ADOLESCENTES ROUBAM MOTOCICLETAS EM BRASIL NOVO E SÃO APREENDIDOS PELA POLÍCIA ADOLESCENTES ROUBAM MOTOCICLETAS EM BRASIL NOVO E SÃO APREENDIDOS PELA POLÍCIA




Reportagem: Gleyson Araújo
www.tvcidadesbt.com.br

CASA FAMILIAR RURAL RECEBE AÇÕES DA PREFEITURA DE BRASIL NOVO

Pais e Alunos Participaram da Palestra
Aconteceu na manhã desta segunda-feira (27), uma palestra sobre o Papel dos Pais na Educação. A palestra foi realizada pela Senhora Marileuda S. Cunha, Assistente Social e Coordenadora do CAPS - l e de acordo com a exposição feita por ela é os pais possui um papel importante para o desenvolvimento da educação, uma vez que a educação se divide em duas partes: Educação Formal e Educação não Formal, sendo a segunda caracterizada pela convivência familiar onde os pais são os principais orientadores. – “Os pais são, na maioria das vezes, o espelho para os filhos e eles crescem levando consigo características da educação dos pais, por isso a importância dos pais no cuidado e no desenvolvimento da educação dos filhos”. – Explicou a Assistente.

Noédson Carvalho - SMS, Marta Suely - Monitora da CFR e
Marileuda S. Cunha, Assistente Social e Coordenadora do CAPS - l
O Secretário Municipal de Saúde, Noédson Carvalho, disse que a Secretaria estará sempre à disposição dos alunos da CFR para o que for necessário – “Nós somos e queremos continuar sendo parceiros, não só da CFR, mas da educação no geral, pois o aluno saudável tem o maior poder de aprendizado e isso refletira na qualidade da Educação do Município. A Secretaria de Saúde estará de portas abertas e pronta para atender esses alunos no que for possível”. – Comentou Noédson Carvalho.

Marta Suely - Monitora da CFR e Noédson Carvalho - SMS
Além das Atividades da Secretaria de Saúde, a CFR de Brasil Novo recebe o apoio da Prefeitura Municipal também através da Secretaria de Educação com a manutenção de Professores, Coordenador Pedagógico, gás, merenda escolar, energia, combustível para os transportes e Transporte Escolar para os Alunos das Comunidades Cajueiro e Beiradão. – “Agradecemos à Prefeitura de Brasil Novo, não apenas pela manutenção dos professores, mas pelo conjunto do que está exposto aqui na Casa Familiar Rural. Isso é uma prova concreta de que a Prefeitura tem disposição política de colocar essa escola como modelo no município porque o conjunto das políticas públicas ficam a serviços dos filhos de vocês aqui dentro e isso é o que é mais importante. Agradecer também aos pais por confiarem em deixar seus filhos morando com a gente aqui.” – Agradeceu Marta Suely, Monitora da CFR.

Por: Valdemídio Silva
Fotos e Informações: ASCOM/PMBN

FIÉIS EM CULTO CONFUNDEM ASMA COM "ENCOSTO", E MULHER MORRE

Lúcia pediu sua bombinha quando começou
a crise asmática, mas fiéis oraram
Durante um culto na casa de uma amiga de igreja, Lúcia Fernandes Santana (foto), 55 anos, caiu, teve convulsão e de sua boca sangrou.
Ela estava tendo uma crise asmática, mas os fiéis acharam que estava "possuída" e oraram para livrá-la do Satanás.
Como Lúcia continuou passando mal, cerca de meia hora depois os fiéis chamaram um pastor para reforçar as orações, mas ele se convenceu de que não se tratava de “encosto”e mandou pedir socorro de uma ambulância. 
Uma semana depois, no dia 15, Lúcia morreu no Hospital de Base, em São José do Rio Preto (SP). 
De acordo com o atestado de óbito e de testemunhas, Lúcia morreu por causa de sangramento do crânio causado pela sua queda. Ela caiu porque teve um AVC (Acidente Vascular Cerebral) provocado pela asma.
O pneumologista João Batista Salomão confirmou que quem sofre de asma grave pode perder a consciência e ter um AVC se ficar sem socorro médico em torno de dez minutos.

Transamazônica: Acidente na ladeira dos Ciganos deixa duas vítimas fatais Transamazônica

Final da tarde deste domingo (26/4) um caminhão com madeira que vinha de Uruará com destino a Marabá, capotou na pista e dois homens morreram, o motorista perdeu o controle do veículo após perceber a curva ingrime e fechada, a carga puxou o caminhão para a lateral da pista, a madeira ficou espalhada em um abismo de 20 metros de altura.
A cabine do veículo se partiu em 5, os corpos ficaram em meio às peças de madeira. Renato de Azeredo e Fernando Cruz Bezerra estavam no veículo e foram identificados pela Polícia Rodoviária Federal.

Por: Felype Adms

sexta-feira, 24 de abril de 2015

Altamirense disputa Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu

O tricampeão paraense Silvio Detane embarca nesta sexta, para Barueri, São Paulo, onde disputa o Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu. A competição será realizada entre os dias 30 de abril e 03 de maio. O atleta altamirense espera superar o desempenho de 2014, quando garantiu a 8ª colocação na categoria master leve no Brasil.
O Campeonato Brasileiro de 2015 reunirá, em Barueri, os melhores lutadores de Jiu-Jitsu do País. Sabedor da importância da competição, Silvio enaltece o campeonato. “O Jiu-Jitsu virou uma grande paixão em todo o país. Além do mais, os melhores lutadores do Brasil estarão lá, o que só aumenta a motivação em buscar a conquista de mais um título. Estou muito focado”, afirma.
Após o brasileiro, Silvio terá mais três competições importantes, o campeonato Paraense, nos dias 16 e 17 de maio, o campeonato Sulamericano, em junho, e o Mundial, no mês de julho.
Histórico
Os primeiros passos no esporte foram dados em 2002 e, a partir daí, não parou mais. Aos poucos foi adquirindo conhecimento e se dedicando cada vez mais, o que resultou em títulos, trocas de faixas, até conquistar a faixa preta, em 2011. Participou de campeonatos como o Norte-Nordeste, campeonatos Paraenses, copa Conde Koma, Rio Open e seletivas para o World Professional Abu Dhabi.
Professor há oito anos, Silvio também prepara seus alunos para competir. “A minha intenção é promover o bem-estar das pessoas com o jiu-jitsu. Entre os atletas que se destacam para serem competidores, procuro fazer um treinamento diferenciado”, conta. Na academia há vários atletas campeões Paraenses, Maranhense, campeões da Copa Conde Koma, Norte e Nordeste, campeões na categoria absoluto.  
Ficha técnica:
Nome: Silvio Detane Verçosa Mendes
Apelido: Rato
Modalidade: Jiu Jitsu
Faixa: preta
Idade: 36 anos
Altura: 1,70m
Peso: 76kg
Categoria: Master leve
Títulos: Tricampeão paraense; campeão maranhense; campeão Norte-Nordeste, bicampeão copa Conde Koma; e vice-campeão da copa Reis do Tatame.
P4 Comunicação Estratégica
Gutemberg Cruz

Portadores de HIV/ Aids no Pará já recebem novos medicamentos


Desde o janeiro, o Ministério da Saúde iniciou a distribuição de 150 mil novos medicamentos para o tratamento de cerca de seis mil portadores de HIV/ Aids no Pará. A partir daí, a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), em parceria com o Sistema Único de Saúde (SUS), tem trabalhado na distribuição do medicamento nos 23 pontos de Serviço de Atendimento Especializado (SAE) espalhados em todas as regiões do Estado.

O trabalho de prevenção também tem sido permanente. Na região metropolitana de Belém foram diagnosticados, no ano passado, 247 casos, 170% menos do que em 2013. A nova medicação inovará no tratamento, pois diminuirá o número de comprimidos, facilitando a assistência a quem necessita do rigor diário para controlar o vírus ainda na fase inicial.

“Desde o início do ano, o Ministério da Saúde passou a fornecer um grupo de medicamentos chamados de primeira linha para aqueles que estão iniciando o tratamento para o HIV e Aids. A primeira linha de medicamentos é composta de três substâncias, que eram distribuídas em medicamentos diferentes. Agora produzimos o que chamamos de ‘três em um’: são os três remédios num único comprimido. Com isso, o paciente, ao invés de tomar seis comprimidos ao dia, passa a tomar apenas dois, um pela manhã e outro pela noite”, explica a médica Deborah Crespo, coordenadora estadual de Doenças Sexualmente Transmissíveis e Aids.

Audiência pública do PPA em Altamira reúne dez cidades do Xingu


Sete prefeitos, lideranças de movimentos sociais, vereadores, membros da iniciativa privada e representantes de vários órgãos e secretarias do governo do Estado participaram do amplo debate que definiu os setores de segurança pública, saúde, infraestrutura e educação como prioridades para os INVESTIMENTOS do governo na região Xingu, nos próximos quatros anos. A audiência pública do Plano Plurianual (PPA) ocorreu nesta quinta-feira, 23, em Altamira. Foi a segunda de uma série de reuniões que vai ouvir todas as regiões do Estado, num processo democrático de definição orçamentária e coerente uso dos recursos públicos estaduais, até 2019.

O encontro, no Centro de Convenções de Altamira, teve a presença dos prefeitos Domingos Juvenil (Altamira), Edilson Cardoso (Porto de Moz), Vando Amaral (Vitória do Xingu), Carlos José da Silva (Senador José Porfírio), Marina Sperotto (Brasil Novo) e Éverton Moreira (Uruará), que no ato também representou a Associação dos Municípios da Transamazônica e Santarém-Cuiabá (Amut); e Nilson Daniel (Medicilândia), presidente do Consórcio Belo Monte (CBM), instituição que reúne os prefeitos das onze cidades da área de influência da Usina Hidrelétrica Belo Monte.

Compuseram a mesa a coordenadora estadual do Plano do Desenvolvimento Regional Sustentável do Xingu (PDRS-X), Maria Amélia; o deputado estadual Ozório Juvenil, no ato representando a Assembleia Legislativa do Estado; e o titular da Secretaria de Estado de Planejamento (Seplan) e coordenador da audiência pública, José Colares.

Os trabalhos começaram às 9h, quando José Colares falou sobre a série de encontros iniciada na semana passada, em Santarém. “Este é um evento que não começa e não termina aqui. Essas audiências públicas são permanentes. O Estado continuará ouvindo as regiões num esforço imenso para tentar equalizar o que há para ser investido com as demandas mais expoentes no Estado. Aqui em Altamira viemos para ouvir a população. E será assim em todas as audiências públicas que ainda iremos realizar”, destacou o titular da Seplan.

Demandas – A audiência pública em Altamira era aguardada com ansiedade, principalmente, pelos representantes da cidade, hoje totalmente impactada pelas obras de Belo Monte, no Rio Xingu. Apesar de construída em área do território de Vitória do Xingu, é na área urbana da vizinha Altamira que recaem o inchaço provocado por trabalhadores atraídos pelo projeto e algumas dificuldades pontuais no acesso a serviços básicos buscados no município.

"Altamira é um caso emblemático. As demandas aqui, ao mesmo tempo em que são intensas, são também pontuais, já que existem em função de projetos estruturantes. Por isso fazemos questão de participar dessa reunião do PPA. Como agentes fiscalizadores, estamos aqui para entender e cobrar aquilo que é obrigação do Estado, da União e do município também”, ressaltou o vereador Armando Aragão, presidente da Câmara Municipal de Altamira.

Os prefeitos presentes entregaram pessoalmente as demandas mais latentes em seus respectivos municípios, além de disporem de palavra para justificar tais necessidades. Para o prefeito de Uruará e representante da Amut, Éverton Moreira, a expectativa é que o Estado realmente cumpra com as determinações estabelecidas no PPA. “A gestão municipal se programa e funciona melhor quando sabe que, em determinado prazo e a partir da aplicação de determinado recurso, uma obra, projeto ou serviço irá acontecer”, frisou.

O deputado Ozório Juvenil lembrou que a atual gestão estadual inova ao ouvir todas as regiões em audiências públicas. “Antes esses encontros ocorriam apenas em Santarém e Marabá. É, sem dúvida, um passo sem precedentes estender o debate a todas as regiões do Estado”, ressaltou.

Subsídios - Dos órgãos do governo do Estado que participaram da audiência pública em Altamira, um, em especial, atua com ações estratégicas para que as demandas de cada município sejam identificadas com propriedade e subsídio. É o papel desenvolvido pela Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa (Fapespa), que faz o levantamento de dados importantes em cada região, antes da audiência pública.

Em Altamira, o presidente da Fapespa, Eduardo Costa, apresentou estatísticas relacionadas às dez cidades que formam a região Xingu. “Essa é uma região que desponta em muitas frentes de desenvolvimento, seja pelo aprimoramento do cultivo do cacau e da pecuária, seja pelos INVESTIMENTOS estruturantes gerados pelos grandes projetos aqui instalados. Entretanto, os dados sociais ainda são muito preocupantes. Muita gente na região ainda vive abaixo da linha da pobreza. Então, o nosso objetivo hoje é apresentar esses dados para subsidiar o debate público”, explicou.

As profundas transformações sociais geradas por três grandes projetos em andamento na região pautaram parte dos debates e das demandas apresentadas, principalmente, por representantes de movimentos sociais, durante a audiência. A experiência vivida com as obras da Usina Hidrelétrica Belo Monte, que durante o encontro dividiu opiniões entre quem associa o projeto a prejuízos e benefícios, foi o caso mais citado. Construída em território pertencente a Vitória do Xingu, mas com impacto quase todo voltado para a área urbana de Altamira, prefeitos e representantes da sociedade civil organizada ainda se ressentem de uma contra partida maior da União, por conta do empreendimento.

O projeto de lavra de ouro da canadense Belo Sun, na área territorial do município de Senador José Porfírio, e os trabalhos de pavimentação asfáltica da rodovia BR-230, a Transamazônica, em diversos trechos, são os outros dois projetos que influenciam diretamente no desenvolvimento e modo de vida das populações locais. A Transamazônica atravessa sete dos dez municípios que integram a região.

Agenda regionalizada - As dimensões continentais do Estado do Pará e as particularidades apresentadas pelas diferentes regiões que formam o território paraense são os principais fundamentos para as audiências públicas como a desta quinta-feira, em Altamira. “A atividade econômica, por exemplo, é descentralizada. É uma na BR-163 e é outra na Transamazônica, que é diferente da região nordeste, e que é diferente do Marajó. Então esses encontros não deixam de ser, também, um esforço para implementar com sucesso a criação de uma agenda regionalizada”, avaliou José Colares.

O titular da Seplan fez ainda uma avaliação do evento. “Viemos para ouvir a população e conseguimos ouvir. Cabe ao Estado, agora, desenvolver estratégias que venham ao encontro das necessidades apresentadas aqui em Altamira. Essa é a dinâmica que há de prevalecer também nas demais audiências públicas que vamos fazer”, concluiu. A próxima audiência pública do PPA será em Itaituba, no oeste paraense. Em seguida, serão visitados os municípios de Marabá, Redenção, Tucuruí, Paragominas, Capanema, Breves, Belém e Castanhal.

AP

Polícia Civil prende principal envolvido em associação criminosa responsável por roubos a postos de combustível em Tucuruí

A Polícia Civil capturou um dos principais envolvidos em uma associação criminosa responsável por roubos a postos de combustível, localizados no município de Tucuruí, sudeste paraense. Daniel Soares da Silva foi preso em flagrante logo após praticar um assalto. Com ele, foram apreendidas a arma usada no crime, uma quantia em dinheiro e um cordão roubado de uma das vítimas.
As investigações sobre a atuação do grupo criminoso tiveram início no último dia 20, quando dois estabelecimentos registrarem ocorrências de roubo. Funcionários dos postos assaltados relataram aos policiais que a ação foi realizada por quatro homens armados em duas motocicletas. Com ajuda de imagens das câmeras de segurança dos postos, foi possível identificar os criminosos.
Uma das motocicletas utilizadas no crime também foi identificada. Além de Daniel Soares, um adolescente que também havia participado dos assaltos foi apreendido. O delegado Eduardo Paisani, diretor da Seccional de Tucuruí, solicitou à Justiça a prisão preventiva e os mandados de busca e apreensão dos demais membros da associação criminosa.
Fonte: PC/PA