quarta-feira, 2 de agosto de 2017

VÍTIMAS DE NAUFRÁGIO CONTINUAM DESAPARECIDAS ATÉ O INÍCIO DA NOITE DESTA QUARTA-FEIRA

Continuam desaparecidas, até por volta das 18h30 desta quarta-feira (02), as nove vítimas do naufrágio, segundo informações do Corpo de Bombeiros. Eles desapareceram na madrugada de hoje, após um navio cargueiro colidir com um comboio de nove balsas da empresa Bertoline Navegação, por volta de 4h30, nas proximidades do município de Óbidos, no Baixo Amazonas, ocasionando o naufrágio no local.
Em nota, a Marinha do Brasil, por meio do Comando do 4º Distrito Naval, informou que, segundo informações preliminares, haviam nove tripulantes e dois passageiros a bordo do empurrador da empresa Bertolini, sendo que duas pessoas foram resgatadas e nove estão desaparecidas.
O navio Santos, que pertence à empresa de navegação Mercosul, deixou o porto de Suape, em Pernambuco, com destino a Manaus. O comboio de balsas descia o rio Amazonas, desde Porto Velho (RO), com carregamento de milho que seria desembarcado no terminal da Cargill, em Santarém.
A Marinha informou ainda, que uma equipe da Capitania Fluvial de Santarém (CFS) e o Navio-Patrulha “Bocaina” foram enviados ao local para apoiar nas buscas e coletar informações que auxiliarão na apuração do acidente. Um inquérito administrativo será instaurado para apurar causas, circunstâncias e responsabilidades do acidente.
Corpo de Bombeiros envia mergulhadores para ajudar nas buscas de naufrágio
Uma equipe de mergulhadores do Corpo de Bombeiros, do quartel de Santarém, no oeste do Pará, seguiu para o município de Óbidos, para ajudar nas buscas por possíveis sobreviventes.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o navio continua fundeado no local com duas balsas atracadas na proa. O empurrador naufragado está com as demais balsas à deriva. Ainda não há informações sobre sobreviventes. 
Fonte: DOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário