quarta-feira, 30 de novembro de 2016

INDÍGENAS OCUPAM ESCRITÓRIO DA NORTE ENERGIA DURANTE PROTESTO EM ALTAMIRA

Índios da etnia Juruna ocupam desde a manhã desta terça-feira (29) em Altamira, no sudoeste do Pará, o prédio do Escritório de Assuntos Indígenas da Norte Energia, empreendedora da usina hidrelétrica de Belo Monte. Os manifestantes afirmam que não têm prazo para deixar o escritório e ameaçam ocupar também o prédio da funai.
Os indígenas denunciam atrasos em obras da Norte Energia nas aldeias e cobram melhorias estruturais nas localidades afetadas pela construção da usina. Em nota, a Norte Energia afirma que as ações nas aldeias afetadas estão dentro do cronograma estabelecido no licenciamento ambiental.
Segundo as reivindicações dos índios, as melhorias estruturais cobradas no protesto desta terça deveriam ter sido executadas em 2001, mas não foram concluídas. Os juruna reclamam ainda das condições da água nas aldeias e da invasão de terras indígenas por grupos reassentados pela Norte Energia.


Fonte: G1/PA

Nenhum comentário:

Postar um comentário