domingo, 27 de novembro de 2016

Prefeito de Pacajá é afastado novamente


Prefeito de Pacajá, Antônio Mares Pereira, do PSB, foi afastado do cargo mais uma vez, nesta sexta-feira (25). A justiça decidiu pela saída imediata do prefeito, conhecido como Tonico Doido, depois de constatar irregularidades na gestão. Ele foi acusado de improbidade administrativa, que é ato ilegal ou contrário aos princípios básicos da administração pública. Quem assume agora a prefeitura é o vice Ronaldo Chapéu de Coro, do PSDB. A cerimonia de posse aconteceu na tarde do mesmo dia, na câmara municipal. Essa não é a primeira vez que Tonico tem que deixar o cargo, em 2015 a justiça também determinou a saída e no mês passado novamente o juiz da vara única de Pacajá, César Leandro Pinto Machado, decidiu pelo afastamento. Segundo o magistrado, o político demonstrou aberto descaso com os recursos públicos, descumprindo decisões judiciais, desviando dinheiro e se enriquecendo ilicitamente ao dispensar irregularmente licitações públicas, fatos devidamente comprovados por meio de depoimentos e representações dos munícipes na promotoria de justiça de Pacajá.  A população foi até a casa de leis acompanhar o processo que coloca Ronaldo a frente do executivo municipal. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário