quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

ANO LETIVO COMEÇA COM MUITA ENERGIA POSITIVA NA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE BRASIL NOVO


O Ano letivo de Brasil Novo começou com uma aula de energia e animação, entusiasmo, alegria e abraços para os trabalhadores da educação. Foi assim que os professores e funcionários das escolas foram recebidos na EMEF Paraíso, do bairro Cidade Nova, na manhã desta segunda-feira (11/02).
Ao chegar os profissionais tomaram um delicioso café da manhã e tiveram uma recepção calorosa, com a equipe de Coachs, com brindes entregues pelo Prefeito, pela Secretária de Educação e pelo Vereador Eitor Zanelato. Na abertura teve oração para abençoar os professores, os funcionários, as escolas, o transporte escolar e os alunos. Após, ocorreu a apresentação da cantora Rosayne Santos, acompanhada dos alunos da Escola de Música Brasil Novo, entrega de brindes para as escolas, apresentação de carimbó e muitas e informações e compartilhamento de conhecimentos através das palestras.
Com as aulas programadas para iniciar terça-feira (dia 12), em todas as escolas, a Secretária Municipal de Educação, Marinete Mardegan, programou a atividade de abertura do ano letivo na escola que ficou em primeiro lugar no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), no município: a EMEF Paraíso.

AULA DE GESTÃO: COMO MANTER UM ENSINO DE QUALIDADE COM POUCOS RECURSOS

Os participantes tiveram a oportunidade de ter uma aula, com o Prefeito, Alexandre Lunelli, de como superar os desafio e fazer educação de qualidade na Transamazônica, e sobre as angústias que os educadores vivem em sala de aula, numa época em que as crianças tem acesso a muitas informações via televisão, internet e mídias sociais. “Na escola você transmite conhecimento, mas a educação vem de casa. Por isto todos tem que estar envolvido”, ressaltou o Prefeito.
Ele também discorreu sobre as dificuldades para manter uma educação de qualidade com recursos escassos. “É muito mais que abrir escolas e contratar professores. O Estado e a União criam os programas e nós temos que cumprir. Temos que garantir o transporte escolar, que recuperar as vicinais e as pontes, fornecer a merenda escolar, com produtos da agricultura familiar, tudo isto numa época da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 95, ou a PEC do fim do mundo, que congelou os gastos com educação, saúde e assistência social por 20 anos”.

PRESERVANDO A HISTÓRIA E A CULTURA DO MUNICÍPIO

Durante a atividade teve a entrega, para todas as escolas, do livro Anamã, da escritora Sonia Portugal. Publicado com apoio da Prefeitura o livro  conta em cordel, a história do naufrágio no rio Amazonas, de um barco que trazia imigrantes. “Os primeiros habitantes de Brasil Novo chegaram aqui literalmente sem nada, só com a roupa do corpo, pois perderam tudo no naufrágio”, relatou a escritora. “Este livro pode ser utilizado em sala de aula de várias maneiras, em literatura, história, geografia, língua portuguesa, cultura e eu estou a disposição das escolas para realizar palestras e falar sobre essa história”, se colocando a disposição das escolas a escritora Sônia Portugal.

PALESTRA SOBRE BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR

Os trabalhadores da educação também participaram da Palestra com o diretor da Faculdade de Letras da UFPA, professor Augusto Figueiredo, sobre “O papel do Professor na adaptação dos currículos” à Base Nacional  Comum Curricular (BNCC) que todas as escolas do Brasil devem adotar, . Numa palestra muito didática eçe explicou o que é o currículo e as aprendizagens necessárias que todos os alunos precisam aprender, em qualquer parte do país, seja no Sul, Sudeste, Centro Oeste, no Norte ou no Nordeste.
E por último os professores participaram de um treinamento sobre o novo Diário Digital, inovação implantada em todas as escolas e vai substituir o livro de chamadas de papel, por uma plataforma digital.
Durante o evento foi anunciado o funcionamento de mais três escolas no Município. A Nossa Senhora do Nazaré, na vicinal 20, a Santa Juliana, na Vicinal 13 e a Bom Jesus da Lapa, na Capemba, que pertencia a Altamira e agora passou para responsabilidade de Brasil Novo.
Com estas atividades a Secretaria Municipal de Educação espera que o ano letivo tenha muitos avanços. “É importante a presença de todos, porque nós queremos ver uma energia contagiante, precisamos começar o ano de modo muito positivo, que cada um dê o melhor de si”, ressaltou a Secretária, Marinete Mardegan.

Por: Luis Henrique Silveira
Fotos Marcelo Araújo
Fonte: PMBN

Nenhum comentário:

Postar um comentário