sexta-feira, 15 de março de 2019

AÇÃO TENTA BARRAR REAJUSTE DE 12% NA ENERGIA EM PARÁ


Uma ação na Justiça Federal pede a suspensão imediata do aumento da tarifa de energia elétrica no Pará. O reajuste de quase 12% foi concedido no ano passado e se tornou um dos principais motivos de denúncias e reclamações nas defensorias públicas do Estado e da União.
A Defensoria Pública considera o aumento exorbitante. Para tentar suspender o reajuste de forma imediata, as defensorias públicas do Estado e da União entraram com uma ação civil pública no Tribunal Regional da 1ª Região, em Brasília. Além da suspensão, as defensorias pleiteiam a restituição dos valores pagos pelos consumidores.
A Celpa enviou nota informando que o reajuste é definido pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que estabelece as tarifas para as concessionárias de energia. O processo de reajuste, segundo a Celpa, segue as regulamentações vigentes, para atualizar custos com a inflação. Em caso de reclamações sobre o valor da cobrança na conta de energia, a Celpa orienta que o consumidor procure as agências da concessionária. 

Fonte: G1.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário