quarta-feira, 27 de março de 2019

MOTOTAXISTAS SAEM PELAS RUAS COBRANDO JUSTIÇA EM ALTAMIRA

Eles querem a prisão do principal suspeito de tentar matar o colega de profissão.
Nesta quarta-feira (27), os mototaxistas saíram da sede do sindicato que representa a categoria, no bairro Brasília, em Altamira, e percorreram as principais ruas do centro da cidade. Cerca de 100 profissionais chamavam a atenção de quem passava pelas vias. Em frente à delegacia, o buzinaço foi um pedido de agilidade na prisão do principal suspeito de tentar matar, Nilder Storch, na tarde da última terça-feira.

A categoria cobra mais segurança. Essa não é primeira vez que os mototaxistas registram casos de violência durante o trabalho, nas ruas e até mesmo, em áreas rurais da cidade. As motos são alvos de criminosos. Em maio de 2017, outro mototaxista que preferiu não se identificar, foi assaltado e o criminoso também fingiu ser cliente para realizar a ação. 

Já em outubro de 2018, um mototaxista que passava pela rua acesso 10, no bairro Jardim Pérola, teve a moto roubada. Na hora do crime, o suspeito ameaçou a vítima com um pedaço de madeira. A categoria também se reuniu e conseguiu recuperar o veículo, o suspeito foi detido.
Ainda segundo o presidente do sindicato, Manoel Filho, as mobilizações irão continuar até que o suspeito identificado como Pedro, possa ser encontrado e preso. As informações repassadas à polícia foram de que ele era responsável por uma lavoura de cacau, no travessão cobra choca. Testemunhas devem ser ouvidas para que os policiais consigam descobrir o paradeiro dele. O acusado poderá responder por tentativa de latrocínio, roubo seguido de morte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário