terça-feira, 12 de março de 2019

BRASIL NOVO SEDIA ENCONTRO REGIONAL DE ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO


O município de Brasil Novo está sediando de 12 a 14 de março o Encontro Regional de Atendimento Socioeducativo,
organizado pela Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará – FASEPA com o objetivo de capacitar os municípios para a elaboração de um Plano Municipal de Medidas Socioeducativas.

Participam do evento os órgãos ligados a questão dos direitos dos adolescentes,
como os Conselho da Criança e Adolescente (CMDCA), os Conselhos Tutelares, os Centros de Referência e Assistência Social (CREAS) e os Centros de Assistência Social (CRAS), os Núcleos de Apoio a Saúde da Familia (NASF), as Polícias Civis e Militares e as Secretarias de Promoção Social e Assistência dos Municípios de Altamira, Brasil Novo, Medicilândia, Uruará, Placas, e Vitória do Xingu.

Durante o Encontro, de três dias, os técnicos da FASEPA irão mostrar as “Etapas e os Procedimentos Metodológicos do Atendimento Socioeducativo”.
Num primeiro momento serão trabalhados os conceitos e os princípios orientadores da atuação profissional. No segundo dia serão trabalhados as “Metodologias de trabalho” e as etapas da elaboração do diagnóstico Municipal, e no terceiro dia as etapas para a elaboração dos Planos e as orientações para a elaboração do Projeto Pedagógico, elaboração do Plano de Ação e por último a apresentação para o município.

Na abertura do evento, o senhor Virgílio Barbosa, coordenador da FASEPA,
explicou qual o papel da instituição, e como ela pode contribuir com a municipalização das medidas socioeducativas e a implementação das medidas socioeducativas na região. “Os Municípios devem utiliza a rede já existente e cabe aos governos do Estado e Federal dar o apoio técnico necessário e a capacitar os agentes para ele implantarem a municipalização das medidas socioeducativas, através do Plano que será elaborado a partir deste treinamento”, explicou.

A Coordenadora do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Brasil Novo,
Maria Aparecida, disse que o Município estava aguardando com ansiedade este treinamento para elaboração do Plano Municipal, em prol dos direitos e deveres das crianças e adolescentes. A advogada Kelvia Alves que representa o CREAS de Altamira, acrescentou que a FASEPA tem a oportunidade de fortalecer o Sistema Municipal de atenção aos adolescentes,  para atuarem na recuperação, através das medidas socioeducativas. “Isto é importante para que possamos oferecer melhores oportunidades de vida, para de  fato ajudar estes adolescentes”. afirmou.
Representando a Secretaria de Promoção Social e Trabalho, Jociane Guedes,
agradeceu a presença da FASEPA e ressaltou que a elaboração do Plano Municipal de Medidas Socioeducativas irá dar suporte aos jovens, para quando acontecer o ato infracional, os agentes municipais tenham plano a seguir para que possam ajudar na ressocialização destes jovens com sua família e a comunidade. O encontro que começou terça (12/03) contou com a presença do chefe de gabinete do Prefeito, Alexandre Lunelli, Janklei Pereira deu as boas vindas aos técnicos da FASEPA e dos Municípios vizinhos e parabenizou a Fundação pela iniciativa e pela proposta de construção do Plano Municipal de Medidas Socioeducativas.Por Luis Henrique Silveira
Fotos Cleyton Macario
Fonte: ASCOM/PMBN

Nenhum comentário:

Postar um comentário