quarta-feira, 17 de maio de 2017

PROFESSOR DA REDE PÚBLICA DE ENSINO EM URUARÁ MORRE AOS 39 ANOS VÍTIMA DE INFARTO

Vítima de infarto morreu nesta terça-feira, 16 de maio, na cidade de Uruará, sudoeste do Pará, o professor, Silas Oliveira Almeida, de 39 anos. Professor nas disciplina de Literatura e Português, Silas dava aulas para o ensino médio na Escola Melvin Jones, e supervisionava as escolas da zona rural. Alunos, amigos e familiares publicaram mensagens na rede social na internet lamentando a morte do docente. 
O educador faleceu por volta das 18 horas e 30 minutos desta terça-feira, após chegar em casa e e brincar com o filho."Ele passou na escola, pegou o filho e quando chegou em casa entregou para o Enzo um carrinho que ele tinha concertado durante a tarde. Conversou com o filho enquanto o Enzo brincava. Depois ele entrou em casa e um minutinho ou dois depois eu entrei também e encontrei ele deitado no sofá com os olhos revirados e a boca aberta. Sacudi ele e ele não me respondeu. Sai correndo e chamei os vizinhos. Levamos ele para o hospital, houve tentativas para reanimá-lo, mas sem sucesso. Segundo a médica que o atendeu a causa da morte foi infarto fulminante", contou a esposa Kerline Lima de Almeida.
O velório acontece na Igreja Adventista do Bairro Aeroporto, zona leste da cidade, e o sepultamento ainda não tem horário definido, mas deve ocorrer no cemitério municipal de Uruará após a chegada de familiares que vem de Belém, o que deve ocorrer ainda nesta quarta-feira, 17.

Silas Almeida era natural do estado do Espírito Santo, deixa esposa grávida de 3 meses e um filho de 5 anos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário