quinta-feira, 7 de março de 2019

SECRETARIAS DEBATEM COMO SERÁ A REALIZAÇÃO DO PROGRAMA DE SAÚDE NAS ESCOLAS (PSE) DO MUNICÍPIO


Diretores de Escolas Municipais e Estadual, enfermeiros dos Postos de Saúde da Família, técnicos em Saúde Bucal, psicólogos e Assistentes Sociais do NASF se reuniram hoje no auditório da Secretaria Municipal da Saúde, para organizarem a execução do Programa de Saúde na Escola (PSE) durante o ano na rede de ensino.
A Secretária de Educação, Marinete Mardegan, parabenizou a iniciativa da Secretaria de Saúde de realizar este alinhamento entre os profissionais de educação e da saúde, para que o Programa (PSE) possa funcionar bem. “Vamos colaborar com o Programa como uma ação importante que muda a rotina das escolas”. A Enfermeira Mislene Santos, também destacou que esta é a primeira vez que ocorre uma reunião com este objetivo de integrar as atividades da saúde e das escolas e que isto trará muitos benefícios durante a realização do Programa.
Na avaliação dos profissionais da Educação e da Saúde, o Programa
é muito importante para estabelecer um diálogo positivo com os pais e as políticas públicas do município e despertar a necessidade de cuidar da saúde das crianças. “É uma grande oportunidade para muitos alunos que precisam enfrentar uma distância muito grande para chegar na escola. E é a mesma distância para o posto de saúde, mas que eles não vem por falta de transporte. por morarem muito longe da escola”, observou o coordenador daEscola Santa Terezinha, da Vicinal 20, Erick Schimit.
A enfermeira Nelci Sousa, responsável pelo projeto, informou que o PSE será realizado em 26 escolas: Infantis (EMEIs), de Ensino Fundamental (EMEF) e Médio. Com início agora em março e término em novembro, cada uma destas escolas recebera 12 tipos de ações durante o Programa e serão realizadas por uma equipe multiprofissional, composta por enfermeiros, psicólogos, nutricionistas, educadores físicos, dentistas, técnicos em saúde bucal e Agentes Comunitários de Saúde (ACS). 
De acordo com os números da Secretaria de Saúde, os serviços serão oferecidos  para cerca de 3 mil estudantes das áreas rural e urbana. A Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Paraíso será a primeira a receber o PSE, nos dias 12, ’13 e 14 de março.
AÇÕES DO PROGRAMA
1.  Verificação da situação das vacinas;
2.  Alimentação Saudável e prevenção a obesidade infantil;
3.  combate ao Mosquito da Dengue,  Chikungunya e Malária;
4.  Promoção e avaliação da Saúde Bucal e aplicação tópica de flúor;
5.  Saúde ocular e identificação de possíveis sinais de alteração;
6.  Saúde auditiva e identificação de possíveis sinais de alteração;
7.  Prevenção de violências e acidentes;
8.  Identificação de sinais de agravos de doenças em eliminação (Por exemplo Tuberculose);
9.  Prevenção ao uso de álcool, cigarro, crack e outras drogas;
10.       Práticas corporais, atividade físicas e lazer nas escolas;
11.       Promoção da cultura de paz, cidadania e direitos humanos e
12.       Direito sexual, reprodutivo e prevenção de DST/AIDS.

Por Luis Henrique Silveira 
Fotos Cleyton Macário
Fonte: ASCOM/PMBN

Nenhum comentário:

Postar um comentário