sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

SERVIDORES MUNICIPAIS DE BRASIL NOVO BLOQUEIAM A BR 230 POR MOTIVOS SALARIAS

Funcionários da Prefeitura de Brasil Novo, lotados nas Secretarias de Administração e Finanças e de Transporte e Manutenção realizaram na manhã desta sexta-feira (02), protesto contra os atrasos nos pagamentos dos salários dos servidores.
Em protesto contra os atrasos dos salários, os funcionários atearam fogo em pneus na cabeceira da Ponte do Rio Jarucu há mais ou menos 3,5 km de Brasil Novo no sentido à Altamira e trancaram a Rodovia Transamazônica, BR – 230. O Objetivo foi de chamar a atenção das autoridades e da sociedade para os três meses de atrasos em seus vencimentos. Em uma manifestação pacífica cerca de 5º funcionários, incluindo conselheiros tutelares, levaram cartazes cobrando da gestão respostas para o problema salarial.

Durante o discurso, a servidora Durcelinia de Assis lembrou as dificuldades que muitos vêm enfrentando por falta do pagamento – “É inadmissível que pais de família fiquem três meses trabalhando sem receber e hoje estamos aqui (na manifestação) porque a gente trabalha porque precisa e hoje o funcionário público é o pior caloteiro de Brasil Novo porque não consegue horar seus compromissos. Antigamente os comerciantes tinham vontade de vender para o servidor público, mas hoje não tem por que não sabe quando vai receber”. - se indignou a servidora que cobra agilidade do governo soluções para o problema.

A Policia Rodoviária Federal esteve no local da manifestação e solicitou aos manifestantes o desbloqueio da via. Sendo acordado que se até o dia 06/12/2016 o pagamento dos salários atrasados não ocorrer a via volta a ser bloqueada.

A Prefeitura de Brasil Novo ressalta que, o problema em parte se deve a atual crise financeira do país e que a dívida contraída não é de responsabilidade apenas da gestão atual, mas sim uma herança que o município carrega desde a sua fundação e isso tem contribuído para o atraso nos pagamentos.

Em nota a Prefeitura disse que O município pagou ao INSS o valor de R$ 735.218,71 (Setecentos e trinta e cinco mil duzentos e dezoito reais e setenta e um centavos), a título de repactuação de parcelamento que está apenas aguardando a conclusão dos trâmites de liberação do FPM bloqueado para que os salários em atraso sejam depositados nas contas dos servidores municipais.

DIZ A NOTA:

NOTA DE ESCLARECIMENTO
                                                     
A Prefeita Municipal de Brasil Novo-PA, no uso de suas atribuições legais, vem a público esclarecer que:

1.  O Parcelamento do débito do Município junto ao INSS que causou bloqueio do FPM e consequente atraso de pagamento salarial aos servidores foi realizado. O município pagou ao INSS o valor de R$ 735.218,71 (Setecentos e trinta e cinco mil duzentos e dezoito reais e setenta e um centavos), a título de repactuação de parcelamento; e estamos aguardando a conclusão dos trâmites de liberação do FPM bloqueado para que os salários em atraso sejam depositados nas contas dos servidores municipais.

2.  Importante esclarecer à população, que o direito de greve é constitucional, mas deve observar o prazo legal de 72 horas após comunicar a decisão de greve ao empregador. Considerando que a Prefeitura recebeu a comunicação de greve às 12:10 horas do dia 30/11/2016, a paralisação só poderiam ocorrer legalmente a partir das 12:10 horas do dia 02/12/2016; Portanto a paralisação e manifestação com bloqueio da Rodovia Transamazônica no km 44 (próximo à ponte do igarapé Jarucu) na manhã de hoje não observaram o prazo legal.

3.  Por último informamos que a prefeitura está em constante contato com a Receita Federal, monitorando o desbloqueio do FPM para realizar o imediato pagamento dos salários atrasados.  


Atenciosamente, Marina Ramos Sperotto


Por: Valdemídio Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário