quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

HOSPITAL REGIONAL PÚBLICO DA TRANSAMAZÔNICA CELEBRA 10 ANOS COM MAIS DE 2,6 MILHÕES DE ATENDIMENTOS

Nesta quarta-feira, 7/12, o Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT), situado em Altamira, completará dez anos de funcionamento. A data será celebrada com a presença dos colaboradores, usuários, convidados e autoridades, a partir das 9h30. Durante a cerimônia serão feitas homenagens àqueles que contribuíram para um atendimento de excelência aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), ao longo desse período. 
Inaugurado pelo então governador Simão Jatene, em 2006, o HRPT é administrado pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), desde sua inauguração. Em uma década, o hospital, que possui 97 leitos e oferece 22 especialidades médicas, já realizou mais de 2,6 milhões de atendimentos, entre cirurgias, internações, exames, hemodiálise e atendimento ambulatorial. Referência no atendimento de média e alta complexidades, a unidade, que fica situada no meio da Amazônia, alcançou em 2016, o índice de satisfação do usuário de 99,15%, o que demonstra positivamente o resultado de um trabalho ofertado com qualidade e comprometimento à população.
O HRPT atende cerca de 500 mil habitantes, moradores de pelo menos nove municípios da região do Xingu e Transamazônica. Na região, a unidade é a única que oferece o serviço de hemodiálise, totalmente gratuito, pelo SUS. Ao longo desses 10 anos, a unidade já realizou 86.446 sessões de hemodiálise.

Certificações

Desde a sua inauguração, o HRPT, também conhecido como Hospital Regional de Altamira, sempre buscou ofertar um atendimento de qualidade e com segurança, aos seus usuários. Com isso, em 2010, veio o primeiro reconhecimento do trabalho, com a certificação ONA I – Acreditado, demonstrando que, mesmo com todas as dificuldades por estar situado em uma localidade de difícil acesso, a unidade mostrou que era possível fazer saúde com qualidade, e mais do que isso, seguindo todos os critérios de segurança do paciente. A partir daí, as conquistas não pararam, em 2012 a unidade foi reconhecida com a certificação ONA II – Acreditado Pleno, e em 2016 atingiu o nível máximo de excelência, com a conquista da ONA III, certificação que inseriu a unidade na listagem da Revista Exame, publicada neste ano, que apontou os 10 hospitais públicos do Brasil certificados com excelência, sendo que no Estado do Pará, apenas duas unidades aparecem, uma delas é o HRPT.  
O Hospital Regional de Altamira foi o primeiro hospital público, na região Norte, a ser certificado pela Organização Nacional de Acreditação (ONA).


Por: Thaís Portela/ASCOM/Pro-Saúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário