segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

POLÍCIAS CIVIL E MILITAR APREENDEM ADOLESCENTE APÓS ARROMBAR CARRO EM RURÓPOLIS

As Polícias Civil e Militar apreenderam, neste domingo, dia 07, um adolescente de 13 anos, acusado de usar uma chave de fendas para arrombar o carro de um policial militar em Rurópolis, sudoeste do Pará. O jovem furtou a quantia de R$ 1,3 mil de dentro do veículo, mas foi abordado pelo próprio dono do carro e a quantia foi recuperada. De acordo com o delegado Ariosnaldo da Silva Vital Filho, titular do município, o adolescente também é responsável por outros arrombamentos de carros na região. Segundo o proprietário, o carro estava no estacionamento de uma Igreja Evangélica, localizada no bairro Centro. A vítima estava no interior do local quando ouviu o alarme do carro disparar. Ao chegar ao estacionamento, o policial militar encontrou o carro com o vidro de uma das janelas quebrado.
Após isso, o dono do veículo fez uma busca no local e localizou o adolescente, que estava ferido no quintal de uma casa vizinha à igreja. Ao ser abordado pelo dono do carro, o jovem negou o crime. "Notei que ele estava ferido, então, perguntei sobre o ferimento. Ele confessou que tinha se ferido ao quebrar o vidro da janela do meu carro", explica o policial militar. Uma equipe da Polícia Militar estive no local e realizou uma revista pessoal no adolescente e buscas nas imediações da igreja. Com o jovem, foi encontrada a quantia de R$ 800 que estava no bolso do adolescente. O restante do valor furtado (R$ 500) e a carteira porta-cédulas da vítima foram encontrados próxima ao muro da igreja. O adolescente foi socorrido e levado para atendimento de primeiros socorros. 

Em seguida, foi encaminhado para o Conselho Tutelar local. O delegado Ariosnaldo da Silva informou que o adolescente é o responsável por mais dois arrombamentos de carros no mês de dezembro passado. "Em depoimento, o adolescente confessou ter usado uma chave de fendas para quebra o vidro da janela do carro do policial militar e de ter cometido os outros dois crimes", ressaltou o delegado. O jovem irá responder pelo atos infracional de acordo com os termos do Estatuto da Criança e do Adolescente. Conforme o artigo 288, da Constituição Federal, são penalmente inimputáveis os menores de dezoito anos, sujeitos às normas da legislação especial. Os procedimentos policiais serão encaminhados para autoridade judiciária para análise e demais providências.

Fonte:PC/PA

Nenhum comentário:

Postar um comentário