quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

MALÁRIA É ERRADICADA EM BRASIL NOVO

O MUNICÍPIO NÃO TEM INDÍCIOS DA DOENÇA DESDE MARÇO DE 2013
O Programa de Ação para Controle da Malária (PACM), coordenado pela Norte Energia e executada Secretaria Municipal de Saúde de Brasil Novo no sudoeste do Pará, alcançou resultado máximo e pela primeira vez, desde o início da ação em 2011, o município não apresentou nenhum registro de caso de malária.
O Programa de Ação para o Controle da Malária atende os municípios de Altamira, Anapu, Brasil Novo, Senador José Porfírio e Vitória do Xingu e o resultado que aponta para o controle da transmissão da doença nos municípios é inédito.
De acordo com os dados divulgados pelo programa, em 2011, o número de pessoas infectadas por malária nestas localidades chegou a 6.275 - sendo 3.310 casos apenas em Anapu e outras 1.295 ocorrências em Altamira. Nos demais municípios os registros indicavam cerca de 500 casos ao ano. Em Vitória do Xingu, o último caso de malária registrado foi em janeiro de 2015. Brasil Novo não tem indícios da doença desde março de 2013.

A malária é transmitida através de uma picada de um mosquito infectado, que suga o sangue necessário para o seu desenvolvimento ovular. A transmissão mais comum é no interior das habitações, em áreas rurais e nas periferias urbanas.

Matéria completa no Vídeo:


Por: Valdemídio Silva com informações da Norte Energia
Imagens: Ascom/PMBN

Nenhum comentário:

Postar um comentário