quarta-feira, 1 de agosto de 2018

CASO GABRIELE: ACUSADO VAI A JÚRI

Elielson Viana, o Tadeu, foi a júri na manhã desta terça-feira. Assassino confesso de Gabriele Freitas, e do seu bebê de 19 dias, Tadeu foi recebido com protestos na frente do fórum em Altamira, por familiares das vítimas, e representantes de movimentos sociais.
O crime aconteceu em janeiro deste ano, e causou comoção na cidade de Vitória do Xingu. A jovem foi atraída por Tadeu até uma casa em uma ilha, e depois de uma discussão, onde o bebê teria caído de uma altura de quase cinco metros, Gabriele foi morta por asfixia.
Após as investigações provarem o envolvimento de Elielson Viana, ele chegou a acusar a esposa de participação no crime. Mas, apesar de suas alegações, nada se provou contra Sônia Maria Pinheiro, e Elielson acabou sendo indiciado pelo duplo homicídio.
O júri começou sob forte comoção, a imprensa não recebeu autorização para acessar a área do tribunal. Do lado de fora do prédio, parentes das vítimas se mobilizaram, e pediam a condenação do réu. 

Por Karina Pinto
Fonte: Xingu230

Nenhum comentário:

Postar um comentário