terça-feira, 7 de agosto de 2018

POLÍCIAS CIVIL E MILITAR ATUAM NAS BUSCAS A ASSALTANTES DE BANCO EM PACAJÁ


As Polícias Civil e Militar estão realizando buscas ao grupo de assaltantes que atacou, nesta madrugada, a agência do Banco da Amazônia, em Pacajá, sudeste paraense. As investigações sobre o assalto serão presididas pela Delegacia de Repressão a Roubos a Bancos, vinculada à Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO). Por volta de 2 horas da manhã, cerca de sete homens armados chegaram ao município em uma caminhonete. Parte do grupo desceu em frente à Delegacia e outra parte em frente ao quartel da Polícia Militar e passaram a efetuar disparos em direção às Unidades Policiais. Outra parte do grupo seguiu até a agência bancária, que foi invadida a tiros.
Em seguida, os criminosos instalaram explosivos em dois cofres e detonaram os artefatos causando danos no banco. Após a explosão, os criminosos saíram em fuga no mesmo veículo em direção à zona rural, na saída da cidade. A equipe da Delegacia de Pacajá, sob comando do delegado titular Walmir Racine, está tomando as primeiras providências para apurar o crime. Policiais civis da Delegacia de Repressão a Roubos a Bancos e policiais militares da Companhia de Operações Especiais (COE), da PM, foram deslocados à região.
A Polícia Civil acionou o Grupamento Aéreo de Segurança par apoio de um helicóptero nas diligências. O Centro de Perícias Científicas de Marabá foi acionado para fazer a perícia no banco. No local, foram recolhidas cápsulas de fuzil calibre 556. O prédio está isolado e ainda não é possível confirmar valores roubados. A Delegacia e o Quartel foi atingidos por disparos. Uma viatura policial e um carro particular também foram atingidos por tiros. Não houve feridos nem reféns durante a ação criminosa. Até o momento, os assaltantes não foram localizados.

Fonte: PC/PA

Nenhum comentário:

Postar um comentário