segunda-feira, 2 de julho de 2018

HOMEM FINGIA SER FUNCIONÁRIO DA RECEITA FEDERAL PARA APLICAR GOLPES EM ALTAMIRA


De acordo informou  a Superintendêcia da Polícia Civil Regional do Xingu (Superintendente DPC Walison Damasceno), nesta quinta-feira, 28, por volta das 14h, Policiais Civis receberam denúncia de uma empresária dona de hotel na cidade de Altamira, sudoeste do Pará, relatando que o nacional, STELIO AUGUSTO DE ARAÚJO SOUZA NETO, foi no seu hotel identificando-se por funcionário da Receita Federal, entregando um envelope e exigindo a quantia de R$ 150,00 (cento e cinquenta reais), referente a um SORTEIO PROMOCIONAL. A denunciante suspeitando da fraude, marcou para as 14h desta sexta-feira o retorno de Stelio ao hotel. Após entrar em contato com a Receita Federal, sobre tal fato, foi informada de que o órgão não estaria realizando tal sorteio, momento em que a empresária acionou a Polícia Civil. A equipe policial foi ao local e prendeu STELIO NETO em flagrante delito pelo crime de estelionato e falsidade ideológica.
Com o indivíduo foram apreendidos diversos bilhetes de sorteio referentes a REFAZ (Revista fazendária), bem como crachás e envelopes da REFAZ e Associação dos Investigadores da Polícia Cívil do Pará.
Ao ser realizada uma pesquisa na SUALO – SUPERINTENDÊNCIA NACIONAL DE LOTERIAS e o CNPJ 27.428.165/0001-15, não consta na relação de promoções autorizadas. Foi identificado, também como vítima, o proprietário de uma churrascaria e Armarinho da cidade, os quais prestaram depoimento.
Pelo material apreendido pode se notar que dezenas de pessoas foram enganadas pelo suspeito.
O estelionatário está preso a disposição da justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário